Pesquisa mostra que maioria dos filhos de ateus vira crente

Hinduísmo lidera ranking de retenção de adeptos
Ateus argumentam que a retenção de adeptos é baixa
porque não impõem a descrença aos seus filhos
Sites e blog católicos americanos estão dando destaque a uma pesquisa que mostra que, diferentemente do que a imprensa divulga, a maior deserção de adeptos não ocorre na Igreja Católica, mas no grupo dos ateus, porque 70% dos filhos deles acabam se convertendo a uma religião. Ou seja, apenas 30% seguem a orientação dos seus pais. 

O blog da Arquidiocese da Washington, por exemplo, colocou em manchete: “Você sabia que ateus, como grupo “religioso”, têm a menor taxa de retenção?”

Pelos dados extraídos de uma pesquisa feita pela Pew Forum on Religion & Public Life com 432 pessoas, o grupo dos católicos apresentou o quarto maior índice de retenção de fiéis, com 68%. Em primeiro lugar, ficaram os hindus, como 84%, seguidos por judeus (76%), muçulmanos (76%), gregos da igreja ortodoxa (73%) e mórmons (70%).

Os ateus ficaram em último lugar, abaixo dos holiness (32%), que são seguidores de uma religião criada nos Estados Unidos por um pastor japonês.

Representantes de entidades ateístas não gostaram de se verem comparados com grupos religiosos. Além do mais, segundo Hemant Mehta, presidente da Beyond Belief, trata-se de uma informação requentada, porque, disse, já se sabe que os ateus, como livres-pensadores, não impõem suas “tradições” aos seus filhos.

Ele escreveu em seu blog que os ateus não pensam em termos de “rebanho”. “Nós não temos escolas dominicais e não doutrinamos nossos filhos ‘para o ateísmo’ desde a sua tenra idade”, escreveu. “Nós não temos tradição a seguir, e o ateísmo não está ligado a qualquer tradição cultural.”

O que a maioria dos ateus faz — disse Mehta— é orientar seus filhos para que, quando forem adultos, tomem decisões de acordo com suas convicções e consciência, o que, segundo ele, não ocorre com parte dos filhos dos religiosos.

Estudo publicado no Journal for the Scietific Study of Religion revelou que 1 a cada 5 cientistas ateus tinham levado em 2010 pelo menos uma vez sua família a um culto para ajudar seus filhos a decidirem sobre a crença ou descrença.

Com informação do site da Arquidiocese de Washington e do blog de Hemant Metha.





Ateus levam filhos à igreja para que tomem sua própria decisão
dezembro de 2011

Ateísmo.


Comentários

  1. 432 pessoas? essa foi a amostragem? em que provavelmente a maioria das pessoas eram religiosas?...¬¬'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, não dá pra levar a sério um estudo assim.

      Excluir
  2. Ateus não impõem nada aos filhos, não somos religiosos; Eu acho até os 30% que seguem a visão dos pais justos; Os outros 70% ficam sem dominação, ou viram agnósticos ou deístas; Poucos são os filhos de ateus que vão para igreja, ou creem na bíblia. Eles podem até acreditar em um Ser Superior, mas o pensamento livre e crítico, os impedem de seguir uma religião a risco. Pelo menos, foi assim com a maioria que eu conheci.

    ResponderExcluir
  3. Talvez os ateus por conta de não quererem passar uma imagem de religião, tenham se ausentado em dar orientação sobre as religiões e seus conceitos de espiritualidade. Filhos que cresceram num lar onde a fé não tem importância, mas nem é discutida podem muito bem virem a ser vítimas das promessas mágicas.
    Se os pais ateus sabem que religião é nociva, deveriam saber orientar melhor sua família tal como se faz com as drogas

    ResponderExcluir
  4. Então os religiosos estão felizes porque os ateus não impoe ateismo aos filhos?

    ResponderExcluir
  5. Depois da "pesquisa" que o Dr. Mark Regnerus fez, financiado por conservadores americanos, em que tirou da cartola uma maneira de colocar gays e lésbicas como maus pais e mães, numa época em que não existia qq possibilidade de relações homoafetivas serem oficializadas, eu passei a duvidar de qq texto em que apareça a palavra pesquisa.

    ResponderExcluir
  6. Essa pesquisa, ao contrário do que tentou mostrar os católicos da reportagem, serve de argumento positivo a favor dos ateus!!

    Os ateus não ímpõem dogmas, não doutrinam crianças, não fazem lavagem cerebral etc. Muito pelo contrário! Os ateus educam seus filhos respeitando seu desenvolvimento intelectual e a sua liberdade de escolha diante de um mundo plural!

    Ter uma alta taxa de retenção,pelo menos para mim, é negativo, pois é sinal de doutrinção e bitolação de mentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 100% apoiado, vejo como algo positivo.

      Excluir
    2. Realmente. Isso pode ser propaganda involuntária para o ateísmo. Uma pesquisa "pau mandado" dos religiosos que acaba sendo um tiro pela culatra.

      Excluir
  7. E filhos de crentes viram ateus. Isso não quer dizer nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. É só observar que a quase totalidade de ateus vem de famílias religiosas. Eu nunca vi um ateu cujos pais também eram ateus.

      Excluir
    2. Guilherme Tomishiyo, do canal Ciência no Cotidiano, lá no Youtube, tem pais ateus também. Sorte dele.

      Excluir
  8. Fiquei admirado com a porcentagem de judeus e muçulmanos que abandonam a religião de seus pais (24%). Quando alguém abandona o judaísmo ou o islamismo, perde todas as referências familiares e sociais mais próximas, uma vez que essas religiões são uma mistura de fé, comunidade e tradições culturais que se encontram interligadas. Judeus e muçulmanos costumam casar-se somente com membros de suas respectivas religiões, matriculam seus filhos em escolas confessionais, se segregam em bairros onde são maioria ou estão próximos a uma mesquita (muçulmanos) ou sinagoga (judeus) e evitam ao máximo o contato com o mundo "profano", "materialista" ou "goy" (pagão). Eles criam uma rede da qual é difícil se livrar. A propósito, em muitos países islâmicos o apóstata é punido com a pena de morte ou prisão.

    Tenho um amigo que disse-me uma vez que mudar de religião é o princípio para abandonar de vez a religião. Eu mesmo já estudei e frequentei templos cristãos e islâmicos antes de tornar-me irreligioso.

    ResponderExcluir
  9. Na verdade, essa pesquisa está equivocada quanto a proporção de retenção de ateus.

    A proporção real de ateus retidos é a mesma de ateus presentes no mundo todo. TODO MUNDO NASCE ATEU! E quando essa pessoa adota uma crença divina, os ateus perdem um "seguidor".

    Então, os que realmente ficam são aqueles que não aderiram à nenhuma crença divina, sendo equivalentes à quantidade de ateus na Terra.

    Dããããããããã!

    ResponderExcluir
  10. imagino que isso aconteça porque o ateísmo é estéril do ponto de vista existencial. A criatividade religiosa (que está fortemente baseada no sobrenatural, e que, portanto, abre inúmeras possibilidades existenciais) supera a do ateísmo.


    não estou aqui desmerecendo o ateísmo ou dizendo que não é válido como posição filosófica, como corrente de pensamento, mas o ateísmo está quase que totalmente fadado ao niilismo. E algumas das coisas que assustam as pessoas é justamente a falta de sentido e de continuação da existência. O ateísmo não pode oferecer isso. É seco e ríspido.


    a molecada não vai querer a posição dos pais, pois esta é estagnada e impregnada da crueza da natureza, da falta de perspectiva.

    ResponderExcluir
  11. É isso mesmo, anônimo das 21:09, o ateísmo é seco e ríspido, porém mesmo assim os ateus em grande parte conseguem uma vida bastante feliz e equilibrada, o que também acontece com muitos religiosos, o que prova que nenhuma posição filosófica é determinante ou necessária para uma vida bem estruturada.
    É tudo apenas uma questão de ponto de vista: uns precisam da idéia de deus para poderem viver, e outros não.

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim. Mas a ausência de valores absolutos não é uma coisa muito agradável para pessoas que necessitam de valores sólidos para existirem com um certo grau de conforto. O ateísmo, mesmo que indiretamente, tira esse valor absoluto e o relativiza a nível da estrutura em que o ser se encontra: não há norte, há só inércia baseada nessa estrutura. Funcionar funciona (até certo ponto), mas é irreal - quando passa dos graus limites - por não possuir a última instância (um deus responsável por todas as coisas, por exemplo), a que ditaria realmente que o valor absoluto existe.


      o religioso diz: "eu não sei como isso acontece, mas eu sei que há valores absolutos porque o meu deus diz que há." E isso é algo muito atrativo para as pessoas. Elas têm confiança nessa última instância, as coisas passam a ter a referencia do "dono" de todas as coisas.



      o ateísmo não pode oferecer isso. É só pedra, espaço e um universo "morto", que uma hora ou outra se apaga; que a vida humana é um acidente; que o sentido na verdade nunca existiu, sempre foi criação humana e mera necessidade biológica.



      a molecada não vai enxergar isso com bons olhos. Eles vão querer escapar desse "deserto". E a religião promete um monte de coisas além desse "deserto".

      Excluir
    2. Filho de um ateu que morreu17 de julho de 2012 08:18

      Quando morre um ateu, seus parentes não sabem o que fazer, que ritual seguir. As pessoas andam de cá para lá no velório, sem saber o que dizer. Normalmente, poucas pessoas comparecem. Aquele corpo é tratado como a personalidade que o ocupava sempre quis, um simples pedaço de carne em estado de apodrecimento.

      Excluir
    3. Filho de um ateu que morreu17 de julho de 2012 08:37

      Grande parte do valor a uma pedra, um pedaço de pau ou mesmo a um pedaço de carne é seu conteúdo simbólico. Este conteúdo pode inspirar ou deprimir crianças e adultos, mesmo frente à destruição do corpo que o contém.

      Os filhos de ateus escolhem ser religiosos, não porque acreditem em Deus, mas para abrigarem-se nos valores da crença, viajar através de linda estórias e metáforas, experimentar o calor aconchegante de uma comunidade que os apoie e serem, na morte, mais que pernil indigesto.

      Excluir
    4. Prefiro virar um cadáver e ser cremado, sei lá, que ficar um monte de bocó ao redor rezando pra que meu fantasma lá pro reino do amigo imaginário deles.

      Excluir
    5. A única coisa inequívoca que a pesquisa demonstra é que os ateus não condicionam o destino dos filhos. O resto é delírio interpretativo.

      Excluir
    6. Onde eu disse "destino" leia-se "preferências". Senão daqui a pouco um cristão lunático vai dar outro sentido pra coisa.

      Excluir
    7. Tá bom, ateísmo só retém 30%. Agora os crentes que respondam: para onde vão os 50% de pentecostais não retidos, os 32% que deixam o catolicismo, os 59% que abandonaram o presbiterianismo, os 41% a menos de luteranos, etc? E se grande parte deles tiverem ido para o ateísmo ou para o agnosticismo? Daí só posso deixar um CHUPA! para esses teístas tendenciosos...

      Excluir
    8. "Funcionar funciona (até certo ponto), mas é irreal - quando passa dos graus limites - por não possuir a última instância (um deus responsável por todas as coisas, por exemplo), a que ditaria realmente que o valor absoluto existe."

      IRREAL? Irreal é acreditar na existência de um ser que dite esse valor absoluto!
      Algumas pessoas são incapazes de lidar com a realidade e precisam de mentiras para suportar viver ou para serem minimamente funcionais.
      Isso não transforma mentiras em realidade.

      Excluir
  12. Na adolescência, os jovens podem fazer de tudo para dá umazinha, aposto que, até se fingir de cristão para pegar todas as gatas da paroquia. Kkkk.

    Ateu vira cristão; nunca!!! Em qual circunstancia filhos de ateus iriam vira crentes? Essa historia está muito mal contada, ainda mais vindo de cristão. Não acredito, isso é mais uma mentira ou historia distorcida dos crentes para engana tro.chas.

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKKKKKKKKKKK ISSO EH PESKISA SERIA EH?

    RELIGISO NAO TOMA JEITO SAO PIADA, QUERENDO PESCAR ATEUS
    OLHA Q RELIGISOS FAZEM:

    ▆ VALDEMIRO x EDIR MACEDO ► http://youtu.be/yJdy_iOA8DU █ http://youtu.be/x29SINE9rc8

    ▆ MALAFAIA x EDIR MACEDO ► http://youtu.be/OSiubDgIASY █ http://youtu.be/HgQNB7p3MK8 █ http://youtu.be/zy_QOA7BdpU

    ▆ MALAFAIA x VALDEMIRO (ACUSA RR SOARES DE RACISTA) ► http://youtu.be/YZNqPYmOFhs

    ▆ CAIO FABIO x RR SOARES ► http://youtu.be/fwoc6z6ymcY

    ▆ MALAFAIA x CAIO FABIO ► http://youtu.be/SonOIxd2GZ0 █ http://youtu.be/61JQJiy6HF4 █ http://youtu.be/ZnPTDXGFGYs



    ▆ CAIO FABIO x VALDEMIRO ► http://youtu.be/qfBdOLTkjRE

    ▆ EDIR MACEDO DIZ CANTORES GOSPEL SÃO DO DIABO ► http://youtu.be/tnW7u2cA-bA

    ▆ CATÓLICOS x ANA PAULA VALADÃO ► http://youtu.be/dhvVuS_z83U

    ▆ DATENA DETONA ATEUS ► http://youtu.be/euX9d3rs4xY █ http://youtu.be/0NM2cMx58S0

    ▆ ATEUS BOICOTEM DATENA ► http://youtu.be/xWXNeyNLnQU

    ▆ FARSA DO EDIR MACEDO ► http://youtu.be/ErY4Xhh2Tsg

    ▆ ESCOLA CRIACIONISTA Q NOJO! ► http://youtu.be/PZokHt1Z3iM

    ▆ RATINHO CATÓLICO FAZ 1 IGREJA MUNDIAL SER FECHADA ► http://youtu.be/fYUQ8B4ZhIk

    ResponderExcluir
  14. Eu não cheguei a ler todos os comentários mas vamos lá;
    a pesquisa foi realizada apenas com 432, é um número muito pequeno pra se ter realmente uma boa noção do assunto.
    Quanto a não "imporem" a sua visão de mundo aos filhos, duvido que seja realmente assim. Admito que conheço pessoalmente poucos ateus. Mas muitos dos que conheci, pela internet ou pessoalmente são bastante parecidos com os evangélicos, querendo convencer a todos que deus não existe e bla bla bla. Então duvido que um pai ateu não ensine tal crença aos filhos.
    Agora voltando a pesquisa, não sei como ela foi realizada, o texto não apresenta os detalhes, mas o número é muito pequeno pra se chegar a uma conclusão e números podem facilmente ser manipulados.

    ResponderExcluir
  15. A diferença é que pais ateus não fazem lavagem cerebral em seus filhos. Eu nunca influenciei minhas filhas a serem ateias.

    ResponderExcluir
  16. pow as vezes é falta das pessoas conhecerem deus agente não pode simplesmente cristo pelos olhos da carne mais sim pelos olhos da fé morrer em cristo é melhor coisa que tem morrer sem cristo é pior coisa uma vida sem salvação

    ResponderExcluir
  17. Bom, se na realidade religiosos em geral são bem superiores que ateus em números absolutos, então se filhos de ateus em geral se tornam crentes e de religiosos muitas vezes tendem a ser ateus. Que bom, em breve terão mais ateus do que religiosos seguindo esta lógica kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Postar um comentário