Malafaia se refere a Wyllys como deputado ‘safado, mentiroso’

pastor Silas Malafaia
Malafaia disse que ser gay
 é um comportamento
O pastor Silas Malafaia (foto), 53, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, se referiu como “safado, mentiroso” ao deputado federal segundo o qual a igreja evangélica causa tortura física e psicológica quando se propõe a curar a homossexualidade.

Ele não citou o nome do único deputado federal assumidamente gay, Jean Wyllys (PSOL-RJ). Foi esse deputado que recentemente acusou igrejas de causarem  sofrimento aos gays ao considerarem a homossexualidade uma doença que tem cura.

Malafaia, que é formado em psicologia, afirmou que “a igreja não cura”, mas propicia a “libertação” [da homossexualidade]. Para ele, “ninguém nasce homossexual” porque se trata de “um comportamento como tantos outros”, a ponto, inclusive, de haver ex-gays.

“Existe uma associação de ex-gays”, disse o pastor ao portal iG. “O cara que preside foi travesti em Roma, com silicone no peito e na bunda (ri). Ele é casado há dez anos.”

Ele acusou, mais uma vez, a liderança do movimento gay de quer cercear o direito dele de opinião. “Os grupos ativistas gays passam de usuários da liberdade de expressão para censores”, disse. “A Constituição diz que ninguém pode ser cerceado por convicção religiosa, política ou filosófica.”

Por isso, afirmou Malafaia, a proposta de criação de uma lei que criminaliza a homofobia “fere frontalmente a Constituição, é uma piada.” “É uma lei do privilégio” aos homossexuais. “[Isso] não existe em nenhum lugar do planeta Terra.”

Na avaliação do pastor, o movimento gay superestima os dados sobre a discriminação e agressões (incluindo mortes) aos homossexuais.

“Não desejo que ninguém morra, ok? Mas os homossexuais dizem que foram assassinados 260 deles no ano passado. Cinquenta mil pessoas foram assassinadas no Brasil no ano passado. O número de homossexuais mortos representa 0,52%. Um dado que eles não falam: grande parte das mortes é resultado de briga de amor entre eles. Que papo é esse? No mínimo, uns 50%. Homofobia é falácia de ativista gay para manter verbas para suas ONGs para fazer propaganda de que o Brasil é um país homofóbico. Homofóbico uma vírgula, amigo."

Ele criticou a Rede Globo por mostrar em suas novelas personagens gays sempre positivamente, o que não ocorre quando se trata de evangélicos. Informou que escreveu à emissora para reclamar dessa desigualdade  de tratamento.

"Você já viu que os gays nas novelas são politicamente corretos? E os evangélicos são babacas, estúpidos, idiotas. Qual é o objetivo? Irmão, o ser humano é um ser social, que vive de identificação. A televisão é um instrumento poderoso para mudar comportamento."

Com informação do iG.

Deputado evangélico quer suspender veto à ‘cura’ de gay.
julho de 2011

Malafaia diz que evangélicos não são ‘um bando de babacas iletrados’.
maio de 2012

Silas Malafaia.

Comentários

  1. não tenta não, que a derrota é certa kkkkkk.

    ResponderExcluir
  2. tai a pedra no calçado do ateu, tenho certeza que muito ateu quer a morte dele. vai ficar na vontade o autor da vida proteje ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agnósticos também querem!

      Excluir
    2. Adoraria que ele morresse, e você também, Paulo. Crápulas como ele e você não fazem falta nenhuma ao mundo.

      Excluir
    3. Cinco seguranças armados um carro blindado colete a prova de balas é o que protege ele. Acorda mané pra realidade e tudo isto nas costas de vocês otario pagadores de dizimos.

      Excluir
    4. O autor da vida protege? kkkkkkkkkkk
      Pra que segurança então?

      O papa é a mesma coisa: anda de carro blindado e segurança. Quanta fé, né não?

      Abre o olho cara! Deus não protege ninguém! E como é que poderia proteger mesmo...?

      Excluir
    5. De que adianta ele morrer? Vcs crentes acéfalos e esquizofrenicos irão encontrar outro salafrário para idolatrar. Eu quero é educação em massa e de qualidade.

      Excluir
    6. eu tenho eh vontade de lavar a boca dele com sabão isso sim.

      Excluir
    7. Oh Luana não perca seu tempo, pois aquele boca do inferno não vai ter sabão que retire a sujeira. Muitos desejam a morte dele, mas morrer seria glorioso para ele, ele deve pagar aqui na terra o mal que profere as pessoas.

      Excluir
  3. O Malafaia mente tanto que ele chama de privilégio inserir os LGBTs em uma lei que já protege os religiosos. É privilégio ter os mesmos direitos que ele já tem? Aliás, a mudança na lei do racismo não protegeria só os homossexuais, mas qualquer orientação sexual. Atualmente, a lei está assim: "Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional". A PLC122 só pretende incluir outros grupos. Ficaria assim: "Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, orientação sexual, identidade de gênero, idosos e pessoas com deficiência". Acrescentar outros grupos na lei que já protege o Malafaia é inconstitucional? Como os religiosos podem se enganar dessa forma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é um mero engano

      é mentira deslavada

      malafaia mente descaradamente e os crentes repetem o que ele diz sem um mínimo de discernimento

      e Malafaia ainda diz que evangélicos não são ‘um bando de babacas iletrados’?

      faz-me rir... e muito...

      Excluir
  4. ou eu me enganei o autor da vida é o luan, michelle, anonimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu sou o autor da vida. Ajoelhe-se perante a mim, ó herege! ;)

      Excluir
    2. Paulo de Tarzo e suas trollagens dispensáveis...

      Paulinho, vc tá tão ocioso assim, meu querido?
      Caso esteja, tem uma trouxa enoooooorme de roupas lá em casa para serem lavadas e passadas, topas? lol

      Eu até te pago pelo serviço, mas com uma condição: se for pra fazer pregações religiosas idiotas, fique calado...minha casa não é igreja e eu não admito proselitismo religioso no meu lar, sacou? Se abrir a boca pra fazer proselitismos baratos e/ou pra ofender qualquer um, te boto pra fora!

      Excluir
    3. Infelizmente, Paulo de Tarso, eu não sou o autora da vida, pois se eu o fosse já teria "pegado de volta" algumas [muitas] vidas. (2)

      Excluir
  5. Humpf... Esse imbecil calado é um poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devia ter botão de curtir nesse blog...pq esse comentário merece!

      Excluir
    2. Michelle,essa sujeito obscuro merece um mandholdeboldesparker!.Não dá pra dizer em português.Mandem-no para Copenhague.

      Excluir
  6. me perdoe baphomet o autor da vida é voce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, Paulo de Tarso, eu não sou o autor da vida, pois se eu o fosse já teria "pegado de volta" algumas [muitas] vidas.

      Excluir
  7. hoje tem marcha para o rei da glória chupa anti deu chupa .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marcha pra defunto seu deus é um lixo assassino segregador bipolar e psicopata soltava fogo pelo nariz e gostava de sentir cheiro de animais queimado.

      Excluir
    2. Marcha ,dança ,bate o pe,joga dinheiro pra pastor comprar terno italiano,faz o q tu queres, nao importa o quao idiota seja. Mas deixa quem nao quer idiotices em paz,eh pedir mto?

      Excluir
    3. O pastor diz assim .Ae meu irmão no estilo malacheia, joga teu dinheiro pra cima o que deus catar é dele o que cair no chão e meu . Vamos lá meu povo tira tua carteira pega seu dinheiro e joga pra cima e não esqueça o que ele pegar é dele e o que cair é meu.

      Excluir
    4. Alguem pode me explicar pra que serve a tal da Marcha pra Jesus? Qaul o direito que eles reivindicam? Por que marcham?!?! Onde eu acho o manifesto?

      Excluir
    5. Segundo eles, a Marcha é em prol da "liberdade de expressão", porque estão "querendo calá-los". E sempre fazem o adjetivo "luta pela família tradicional"....e uma palavrinha de aborto. No fim das contas, o tema principal é atacar os movimentos LGBT's....agora, não me pergunte porque tanto ódio e medo que eles tem de nós, homossexuais e os bissexuais, trans, lésbicas....sinceramente, não sei. Só sei que eles estão travando e uma guerra contra este movimento, querendo barrar qualquer tipo de lei que venha finalmente nos igualar ao restante da sociedade.

      Excluir
  8. Às vezes tento pensar que o Malafaia vai qualquer dia dizer que estava brincando, pois é de uma ignorância quase inconcebível. Não é lei de privilégio, mas de igualdade, uma vez que a lei protege crimes contra determinados grupos, com exceção dos homossexuais. Projetos como o PLC122 e muito do trabalho que o deputado divulga e defende só tem como objetivo incluir os gays na proteção legal. E os religiosos fanáticos como o Malafaia vêm sempre tentando jogar empecilhos no caminho da igualdade disfarçando seus motivos religiosos (que não têm espaço no nosso estado laico) com argumentos imbecis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malafaia não ignora nada disso - ele sabe muito bem sobre o que se trata a PL122...

      ele apenas sabe tbm. que esse assunto dá visibilidade a ele e está surfando nessa mesma onda onde Bolsonaro já surfou - esse foi quem descobriu essa forma fácil de aparecer e a corja agora imita, até a psicóloga tonta entrou nessa

      heheh

      ainda bem que são eles mesmos que afirma ser o capiroto o pai da mentira

      Excluir
  9. Qualquer palavra contra os homossexuais é um crime como qualquer a outra pessoa ninguém pode desmerecer eles ou julgar porque quer que seja. Mais parece que os religiosos querem leis para desmoralizar eles e querem isto constitucionalizado claro malafaia é homofobico.

    ResponderExcluir
  10. Uma coisa é você não gostar de gays e ficar na sua, afinal ninguém é obrigado a gostar de algo ou alguém. Outra coisa é você propagar a idéia que gays são endemoniados, doentes, aberrações e etc. Isso não é liberdade de expressão e sim propagação de ódio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo concordo com você eu também não gostava deles e achava que eles tinham que sofrer preconceitos e discriminação. Mais eu comecei a me perguntar porque e não achei nenhuma resposta que justificasse e percebi que eu era um otario que este odiar era um problema meu e não deles e que eu deveria ficar na minha ,então eu percebi que isto era homofobia pura e simplesmente homofobia. E mesmo se ainda tivesse alguma aversão a eles eu não teria o direito de desmoralizar eles apenas por suas condições sexuais e muito menos por minhas crenças o que seria mais grave. Imagine se a moda pega aonde vamos parar , cada vez mais pessoas querendo liberdade que extrapola as leis e o bom senso em razões das suas crendices o que um cidadão que não professa sua crendice tem a ver com ela e porque ele tem que sofrer em razão da sua crendice . Da uma resposta racional pra isto .

      Excluir
    2. Exatamente.São duas coisas completamente distintas.

      Excluir
    3. Exatamente.São duas coisas completamente distintas.2

      muito bom seu depoimento!!!!!
      gente que pensa faz isso mesmo

      outros continuam usando preconceitos para aparecer na mídia

      Excluir
  11. Ninguém tem direito de atacar a pessoalidade de ninguém não importa se o seu deus queira isto. Mais uma vez eu vejo que o secularismos vai ter que cortar as asinhas dos crentes mais uma vez. Que isto seja regra entre seus congregadores ,não queira impor seus dogmas a toda uma nação e nem usar eles para desmerecer quem quer que seja.

    ResponderExcluir
  12. Ok, vamos supor que o psicólogo esteja certo. Homossexualidade - e transexualidade, asexualidade e bissesualidades dentre outras possíveis - algo do comportamento, podendo portanto ser revertidas para a sexualidade "normal", ou seja, a heterossexualidade.

    Não existe na nossa constituição algo que autorize um indivíduo - ou grupo deles - a aplicar terror psicológico em outro indivíduo por uma escolha pessoal. Não creio que exista alguém que goste de sofrer - mesmo no masoquismo o objetivo final é o prazer - e ser feliz com isso, como acontece com os de sexualidade "não-padrão". Imagino que devesse ser muito mais fácil para gays simplesmente abrirem mão da sua sexualidade e agirem em sua intimidade - que não diz respeito à ninguém além deles mesmos! - como hétero. Mas não é assim que aparentemente funciona. Obrigá-los ou forçá-los a tal só os torna infelizes (mas agrada ao Senhor!), além de ser uma invasão à intimidade e liberdades individuais. Felicidade é algo unicamente pessoal e não pode deve haver mecanismos externos, muito menos legais, sobre como as pessoas devem ou não buscá-la.

    Homofobia e "cura/libertação" de homossexuais não é algo que pode ser considerado correto em circunstância alguma, sejam "desvios de comportamento reversíveis" ou aspectos naturais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malafaia esquece propositalmente que há tendência genéticas(comprovadas) para certos quadros.Há tendência genética para o alcoolismo,há tendência genética para pedofilia,há tendência genética para a timidez,há tendência genética para a agressividade,há tendência genética para fleuma,há tendência genética para o furto,há tendência genética para homossexualidade etc.Assim como ser ruivo ou louro,branco ou negro há tendências genéticas para o diabetes,hipertensão arterial,doenças psiquiátricas,câncer ou como ter olhos castanhos,azuis ou verdes também é genético.Isso tudo vai se associando a outros fatores.Se ser tímido não é um simples "comportamento" alicerçado em um mero "temperamento",mas tem base genética,que é exatamente a mesma coisa que ocorre com a homossexualidade como alguém pode achar convincente um argumento tão fraco e refutável de que ser gay é mero comportamento aprendido sem questionar?

      Excluir
  13. Ele só esqueceu de meniconar que o fundador da tal "associação de ex-gay", hoje é "ex-ex-gay" é é principal denunciante dos métodos da tal associaoção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem muitos ex-crentes. Estarão condenados também ?

      Excluir
  14. Malatráia está numa posição confortável. Ele se apresenta como representante do "Movimento Evangélico" e parece ter a autorização do Estado de bater no "Movimento Gay", sem pagar por isso.

    Essa é uma luta desequilibrada, uma vez que a Constituição protege o comportamento religioso e não protege o comportamento homossexual.

    Pelo Código Penal, se um Religioso injuriar um Gay e este responder com outra injúrica contra o Religioso, o Juíz pode deixar de aplicar a pena a ambos, conforme Art. 140, § 1º, inc. II. Mas se o Juíz resolver aplicar as penas, então o Religioso pega detenção de 1 a 6 meses, ou multa, e o Gay pega reclusão de 1 a 3 anos e multa. Fica pior para o Gay porque usar de elementos religiosos na injúria qualifica o crime.

    Gays e Religiosos não são iguais perante a lei. Malafaia, covardemente, se aproveita disso. Portanto, é dever do Estado reparar essa diferença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legião,concordo contigo.Só pederia,se não for muito,para colocar a palavra comportamento entre aspas.Afinal,o Silas Malanticiência fala de "comportamentos",mas não define sequer comportamentos do ponto-de-vista biológico,sociológico,psicológico,genético ou neurocientífico etc.

      Excluir
    2. Sim,sem dúvida.É dever e OBRIGAÇÃO do Estado corrigir essa diferença.Religiosos não são superiores a gays e nem a ninguém.

      Excluir
  15. Enquanto Malacheia viaja pelo mundo no seu jatinho de 9 milhões de dólares, a maioria dos seus seguidores dizimistas e ofertantes anda de buzão, metro, trem, bicicleta pra ir nas igrejas deixar os 'trocadinhos' do 'senhor jesus'.

    Mas o que vemos é que no meio do 'amor cristão' também tem disputa por poder e dinheiro e estamos vendo a briga da Universal com a Mundial, que já brigou com a internacional da fé. E tb brigam e acusam uns aos outros de ganhos com a exploração da fé, traição entre eles e até adultério:

    http://www.youtube.com/watch?v=HAB6YCnHw7k

    http://www.youtube.com/watch?v=61JQJiy6HF4&feature=fvwrel

    O triste é ver o povo manipulado por essa gente e sendo conduzido para o preconceito e para o fanatismo religioso.

    Não há nada mais cruel do que o cristianismo, do que as religiões. Pessoas que em nome de um 'amor' que fingem praticar, desprezam os que não professam a mesma fé, os que não professam fé alguma, defendem a inferioridade e submissão das mulheres e o ódio aos homossexuais travestido de 'direito de opinião' e 'liberdade religiosa'.

    ResponderExcluir
  16. Estes homens de deus so estao a procura de um inimigo, para poder levar a bandeira. Não pregam harmonia, so pregam a discriminação, pelo visto os Gays so querem o direito de cuidar das suas vidas. Não se deve dar privilegios a ninguem todos devem obedecer as mesmas regras da sociedade onde estão inseridos. Todos deveriam ter a mesma justiça fiscal, nada de privilegios. Na pratica, a sociedade continua hipocrita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Warner,você está certo.Esses crápulas só querem um bode expiatório.O escroque deste Silas só utiliza os gays para atingir seus objetivos escusos e inconfessáveis.Pura pilatrantragem.

      Excluir
  17. O Malacheia linguarudo e boca suja não citou o nome do Jean para não ser processado.É que essa víbora,além do apoio de senadores da laia dele ou os que querem votos da crentalhada,conta com assessoria de bons advogados.Ano passado ele falou muita bobagem sobre muita gente,mas algumas vezes citava nomes o poderia possibilitar ações judiciais.Agora ele está mais cauteloso,mas continua BAIXO.Esse Mala-que-fala é um lixo!.O que tem o povo brasileiro que admira tanto esses lixos como se fossem coisa de grande valor?

    ResponderExcluir
  18. Ele(este fariseu demagogo barato) não critica a Rede Globo quando essa apoia as marchinhas dele usando o nome de Jesus.Hipócrita!!!!

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luan....

      só posso dar nota máxima para sua postagem
      é exatamente isso tudo que vc. escreveu

      Excluir
    2. "Sim, caros amigos. Hoje em dia, perseguir gays dá Ibope. Malafaia, na época que ainda tinha bigode, era só mais um pastor berreiro na televisão, não muito diferente de Macedo e companhia ilimitada. Mas agora, se intitulando o inimigo no. 1 dos gays, de repente se torna um dos pastores mais influentes e importantes do Brasil. Coincidência? "

      Agora vc acertou o cerne da questão. Os gays são a plataforma dele.

      Excluir
    3. Paulo Lopes, seria mito bacana se este comentário do Luan fosse elevado à postagem. :)

      Excluir
  20. É de fato a televisao muda muito os comportamentos tanto que mudou o seu ne maçon disfarçado de servo do criador eu quero ver se este adorador de bode tem coragem de jurar pela sua salvação e dizer eu juro por minha salvação que nunca fui maçon e ate assim mesmo eu vou desconfiar é um pilantrofico de carteirinha ele e a sua dinastia podre herança maldita do coronel paulo macalao que trouxe esta desgraça da maçoanaria para o meio do povo resgatado pelo salvador e ate conivente foi daniel berg que morreu sabendo que a maçoanaria estava nesta denominação assembleia do deus capeta

    ResponderExcluir
  21. A revista Carta Capital deu uma boa resposta para ele essa semana: http://www.cartacapital.com.br/politica/resposta-ao-pastor-silas-malafaia/#todos-comentarios

    ResponderExcluir
  22. Ola pessoal por favor falem para o paulo lopes pedir para o tao polemico silas malafaia caçador de bibas falar abertamente em seus programas sobre a nambla mas nao é para pincelar nao é comentar e questionar quero ver ate onde vai as coragem deste malacraia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se seria a hora dele deixar de ser hipócrita e discarado e admitir que gosta da fruta ou que quer trilhar o mesmo caminho do Macedo(que atacava as religiões afro-brasileiras)com esse papo furado de "defensor da família" vendendo a mentira da teologia da prosperidade.

      Excluir
  23. Psiquiatra pede desculpas a gays: http://www.guardian.co.uk/world/2012/may/19/psychiatrist-admits-gay-cure-study-flawed

    ResponderExcluir
  24. Sou a favor que os homossexuais tenham a liberdade de expressar-se amorosamente, inclusive em público, como nós heteros fazemos. A liberdade de namorar em público é algo que deve ser respeitado.

    Sobre o crime de homofobia eu sou favorável que exista, mas, atenção, é necessário fazer uma lei que não conceda privilégios demasiados ao grupo gay.

    A criação de grupos intocáveis é perigoso. Veja os religiosos, por exemplo, que possuem privilégios e são intocáveis. Todos tem medo deles, inclusive alguns ateus "cool". Ninguém deve ter direitos especiais ao ponto de prejudicar os não-especiais.

    A sociedade possui direitos e deveres. E para que os direitos sejam respeitados é necessário que os deveres sejam cumpridos. Antes de cobrarmos direitos devemos cumprir com os nossos deveres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao conheco nenhum projeto de lei que pretenda "conceder privilegios demasiados" aos gays. Qual seria?

      Excluir
    2. Rosanna Andrade

      É só uma suposição, um alerta, um aviso para que não se cometa excessos.

      Excluir
  25. Concordo plenamente com o Malafaia: ser gay é um comportamento. Que, aliás, merece ser tratado.

    Revejam o que estão fazendo de suas vidinhas amiguinhos (ditos gay's). Quando chegarem a velhice e olharem para trás, vão ver as tolices que fizeram. Aí vão se perguntar: Cadê os meu filhos? Cadê os meus netos? E não verão a ninguém.

    Convertam-se


    Amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Roberto

      A heterossexualidade tb é um comportamento e pode ser tratada, convertida para homo ou bissexualidade. Peçam à Marisa Lobo para curá-lo de sua heterossexualidade, afinal ser hétero é pecado e é contra os ensinamentos do deus Eros. Quem insistir no comportamento pecaminoso e nojento da heterossexualidade irá para o reino de Hades depois que morrer e ali sofrerá punições terríveis até o fim dos tempos quando serão julgados por Zeus.

      Por favor, héteros que aqui postam: convertam-se antes que seja tarde demais! Se não se converterem que Zeus tenha misericórdia de suas pobres e pecadoras almas.

      Que Eros e Zeus sejam louvados! Amém!

      (esse comentário é uma ironia, caso os religiosos de plantão que aqui postam não entendam isso e mandem mensagens cheias de mimimi, ok?)

      Excluir
    4. Não preciso transar com uma mulher pra ter filhos. Existe adoção, seu animal.

      Excluir
    5. Michele, o nome do deus grego do amor homossexual é Ganymedes. (ele era o amante de Zeus)

      Excluir
    6. Roberto,converta-se você da ignorância,do obscurantismo e da mediocridade!.

      Excluir
    7. Shiroyasha

      ô gente, eu não sabia que tinha um deus grego do amor homossexual e que ele era amante de Zeus! A-do-rei!

      Valeu pela informação! :)

      Excluir
    8. E para os assexuais há salvação?

      Excluir
  26. Baphomet, você é um débil mental. Que Deus tenha muintíssima misericórdia de você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baphomet, você é um débil mental.

      Amor cristão?

      Excluir
  27. Baphomet, sabe porque os crentes pedem a deus ter misericordia de nós.
    Simples, não tem nenhuma responsabilidade no que dizem, transferindo como esquizofrenicos a responsabilidade para o amigo invisivel.

    ResponderExcluir
  28. Luan, seu fresquinho fofíssimo (ha! ha! ha! ha! ha!), eu queria era ver você nascer por adoção. Seria possível filhinho!!
    Deus te abençôe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por me chamar de fofíssimo, mas já sou comprometido.

      Excluir
    2. O importante não é o meio como se gera uma vida; o importante é como se tratará essa vida. Achar que os gays não possuem condições morais para criar filhos da maneira adequada é de uma ignorância fenomenal.

      A heterossexualidade não é fator decisivo para tornar alguém melhor. O aspecto sexual é, apenas, só mais uma aspecto da vida humana; e nem é o mais importante.

      Excluir
  29. WillPapp, estou achando que você "pensa" que é gay. Usei o termo "pensa" porque creio que indivíduos homossexuais não existem, mas sim, um comportamento homossexual. Só está na cabeça meu filho, os gay's são homens para todos os efeitos. Essa liberalidade de comportamento é muito cômoda: aceita-se tudo e não se questiona nada.

    Você não gostaria de saber que nasceu sendo fruto de algma experiência de laboratório; mas, sim, do velho e antiquado método "mamãe-e-papai".

    Senão vejamos:

    1Nascendo em laboratório: Qem é minha mãe e meu pai? Quem são meus avós? --E por aí vai!
    2Nascendo em "mamãe-e-papai": Minha mãe até que é uma boa pessoa. Já o meu "velho", é um "saco" e às veses até toma uns gorós.--Viu a deferênça.

    Quem vive(ou viveu)em um lar normal, sabe ao menos a árvore genealógia de onde veio, por pior que seja.

    Fui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto

      Você está absolutamente equivocado.

      O fato de eu apoiar a causa gay não me torna um. Sou simpático às reivindicações dos homossexuais por questões humanas e não sexuais. O que está em jogo não é o direito de se transar com pessoas do mesmo sexo; o âmago da questão está em garantir que pessoas do mesmo sexo possam ter uma vida conjugal em toda a sua plenitude, garantindo-se a elas todos os direitos pertinentes a essa relação.

      Não me preocupa saber de onde eu vim ou para onde eu vou; eu me ocupo em viver o presente da maneira que melhor me apeteça. Árvores genealógicas não modificam em nada a minha vida.

      Excluir
  30. Roberto

    Existem indivíduos homossexuais, sim meu bem.
    Eu sou bissexual desde que me conheço por gente. Eu não escolhi ser bi, sentir afeto por homens e mulheres não foi um comportamento que eu adquiri com o tempo. Eu nasci assim, ser bi é parte da minha identidade da mesma forma que ser é hétero é o quem vc é desde o nascimento e que é parte da sua identidade e não um comportamento que vc adquiriu com o tempo.

    Qto à parentalidade: ninguém nasce num laboratório. O que acontece no laboratório é apenas a fecundação do óvulo pelo espermatozóide. É no hospital que acontece a implantação do óvulo fecundado no útero da mulher e é no hospital que ocorre o nascimento do bebê.

    Ser filho de alguém não é apenas ser um parente consanguíneo; é ter afinidades com as pessoas que te criaram. Vc com certeza já ouviu falar que pais (ou mães) não são necessariamente aqueles que te dão a vida e sim aqueles que te criam. Pois é, em alguns casos coincide de ser os dois. Mas em outros casos, não.

    Não importa se a criança é filha biológica dos pais que a criam, se ela é resultado de uma inseminação artificial ou se ela é adotada. O que importa é como ela é criada. Se o casal ou a pessoa que a cria (independentemente de ser um parente ou não, de ser casado ou não, de ser pais biológicos ou não, independente do gênero, identidade e orientação sexual) o faz com amor, carinho e proporciona uma boa vida pra essa criança.

    Aora voltando à questão de orientação sexual ser um comportamento: de acordo com o seu "argumento", qdo foi que vc adquiriu o comportamento heterossexual? lol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Robertinho, my dear

      O que vc prefere ignorar é que ser homo ou ser bi não se trata apenas de sexo. Homo e bissexualidade são orientações afetivas e sexuais.

      Por mais incrível que possa parecer pra vc, nós tb nos apaixonamos e amamos. Como eu já disse algumas vezes aqui ante, ser homo nãos e trata apenas de dar e/ou comer a bunda e colar velcro; ser bissexual não é apenas trepar tanto com homens qto com mulheres (da mesma forma que ser hétero não é apenas meter o pênis na vagina). Tem amor envolvido tb.

      O amor é um sentimento bonito que não é limitado apenas entre um homem e uma mulher. Acontece - que como em todo relacionamento saudável - há tb sexo envolvido; sexo este que não é apenas pelo prazer e sim tb como intimidade, cumplicidade e consumação da união com a pessoa que vc ama. Não há nada de errado em se amar uma pessoa do mesmo gênero sexual. Não é imoral, não é ilegal e não engorda. hehehe

      Excluir
  31. Michelle, eu não sei o porquê mas o meu comentário respondendo à sua pergunta -- ao que parece -- foi removido, já que eu não o vejo mais aqui.

    A minha resposta falava que os hormônios, o desejo e sentimento é que me fazem gostar de mulhere. Qual homem não se encantea com uma mulher bonita e cheirosa; então, "rola" -- naõ que eu saia por aí fazendo sexo indicriminadamente com qualquer mulher bonita que me der bola. Acoisa não é bem assim.

    E dizia mais: homem com homem, vira lobisomem; mulher com mulher (minha filhinha)vira jacaré.

    Deus a abençôe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto,

      Realmente seu comentário sumiu, sabe-se lá pq.

      Mas - respondendo ao seu comentário - onde foi que eu disse que vc faz sexo indiscriminadamente com qualquer mulher qeu vc acha bonita? O que eu disse é que ser homo ou bissexual não é apenas sentir atração sexual por pessoas do mesmo gênero sexual e por pessoas de ambos os gêneros sexuais respectivamente. Da mesma forma que ser hétero não é apenas sentir atração sexual por pessoas do gênero sexual oposto. Em ambas as orientações sexuais há amor e paixão envolvidos.

      Eu não me relaciono com mulheres ou com homens apenas pra fazer sexo. Os relacionamentos que tive com pessoas de ambos os gêneros sexuais teve amor envolvido.

      Ser hétero, homo ou bi não são comportamentos e sim orientações afetivas/sexuais inatas. O que faz alguém ser hétero, homo ou bi eu não faço a mínima idéia e tb não me interessa. Querer saber o pq eu sou quem sou não me faz perder o sono à noite.

      >> "E dizia mais: homem com homem, vira lobisomem; mulher com mulher (minha filhinha)vira jacaré."

      Nossa, isso é tão maduro de sua parte...ou não.

      Excluir
    2. Esse negócio de árvore genealógica quem se importa? Quem vive de passado é museu e álbum de fotografia.

      Excluir
  32. Michelle, minha fofinha, essa última parte era uma brincadeira para descontrair, sabe! Mas há um quê de verdade nela: foge a naturalidade, paciência.

    Esse negócio de ficar pulando de "galho em galho", um dia fica-se com um rapaz e no outro com uma moça, não é um pouco descompromissado? -- para não dzer outra coisa.

    Will, qual a sua formação acadêmica? Essa sua postura de politicamente correto encaixa-se em todos os assuntos corretamente, como que se você estivesse preocupado de agradar a todo mundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto,

      >> "Michelle, minha fofinha, essa última parte era uma brincadeira para descontrair, sabe! Mas há um quê de verdade nela: foge a naturalidade, paciência."

      Homossexualidade acontece em centenas de outras espécies de animais, assim como a heterossexualidade. Mais natural do que isso, impossible.

      >> "Esse negócio de ficar pulando de "galho em galho", um dia fica-se com um rapaz e no outro com uma moça, não é um pouco descompromissado? -- para não dzer outra coisa."

      Eu não fico pulando de galho em galho; eu não sou promíscua, não sou de ficar e transar com td que mexe. Eu não sou de ficar hj com uma pessoa e no dia seguinte com uma pessoa diferente, independentemente do gênero sexual dela. Por mais incrível que possa parecer pra vc, todos os meus relacionamentos foram sérios e mesmo assim não sou o tipo de pessoa que teve dezeeeeenas de namorados e namoradas. Os relacionamentos sérios que tive dá pra contar nos dedos de uma mão. Eu sou mais seletiva e exigente.

      Eu conheço alguns heterossexuais que são bem saidinhos e são que nem alface: dão fácil em qualquer lugar. No caso deles, caiu na rede é peixe.

      >> "Will, qual a sua formação acadêmica? Essa sua postura de politicamente correto encaixa-se em todos os assuntos corretamente, como que se você estivesse preocupado de agradar a todo mundo!"

      Onde a formação acadêmica de alguém é relevante para o debate?

      Excluir
  33. Michelle, poderia explicar, de alguma maneira a forma com que o pensamento desse homem é direcionado. Exemplo, se ele for fomado na área das ciências humanas, poderia explicar o jeito, vamos dizer, quase afável, com que ele trata dos assuntos polêmicos deste Blog.

    Mas, enfim é melhor que o próprio Will se pronuncie --se é que isso lhe apraz.

    Tchau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto,

      Eu sou formada na área das ciências humanas, em jornalismo pra ser mais exata.

      E - de acordo com o jornalismo - O que o Will faz se chama ser objetivo. Mas pra ser objetivo não precisa de ser formado em alguma área, portanto é irrelevante para o debate.

      Excluir
  34. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário