Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Evangélicos protestam contra juiz que proibiu barulho

Fiéis usaram um carro de som na manifestação
Evangélicos de várias denominações de Corumbá (MS) protestaram ontem (11) à tarde contra o juiz Vinicius Pedrosa Santos por ele ter proibido a celebração de cultos de templo da Assembleia de Deus (Ministério Belém).

Santos emitiu a sentença a favor de uma vizinha do templo que vinha sendo incomodada pelo sistema de som do culto havia mais de dois anos. Antes de recorrer a Justiça, ela tentou obter um acordo com os pastores da igreja, além de ter acionado do Ministério Público.

A cidade tem cerca de 104 mil habitantes e fica a 420 km da capital, Campo Grande.

O pastor João Lucas Martins não contestou a vizinha quanto ao barulho. Fotos anexadas ao processo judicial mostram que a igreja não se preocupou com o isolamento acústico.

Martins disse que a manifestação foi realizada por causa de um trecho que julga discriminatório da sentença de Santos segundo o qual “é praxe das igrejas evangélicas colocarem às alturas seus equipamentos de som e causar um efeito nocivo à população”.

Ao confirmar que já entrou com recurso no Tribunal de Justiça contra a decisão do juiz, Martins exagerou: “Estamos recebendo apoio de várias partes do mundo”.

Com informação e foto do Midiamax News.

Juiz de Corumbá proíbe culto que incomoda vizinha.
março de 2012

Barulho de culto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...