Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

segunda-feira, 12 de março de 2012

Evangélicos protestam contra juiz que proibiu barulho

Fiéis usaram um carro de som na manifestação
Evangélicos de várias denominações de Corumbá (MS) protestaram ontem (11) à tarde contra o juiz Vinicius Pedrosa Santos por ele ter proibido a celebração de cultos de templo da Assembleia de Deus (Ministério Belém).

Santos emitiu a sentença a favor de uma vizinha do templo que vinha sendo incomodada pelo sistema de som do culto havia mais de dois anos. Antes de recorrer a Justiça, ela tentou obter um acordo com os pastores da igreja, além de ter acionado do Ministério Público.

A cidade tem cerca de 104 mil habitantes e fica a 420 km da capital, Campo Grande.

O pastor João Lucas Martins não contestou a vizinha quanto ao barulho. Fotos anexadas ao processo judicial mostram que a igreja não se preocupou com o isolamento acústico.

Martins disse que a manifestação foi realizada por causa de um trecho que julga discriminatório da sentença de Santos segundo o qual “é praxe das igrejas evangélicas colocarem às alturas seus equipamentos de som e causar um efeito nocivo à população”.

Ao confirmar que já entrou com recurso no Tribunal de Justiça contra a decisão do juiz, Martins exagerou: “Estamos recebendo apoio de várias partes do mundo”.

Com informação e foto do Midiamax News.

Juiz de Corumbá proíbe culto que incomoda vizinha.
março de 2012

Barulho de culto.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...