Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Inri diz que mundo vai se acabar, mas só para quem morrer

Diante de tanto delírio,  até
Inri Cristo soa como sensato
Até Inri Cristo (foto), 63, que diz ser a encarnação do filho de Deus e é por isso tido como maluco, tem falado coisa sensata em relação ao delírio que as profecias têm causado em crentes de países de população muito religiosa.

Em sua mais recente declaração, o Cristo brasileiro disse que “efetivamente o mundo vai acabar em 2012, mas só para quem morrer”.

Nos Estados Unidos, muita gente acreditou na profecia do pastor Harold Camping, 90, de que o fim dos tempos ocorreria no dia 21 de maio de 2011. Houve até um brasileiro que viajou para Nova Iorque onde ele acreditava que Cristo, entre anjos, desceria do céu.

O que está valendo agora para os mais crédulos é uma suposta profecia dos maias segundo a qual o Juízo Final ocorrerá no dia 21 de dezembro de 2012.

Inri Cristo disse que ninguém sabe a data exata do fim do mundo. “E nem eu quero saber, já que o Senhor nos concedeu a graça de ignorar esse dia.”

Este Cristo -- que vai morrer de velho e não na cruz e se confessa não saber do futuro -- contrasta no Brasil com os sabichões pastores milagreiros que são levados a sério por milhões de pagadores de dízimo.

O Brasil está precisando mais da loucura debochada e crítica de Inri Cristo e menos da sanidade dos milionários pastores espertalhões cada vez mais influentes na política, ameaçando o já frágil Estado laico brasileiro.

Isso sim é o que é, metaforicamente, o fim do mundo.

Inri Cristo chama de 'evanjegue' miserável que paga dízimo
dezembro de 2011

25 mil americanos se inscrevem para comprar abrigo contra fim do mundo
janeiro de 2012

Notícias do fim do mundo

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...