Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

'Meu filho gay não representa nenhuma ameaça à humanidade'

por Paulo R. Cequinel em resposta a um leitor no post
Milhares de europeus católicos e protestantes pedem desbatismo

Para que as coisas todas fiquem sempre muito claras, prezado Jefferson, devo dizer que meu filho mais novo é gay e que decidiu viver sua sexualidade abertamente.

Como pai tenho o dever incontornável de, enquanto eu estiver por aqui, defender os valores, a honra, a imagem e a vida do meu menino.

Eu, imoral? Meu filho, imoral e anticristão?

A cada 36 horas uma pessoa LGBTT é assassinada neste país, e uma das razões, a meu juízo, é a evidente legitimação social que a LGBTT-fobia de origem religiosa empresta aos atos de intolerância e de violência contra essas pessoas que são, apenas, diferentes.

Meu filho não ameaça nenhuma família ou a humanidade, como proclamou o nazistão do B16 recentemente.

Aos 18, estuda muito, já trabalha, é honesto, é amoroso, é respeitado por seus companheiros de escola (preside o grêmio estudantil) e é gay, e não se esconde, e não se anula, não se nega como ser humano.

Meu filho é imoral, é anticristão, é um perigo?

Evidente que não, embora sua obtusa religiosidade o impeça de entender coisas assim tão simples.

No que me diz respeito, e por meu filho, vocês é que haverão de sentir-se incomodados, vocês é que sentirão vergonha do que pensam e dizem, vocês é que se esconderão.

Vocês é que são ameaça e perigo: sua LGBTT-fobia mata.

Comigo, LGBTT-fobia eu trato é a pontapés, ainda que metafóricos.

Pelo menos por enquanto.

Papa afirma que casamento gay ameaça o futuro da humanidade.
janeiro de 2012

Homofobia.     Posts de leitor.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...