Milena dos Santos Nascimentos, vítima do atirador do Realengo

Milena dos Santos Nascimento (foto), 14, estava no 6º ano. Waldir Nascimento, seu pai, disse que ela não faltou este ano nenhum dia à escola por gostava de estudar.

Na escola, ela tinha duas irmãs, Tainá, 14, e Helena, 12, que nada sofreram, mas presenciaram a tragédia. Tainá se salvou porque um professor a colocou em uma sala e a trancou e Helena fugiu para o auditório, cuja porta foi bloqueada por uma barricada.

O pai não culpou o governo pela falta de segurança na escola. "O atirador podia ter feito o mesmo em uma praia." A família passou a considerar a possibilidade de voltar para a Bahia.

O corpo de Milena foi sepultado por volta das 14h30 de sexta-feira (8) no cemitério do Murundu, na Zona Oeste do Rio.

> Perfil no Orkut da Milena.

Vítimas do atirador da escola do Realengo.

Caso do atirador do Realengo.