Pular para o conteúdo principal

Wyllys luta contra a 'poderosa direita religiosa', diz Guardian

Jornal dedicou texto de 700 palavras ao deputado
Wyllys disse que se sente
como um Don Quixote
O jornal britânico The Guardian afirmou que o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), 37, na foto, tem sido um guerreiro contra a poderosa direita religiosa brasileira.

Nesse embate, afirmou o jornal, “o primeiro deputado federal assumidamente homossexual do Brasil precisa de todo o apoio que puder conseguir”. Comparou Wyllys a Havey Milk (1930-1978), que foi o primeiro político gay assumido dos Estados Unidos  - ele foi assassinado.

Wyllys disse ao The Guardian que às vezes, nessa batalha, se sente como dom Quixote. “É uma batalha difícil de combater, mas essa é a minha vocação.”

Ele afirmou que pregadores radicais evangélicos avançaram “silenciosamente nos corações e mentes” dos brasileiros. “Agora, estamos começando a perceber a força política em que se tornaram.”

Para o deputado, os pastores radicais estão com “as mãos sujas de sangue” porque a sua pregação incentiva o assassinato de homossexuais. “Eles demonizam os gays.”
O jornal disse que a atuação dos pastores radicais - incluindo os exorcizadores de gays e lésbicas  - ameaça a reputação que o Brasil tem de ser um país tolerante, inclusive em relação aos homossexuais.

The Guardian disse que do lado oposto ao de Wyllys está o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Trata-se, afirmou o jornal, de “um televangelista notório que recentemente lutou contra a tentativa de criminalizar a homofobia e que se descreve como ‘inimigo público nº 1 do movimento gays’”


A direita religiosa, segundo o jornal, acusa Wyllys (foto) de travar uma “guerra pessoal” contra a religião e de fazer “uma campanha contra o cristianismo”. 

O jornal transcreveu trecho de uma reportagem da Istoé segundo o qual Wyllys terá, este ano, grande influência na luta pela criminalização da homofobia.

Íntegra do texto do The Guardian.

Malafaia firma liderança em um Brasil evangélico, diz NYT
novembro de 2011

Silas Malafaia.

Comentários

Cláudio disse…
E o Silas Maracutaia agora está com a Globo, dois "exemplos" de integridade.
Anônimo disse…
É uma vergonha estes evangélicos os cara adora um bacanal nada em rios de dinheiro e ainda querem cacarejar conceitos de moral ,esses crente esta tudo é fudido ,esta é a verdade.
direita perigosíssima disse…
Avisem os jornalistas amestrados do The Guardian (e seus mandantes) que a perigosíssima "direita religiosa" no Brasil apóia, em sua maioria, o governo da socialista Dilma Rousseff.

Isso é que é "direita religiosa", o terror do comunista gay Jean Wyllys.
Quem disse que o Wyllys é comunista?

Caso não saiba, o partido do Wyllys é o PSol = Partido SOCIALISMO e liberdade.

Se informe primeiro antes para não passar vergonha depois, por favor.
Anônimo disse…
Direita Perigosíssima: o namoro entre os evangélicos e os petistas está no fim. Informe-se melhor, cara. Veja: Petista quer disputar com líderes evangélicos a influência na classe C
direita perigosíssima disse…
Ah, bom. O Jean Wyllys então não é comunista, é socialista, me ensina um sábio.

E o nome fantasia do partideco totalitarista dele, pra quem não sabe, é um oxímoro (ajunta dois conceitos opostos, antagônicos), um paradoxo semântico pra tentar enganar trouxas.
Anônimo disse…
Claro, o que poderia se esperar de um jornal de esquerda!
Anônimo disse…
Esses religiosos me dao nojo! kerem levar o Brasil de volta pra Idade Media, transformar o Brasil numa ditadura teocratica q nen o Iran.
Essa é sua lógica:

Ele é contra pensamentos retógrados como o meu, logo ele é comunista.

Quer ensinar semântica pra mim agora, troll?
Estudante do comunismo socialismo disse…
Qual a diferença de comunista para socialista? Baseado na denominação, digo que comunista tem haver com comunidade, o comum. Socialista tem haver com o social, o outro. Eu e os outros forma a comunidade, o social, a sociedade.
Anônimo disse…
qual a importância entre socialismo e comunismo numa discussão sobre os direitos dos homossexuais no brasil?

distorcendo os fatos para proteger o preconceito ou pra defender a religião preconceituosa?
Jeferson Tadeu disse…
Qual o problema de alguem ser comunista? Alias a maioria dos que sao contra o comunismo nem sabem o que é comunismo. Sao partidários do Deus-Patria-Familia, que a gente sabe no que que deu . Heil-Hitler! Viva ao totalitarismo, que alias adora uma religiao.
Anônimo disse…
Nao é atoa que protestantismo anda de maos dadas com o capitalismo que é adepto da direita. E claro protestantismo nao pode aceitar homossexuais pq seria aceitar que uma parte da biblia ou está errada ou precisa de releitura, o que abalaria os fundamentos da fé caso fosse feito de uma vez so. Tenho muito medo de o Brasil estar se aproximando realmente da TEOCRACIA, a exemplo dos EUA ( Bush) e dos paises islamicos, sabemos que os efeitos sao desastrosos.
Sou casado, hetero, pai de familia, nao me imagino em uma relacao com homossexual assim como nao me imagino sendo cruzeirense. Posso nao ser adepto a uma pratica pessoal, mas nao posso ultrapassar o limite de impor minha opiniao sobre o fiofo alheio.

A proposito tinha um heterossexual religioso que todos os finais de semana ia a igreja, passava a pé pelo mesmo caminho, assim como um gay pervertidaço que passava por este logradouro so que uma hora depois.
Esta passagem era muito deserta e longa, e havia salteadores escondidos atras de escombros. Um dia um homem foi tomado pelos salteadores que tomaram suas posses e os espancaram e o jogaram no chao.
Veio o religioso, passou pelo homem ainda gemendo e disse: - Nao posso me atrasar para o culto do Senhor! e foi-se embora.
Assim veio o levita cantador, o pastor e o presbítero.
Uma hora mais tarde veio o homossexual pervertidaço baitola bichona, viu o homem, arrastou-o como pode, levou-o até o hospital e ainda deixou um dinheiro para que se lhe comprasse remedios, disse a enfermeira que quando voltasse de sua noitada passaria por la e completaria os demais custos necessarios para cuidar do homem.

Diga, vc conhece essa historia?
Isso é uma releitura do "Bom Samaritano", mas ficou muito bom. XD
Jeferson Tadeu disse…
Pois é so nao saiu meu nome no bom samaritano gay.
Ben Harper disse…
tem "haver" ? Esse estudante precisa estudar mais.
Anônimo disse…
O Jean é um cara muito valente e tem-se mostrado muito digno.Tem lutado para que as igrejas não mandem no Estado.O Estado LAICO não deve ser ateu,como eles gostan de lembrar,mas não pode ser uma teocracia.
Jefferson disse…
O Brasil cada dia caminha para a decarrota, um cidaddão que a única coisa que sabe fazer é lutar contra a familia, ganha notoriedade por lutar pelos que já foram os maiores propagadores de doenças vénereas e da AIDS, por isso que cada vez mais a sociedade se deteriora e a familia caminha para o fim. Viva ao errado, abaixo a família, viva a promiscuidade! Que DEUS tenha compaixão do Brasil.
Anônimo disse…
Os trolls remunerados do Malacheiaasquerosa já estão enchendo o saco e a página.
Eu não vi nada no discurso do Wyllys que diz algo contra a família.

Já seu discurso é muito TFP e facistinha.

Acho que você deve ter cheirado muita farinha. Você é um homofóbico doido, sério mesmo, vai se tratar.
Anônimo disse…
Silas "a lacráia" parece ter aprendido a dominar a língua.
Depois dos episódios sobre fornicação com gays e ódio à mulher jornalista ele não tem dado pitis dignos de nota
Anônimo disse…
Vc sabe o que quer dizer nazi?

Em tempos, o que houve com Clodovil Hernandes? Não é mais gay só pq não apoiava a causa?
Anônimo disse…
Conheci uma garota advogada que tinha passado em um concurso, da igreja do Sillas, ela era boa advogada e ofereceram pra ela o dobro da remuneracao do concurso pra ela ficar na igreja defendendo o silas em processos. Ela ganharia o dobro de um analista do judiciario. Pq sera que ele tem um advogado a disposicao?
Anônimo disse…
O Silas Mala-bin-Laden apenas "tomou uma pequena dose de semancol genérico do laboratório se mancou",mas se aparecer outra chance ele destila seu veneno de lagarto dragão novamente como de costume.
No Name disse…
Tadinho dele só tem o estado ajudando ele.

Estatuto da diversidade sexual

III - DIREITO À LIVRE ORIENTAÇÃO SEXUAL
Art. 5º - A livre orientação sexual e a identidade de gênero constituem direitos
fundamentais.

§ 1º - É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém
de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.

-Traduzindo se uma pessoa procurar uma ajuda médica, religiosa para tentar sair de uma condição que não lhe agrada, não pode! e o profissional ou religioso pode ser penalizado.

§ 2º - Cada um tem o direito de conduzir sua vida privada, não sendo admitidas pressões para que revele, renuncie ou modifique a orientação
sexual ou a identidade de gênero.
-Traduzindo se uma pessoa não for aceita numa comunidade religiosa por sua opção sexual punição tambem.

.
XI - DIREITO AO TRABALHO
Art. 66 - É assegurado o acesso ao mercado de trabalho a todos,
independentemente da orientação sexual ou identidade de gênero.
Art. 67 - É vedado inibir o ingresso, proibir a admissão ou a promoção no
serviço privado ou público, em função da orientação sexual ou identidade de
gênero do profissional.
Art. 68 - Quando da seleção de candidatos, não pode ser feita qualquer
distinção.

-Traduzindo: Se numa seleção o melhor candidato for um hétero e o homossexual se sentir prejudicado ele pode alegar discriminação Punição também.
Não, você está totalmente, absolutamente, ignorantemente errado.

Para isso funcionar, o homossexual (até um heterossexual, por que não?) precisa provar primeiro que foi por motivo de discriminação e não por incompetência. Caso contrário, o juiz vai rir da cara dele.

E não sei como o estatuto acima pode ser prejudicial

Francamente, Nosci, você é surtado, cara. Vê gigantes onde tem moinhos. Esquizofrênico e quixotesco. Vai para a terapia, vai.
Anônimo disse…
O Estatuto é bom para todo mundo.Inclusive para o Nosce.Só falta ele aparecer com a história do império homossexual.kkkkkkkkkk...
Eu acho que alguém que tem um templário assassino como avatar não tem moral para criticar a moral de ninguém.
Anônimo disse…
Porra, a interpretação do cara ao parágrafo 1º do art. 5º foi de doer... É difícil de entender que alguém que busque voluntariamente mudança de comportamento sexual esteja sendo coibido...

O capítulo XI, embora venha a tolher uma liberdade que os empresários têm, é similar à discriminação contra os negros. Um negro rejeitado não pode alegar sem fundamentos que sua rejeição foi devido à sua raça...
Estudante do comunismo socialismo disse…
Bem Harper me diga, o certo é tem haver ou tem a ver? Por quê? Ouvindo os falantes o som é o mesmo. Se for haver com sentido de existir, então é tem existência, algo que existe em comum. Se for a ver, então é um vendo o outro.
Noviço, qual é a sua?

Num post anterior você foi bem intolerante e preconceituoso com os gays, agora está defendendo uma lei anti-discriminação?
Anônimo disse…
Gostaria de discutir essa :- É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém
de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.

-Traduzindo se uma pessoa procurar uma ajuda médica, religiosa para tentar sair de uma condição que não lhe agrada, não pode! e o profissional ou religioso pode ser penalizado.


Vou traduzir a traducao:

Ajuda medica ( homossexualismo e doenca?) nao nao e, foi retirado do DSMIV há anos. SOmente psicologos e psiquiatras cristaos hoje o trata como doenca e o nivel de "recuperacao" destes, sem recaida ao longo de decadas, gira em torno de 5%. Fonte? trabalhei numa dessas.
Na verdade a grande maioria ou se torna homossexual frustrado, ou se torna um asceta, este ultimo nao indica que deixou de ser homo, apenas que nao esta mais fazendo sexo, como qualquer hetero casto.
E uma religiao que tente tirar alguem do homossexualismo de fato já é discriminante.

Quando é que os crentes irao aprender: Dai a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus?????

Deixe o Fiofo alheio em paz, se existe um Cristo e ele funciona, seu filho nao sera Gay, isso nao entrara no seu lar e so ira procurar a igreja quem quiser ser Gay asceta .

Mas se por acaso seu filho for gay, ai... repense sua fe.
Anônimo disse…
Só estou mostrando ao nosso caballeiro cruzado como entender as leis...

Embora psicólogos que ofereçam tratamentos de mudança de comportamento sexual tenham suas habilitações ameaçadas, isso não é por conta daquele parágrafo que ele está citando.

E ele também fez uma terrível interpretação quanto a um gay simplesmente alegar que foi discriminado. Mesmo que se imagine que na prática muitos gays possam fazer expediente dessa lei para injustiçar empresários, abuso não tolhe uso.


O que não quer dizer que eu concorde com uma vírgula desse estatuto.
Anônimo disse…
Este paulopes faz vista grossa pois comentários assim deveria ser deletado. confesso que já estou começando a ficar com ódio mortal do dono deste site , pois e por falta de justiça e braço forte que este brasil não é melhor , eu acho que o senhor devia de administrar melhor estes comentários para evitar confusões desnecessárias.
Anônimo disse…
Um cristão que se preze nunca classificaria homossexualismo como doença. Como repreender moralmente uma pessoa por uma enfermidade?
Acontece, Noviço, que homossexualidade não é uma doença ou distúrbio para que haja algum tratamento e psicólogos que fazem isso estão agindo contra a ética médica. Portanto é justo cassar a licença desses psicólogos, tão justo quanto cassar a licança de um médico que faz alguma experiência ilegal. E se eles não gostam, deveriam publicar um artigo científico decente, em periódico indexado, comprovando cientificamente que homossexualidade é uma parafilia. Caso contrário, não tem nada para ser tratado.

Mas você quer mesmo começar esse debate de novo? Eu entendo o assunto melhor que você, acredite.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Então por que repreendem como se fosse?
Anônimo disse…
Não entrei nesse mérito, apenas apontei as interpretações estapafúridas do cruzado.

Mas há sim estudos indicando possibilidade de reversão.

Tem em inglês aqui: http://www.narth.com/docs/correctionletter3.html

e em português num infame blog que não vou me dar ao trabalho de citar
Anônimo disse…
Não sei como fazem desta maneira, seria como repreender alguém por ser esquizofrênico.

No meu entender as repreensões são feitas como se homossexualismo fosse uma falha de caráter.
jeferson tadeu disse…
A pergunta é, entao pq precisariam de medicos ou psicologos? E outra, se é uma questao moral, pq existem animais homossexuais nas mais variadas racas ( mesmo silvicolas que nao conhecem o homem). Animais pecam?
Anônimo disse…
E podemos ir mais longe. Pq alguem escolheria ser homossexual sabendo que sera perseguido? E se é falta de carater pq alguns homossexuais demonstram essa falha somente quanto ao homossexualismo e no demais trabalham, estudam, compram, vende e pagam impostos? Nao eram pra ser todos com falha de carater no resto, ja que sao naquilo que é mais dificil assumir frente ao preconceito? Nao eram pra ser tb todos usuarios de droga?

Se tu crrente acredita que sim, sao todos totalmente pervertido, o dia que conhecer um somente, que va a igreja, pague os impostos e em secreto tem vida homossexual, sua tese cai por terra.
Anônimo disse…
Comportamento animal não pode ser parâmetro para o comportamento humano. Diversos animais comem e rolam em bosta, e aí? Diversos animais se matam por conta de fêmeas, vamos tolerar esse tipo de conduta entre homens?
Anônimo disse…
Alguém faz práticas homossexuais para obter determinados prazeres. A discriminação da sociedade seria uma consequência que ele está, em algum grau, disposto a sofrer.

Só porque alguém tem uma falha de caráter, isso não quer dizer que ela vá cometer toda a sorte de imoralidades. Se eu mato, nao necessariamente estupro.
No Name disse…
Richard Cohen ex homossexual teve seu livro recolhido por pressão adivinhem de quem ?

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/12/livro-que-promete-cura-para-homossexualidade-causa-polemica-na-espanha.html

Diante das pressões pró-gay Mackenzie retira texto que defendia liberdade de expressão cristã.

A lei contra a homofobia nem esta aprovada e já estão botando pra quebrar.
Anônimo disse…
Noviço,não vai muito longe essa ignorância.Os exorcistas da ICAR e os curandeiros protestantes consideravam os doentes mentais de quaisquer tipos todos possuídos pelo demônio.
Anônimo disse…
Noviço,ninguém quer promover paridade entre animais e seres humanos,mas demonstrar ser a prática homossexual um fenômeno inegavelmente NATURAL ,pois ocorre entre eles.
Anônimo disse…
Alguém faz práticas homossexuais porque é orientado instintivamente a fazer.Isso é involuntário e não constitui escolha.O sexo gay é consequência da orientação sexual homoafetiva,mas nem todo homossexual é praticante,há os que vivem sua homossexualidade em latência.Será que é tão complicado assim de se entender?
Anônimo disse…
Ex-homossexuais são apenas gays em abstinência.Precisaríamos de tomografias cerebrais para saber se já não mais ocorrem pensamentos e fantasias sexuais nessa pessoa para saber se ficou "curada".O que é impossível,visto ser impossível detectar e registrar o pensamento humano em exames médicos.
jeferson tadeu disse…
Fico feliz Novico pq raramente se tem uma discussao sadia sobre o tema, respeito isso e fico feliz, deixe-me rebater.

Sim, so pq tem uma falha em uma area nao significa que tera nas demais , mas... insisto em dizer ter falha em area que ja marginaliza a pessoa espera-se que falhe nas demais. Exemplo, quem estupra, espera-se que tenha falha para matar, ou ao menos para roubar. Ja que rouba a dignidade alheia. E o famoso : "ja estou na merda mesmo, entao daqui pra frente dane-se".
E isso nao ocorre necessariamente com os homossexuais.

Sobre o prazer , sim esse é o ponto, o cristianismo ataca o homossexual pela sua forma de obtençao de prazer. O ponto chave.

Eu creio, com as pesquisas que andei lendo e estudando, que a forma de se ter prazer esta determinada bio-psiquicamente, e é impossivel (salvo os milagres) que alguem consiga fugir dessa determinacao bio-psiquica. Como por exemplo seria impossivel determinar a mim ou (acredito) a ti, que consiga obter prazer em uma relacao homossexual.

Pensando no principio do prazer, podemos falar que ha varias formas de prazer, o comer um bolo, o preferir o cha preto ao verde, o preferir sexo oposto ao mesmo sexo, o gostar de fazer o bem ao mal. Eu por exemplo detesto Jilo, ja tentei gostar, mas nao consigo. E se fosse obrigado a comer pra sempre jilo e nunca mais poder comer minha carne moida com quiabo, ficaria muito triste.

Vc nao?
No Name disse…
AnônimoJan 30, 2012 06:11 PM

Eu não julgo ninguém, se ele tem uma briga interior, vai vencer a que ele mais alimentar.

O que sou contra é este hospício de leis
jeferson tadeu disse…
Em tempo, nao é impossivel detectar areas cerebrais responsaveis pela libido estarem ativadas atraves de tomografia. Realmente seria o caso de expo-los a tais cenas em laboratorios. E tirarmos as prova dos 9. Tendo em vista recentes pesquisas e tb o fato do homossexualismo entre animais, sigo defendendo a tese da determinacao Nature-Nurture para orientacao sexual
jeferson tadeu disse…
Nosce, o homem é senhor de seus pensamentos e vontades? Entao pq 99% dos jovens evangelicos nao conseguem vencer a masturbacao?
jeferson tadeu disse…
Pq entao um homem peca? Pq aquilo que quero eu nao faco (copiando as palavras do proprio Paulo na Biblia) . ? ??? Se Paulo afirmou que o homem nao consegue se dominar, que se simplesmente dominar sua lingua ja sera uma grande vitoria. Pq se compra a ideia velha pregada dos dois cachorros???
jeferson tadeu disse…
Amanha voltarei a este debate
Essa instituição pseudo-científica, a NARTH, tem um probleminha com a teoria dela. Ela não consegue afirmar com clareza e segurança de que os supostos "ex-gays" deixaram de sentir atração pelo mesmo sexo. Apenas "mudam" seu comportamento sexual. (coloquei entre aspas porque vai que acontece aquela "fugidinha"). Na verdade, não há nenhuma garantia de que esses "tratamentos" causam algum resultado relevante.

Pode perguntar para qualquer "ex-ex-gay" (eu rejeito profundamente esse termo) e veja que TODOS ainda sentiam atração pelo mesmo sexo, apenas ficam de "abstinência" ou tratavam a coisa como "influência demoniaca"

E se esse "blog infame" for de um certo senhor fundamentalista de direita, barbudo, cabeludo, homofóbico e completamente surtado, já perdeu toda a credibilidade para mim e qualquer pessoa que se diga racional.

Leia o livro "Por que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?". Tem uma parte que explica gays, lésbicas e transexuais, e apenas de algumas informações estarem desatualizadas pelo fato do livro ser de 2000, tá pra entender melhor o assunto.
Anônimo disse…
Sim,meu caro,mas registrar o pensamento em si ainda não é possível.Registrando as áreas responsáveis pela libido podemos ter um indicativo,porém não uma prova cabal para acabar de vez com as dúvidas sobre essas supostas "reversões" tão faladas,mas que já foram apontadas por pastores evangélicos como fraudes.
"No meu entender as repreensões são feitas como se homossexualismo fosse uma falha de caráter."

- Num post anterior, você defendeu com rigor que homossexuais são mais doentes e coisa e tal, usando dados absurdos e uma pesquisa de um pseudo-cientista, que você jurava que era sério, para confirmar sua proposição, que foi destruída por mim e pelo Manoel. E agora me vem com essa afirmação completamente paradoxal com seu pensamento.

Qual o seu problema, Noviço?
haver é um verbo, a ver é uma expressão popular.

Ambos estão certos.
Então, pela sua lógica, os homossexuais merecem toda a opressão que sofrem porque simplesmente amam diferente que você?

Não acha que isso foi muito preconceituoso, Noviço?
De hospício você entende bem, né, Cruzado?
Anônimo disse…
Bem, há estudos que indicam que gays consomem mais drogas (4x mais que os heteros). Poderia ser um indício dessa tese, a depender do ponto de vista.

Adotar a busca pelo prazer como justificativa para o comportamente homossexual é perigoso, diversos parafílicos usam desse argumento.
Anônimo disse…
Ja te disse que não leio JS, mas RC.
Anônimo disse…
Não disse nada disso.
Anônimo disse…
Porque a maioria das pessoas, religiosos inclusos, são más e/ou fracas e cedem a diversas torpezas. Os chamados de santos foram os que conseguiram superar essa triste condição humana.
Noviço, por favor. Não vamos entrar no mérito esses estudos, que na verdade só tem um, que é a pesquisa furada do Cameron, que eu, o Manoel e um monte de pessoas já refutaram, porque se não vai acontecer toda aquela baixaria do outro post de novo.

E isso me dá dor de cabeça.

E quando fico com dor de cabeça, eu costumo ser grosso.

E não gosto de ser grosso.

Capito?
Anônimo disse…
O comportamento animal é cheio de falhas, especialmente na maneira com que eles reagem a certos estímulos. Você consegue, por exemplo, matar um peixe de tanto alimentá-lo, pergunte a qualquer aquarista.
Mas insinuou. Nas entrelinhas, mas insinuou. Falou como se nós estivéssemos dispostos a aturar toda a intolerância das pessoas por puro prazer. Isso é uma afirmação risível, desculpa.
Anônimo disse…
Um comportamento anti-natural repetido a longo prazo poderia gerar problemas mentais como consequência.
E o que isso tem a ver?
Anônimo disse…
Há, mais estudos, inclusive aquele da da folha de sp feito pelos próprios gays.
Cite um exemplo real e tangível.
Dá no mesmo, cara. Ambos são completamente facista e de ideias retógradas.
Já ouviu falar da expressão "ninguém é santo"?

Pois é...
Aquele diz que a culpa disso é do preconceito e da intolerância? Justo aquele que vai de encontro com seu pensamento? Justo um estudo feito por gays que você faz questão de dizer que não tem credibilidade?

Quer mesmo começar tudo de novo, Noviço? É um saco repetir tudo de novo!
Anônimo disse…
Muitos desses comportamentos animais chamados de homossexuais são confusões que eles fazem com determinados estímulos. Outros casos de "homossexualismo animal" fazem parte de comportamentos mais complexos.
Anônimo disse…
Maconheiros estão dispostos a sofrer preconceito e discriminação pelo prazer de fumar seu bagulho. Isso não quer dizer nada sobre se fumar maconha ou discriminar drogados seja correto ou não.
Anônimo disse…
Uso de camisinha em sexo heterossexual está associado com mecanismos imaturos de defesa psicológica.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18761591
Também não sei como isso pode servir de base para discriminar e oprimir homossexuais.

Você praticamente está falando que homossexuais merecem toda a opressão que sofrem.
E qual a sua fonte? Dá pra parar de fazer afirmações vazias? Isso irrita, sabia? É desonesto.

Eu sei que os motivos dos animais terem relações com o mesmo sexo são diferentes dos humanos, mas o que estamos tentando de explicar é que não queremos legitimar a homossexualidade humana usando a homossexualidade animal como base, o que nós queremos demonstrar é que homosssexualidade é natural, porque nós também fazemos parte da natureza.

Olha uma fonte interessante aqui para você: http://www.conscienciacomciencia.com.br/2010/07/22/a-homossexualidade-no-reino-animal-e-natural/
Anônimo disse…
O anônimo perguntou por que alguem se engajaria em práticas homossexuais sabendo que iria sofrer preconceito. Eu só disse que os gays estão dispostos a sofrer esse preconceito em troca do prazer. Algo similar ocorre com drogados, fumantes e adeptos de desenhos japoneses. Isso não quer dizer, necessariamente, que a discriminação que essas pessoas sofrem seja justa ou merecida.
Não sabia que usar camisinha era um comportamento "anti-natural" (outro termo que rejeito).

E qual a sua conclusão disso? Que não devemos usar mais camisinha?

O papa aplaude você.
Anônimo disse…
Quem usa camisinha está sujeito a esse problemas psicológicos que o estudo menciona. Cabe a cada um decidir o que fazer.
Só tem um problema com sua teoria, Noviço.

NENHUM homossexual, e isso inclui a mim, está disposto a sofrer preconceito por puro prazer. Não somos masoquistas. Isso não tem qualquer similaridade com essas práticas que você citou.

Eu só acho que ninguém tem a ver com minha sexualidade e que ninguém deveria se achar ofendido com o que só diz respeito a mim. Isso é problema meu, e se tem pessoas que se incomodam com isso e me insultam e me oprimem por isso, alguém como você, ou é um idiota completo ou tem probleminhas com a própria sexualidade.

A sua afirmação é estupidamente ridícula, sem fundamento e irracional, sem falar de preconceituosa. Você nem sequer foi perguntar e saber a respeito do assunto e simplesmente fez uma ponderação apressada, ignorante e sem fundamento.

Reveja seus pré-conceitos, senão o nível aqui vai cair. E não quero isso.
Estudante do comunismo socialismo disse…
Considerando que o comunismo se refere a comunidade e socialismo ao social. A comunidade ou o social só existem por causa da reprodução sexuada entre homem e mulher, pois não existe reprodução sexuada entre homem e homem, portanto quem for gay não combina nem com comunismo nem com socialismo e sim com individualismo.
Anônimo disse…
"Homossexualismo" no mundo animal é tema complexo, cada espécie deve ser analisada especificamente. Há também a questão da confusão de conflitos. Aquela história de gatas matarem seus filhotes em brincadeiras por confundirem o estímulo de brincar com o de caçar.
Por quê? Isso virou regra agora?

"Oh, eu uso camisinha, logo sou neurótico".

É isso que está querendo afirmar?

Tá pra ser mais claro, Noviço? Sabe, não sou oniciente. E se você é indiferente se as pessoas usam ou não camisinha, por que diabos você tocou nesse assunto?
Só que estudos não apontam nada de "confusão de conflitos".

E não é "homossexualismo" é homossexualidade.
Anônimo disse…
Qualquer um que cometa um ato qualquer está disposto ao risco sofrer as consequências dele, goste-se delas ou não. A pessoa pode preferir não sofrer alguma das consequências, mas ela julga que o ato em si vale mais a pena do que possíveis consequências indesejadas. Não entendo onde você enxerga preconceito aqui.
Anônimo disse…
"Uso camisinha, logo sou neurótico"

Tinha me esquecido de seu problema com estatísticas e lógica básica.

Usando camisinha você impede que o sémen seja depositado na vagina, comprometendo o fluxo natural do acto sexual. Talvez seja por isso que o estudo, realizado com mulheres, indicou maior incidência de problemas com maturidade nas que usam camisinha.

Eu coloquei o exemplo porque você me pediu um exemplo de prática anti-natural que gerasse problemas mentais.
Eu enxergo preconceito em absolutamente tudo que você diz.

Você tirou uma conclusão precipitada sobre um assunto que você claramente não entende. Isso é preconceito. E você o expressa sem pudor nenhum, na maior cara de pau, e ainda vem com a hipocrisia e cinismo em dizer que não enxerga preconceito na sua fala.

Cara, agora você conseguiu me emputecer.

Você tá falando que homossexuais preferem sofrer preconceito do que não serem homossexuais. Está praticamente falando que merecemos toda essa intolerância, que é toda a culpa NOSSA, e não dos canalhas que nos tratam mal.

Eu acho, Noviço, que você não quer se responsabilizar pelo preconceito que possui, pelo preconceito que expressa e quer jogar toda a responsabilidade nos gays e dizer que é culpa nossa de você ser um total imbecil.

Você não se dá conta de como isso é ridículo?
Anônimo disse…
Ridícula é a sua capacidade de compreensão. Deve ter um QI de dois dígitos.
Pronto, Noviço! Doeu!?

Acabou de afirmar que pessoas não devem usar camisinha. Confirmou seu pensamento!

E usando um pouquinho de lógica básica, que você diz que eu tenho problema, eu penso que você quer defender a estúpida e mequetrefe ideia de "sexo só no casamento" e só para procriação.

Sinceramente, eu acho... não, tenho certeza que é mais prejudicial não usar camisinha do que usá-la. Pode acreditar. Portanto, não interessa o que esse estudo FURADO disse, nem o que o papa disse, eu não vou deixar de usar camisinha, para depois me sujeitar a doenças venéreas que você tanto diz que estou mais sujeito do que um heterossexual.

Capito?

Encerro aqui esse assunto.
Acabou seus argumentos, Noviço? Típico. Quando você tem seu preconceito esfregado na própria cara, você costuma apelar apenas pro ad hominem falho.

Não quer ser ridicularizado? Então não seja ridículo.

Procure se informar primeiro antes de despejar seu preconceito.

Posso encerrar o debate aqui?
Anônimo disse…
Eu afirmei (na verdade, nem afirmei, apenas coloquei um estudo, mas vá lá) tão somente que quem não usa camisinha sofre de determinados problemas mentais. Que a "lógica básica" vai dizer que eu disse que não se deve usar camisinha (embora essa seja minha opinião) é por sua conta.

E sinceramente, dizer que um estudo publicado num site .gov é furado é o cúmulo do absurdo. Pelo jeito estudos válidos são só os que estão de acordo com a cosmovisão de Luan Cunha.
Que seja. Você, que fala tanto de lógica, vai concordar comigo que é muito mais prejudicial não usar camisinha do que usá-la, não é verdade?

Encerro aqui esse debate (de novo).
Pra finalizar, Noviço.

Você usa a teoria da "ação e reação" para justificar seu argumento. Que a reação para a homossexualidade seria a discriminação. Nisso eu concordo em partes. O que não concordo é que você fala que os homossexuais, e isso inclui a mim, estão DISPOSTOS a sofrer esse preconceito por puro prazer. Essa palavra é toda a raíz do problema aqui. É como se você falasse que nós quiséssemos sofrer preconceito, desejássemos isso. É uma afirmação completamente equivocada.

Nós NÃO estamos dispostos a sofrer discriminação, nunca estivemos e nunca vamos estar. Nós só queremos viver nossa sexualidade de forma plena, e não é nossa culpa se existe um bando de babacas desinformados e preconceituosos andando por aqui que não nos entendem!

Nós não queremos sofrer preconceito, ninguém quer, por isso nós tentamos passar informação sobre o assunto para eliminar qualquer preconceito e para poderem nos deixar em paz. Isso é tudo que queremos, sermos nós mesmos e ter paz!

É difícil entender isso?

Desinformação causa preconceito, e você está claramente desinformado.

Um conselho. Não tire conclusões apressadas e baseadas em preconceito. Procure se informar melhor sobre o assunto antes de qualquer coisa.

Homossexualidade NÃO é escolha. Posso dizer isso por experiência própria, porque sou homossexual, com orgulho. E eu não escolhi sentir atração pelo menos sexo, assim como você não escolheu ter atração pelo sexo oposto (você sente, né?)

Encero por aqui o debate.
Anônimo disse…
É muito mais fácil de tratar da saúde do corpo (em caso de DST) do que da saúde da mente.
Anônimo disse…
Na bolsa de valores, por exemplo, frequentemente é dito que alguém está disposto a perder até x% em uma operação. O que está longe de significar que aquela pessoa quer perder dinheiro. Falta leitura.
Capitalistas fedem, Comunistas são assassinos. disse…
Não sei quem é pior. Se são imbecis religiosos se vitimizando (ou se passando por retardados) e esquecendo o que um dos maiores males do mundo - o cristianismo e as religiões imperialistas - fez durante séculos ou se são os comunistas lavados escondidos neste dogma político que é tão perfeito que usa a sistematicamente a fome e o terror para matar. O mais triste no comunismo é sua desonestidade intelectual (que literalmente aliena como uma memética viral) e sua obsolescência para com nosso século. Felizmente nunca voltará (a não ser que uma guerra de magnitudes enormes ocorra, há essa maldita possibilidade).

Entre cheerleaders capitalistas e comunistas, só vejo uma coisa: dementes graves. Principalmente do lado capitalista, porque o comunismo só poderia surgir num país muito estúpido e lotado daqueles que temem esse dogma que hoje só reside no esquecimento de Cuba e Coréia do Norte. Nem a China é mais comunista formal. Porque vai quebrar os fanáticos dos Estados Unidos e quero muito que isto aconteça. Quem teme comunismo no século XXI é doente mental.

Por que os capitalistas (vulgos "imbecis de direita") são os mais idiotas? Porque defendem o abuso do direito de burrice (religião) com a hipocrisia de que ela não tem fim político. Mas os atos dos religiosos sempre mostraram o contrário durante toda a história mundial e Jean Wyllys é só mais uma das milhares de pessoas no mundo que combatem esse tipo de pessoas (e olha que ele é religioso) fáceis de discernir entre hipócritas e débeis mentais.

Comunismo é passado. Abriga assassinos intelectuais e aliena. O capitalismo é uma mazela secular que agoniza e vai morrer logo por conta do desenvolvimento intelectual humano que já está cansado de comprar comida e conhecimento para viver. Abriga assassinos selvagens, burros, misticistas e despudorados. Ambos alienam a massa mundial como virais de dogmas que de tão idióticos, só perdem para os das religiões.

Capitalistas = lixo decadente, deterioração mental
Comunistas = assassinos excluídos ávidos para voltarem ao poder
Jeferson Tadeu disse…
Novico, se 99% entao nao sao os santos, entao so se pode conversar este assunto com os 1% , os santos. Onde estao? Quem sao? O que intereferem? Qual a opiniao destse? Quem pode me dizer que a opiniao da maioria crista que é contra o homossexualismo nao é justamente destes 99% que nao podem se dizer cristaos genuinos??? Lembrando que, se considerarmos que a Biblia é a verdade e que as recentes pesquisas sobre homossexualismo são verídicas, as quais demonstram nature-nurture como a raiz da questao e nao simplesmetne uma escolha moral-comportamental. So sobra para o cristianismo duas opções :

- Ou crer no calvinismo ( Deus elege uns para a salvacao e outros para a perdição) - O que traz um problema moral para Deus ( como ele cria alguns para o inferno?)
- Ou crer que todo homossexual deve ser abstenio. O que cria uma disfunção natural de seu proprio desejo, levando em consideração que foi o proprio Deus que criou a natureza.

E quem Ora Bolas, superou a triste condição humana???? Quem Hannah Arendit? Quem Freud? Somos infelizes presos a nos mesmos.
Anônimo disse…
100% dos religiosos não seguem a Bíblia ao pé da letra pq até eles entendem como algumas passagens são idiotas ou simplesmente descabidas na realidade em que vivemos, eles só pegam o que lhes interessa e o que justifica suas ações agressivas como excusa para fazerem o que querem com o 'amém' das 'escrituras sagradas'.

Isaac
Anônimo disse…
Noviço você tem uma mentalidade perigosa e doentia, e foi esta mentalidade doentia que cometeu vários crimes contra humanidade em nome de um deus , você deve ser católico , eu queria ver tua igreja sentada num tribunal como réu se ela iria sair sem ser condenada pelos diversos crimes que cometeu.

O que mais esta mais me chamando a atenção aqui é como os sem religião estão dando atenção aos religiosos enquanto que eles não mereça nenhuma atenção , porque só vômitam preconceito e ódio.
Um dia toda igreja vai ser varrida da humanidade e este será o futuro ,um mundo livre de hipocresias e mentiras religiosas e deuses hipotéticos que adoram viver escondido causando todo tipo de desordem na humanidade.
Avelino Bego disse…
A religião, como fruto da cultura humana, carrega consigo a discriminação.

Hilário é ver como alguns tenta justificar seus preconceitos com religião e proselitismo.
Anônimo disse…
Eu tenho percebido que só a religião e capaz de fazer com que pessoas sintam raiva gratuita de outras pessoas a ponto de querer mata-las. Os religiosos que estão aqui eles não estão dispostos a morrer pelas suas idéias mais estão dispostos a matar pelas suas idéias , e é isto que a religião tem feito matado por causa de suas idéias.
Pra mim todo cidadão tem os mesmos direito independente de sua sexualidade.
Deus é uma hipótese e nos somos uma realidade , não podemos pautar e nem legislar nossas vida baseada em hipóteses. Mais sim no respeito e bem estar de todos , coisa que religião não permite por causa de seus dogmas e doutrinas
Anônimo disse…
"Quem disse que o Wyllys é comunista?

Caso não saiba, o partido do Wyllys é o PSol = Partido SOCIALISMO e liberdade."

Ué Luan, socialismo não é comunismo?
Anônimo disse…
Anônimo de Jan 30, 2012 01:21

O protestantismo não foi o criador do capitalismo. Antes da tal Reforma Protestante, escolasticos espanhóis já faziam aquilo que depois se tornariam comum: A livre iniciativa na economia.

A primeira conseqüência da grande disseminação do livro A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo de Weber foi o quase total esquecimento da produção da Escola de Salamanca no século XVI — ou seja: a dos tomistas espanhóis da chamada “Segunda Escolástica”, contemporânea do Concílio de Trento. Um dos primeiros a chamar a atenção para isto foi o insuspeito economista Joseph A. Schumpeter, que em sua História da Análise Econômica dedica um capítulo aos doutores domincanos desse período, embora de forma bastante superficial. É contudo digna de nota a conclusão de Schumpeter a certa altura do livro: com esses estudiosos católicos do século XVI a economia conquistou existência autônoma. E mais: são eles os fundadores da economia científica!
Anônimo disse…
Não,Noviço.Uma coisa é uma coisa,outra coisa é outra coisa.Você mistura as bolas,talvez de propósito,para tumultuar o meio de campo.Penso que você andou aprendendo alguma coisa com os asseclas do Malapronta.Realmente,falta-lhe noção e muita leitura.Você precisa ler.E muito,pois nada entende de homossexualidade.Dá claras demonstrações disso.O Luan tentou passar algo para te tirar da ignorância completa,porém totalmente sem sucesso.
Anônimo disse…
Posso ficar o dia inteiro aqui citando artigos facilmente encontrados no google academics que indicam maior uso de drogas por gays. A maioria não conclui que isso tenha necessariamente a ver com a discriminação que sofrem.
Anônimo disse…
Deus me livre de passar os olhos pelos escriptos do Maracutaia. Minha "ignorância" em relação aos homossexuais foi adquirida após muitas leituras.
Anônimo disse…
A escola de Salamanca foi uma corrente minoritária e um pouco marginal no pensamento do catolicismo. Oficialmente a Igreja tende a ser contrária ao capitalismo (liberalismo económico).
Anônimo disse…
O fato de alguém não ter uma conduta santa não o impede de reconhecer que determinados comportamentos são imorais. Ora, muitos homens vão dizer que a monogamia frustra diversos de seus desejos. Ainda assim é possível que um adúltero reconheça que sua conduta é errada.

E cristão genuíno não é quem tem conduta ilibada, mas quem segue a fé de Jesus.
Jeferson Tadeu disse…
Respondendo : ao anonimo , o protestantismo pode nao se a semente mas é o adubo do capitalismo. Temos exemplo classico o quao capitalistas sao as pregacoes evangelicas brasileiras, e a indissociavel relacao nos EUA : capitalismo + religiao + politica.

Ao Novico. "O fato de alguém não ter uma conduta santa não o impede de reconhecer que determinados comportamentos são imorais." Sim claro mas gostaria de ressaltar 2 pontos relevantes. 1) Quem disse que o homossexualismo aqui se posta como uma imoralidade acima da poligamia ( tao praticada na Bíblia e aidna as escuras nas igrejas) , pq o homossexualismo deveria ser considerado um pecado maior que os outros e merecesse tanta perseguicao?
2) O senhor esta partindo do pressuposto de que homossexualismo é imoral. Aqui acho que chegamos ao nosso limite, o limite entre a fé e a razao. Pois para o religioso a autoridade moral vem da bíblia. (muito embora saibamos que nao é da biblia, mas da interpretacao que seus sacerdotes fazem da biblia, haja vista que práticas como suicidio, poligamia, ouvir rock, mulher usar bermuda, tem se alternado de lado entre a moralidade e imoralidade, obecedendo é claro a exegese ( geralmente mal feita e tendenciosa) dos sacerdotes. Mas o religioso tem fé de que aquilo que lhe contaram, o que esta na biblia e sobretudo a interpretacao dos sacerdotes , pastores, professores de EBD, esta correta. ( ora, nem estudando grego e hebraico tenho certeza do que o autor quis dizer com aquilo).
Para o racionalista ( vou pegar emprestado o termo) a moral pode vir tanto da analise das relacoes sociais ( o que nos daria uma moral mutavel ao longo do tempo adaptada sempre para o hoje) ou, o que tenho para mim, pode ser absorvida na analise etologica, qual seja, se determinado comportamento traz adesao ou prejudica o grupo e da mesma forma se ajuda ou prejudica a mim mesmo ( uma versao mais apurada creio do amar ao proximo como a si mesmo).
Sendo assim, pela moral crista homossexualismo é imoral (pela fé no que me disseram ou li), pela logica racionalista homossexualismo nao é imoral, pela dinamica das relacoes sociais, pela existencia do homossexualismo em animais, pela demonstracao de influencias genotipicas.
Aguardo resposta
Aguardo Respostas.
Anônimo disse…
A poligamia é uma forma de casamento que não frustrava os princípios fundamentais deste, a geração de prole. Tournou-se imoral com o cristianismo mas nunca foi considerada anti-natural. Não consigo enxergar que seja racional introduzir seu pênis num orifício utilizado para expelir MERDA de outro.
Anônimo disse…
Falou tudo, o resumo da ópera.
Leitura tendenciosa, diga-se de passagem.

O que te falta é reflexão. Precisa perguntar para quem realmente entende do assunto.

Sou homossexual, se tiver perguntas, faça para mim agora.

Tente acabar com essa ignorância, é muito feio.
Então por que não faz isso?

Naquele post anterior, você disse que tinha "fontes ilimitadas". Cadê elas?

Eu tenho certeza que eles fazem citação ou tem fontes da pesquisa pobre do Cameron.
E por que homossexualidade é um comportamento imoral?

Tente responder sem usar passagens bíblicas e proselitismo, você sabe que suas crenças são irrelevantes neste debate.
Noviço, muitos heterossexuais fazem sexo anal também. Não é uma prática essencialmente homossexual, e não interessa quem faz mais, se são os gays ou não, isso também não é relevante.

Seu problema, então, é com sexo anal, e não com homossexualidade.
Anônimo disse…
Noviço você tem problemas é sério , porque esta tão preocupado com o que os outros fazem da vida. Agora mesmo você vai dizer que o câncer esta matando por culpa do homossexualismo, que os problemas econômicos é culpa do homossexualismo ,quem crucificou o filho da fornicação jesus cristo daqui a pouco você vai dizer que foram os homossexuais, que a primeira e segunda guerra mundial também foi culpa dos homossexuais.
Anônimo disse…
Claro, todas as doenças do corpo tem cura, já as da mente...
Anônimo disse…
Findings. Both recreational drug (52%) and alcohol use (85%) were highly prevalent among urban MSM, while current levels of multiple drug use (18%), three or more alcohol-related problems (12%), frequent drug use (19%) and heavy-frequent alcohol use (8%) were not uncommon. The associations of heavy and/or problematic substance use are complex, with independent multivariate associations found at the levels of demographics, adverse early life circumstances, current mental health status, social and sexual practices and connection to gay male culture

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1046/j.1360-0443.2001.961115896.x/abstract

Olha aí um exmplo. Estava na primeira página de pesquisa do google academics. Nenhuma referência a Paul Cameron. Há inúmeras fontes. Você já pode começar seu trabalho de desqualificá-la agora.
Anônimo disse…
Seu comportamento em específico não diz nada em relação ao mundo gay. É o que se chama de evidência anedotal.
Anônimo disse…
Aristóteles dizia isso antes de a Bíblia ser escrita, menino.
Religião não consegue sobreviver sem censura! Entendemos muito bem por que faz tal pedido! E, não acho que o Paulo se importa tanto com o que você acha da moral dele viu!

"Oh, um cara que nem assinou o nome me acha imoral! Vou vender minha cama, não consigo mais dormir!!!"
Para o bem debate, vou admitir, por um minuto, que você está certo e que gays usam mais drogas e alcool que héteros.

E daí? Por que isso é relevante? Isso é necessariamente ligado ao fator sexualidade? A própria pesquisa que me mostrou diz que há N fatores para gays usarem drogas (isso inclui discriminação, diga-se de passagem). Ea pesquisa não até deixou claro até que ponto isso está relacionado com a homossexualidade.

Até que ponto isso está relacionado com o fator sexualidade, posso saber? Gays usam drogas só por serem gays ou por outros fatores?

Melhor ainda, isso é alguma regra? Isso seria motivo de sua discriminação?

Não me venha com a hipocrisia de que estamos dispostos a sofrer opressão, que isso é uma mentira risível.

Bom, eu sou homossexual, não uso drogas, não fumo, bebo apenas vinho tinto (porque é bom para a saúde), nunca dirigi alcoolizado e não tenho DST's. E estou pouco me lixando se tem um monte de gays que se drogam. Eu acho que todo mundo de direito de encher a cara o tanto que quiser sem ter um imbecil fazendo julgamentos apressados.

E sabe de uma coisa:

Mais de 70% dos negros estão desempregados

Fonte: http://direitos_humanos.sites.uol.com.br/negros.htm

Negros e pardos são 66,5% dos presidiários do Rio.

Fonte: http://www4.fgv.br/cps/simulador/impacto_2004/gc226.pdf

E agora? Isso é motivo para eu ser racista?

Estou me sentido ofendido com seu preconceito, caso não saiba.
Anedotal ou não, isso não é uma regra, e você continua fazendo julgamento preconceituosos e apressados.

Está se comportando como um idiota. Desculpa, mas está. Quer justificar sua homofobia de qualquer maneira, busca as desculpas mais esfarrapadas possíveis, e isso é muito patético. E triste.
E daí? Por que isso é relevante?

Falácia do apelo à autoridade. Não interessa o que ele disse, eu quero saber a sua opinião.
Anônimo disse…
Homossexualidade não é doença.Saiu do rol da CID e do DSM há décadas.
Anônimo disse…
Esse Noviço é patético.De uns tempos para cá só sabe escrever MERDAS!Como essa gigantesca MERDA que esse energúmeno acabou de escrever.Meu amigo,o sujeito quando está transando nem lembra de fezes,urina,sangue ou o diabo a quatro.Deixa de ser preconceituoso,imbecil!
As da mente também, bebê.

E nem todas as doenças do corpo tem cura. AIDS que o diga.

Está muito desinformado, ein?
Anônimo disse…
Justamente.O problema dessse "Noviço" não é o coito anal,mas a homossexualidade.E esses débeis ainda não querem ser vistos como homofóbicos.
Jeferson Tadeu disse…
Novico diz:A poligamia é uma forma de casamento que não frustrava os princípios fundamentais deste, a geração de prole. Tournou-se imoral com o cristianismo mas nunca foi considerada anti-natural. Não consigo enxergar que seja racional introduzir seu pênis num orifício utilizado para expelir MERDA de outro.


Tu sabe que nao ne? Sbe que a poligamia começou a ser rejeitada muito antes, no começo do periodo Romano, o cristianismo apenas emprestou isso, alias nunca se rechaçou a poligamia anterior . Paulo nao falou mao de Abraao, falou?

Bom, sobre sua pesquisa, creio sim que homossexuais podem ser maiores usuarios de drogas, mas devemos relevar se isso é devido a pressao social (valvula de escape) outra coisa é se os do armario participaram desta pesquisa. Pesquisas em sites governamentais também podem ser questionadas, alias em ciencia tudo é questionado, talvez vc esteja usando a premissa religiosa para algo que é cientifico.
Sobre o lance da camisinha, pode ate ser que seja verdade, mas nao vou me aventurar a ter outro filho por causa dos meus problemas neuroticos, alias melhor ser neurotico que esquizo, ehehe. Mais um filho eu fico mais neurotico ainda. Alias melhor neurotico do que aidetico, melhor neurotico da camisinha do que neurotico por nao fazer sexo algum.
Sobre o orificio para sair coisas e botar dentro, realmente concordo contigo, eta bichinho nojento esse homossexual, mas como dizia minha mae, tem nego que gosta do nariz, tem nego que gosta da meleca. Mas nao viemos com manual pra saber se é certo ou nao comer meleca.
De qualquer forma nao temos santos, cada um com seus pecados, e todos tirando o cisco do olho alheio, nao é verdade??

De lembrancas ao povo da carismatica e cuidado , entre padres há muitos alcoolatras e alguns gays que as vezes nao conseguem resistir às tentaçoes....
Anônimo, não é o contrário? '-'

O problema do Noviço é o sexo anal.
"Sobre o orificio para sair coisas e botar dentro, realmente concordo contigo, eta bichinho nojento esse homossexual"

Jeferson, como ousa me chamar de "bichinho nojento"? Que lado você está? DX
Anônimo disse…
Se você fica ofendido com estatísticas, paciência.
Jeferson Tadeu disse…
O luan, eu sou hetero, tenho amigos homossexuais. Mas na boa eu acho nojento esse troco que vcs fazem. mas isso é problema de vcs. Nao me chmando pra festa e fazendo longe de mim tudo bem. eheheh . Da mesma forma que algumas pratica hetero tb acho nojento ( aquele troco de cara gostar que mulher cague nele ou mije nele, brrr....). É como falei se tu gosta da meleca, eu gosto do nariz, mas se tu ficar ofendido por isso eu inverto, se tu gosta do nariz ( talvez assim seja mais falico) eu prefiro a meleca ( 100% de preferencia da minha esposa e com muito amor).
Anônimo disse…
Não há condenação à poligamia do antigo testamento, a melhor forma de entender a questão dentro do cristianismo é que ela passou a ser imoral, assim como o divórcio.

Quanto a questionar pesquisas, isso é perfeitamente possível, o foda é neguinho dequalificando de antemão após alguns minutos de leitura apenas porque não concordou.
Jeferson Tadeu disse…
Novico, entao olha so:

Se poligamia passou de imoral para moral.
Se o divorcio passou de imoral para moral.

pq entao o entendimento de Deus e de sua criação tb nao pode evoluir???? Pq fechamos a questao da moralidade no canon?

e claro nao poderia de deixar de perguntar:

Pq entao o homossexualismo nao pode seguir o mesmo rumo da poligamia e do divorcio ( vc há de convir que tb nao parece "natural" termos so um conjuge e ainda continuarmos desejando outro, ou entao que as juras de amor sejam eternas apenas enquanto duram.).

Acho que vc suicidou-se em seu discurso. Mas muito obrigado foi uma das poucas conversas sadias que tive com pessoas de visao oposta.

Ate a proxima.
Anônimo disse…
Há um núcleo rígidos de ações que serão sempre consideradas erradas. Assassinato será sempre errado, por exemplo. Algumas festas dos israelitas eram válidas e passaram a ser consideradas imorais com o advento do cristianismo. A questão não é tão fácil assim, a maioria dessas mudanças mais abruptas ocorreram num momento crítico do cristianismo, que foi a mudança do AT pro NT. É de se imaginar certa estabilidade após esses eventos.
A fato da poligamia ser errado ou não é uma questão cultural. Só isso.
Posso terminar o debate então, já que não quer responder minhas perguntas?
E o que isso tem a ver com homossexualidade?
Anônimo disse…
Nada.O não tem argumento aí começa a falar do "el cabeza de vaca".kkkkkkkkkkkkk...
Jeferson Tadeu disse…
Tem a ver sim, nao vamos desmerecer o cara, ele quer dizer que pra algumas coisas a moral pode ser flexivel e pra outras existe um nucleo rigido do qual nao podemos flexibilizar, e inclui o homossexualismo dentro disso. Agora pq? ninguem sabe. Nao é verdade que as coisas nao mudaram muito desde o fechamento do canon, veja o tanto de concilio que teve e o tanto que mudou, em todas as areas da moralidade, inclusive questionar antes era imoral. mas... se tirarmos isso dos que tem fe, nada mais sobrara.
Bom, pelo seu silêncio, dá para entender que você não mais discutir o assunto.

Encerro aqui esse debate, e também não quero mais falar do assunto, por favor.
Anônimo disse…
O sexo dentro do catolicismo é um tanto restrito. A finalidade do matrimônio é a geração da prole, uma forma de se entender o matrimônio seria como o "ofício da maternidade". Dentro dessa visão, não há qualquer precedente para abertura ao homossexualismo.
Anônimo disse…
"A escola de Salamanca foi uma corrente minoritária e um pouco marginal no pensamento do catolicismo."

É claro noviço, tudo tem que ter um começo e começa de forma minoritária. A escola de Salamanca deu o primeiro passo para o prórpio sistema de livre iniciativa. A não ser que você se baseia o catolicismo pelos podres teologos da libertação.


"...o protestantismo pode nao se a semente mas é o adubo do capitalismo."

Exatamente Jeferson Tadeu, a prórpia Igreja Católica foi a semente do sistema de livre iniciativa.
Anônimo disse…
Noviço, até agora não conseguir entender?

Você é católico ou protestante?
Anônimo disse…
Católico Romano
Estudante do comunismo socialismo e gramatical disse…
Se for o verbo ver, então nada vê o quê? Nada vê uma coisa com a outra? O nada vê uma coisa com a outra?
Tá explicado.
Marcos disse…
Nesse caso, usa-se "a ver". Uma coisa tem A VER com a outra. Haver não implica em semelhança ou relação, somente existência.
Concí Sales disse…
A doutrina da Igreja Católica Romana é do ponto de vista teológico, sincrética; os ritos de várias culturas e religiões pagãs foram adaptados e incorporados para produzir esta colcha de retalhos de práticas, ritos, sacramentais, e dramas públicos, procissões, que é o catolicismo. No âmbito da antropologia sexual reconhecemos como estudiosos da sociologia ou psicologia do comportamento que, a Igreja dividiu a humanidade entre duas fileiras majoritárias, clérigos e leigos. A castidade é um pressuposto a ambos, pois todo cristão por definição e de principio, DEVE ser casto, quer solteiro ou casado ou religioso. Na prática isso nunca existiu, não a nível das massas, ou do grand monde, como se diz, menos ainda no alto clero e nobreza e realeza, notoriamente DEVASSOS. A esquizofrenia sexual do clero católico romano, desde os Pais da Igreja, tanto da Igreja Latina, quanto da Igreja Grega, contribuiu para que a misoginia e a repressão da homossexualidade andassem de mãos dadas, exaltando a virgindade. Também na prática não funcionou. A literatura possui uma avalanche de comprovações de que o baixo clero chafurdava nos prostíbulos de rapazes, nas saunas para homens, frequentadas pelos peões da época (algo similiar às zonas gays de hoje); a homossexualidade sendo natural e presente em todas as classes, profissões e culturas, impôs-se como sobrevivente da repressão do estabelecimento e da sua heterossexual norma. O livro magistral de Uta Ranke-Heinemann, teóloga católica romana cassada e sobrinha de um Cardeal da Igreja, retrata os desvios e as perversões desses castrados compulsórios que são os pobres padres, oscilando entre a homossexualidade, a pedofilia e os casos clandestinos com mulheres e filhos proscritos; os tais EUNUCOS PELO REINO DE DEUS. Há que se reconhecer contudo, que a Igreja Católica apesar de toda a propaganda contrária, é a mais permissiva e tolerante aos gays, haja vista a homossexualidade galopante dos seus funcionários, uma verdadeira MONARQUIA (governo das monas) cor-de-rosa e bem mais homoafetiva do que se possa sequer...imaginar. Quem é dona de pousada ou amiga de bispos e padres, SABE.É aquela coisa, por fora, eu te esconjuro, satanás, mas lá dentro, na panelinha, mais recebe quem dá mais. Literalmente.
Concí Sales disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Concí Sales disse…
O protestantismo, por outro lado , possui um contingente maior e mais representativo de homossexuais mais infelizes, porque enrustidos, e profundamente homofóbicos. A própria repressão à homossexualidade é vista como "cruzada anticatólica"; por conta de uma certa cultura que identificava o celibato dos padres, a pedofilia milenar de coroinhas e noviços, e a efebofilia e pederastia dos seminários; como indicio teológico de que o catolicismo romano era um sistema "homossexualizante". Estudos da antropologia sexual e sociologia do comportamento nos EUA, embora com viés protestante, comprovaram justamente o contrário. Os católicos, para safarem-se de algo tão desvirilizante como certas tradições e práticas femininas da Igreja, como rezar terço, vestir-se de anjos, cantar feito sopranos, e evitar a frequência de escolas mistas; fugiram durante séculos dessa ditadura castrante da Igreja e tiveram mais facilidades com bebida, violência e jogos de iniciação da masculinidade socializando-se melhor com o sexo oposto. Só uma minoria (é fácil adivinhar QUEM) permaneceu mais reprimidinha, controlada e dócil, submissa aos ditames da monarquia eclesiástica. Já os protestantes, não; eram reprimidos dentro e fora da Igreja, em casa, no colégio, em toda parte, porque o Deus protestante é um invisível ditador dentro da consciência (sempre culpada); uma vez que não há imagens, nem sacerdotes, nem sacramentos, tudo é muito intimista, pietista, introspectivo e vertical. Os rapazes protestantes foram muito mais reprimidos com essa compulsão livresca de decorar a Bíblia, e puniram-se muito mais que os colegas católicos, por veleidades como masturbação, sexo antes do casamento, etc. E muitos teólogos protestantes chegavam a afirmar que era IMPOSSÍVEL haver gays no meio deles, isso era coisa de católicos (sobretudo latinos, mais passionais, dados à emoção, ao lúdico, ao drama); de modo que os gays evangélicos casam-se muito cedo e escondem-se melhor no chamado "remédio contra o abrasar-se". São comprovadamente os melhores fregueses de prostitutos e michês, como de saunas e outros redutos de encontros gays, como pousadas. Sem contar que o casamento ainda funciona como um álibi bastante convincente para o vulgo, que identifica a homossexualidade com afetação e efeminação. O fato é que a onda metrossexual abalou os dois lados da cristandade, e mais uns 20 anos de internet...bem, mas aí será outra história.
Concí Sales disse…
O argumento da procriação, para legitimar a relação heterossexual como normativa, e por outro lado a rejeição da prática de uma relação homossexual como "contrária à natureza"; esconde um paradoxo e um retorno ao princípio dogmático, deste mesmo argumento procriativo usado pela Igreja. Aliás, professora durante mais de cinquenta anos, longe de mim deixar de reconhecer o quão brilhante é no argumento de retorsão a lógica e filosofia que ensina aos seus funcionários, a Igreja. O problema é que se a homossexualidade está presente nos animais e portanto faz parte da natureza animal, ela NÃO é consequência da idolatria, pecado punido em si mesmo, como a interpretação homofóbica do texto da epístola atribuida a Paulo escrita para os Romanos. Os animais nunca pecaram, que eu saiba, as baleias não possuem o pecado original, todavia praticam a homossexualidade. Se apenas a fecundação é a finalidade (causa e aristotelismo) do sexo entre humanos, não apenas a relação homossexual, TODAS as demais são impureza gravíssima e intrinsecamente más e desordenadas. A questão segundo eu penso é...VOCE TEM TODO DIREITO DE PENSAR ASSIM SE É CATÓLICO, O PROBLEMA É SEU. Mas não tem o direito de vir num blog, num site, defender posturas teológicas, confessionais, que agridam um jovem inteligente, um rapaz bem-intencionado, humilhando-o(jamais! apenas pretendendo sem o conseguir fazer); e tentando constrangê-lo porque ele pensa e acredita que é homossexual e que é perfeitamente natural e normal sua forma de amar e desejar alguem para relacionar-se sexualmente. Que direito tem este noviço, este cruzado, este cristão, estes homofóbicos encastelados em suas teorias espúrias, anticientíficas, e cheias de argumentos de retorsão, para encurralarem o rapaz? Ele não é católico, não está sob a jurisdição de nenhum de vocês, nem mesmo sob alguma eclesiástica jurisdição! Caso ele fosse cristão, não seriam suficientes em matéria de foro tão íntimo, a sua própria consciência e o Espírito Santo? Se eu acreditasse num deus tão sádico, eu rezaria, sim, de fato, eu rezo, para que em breve, nem de brincadeira, nem sob fakes, se possa disseminar uma nefanda prática e tão hedionda como essa de homofobia, onde se tenta constranger as pessoas, humilhá-las, forçá-las a envergonharem-se, a serem silenciadas, na tentativa de empurrá-las à delinquência , e à marginalidade. Rezo, sim, para que tenham filhos, netos e sobrinhos gays, e que não haja mais um só teto debaixo do qual não mais haja. (Este dia está bem próximo). Para que fiquem envergonhados e a resposta venha não das suas bravatas, mas do seu próprio silêncio.
Estou impressionado com sua visão de mundo e conhecimento profundo sobre o assunto. Você é muito inteligente, Concí Sales. Meus sinceros parabéns. ;-)
Anônimo disse…
O pseudo-deputado (sem voto) ex-BBB Jean Wyllys é a legítima personificação da expressão "zero à esquerda".

Não por acaso, está no insignificante PSOL, o partido certo.
Lukretia Borgia disse…
Eu tive a bem afortunada dádiva de ter sido mãe de um filho maravilhoso, o qual me proporcionou alegrias suficientes pra "aprofundar" esse conhecimento(perdi-o por conta da homofobia). Além é claro, dos inúmeros educandos e formandos ao longo destas bodas de ouro do magistério. E posso garantir que não há tanta "profundidade" nem mistério assim; apenas uma mentirosa máscara, que os recalcitrantes perdedores do avanço da VERDADE no mundo, insistem em manter. (...) "In itself, homosexuality is a limiting as heterosexuality: the ideal should be to be capable of loving a woman or a man; a human being without feeling fear, restraint, or obligation."
(Simone de Beauvoir - http://www.youtube.com/watch?v=bhB1bLSWh8o&list=PL2B965E46C6B70963&context=C3f0921fADOEgsToPDskL1UISBGqi85KCdu_7d2uTK MEMORIAL FOR GAY TEEN SUICIDE).
Anônimo disse…
Pastor do Ateismo- Jean é um homem honesto e esta liderando a frente de combate a pedofilia,ele crio o projeto de ajuda as pessoas portadoras de doenças raras e ao contrario da bancada cristã religiosa que tem cerca de 50% de seus integrantes envolvidos em Corrupção. Então anonimo se você crusifica um homem honesto é porque apoia um homem ladrão.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Malafaia divulga mensagem homofóbica em outdoors do Rio

Estudante expulsa acusa escola adventista de homofobia

Arianne disse ter pedido outra com chance, mas a escola negou com atualização Arianne Pacheco Rodrigues (foto), 19, está acusando o Instituto Adventista Brasil Central — uma escola interna em Planalmira (GO) — de tê-la expulsada em novembro de 2010 por motivo homofóbico. Marilda Pacheco, a mãe da estudante, está processando a escola com o pedido de indenização de R$ 50 mil por danos morais. A primeira audiência na Justiça ocorreu na semana passada. A jovem contou que a punição foi decidida por uma comissão disciplinar que analisou a troca de cartas entre ela e outra garota, sua namorada na época. Na ata da reunião da comissão consta que a causa da expulsão das duas alunas foi “postura homossexual reincidente”. O pastor  Weslei Zukowski (na foto abaixo), diretor da escola, negou ter havido homofobia e disse que a expulsão ocorreu em consequência de “intimidade sexual” (contato físico), o que, disse, é expressamente proibido pelo regulamento do estabelecimento. Consel

Escola Estadual Igreja Evangélica muda de nome e deixa de afrontar o Estado laico

MPF recorre no Rio à Justiça para permitir a ‘cura’ de homossexuais

O MPF (Ministério Público Federal) no Rio deu entrada na Justiça a uma ação civil pública para anular a resolução do CFP (Conselho Federal de Psicologia) que proíbe os profissionais de prometer “cura” da homossexualidade porque se trata de uma orientação sexual, e não de um transtorno. A iniciativa do MPF coincide com o esforço que lideranças evangélicas, incluindo seus representantes na Câmara dos Deputados, estão fazendo para derrubar essa resolução do conselho. Fábio Aragão, um dos três procuradores que assinam a ação, é evangélico. Para o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), isso demonstra que o Ministério Público está sendo instrumentalizado pela crença pessoal de um de seus integrantes. “Isso é um erro grave, porque a Justiça deve ser laica”, disse o deputado. “Retomar a discussão sobre a homossexualidade ser ou não uma doença é um absurdo do mesmo tipo que seria retomar a discussão sobre se o sol gira em torno da terra.” Carlos Tufvesson, estilista engajado no movimento de

Prefeito de São Paulo veta a lei que criou o Dia do Orgulho Heterossexual

Kassab inicialmente disse que lei não era homofóbica O prefeito Gilberto Kassab (PSD), na foto,  disse que vai vetar o projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal de São Paulo que aprovou o Dia do Orgulho Heterossexual. Trata-se de um recuo porque, na época da aprovação do projeto, ele disse que a nova data não tinha caráter homofóbico. Agora, Kassab disse que se trata de uma medida “despropositada”, conforme entrevista que deu ao jornal Agora São Paulo. "O heterossexual é maioria, não é vítima de violência, não sofre discriminação, preconceito, ameaças ou constrangimentos. Não precisa de dia para se afirmar", disse. O prefeito falou haver somente sentido em datas que estimulem “a tolerância e a paz” em relação, por exemplo, a mulheres e negros e minorias que são vítimas de ofensas e brutalidades. Na campanha de 2008 da eleição municipal, a propaganda na TV de Marta Suplicy (PT) chegou a insinuar que o então seu adversário Kassab era gay, embora ela ti

Essência do totalitarismo é querer fazer o 'bem para todos'

Título original: Tentação totalitária por Luiz Felipe Pondé para Folha Você se considera uma pessoa totalitária? Claro que não, imagino. Você deve ser uma pessoa legal, somos todos. Às vezes, me emociono e choro diante de minhas boas intenções e me pergunto: como pode existir o mal no mundo? Fossem todos iguais a mim, o mundo seria tão bom... (risadas). Totalitários são aqueles skinheads que batem em negros, nordestinos e gays. Mas a verdade é que ser totalitário é mais complexo do que ser uma caricatura ridícula de nazista na periferia de São Paulo. A essência do totalitarismo não é apenas governos fortes no estilo do fascismo e comunismo clássicos do século 20. Chama minha atenção um dado essencial do totalitarismo, quase sempre esquecido, e que também era presente nos totalitarismos do século 20. Você, amante profundo do bem, sabe qual é? Calma, chegaremos lá. Você se lembra de um filme chamado "Um Homem Bom", com Viggo Mortensen, no qual ele é um cara

Música gravada pelo papa Francisco tem acordes de rock progressivo. Ouça

Russas podem pegar até 7 anos de prisão por protesto em catedral

Protesto das roqueiras Y ekaterina Samutsevich, Nadezhda  Tolokonnikova  e Maria Alyokhina durou apenas 1m52 por Juliana Sayuri para Estadão Um protesto de 1 minuto e 52 segundos no dia 21 de fevereiro [vídeo abaixo]. Por esse fato três roqueiras russas podem pagar até 7 anos de prisão. Isso porque o palco escolhido para a performance foi a Catedral de Cristo Salvador de Moscou. No altar, as garotas da banda Pussy Riot tocaram a prece punk Holy Shit , que intercala hinos religiosos com versos diabólicos como Virgin Mary, hash Putin away . Enquanto umas arranhavam nervosos riffs de guitarra, outras saltitavam, faziam o sinal da cruz e dançavam cancã como possuídas. As freiras ficaram escandalizadas. Os guardas, perdidos. Agora as rebeldes Yekaterina Samutsevich  (foto), Nadezhda Tolokonnikova (foto) e  Maria Alyokhina (foto) e  ocupam o banco dos réus no tribunal Khamovnichesky de Moscou, acusadas de vandalismo e ódio religioso. Na catedral, assim como noutras manifes