sexta-feira, 16 de julho de 2010

Continua o barraco de Sorocaba: ex diz que Vivian lhe tirou Cícero


A advogada Vivian de Oliveira (foto) , 34, se vingou de sua amiga Juliana Cordeiro, 33, que estava tendo um caso havia cinco anos com o seu marido, o Cícero (foto), colocando na internet um vídeo de uma conversa de acerto de contas entre as duas sobre a traição.

Agora, como em uma novela, surge mais uma mulher no chamado “barraco de Sorocaba”: Vera (foto acima), 49, ex-mulher de Cícero, que acusa Vivian de ter roubado seu companheiro há 15 anos.

Nascido na Paraíba, baixo e de cabelos escassos, Cícero, 54, além de ser apontado como o "garanhão de Sorocaba", tem sido adjetivado na internet como “feio” e “horrível”, e a própria Vivian disse no Fantástico que seu marido não é "nenhum modelo de beleza”.

Mas até hoje Vera lamenta ter perdido Cícero para Vivian. “Foi paixão à primeira vista, pelo menos de minha parte”, disse ela a Mayco Geretti, do jornal Bom Dia. “Ele era atencioso e cortejador”.

Ela ainda guarda na carteira oito fotos do ex-companheiro e bilhetes escritos por ele quando estavam juntos.

Os dois se conheceram em 1978, época em que Cícero ganhava a vida como corretor de imóveis em Sorocaba. Tiveram uma filha e depois outra por adoção. Nunca se casaram formalmente, na igreja e cartório.

Vera contou que a primeira aparição da Vivian na vida do casal foi em uma festa de aniversário de uma das filhas. A advogada tinha ido lá levar uma sobrinha de cinco anos.

Cícero e Vivian tiveram um caso, mas não demorou para que ele deixasse Vera para se casar com a advogada. A filha adotiva ficou com ele.

Vera disse que ficou deprimida com a separação.  “Meu mundo ruiu. Cheguei a pesar 35 quilos. Eu amei esse homem, fui a única que realmente o amou. Ainda estou aprendendo a viver sem ele, mesmo após tanto tempo.”

No Fantástico, Vivian defendeu a exposição pública da traição conjugal, quando descoberta. A dona de casa Vera se mostrou mais sensata do que a advogada. Falou que, para poupar os filhos, a família, jamais faria o que a Vivian fez. “Se houvesse internet na época em que perdi o meu companheiro,  não colocaria um vídeo na internet.”

Vera disse não ter ressentimento de Vivian e só falou coisa boa de Cícero. Informou que, por telefonou, lhe prestou solidariedade. “Disse para ele que isso [repercussão do escândalo] passa. Ele no fundo é um bom homem, excelente pai e marido.”

Afirmou sentir “pena” de todos os envolvidos no caso, “mas principalmente de Cícero”.

Com informação do jornal Bom Dia.

"Você quer ficar com ele?"



> Mais barraco de Sorocaba.       > Casos de traição conjugal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...