Bolsonaro dá propaganda de R$ 3,7 milhões à TV evangélica sem audiência

Líder da Igreja, Rodovalho faz lobby para o presidente

O Governo Bolsonaro destinou à TV Gênesis em três anos verba publicitária de R$ 3,7 milhões, embora a emissora a audiência da emissora dê traço no Ibope.

A TV é da Igreja Sara Nossa Terra, do bispo e ex-deputado federal Robson Rodovalho, que diz ser amigo do presidente.

A Gênesis recebeu mais verba oficial que outros veículos mais conhecidos, como a TV Cultura, TV Gazeta e ESPN.

A propaganda veiculada pela emissora evangélica foram da campanha de vacinação contra coronavírus, combate ao mosquito da dengue e imunização contra sarampo e a gripe influenza.

Robson Rodovalho, da Sara Nossa Terra, e Guaracy Silveira, da Igreja do Evangelho Quadrangular.

Rodovalho fez parte do lobby de pastores que atuaram junto a senadores para a aprovação de André Mendonça como ministro do Supremo Tribunal Federal.

A Igreja Sara Nossa Terra tem um histórico de estar sempre próxima do governo de plantão.