Pular para o conteúdo principal

Em uma década, 100 mil católicos da Itália pediram para serem 'desbatizados'

Reação ao conservadorismo da Igreja

Desde seu lançamento na internet em 2010 por uma associação de ateus da Itália, o formulário de 'desbatismo' da Igreja Católico foi preenchido por 100.000 pessoas. 

Roberto Grendene, secretário-Geral da UAAR (União de Ateus e Agnósticos Racionalistas) afirma que tal adesão deve-se muito mais ao conservadorismo da Igreja do que à campanha ateísta.

Muitos católicos não conseguem ficar indiferentes ao reacionarismo politicamente ativo da Igreja e protestam anunciando o desligamento da instituição.

Os acessos ao site da UAAR aumentam sempre que o Vaticano gera uma polêmica, informa Grandene. Em dois dias de junho de 2021, por exemplo, a média diária de tráfico subiu de 120 para mais de 6.000.

A Igreja da Itália não informa o número de pedidos de desbatismo' que recebeu nos últimos anos, até porque, pelo direito canônico, o fiel não pode renunciar a esse sacramento.

O reverendo Daniele Mombelli, professor na Universidade Católica Sagrado Coração de Milão, disse ser impossível apagar registro de batismo e, pelo direito canônico, quem rejeita a Igreja pode sofrer "graves consequências", porque se trata do "crime de apostasia".

"Um apóstata enfrenta imediatamente a excomunhão da igreja, sem necessidade de julgamento. Isso significa que a pessoa está excluída dos sacramentos, não pode se tornar padrinho e será privada de um funeral católico."

Para a Igreja, curiosamente, o ateu não é considerado um "criminoso", como o apóstata, mas um "pecador" e poderá ser perdoado em caso de aceitação de Cristo.

O que está ocorrendo na Itália é o aumento de apóstatas e muitos deles se tornam ateus.

Estudo feito em 2020 pelo sociólogo Francesco Garelli, com financiamento da Conferência Episcopal Católica Italiana, mostra haver no país 18 milhões de ateus ou 30% da população.

Igreja diz o batismo é para sempre


Pesquisa mostra como a Itália caminha para secularização

Comentários

Começa com corrupção de menores em serem batizados... Deveria ser quando adultos.
SE eles tivessem respeito pelas pessoas, nem admitiriam isso, esperariam a pessoa querer fazê-lo quando adultas.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

Cientistas brasileiros e mexicanos descobrem pequena espécie de morcego

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Um em cada 4 brasileiros não tem acesso à coleta de esgoto, mostra IBGE

Padres afirmam que rezam para que papa Francisco vá logo para o céu

Padre autor do mosaico de Aparecida é acusado de invocar a Trindade para ter sexo a três

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Quatro séculos tentando provar a existência de Deus. E fica cada vez mais difícil

'Matem todos porque o Senhor conhece aqueles que são seus!' França, 22 de julho de 1209

Igrejas católicas alemãs estão sendo derrubadas. É a demolição da própria religião