Microscópio de Charles Darwin vai a leilão e poderá obter até US$ 480 mil

A família de Charles Darwin (1809-1882)colocará à venda em dezembro de 2021, em leilão, um dos microscópios que o naturalista inglês usou nas pesquisas que resultaram na teoria da seleção natural das espécies.

A expectativa é que haja lance de até US$ 480 mil.

James Hyslop, chefe do Departamento de Instrumentos Científicos, Globos e História Natural da Christie's, casa de leilão, comentou ser "incrível ver o mundo microscópico que Darwin teria visto nas décadas de 1820 e 30".

Na família há quase 200 anos, o instrumento foi dado por Darwin ao seu filho Leonard. O microscópico foi projetado em torno de 1825 por Charles Gould para a empresa Cary.  Nessa época, Darwin estava pesquisando corais e anêmonas do mar.

Instrumento ajudou
Darwin a descobrir
como as espécies evoluem

> Com informação da Christie's e de outras fontes.

Fóssil de cobra com patas encontrado na Argentina confirma teoria de Darwin



Darwin tomou conhecimento da diversidade da floresta no Brasil


Comentários