Pular para o conteúdo principal

Ateu é eleito presidente da Organização dos Capelães da Universidade de Harvard

O capelão humanista Greg M. Epstein é o novo presidente da Organização dos Capelães de Harvard — a mais antiga e prestigiada universidade dos Estados Unidos. Ele foi escolhido por mais de 40 capelães de diferentes religiões da instituição.

É primeira vez que um ateu assume o cargo de uma organização de rabinos, pastores luteranos e evangélicos, padres e sacerdotes de variadas crenças.

Capelão humanista de Harvard desde 2005, Epstein parece ter o perfil ideal para dirigir a organização, embora possa parecer contraditório à primeira vista, porque, por não ser religioso, poupará os capelães de orientações ou ensinamentos, garantindo, assim, a independência de cada um deles.

Epstein disse que vai cuidar do relacionamento inter-religioso e que atuará para obter o consenso em questões importantes da universidade.

Líderes religiosos extremados não gostaram da ascensão de Epstein, como o padre Robert Barron. Ele escreveu: "O que me incomoda é a rendição completa e abjeta por parte dos líderes presumivelmente religiosos de Harvard que escolheram esse homem. Se um ateu declarado é escolhido como um líder de serviços religiosos, 'religião' obviamente passou a não significar nada".

Autor do livro Good Without God ("Bom sem Deus", em livre tradução), Epstein considera sua eleição como capelão-chefe de Harvard como algo normal em uma sociedade cada vez mais secular.

Ele afirmou ao New York Times: “Há um grupo crescente de pessoas que não se identifica mais com nenhuma tradição religiosa, mas ainda sentem necessidade de conversar e apoiar em torno do que significa ser um bom ser humano e viver uma vida ética”.

Epstein, um ateu
na liderança de uma
entidade de religiosos

> Com informação da Universidade de Harvard e de outras fontes e foto de reprodução do Youtube.




Comentários

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Colégio adventista expõe réplicas de dinossauros em evento criacionista

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber