Pular para o conteúdo principal

Morto de Covid-19, Fidelix era contra vacina obrigatória e tinha preconceito contra homossexuais

Fundador do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), Levy Fidelix morreu na sexta-feira (23) de Covid-19 em um hospital de São Paulo.

Ele concorreu em várias eleições, desde vereador a presidente da República. Nunca conseguiu um mandato.

Estava com 69 anos, e, pelo calendário nacional de vacinação, não tomou a Covid-19 antes de sua internação, em março.

Em outubro de 2020, então candidato a prefeito de São Paulo, Fidelix disse que o imunizante contra o novo coronavírus não deveria ser obrigatório, ignorando o efeito coletivo de cada vacinação.

Pelas suas opiniões esdrúxulas, Fidelix era tido pela imprensa como um político conservador folclórico, mas, como se pode afirmar hoje, foi um precursor do bolsonarismo.

Cristão devoto, Fidelix tinha preconceito contra homossexuais.

Em 2014, em um debate na TV da eleição presidencial, ele disse que os gays precisam de atendimento psicológico “bem longe daqui”, porque, para ele, há uma relação entre a homossexualidade e a pedofilia.

“Aparelho excretor não reproduz”, disse.


Comentários

  1. Ao contrário do que o abestado dizia, sistema excretor faz parte sim do processo de reprodução.

    ResponderExcluir
  2. O aparelho escretor reproduz seres vivos? Responda, por favor, editor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Pênis é um órgão excretor, caso não saiba.

      Excluir
    2. O Siulfe poderia ficar sem essa, sem demonstrar a sua ignorância.

      Excluir
    3. Pênis X pênis reproduz o que sendo mais específico então? Vagina X Vagina reproduz o que. Pênis X Ânus? Conta aí, entendidos.

      Excluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Relatório denuncia a Igreja Católica pelos 'cruéis e falsos ensinamentos' sobre a homossexualidade

Vereador critica repasse de verba às igrejas. E é acusado pela bancada evangélica de 'intolerante'