Nos EUA, tesoureiro de igreja luterana gasta US$ 150 mil com site de adultos

> EDELBERTO BEHS
IHU ONLINE

Tesoureiro por 12 anos da Igreja Luterana de Saint Paul de Latrobe, no Condado de Westmoreland, EUA, Glenn Yothers foi preso na semana passada, acusado de ter desviado 150.606 dólares (cerca de 836 mil reais) das contas da congregação e gastar o dinheiro no site Flirt for Free, para adultos. Ele foi solto sob fiança, mas terá que comparecer perante o tribunal para audiência preliminar no dia 24 de março.

O desvio dos recursos ocorreu entre fevereiro de 2015 e dezembro de 2019. A congregação de Saint Paul quase teve de fechar as portas por falta de pagamento de serviços básicos.

Questionado pelo Conselho da Igreja, há dois anos, sobre os vários cheques emitidos para si mesmo, Yothers, 56 anos, alegou que estava apenas se reembolsando, uma vez que vinha cobrindo as despesas da congregação com sua conta bancária pessoal.

Auditoria recente dos registros financeiros disponíveis pelas igrejas mostrou que Youthers depositou 150.606 dólares na sua conta pessoal. 

Segundo o repórter Paul Peirce, da Tribune-Review, ao ser indagado se o site que frequentava era pornográfico, Youthers confirmou, mas alegou ao policial Robert Politowski que conheceu algumas pessoas e que estava tentando ajudá-las, mas que “ficou fora de controle”.

Registros bancários confirmam que Youthers, 56 anos, gastou boa parcela do dinheiro no site. O policial Steve Limani disse ao portal WPIX que o tesoureiro não estava fazendo caridade com o dinheiro, mas que “era para o próprio prazer e uso pessoal”. 

> Com informação do Tribune-Review e de outras fontes.