Pular para o conteúdo principal

Morre mais um pastor bolsonarista; ele teria dito que só pega Covid-19 'quem é do diabo'

Morreu mais um pastor bolsonarista vítima de Covid-19. Aos 54 anos, o Irmão Lázaro, que também era vereador em Salvador pelo PL, teve de ser internado no dia 25 de fevereiro; e o óbito ocorreu em 19 de março.

Lázaro ficou conhecido como integrante da banda Olodum, da qual saiu para se dedicar à música gospel e à pregação evangélica.

Ele negligenciava as prevenções contra a transmissão do coronavírus, a exemplo do que faz Bolsonaro. O pastor aglomerava pessoas em celebrações, por exemplo. Em um de seus últimos cultos, ele teria dito que quem pega Covid-19 "é do diabo".

Não há vídeo registrando essa suposta afirmação. A família do pastor nega e pelo menos uma pessoa que esteve no culto, segundo ela, confirma na rede social que houve a referência ao diabo.

Lázaro era um pastor alinhado à extrema direita. Em 2018, participou da campanha eleitoral de Jair Bolsonaro, dizendo, por exemplo, que não se deve dar atenção às minorias.

O presidente Bolsonaro lamentou a morte do pastor em nota no Telegram.

Não há levantamento sobre pastores e padres mortos pela Covid-19. Mas o noticiário tem dado destaque para alguns bolsonaristas, por serem vítimas do próprio negacionismo, como Rubens Ciro de Souza, Sebastião Rodrigues de Souza e Thiago Andrade de Souza.

Também não existe estimativa de quantas pessoas morrem por causa de pregadores negacionistas.

Irmão Lázaro e Bolsonaro:
o abraço do negacionismo

> Com informação do DCM, Agência Brasil e de outras fontes e foto reproduzida de vídeo postado no Youtube.

Silas Malafaia anuncia morte de amigo pastor e não diz que a causa foi Covid-19



Comentários

  1. Se a Bíblia fosse real, com certeza esse estaria agora abraçado com o capeta no inferno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então é melhor morrer, pois morto não precisa de dinheiro.

      Excluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Colégio adventista expõe réplicas de dinossauros em evento criacionista

Promotor nega ter se apaixonado por Suzane, mas foi suspenso