Pular para o conteúdo principal

Diocese dos EUA pede falência por não ter dinheiro para pagar indenizações de abuso

Religión Digital   A diocese de Rockville Centre, em Nova York, declarou falência na quinta-feira (1º de outubro de 2020) por não poder pagar as dezenas de processos por abuso sexual de menores, tornando-se a maior diocese da Igreja Católica nos Estados Unidos a tomar esta ação devido a esses escândalos.

Dom John Barres garantiu que a decisão não foi “tomada rapidamente” e considerou que “é a melhor forma de garantir justiça e uma solução equitativa para todos os envolvidos, inclusive os sobreviventes dos abusos, cuja indenização será resolvida em tribunal”.

A diocese situada em Long Island pede falência com base no Capítulo 11 por não conseguir arcar com os custos de todos os litígios pendentes e ter compensado mais de 300 vítimas desde 2017.

Segundo Barres, as seguradoras decidiram não arcar com os custos organizacionais com o aumento das ações judiciais, o que precipitou o recurso à recuperação judicial.

A queda na arrecadação, que normalmente corresponde a 40% da receita da diocese, com o fechamento de igrejas e serviços religiosos devido à covid-19, também acelerou o processo de falência de uma das maiores dioceses católicas dos Estados Unidos, depois de outras dioceses do estado de Nova York – Siracusa, Buffalo e Rochester – também recorrerem à suspensão de pagamentos.

Um dos representantes das vítimas, o advogado Jeff Anderson, lamentou a decisão de solicitação de proteção contra falência e acusou a diocese de fugir de suas responsabilidades para com as vítimas.

A onda de ações judiciais contra a Igreja Católica em Nova York aumentou depois que o governador do estado, Andrew Cuomo, decidiu estender para 28 anos a idade mínima que permitia denunciar abusos sexuais de menores e jovens.

A diocese de Rockville Centre é a oitava maior diocese dos Estados Unidos, com mais de 1,4 milhão de paroquianos.

A arquidiocese de Nova York descobriu no ano passado os nomes de 120 padres e diáconos acusados de abusar sexualmente de menores ou de ter pornografia infantil em uma tentativa de se mover em direção à reconciliação e à justiça.

Com tradução de Wagner Fernandes de Azevedo para IHU Online. 

Comentários

Posts + acessados hoje

Derrota de Crivella abala projeto de poder de Bolsonaro e o de Edir Macedo

Igreja do 'santo' Maradona tem altar, cultos e mandamentos

'Penha me transformou em monstro', afirma ex-marido