Pular para o conteúdo principal

Instagram censura endosso de Madonna à ‘Doutora Cloroquina’ dos EUA

O Instagram desfocou um vídeo replicado por Madonna em seu perfil e o cobriu com o aviso “Informações falsas”.

Trata-se do vídeo onde a “Doutora Cloroquina” dos Estados Unidos, Stella Immanuel, defende o contravertido uso do medicamento no tratamento de portadores de Covid-19.

O vídeo, também divulgado pelo presidente Trump e seu filho, já tinha sido removido pelo Facebook e Twitter.

Com 15 milhões de seguidores, Madonna, em seu post, divulgou a teoria da conspiração de que já existe uma vacina contra o novo coronavírus.


Reproduziu que pessoas poderosas estão esperando o momento mais adequado para liberá-la, de modo a ganhar a maior soma possível de dinheiro.

Seguidores de Madonna, inclusive artistas, chegaram a suspeitar que o Instagram da estrela pop tivesse  sido invadido por hackers.

Annie Lennox, por exemplo, comentou: "Isso é loucura absoluta! Não acredito que você está endossando esse charlatanismo perigoso".

A revista Rolling Stone, contudo, entrou em contato com Madonna e comprovou a autenticidade do post censurado.

A reação da Madonna à repercussão de seu post foi outro vídeo com a legenda "A verdade nos libertará a todos", fazendo referência a uma passagem bíblica.

A pediatra Stella Immanuel é pastora e adepta de teorias da conspiração, como a de mulheres que sonham ter relações sexuais com demônios e bruxas acabam ficando com problemas nos ovários.

Estrela pop se
alinha aos militantes
anticiência


Com informação da BBC e de outras fontes e foto de divulgação.
 






Por que Edir, Silas, Soares e Valdemiro não estão em hospitais curando doentes da Covid-19?

Assessor de saúde pública de Trump diz que 'Deus sempre tem um plano'

Valdemiro Santiago vende por até R$ 1.000 caroço de feijão para curar coronavírus

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores

Comentários