Pular para o conteúdo principal

Presidente da Embratur fala em ‘orifício rugoso’ ao criticar peça de Jesus trans

Em uma live hoje (24) com a ministra Damares Alves, o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, surpreendeu ao falar de uma assunto que nada ter a ver com a sua área.

Ele criticou a "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu", monólogo no qual a travesti Renata Carvalho interpreta um Jesus transexual. 



Ele disse não ter “nada contra quem usa seu orifício rugoso infralombar para fazer sexo”, mas acabou fazendo uma pregação religiosa.

“[...] querer impor a sexualidade a uma grande maioria de cristãos e querer desvirtuar a forma que Jesus Cristo veio à Terra? Está escrito na Bíblia: Jesus Cristo nasceu, cresceu, foi crucificado e ressuscitou em forma de homem.”

Aparentemente, o “pastor” Machado desconhece que a Constituição garante o direito de expressão e, consequentemente, a liberdade artística e que ninguém é obrigado a assistir qualquer peça que seja.  
                Machado acha que é
                fiscal do 'orifício
                rugoso' alheio


Com informação do jornal Extra.




'Sofri injúrias e agressões físicas de um pastor homofóbico'

Cardeal diz que homofobia é invenção gays que visam o 'domínio totalitário'

Padre gay expulso do Vaticano ataca a homofobia da Igreja

Diocese de Assis suspende padre que abençoou união de homossexuais




Comentários

Anônimo disse…
A peça é uma parábola, coloca Cristo como trans para as pessoas verem como os trans sofrem julgamentos no dia a dia, não está fundando uma nova religião, é apenas uma obra de ficção. Povo chato esses fanáticos.
marceloDC disse…
Além de sem noção, mais ainda por achar que trans (e certamente LGBTs em geral) "está associado" a "apenas" atos sexuais anais. É sobre pessoas, seus afetos, afinidades etc. E mesmo considerando quando nos atos sexuais, são MUITO mais amplos.

Posts + acessados hoje

Derrota de Crivella abala projeto de poder de Bolsonaro e o de Edir Macedo

Bolsonaro impõe sigilo em telegramas de interferência em crise da Universal em Angola

'Penha me transformou em monstro', afirma ex-marido