Pular para o conteúdo principal

Entidade oferece US$ 250.000 a quem provar ter poderes paranormais

Um centro de investigações científicas dos Estados Unidos aumentou para US$ 250 mil o prêmio a quem provar ter poderes paranormais ou coisas como poder do pensamento positivo ou ainda manter alguma forma de contato forças sobrenaturais.

Havia vinte anos que o valor estava em US$ 100 mil, e, como nesse período ninguém provou nada, o Center for Inquiry, seção de Los Angeles, aumentou o prêmio na expectativa de chamar a atenção de possíveis candidatos.


Há também uma recompensação de U$ 5.000 a quem indicar alguém com poderes extraordinários.

James Underdown, dirigente da organização, disse: “Você nem precisa ter poderes mágicos para conseguir algum dinheiro extra. Basta conhecer alguém que tenha”.

Quem se candidatar terá de se submeter a testes pelo método científico e saber que poderá sofrer constrangimento público, caso não se confirme suas habilidades extraordinárias.

James Randi, ex-mágico e desmascarador de charlatões, ofereceu por muito tempo ofereceu US$ 1 milhão a quem provasse ter poderes sobrenaturais, mas ninguém não aceitou o desafio e a oferta foi encerrada em 2015.

Com informação do site do Cfi e de outras fontes.





Saiba como identificar argumentações de divulgadores de pseudociência

Brasil não se pode dar ao luxo de contrapor a ciência com pseudociência

Adeptos de pseudociências danificam sua racionalidade

‘Medicina alternativa’ coloca o SUS contra a ciência, dizem estudiosas




Comentários

Anônimo disse…
Quem deve ter poder paranormal é aquele Leandro Bueno que sempre comenta aqui, poder sobrenatural de encher a paciência.
Anônimo disse…
Kkkkkk. Sim, o Leandro consegue estar em todas.

Posts + acessados hoje

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

MP apura origem de R$ 5,9 bi da Universal em suposto esquema de corrupção de Crivella

Ateus tentam impedir gasto de R$ 80 mi em centro evangélico disfarçado de museu