Em nome de Jesus, evangélicos sem máscaras desafiam o coronavírus

Centenas de pentecostais de duas cidades do Maranhão fizeram uma passeata contra o coronavírus evocando o poder de Jesus.

Aglomerados e sem máscaras, ignorando, portanto, recomendações das autoridades sanitárias para evitar o contágio do novo coronavírus, os evangélicos saíram às ruas no domingo, 31, de Santa Helena e Turilândia, a 115 km de São Luís.


Líderes evangélicos convocaram as pessoas para queimar as máscaras.

"Jesus não quer ver ninguém mascarado, Deus não se agrada de medrosos", disse um dos manifestantes, de acordo com vídeos postados no Youtube.

Naquele dia, de acordo com dados oficiais, Santa Helena tinha 251 casos confirmados de Covid-19 e Turilândia, 104. 



Com informação de vídeos e do site Imirante.





Defensor de templos abertos, deputado Pastor Silas Câmara pega coronavírus

Assessor de saúde pública de Trump diz que 'Deus sempre tem um plano'

Com sintomas de paranoia, alemã que nega haver pandemia foi internada em clínica psiquiátrica

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores





Comentários

  1. O suicídio coletivo e esperado em grupos religiosos fanáticos. O caso Jim Jones. Esses crentes se inspiraram nele.

    ResponderExcluir
  2. O fanatismo é um coisa triste.

    ResponderExcluir
  3. Psiquê6/06/2020

    Ora, se os religiosos morrerem, por causa do fanatismo, não haverão mais religiosos, assim o mundo será só de ateus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prefiro o mundo com ateus, do que cristãos.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Vicente e Soraya falam do peso que é ter o nome Abdelmassih

Gloria Perez diz não querer ampliar a voz de seus críticos