Pular para o conteúdo principal

Quem defende reabertura do comércio deveria abrir mão do respirador, diz médica

Quem estiver fazendo campanha pela reabertura do comércio deveria assinar um termo abrindo mão do respirador, caso seja contaminado pelo Covid-19, porque não haverá aparelho para todos.

AVISO DA MÉDICA SERVE PRINCIPALMENTE PARA BOLSONARISTAS

A provocação foi na rede social feita pela médica e pesquisadora Adriana Melo.
 
A médica é famosa internacionalmente por descobrir a relação entre a zika e a microcefalia.

Como todos os médicos, Melo é defensora do isolamento social como a medida mais eficiente no momento para impedir a transmissão do Covid-19.

“Acredito na ciência”, disse ela, acrescentando que, se o médico tiver de decidir quem deve ter respirador, a escolha deve ser por quem quer viver e estiver preocupado com a coletividade.

Com informação do Portal Debate e foto reproduzida da rede social.





Nos EUA, pastor diz que Covid-19 é vingança de Deus contra casamento gay

Bolsonaro diz que brasileiro tem de se cuidar e não esperar ação governamental

Vídeo: guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho diz que ninguém morreu de coronavírus

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Paciente curada do coronavírus afirma ter aprendido a falta que faz um abraço



Comentários

  1. Tudo muito lindo .. mas qdo o dinheiro das pessoas acabar ? Qdo as empresas quebrarem ?? repetir a ladainha de ficar eh casa eh fácil ... Quero ver responderem essas 2 perguntas de forma clara e objetiva ..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato