Pular para o conteúdo principal

Estado de Nova York tem 1.000 mortes causadas pelo coronavírus

O estado de Nova York já está perto de 60 mil casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus e 1.000 mortes causadas por Covis-19, segundo dados divulgados neste domingo.

HOSPITAL TEMPORÁRIO  COM
1.000 LEITOS EM UM CENTRO DE
CONVENÇÃO EM NOVA YORK

O governador do estado, Andrew Cuomo, decidiu prorrogar pelo menos até 15 de abril a ordem para que todos os trabalhadores de setores não essenciais fiquem em casa.

Nas últimas 24 horas, o número de pessoas em Nova York com o novo coronavírus aumentou em 7.195, para um total de 59.513. Além disso, 965 morreram por Covid-19, 237 delas desde sábado, o maior saldo diário desde que a pandemia chegou ao estado.

De acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, que contabiliza infecções por coronavírus em todo o mundo, os EUA têm pouco mais de 136 mil casos confirmados e 2.409 mortes pela doença.

Do total de mortos em Nova York, cerca de um quarto era de pessoas que viviam em lares para idosos, disse Cuomo.



Poli desenvolve ventilador com menor custo para socorrer vítimas do Covid-19

Nos EUA, pastor diz que Covid-19 é vingança de Deus contra casamento gay

Bolsonaro diz que brasileiro tem de se cuidar e não esperar ação governamental

Vídeo: guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho diz que ninguém morreu de coronavírus

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Paciente curada do coronavírus afirma ter aprendido a falta que faz um abraço




Comentários