Pular para o conteúdo principal

Arautos do Evangelho resistem à investigação; papa Francisco pressiona

Integrantes da ordem se
 vestem como se fossem
cruzados saídos das catacumbas

[texto opinativo] A organização católica Arautos do Evangelho tem resistido às investigações do interventor cardeal Raymundo Damasceno, nomeado pelo papa Francisco em outubro de 2019.

De extrema-direita, a organização está sendo acusada de ter feito um pacto com o demônio para que Francisco morra logo, de lavagem cerebral e de ter sacerdotes que abusam sexual de estudantes de suas escolas.

Dom Raymundo Damasceno e seus auxiliares não têm conseguido amplo acesso à documentação da organização, impedido, assim, de progredir em suas investigações.

Contra essa falta de colaboração e boicote, o papa Francisco escreveu em janeiro de 2020 uma carta ao presidente dos Arautos, Felipe Eugenio Lecaros Concha, pedindo que aceitasse a intervenção.


Francisco, na carta, afirma que a intervenção, feita por intermédio da CIVCSVA (Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e das Sociedades de Vida Apostólica), vale para todos os setores da organização, ficando subentendido, assim, que ela inclui os seus documentos do patrimônio e da contabilidade.

A informação inicial era de que só estavam sob investigação dois ramos dos Arautos, o Virgo Flos Carmeli, que se dedica a rapazes, e o Regina Virginum, criada para meninas e adolescentes.

Afronta de uma entidade ligada à Igreja Católica a uma ordem do papa é uma atitude gravíssima. O papa tem poder absoluto e o que ele diz contém tanta importância como ao que está escrito na Bíblia.

A carta de Francisco significa que, a partir de agora, ele vai jogar mais duro contra os Arautos, deixando claro que a intervenção pode se estender às representações internacionais da organização.

Com informação da revista espanhola Vida Nueva e de outras fontes,



Em cerimônia de crisma, Arautos do Evangelho dão tapa no rosto de jovens

Arautos pedem remoção do vídeo 'Conversa com Satã'

OAB-SP vai acompanhar denúncias contra os Arautos do Evangelho

Católicos chamam castelo de igreja para burlar lei ambiental




Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Morre de Covid-19 o segundo pastor bolsonarista da Assembleia de Deus

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19