Pular para o conteúdo principal

Justiça do Rio censura o Jesus gay do especial de Natal do Porta dos Fundos

A decisão que retira o especial
 da Netflix é provisória e
 poderá ser revertida

O desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do Rio, determinou liminarmente que a Netflix e o Porta dos Fundos retirem do ar o “Especial de Natal” onde Jesus é apresentado como gay e o seu namorado é Satanás.

O pedido de censura foi apresentado pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, sendo negado em primeira instância.

Cabe recurso à decisão, que terá de ser submetida ao plenário do Tribunal do Rio.

Abicair aceitou a argumentação da entidade católica, afirmando que, “por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida.”

A Associação Centro Dom Bosco já tentou outras vezes censurar vídeos no Youtube do Porta dos Fundos e sempre perdeu na Justiça.

No caso de agora, só tem acesso ao curta-metragem quem é assinante da Netflix e ainda assim ninguém é obrigado a vê-lo.

E o fato de a maioria da população brasileira de ser cristã não deveria impedir ninguém de assistir o que quer que seja.

Com informação do Globo.





'Charlie Hebdo' com Deus na capa afirma que o 'assassino continua solto'

Diretor do 'Charlie Hebdo' afirma que atentado reforçou seu ateísmo

Charlie Hebdo diz ser jornal ateu e põe de novo Maomé na capa

Charlie provoca o terror: 'Vocês têm balas, e nós, champanhe'




Comentários

  1. Assistente Religioso9 de janeiro de 2020 09:15

    Os católicos, em vez de pedirem ajuda para o Deus deles, pedem ajuda para o Estado Laico, que se diz neutro, mas fica se metendo nesses assuntos.

    ResponderExcluir
  2. Bando de malucos ... essa gente e esse juiz incompetente que não sabe o que é estado laico ... eu sou ateu .. nunca vi esse vídeo porque gosto de humor pastelão ... que se dane se fala do zumbi cristão .. ou do diabo .. ou do Exu ... Mas os fanáticos .. que vão la ver .. esses sim .. gostam de ver pra criar confusão ... são esses fanáticos que reclamam de uma perseguição que não existe ...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico

O dia em que Bill Gates, defensor da ciência, previu a pandemia, em 2015