Pastor coloca em leilão mansão de US$ 4,4 mi após perder isenção de impostos

Moradia do religioso tinha
festas de lingerie com 'as
 mulheres mais bonitas da praia'

O pastor americano Markus Bishop, ex-líder de mega-igrejas, colocou em leilão sua mansão no Panama City Beach após perder o direito de isenção fiscal concedidos às instituições religiosas.

Construída em 2003 e reformada em 2014, a mansão está avaliada em US$ 4,4 milhões, e o lance mínimo fixado pelo pastor é de US$ 2 milhões.

Ela tem seis quartos, nove banheiros, sala de filme, escritório, quadra de tênis, basquete e vôlei, com espaço para fitness.

Desde 2015, Bishop promovia no casarão festas de lingerie e do pijama, com as "mulheres mais sexy da praia".

A mansão estava registrada com estabelecimento religioso e por isso desfrutava da isenção de impostos.

A prefeitura entrou com ação, e a Justiça decidiu pelo cancelamento da isenção de impostos desse imóvel e outros de Bishop.

O caso chamou a atenção da imprensa para outros pastores de mega-igrejas cujos imóveis estão livres de impostos.



Com informação do site The Destin Log e de outras fontes, com fotos de divulgação.



Edir Macedo compra em Miami apartamento por US$ 9,65 milhões

Isenção de IPTU às igrejas custa a São Paulo 22 creches por ano

‘Gatos gordos’ da religião não devem ter isenção de impostos, diz Dawkins

Universal recorre à Justiça para comprar câmeras de TV com isenção fiscal




Comentários

EDITOR DESTE SITE



Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diário Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.