Pesquisa mostra que 45% dos americanos creem em demônios e fantasmas

As pessoas tendem a crer
 no sobrenatural quando
 não conseguem entender
fenômenos naturais

Quase metade (45%) da população dos Estados Unidos acredita na existência de demônios e fantasmas.

Isso significa que quatro em cada dez americanos creem nesses seres sobrenaturais.

Em relação aos vampiros, apenas 13% acham que eles existem.

A pesquisa foi feita pelo site de dados YouGov, que entre 30 de setembro de 2019 e 1º de outubro do mesmo ano entrevistou 1.293 pessoas com 18 anos ou mais.

A margem de erro é de 3% para cima ou para baixo.

Do total deles, 22% afirmaram que “definitivamente [os demônios] existem”, e para 24% “provavelmente existem”.

Em relação aos fantasmas, as proporções foram de 20% de “existem definitivamente” e 25% de “provavelmente existem”.

Estudiosos afirmam que essas crenças e outras, a de que existem deuses, se devem ao fato de as pessoas terem a necessidade de uma explicação para coisas que não conseguem entender.

“As pessoas assumem que, se não podem explicar algo em termos naturais, deve ser algo paranormal", diz

Christopher French, professor de psicologia e chefe da Unidade de Pesquisa em Psicologia Anomalística da Goldsmiths, Universidade de Londres.



Onze curiosidades sobre o mais cruel inferno, o muçulmano

Sim, papa Francisco, o Inferno não existe. E o Paraíso também não

Religiões que dão ênfase ao inferno atraem mais dinheiro

Estudo detecta ligação entre medo do inferno e baixa criminalidade




Comentários

Anônimo disse…
Se fizerem no Brasil é capaz de dar 90% da população, povo burro.
Anônimo disse…
só quem acredita nisso, é o mesmos que acreditam que gnomos existem kkk.