Pular para o conteúdo principal

Crivella faz discurso machista para criticar juíza: 'É bonita, mas não precisa praticar'

Juíza Mirela Erbisti mandou
 fechar a avenida Neimeyer
 por causa de um deslizamento
 que matou duas pessoas

O prefeito do Rio Marcelo Crivella fez comentários machistas para criticar uma juíza que mandou fechar a temporariamente uma avenida do Rio onde houve em fevereiro um deslizamento que matou duas bonitas. 

O bispo licenciado da Igreja Universal deu a entender em um discurso no dia 3 de outubro de 2019 que a magistrada tem mantido sua decisão para se mostrar.

“A juíza tem seus 40 anos e é muito bonita. Tem uma beleza de parar o trânsito, mas não precisar praticar, né, pessoal”, disse Crivella, referindo a Mirela Erbisti (foto), da 3ª Vara de Fazenda Pública

Cerca de 30 mil carros deixaram de usar a avenida Niemeyer diariamente, causando engarrafamento nos percursos alternativos, e Crivella teme que isso possa prejudicar sua reeleição.

O prefeito, no discurso, ironizou a teimosia que supostamente é inerente às mulheres.

“[...] é difícil encontrar mulher teimosa, né? Isso é raro, não é gente? Hein, gente? Normalmente, elas concordam, né? Normalmente (risos)”.

Ele tentou ridicularizar Mirela ao acrescentar, rindo, que a juíza tem um site que se chama “togadas e tatuadas”.

“Ela ensina mulheres a se vestir, como conseguir um namorado. É uma coisa interessante. Aquele site dela é uma coisa interessante.”

Em nota, a Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (AMAERJ) repudiou o discurso machista.

“O ataque grosseiro à magistrada representa mais uma tentativa do prefeito de pressionar o Judiciário para reverter uma decisão judicial legítima, confirmada em segunda instância”, afirmou.

“É inadmissível que um político em cargo público tão importante trate desta forma alguém que, por dever do ofício que exerce, o tenha contrariado.”

A juíza Mirela recusou um pedido de reabertura da avenida feito pelo prefeito com base em uma perícia no local solicitada por ela.

Crivella afirmou que o que vale é a perícia que a prefeitura encomendou de uma empresa, e não a da Justiça, porque foi feita por "jovens".

Com informação de “O Globo” e de outras fontes e foto da rede social.



Crivella dá benefício a igreja que não tem utilidade pública

Crivella assina contrato com banco de Edir Macedo

Crivella não revela nome das 426 igrejas que obtiveram isenção de IPTU

Igrejas evangélicas têm dinheiro para eleger presidente, diz Crivella




Comentários

Rafael disse…
Esse teu blog está a cada dia pior. Sou ateu, mas percebo que neste ano ele deu uma piorada tremenda. Fica o tempo todo exaltando a esquerda, o aborto e agora "machismo". Se o crentão do Crivella fosse uma mulher e dissesse que a juíza é bonita e que ensina mulheres a se vestir, seria o quê? Machismo também? Lamentável. Virou blog de quinta categoria.
Anônimo disse…
O "ateu" aí em cima quer que o site elogie o governo do slogan "Deus acima de todos". Kkkkkkk
Satã disse…
O bispo da igreja, sendo um representante de Deus, deveria pedir a Deus o poder de cada um fazer o próprio planeta, pois Deus mandou o homem trabalhar no mesmo tempo em que foi feita a Terra, mas não mandou cada um fazer a própria Terra. E no Código de Trânsito, artigo 1º, § 1º, ficar parado também é trânsito.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Lei anti-ciência de Ohio permite que alunos deem resposta com base na religião

Milagrento Valdemiro Santiago radicaliza na exploração da fé

Pai de vocalista dos Mamonas processa Feliciano por dizer que morte foi por ordem de Deus

Capela em centro espacial é absurdo, afirma estudante

do leitor Sérgio "Este prédio da capela poderia abrigar um bom laboratório" Sou físico e aluno de doutorado do INPE [Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais] em São José dos Campos (SP) e gostaria de fazer um breve comentário. Há 5 anos, quando ingressei no mestrado no instituto, fique fascinado com a estrutura física/financeira oferecida ao desenvolvimento da pesquisa. Sinceramente não tenho do que me queixar, mas uma coisa  chama muito atenção (não só a minha, claro). É que dentro do INPE (um centro de pesquisa principalmente física), acreditem, tem uma capela para oração. No local que é considerado o maior centro de pesquisa tecnológica da America Latina (a Nasa brasileira, como muitos dizem) existe tal absurdo. Esse prédio poderia, por exemplo, abrigar um bom laboratório ou coisa mais útil. O INPE (englobando todas as áreas – astrofísica, meteorologia, sensoriamento, engenharia de materiais, etc.) é formado por pesquisadores/cientistas de várias partes do mu

Ministro do STF critica a frase ‘Deus seja louvado’ do real

Marco Aurélio lembrou  que somente no  império  a religião era obrigatória  O ministro Marco Aurélio (foto), 65, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que não consegue conceber “que nas notas de moedas do real nós tenhamos ‘Deus seja louvado’”, porque isso fere a laicidade do Estado. Em uma entrevista ao UOL, lembrou que na argumentação de seu voto favorável à descriminalização do aborto de fetos anencéfalos, em abril, ressaltou que o Brasil não está mais no império, “quando a religião católica era obrigatória e o imperador era obrigado a observá-la”. “ Como outro exemplo de incompatibilidade com o Estado laico ele citou o crucifixo do plenário do STF. “Devíamos ter só o brasão da República.” Aurélio elogiou a decisão do Tribunal de Justiça gaúcho pela retirada do crucifixo de todas as suas dependências, o que demonstra, segundo ele, que o Rio Grande do Sul é um Estado que “está sempre à frente em questões políticas”. Celso de Mello, outro ministro do Supremo, já

Intel deixa de ajudar escoteiros que discriminam gays e ateus

Evangélico, chefão do tráfico no Rio manda fechar igrejas católicas

PSC radicaliza ao dar apoio a Feliciano, afirma Wyllys

por Ivan Richard da Agência Brasil Deputado disse que resposta também será a radicalização O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), na foto, criticou a decisão do PSC de manter o pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorais da Câmara. Para Wyllys, o acirramento dos ânimos por parte do PSC pode provocar ainda mais confusão nas sessões da comissão. Feliciano é acusado por de ter feito afirmações homofóbicas, como a de que a "Aids é câncer gay", e racistas. “Não falo em nome do movimento [LGBT], mas, se um lado radicaliza, o outro tende a radicalizar. Se o PSC radicaliza e não ouve a voz dos movimentos socais, das redes sociais, o pedido para que esse homem saia da presidência, se a tendência é radicalizar e não dar ouvidos, é lógico que o movimento radicalize do outro. Isso não é bom para a Câmara, para o Legislativo, para o PSC, nem para o país”, disse Wyllys. Wyllys afirmou que as lideranças do PSC estão “confundindo” as criticas ao

Família esperou por três dias, mas Neide não ressuscitou; corpo foi sepultado cheirando mal