Curandeiro João de Deus passa mal e sai de presídio para ser hospitalizado

O charlatão é suspeito
 de abusar de centena
 de mulheres

Por recomendação médica, o curandeiro João de Deus (foto) foi transferido no dia 27 de setembro de 2019 do Complexo Prisional da Aparecida de Goiânia (GO) para um hospital da região.

A equipe médica do presídio considerou que o curandeiro estivesse apresentando sintomas de infarto, com fortes dores no peito.

O advogado Anderson Van Gualberto de Mendonça, de João de Deus, disse que o seu cliente estava com inchaço nas pernas, com risco de trombose, tonturas e pressão alta.

O curandeiro sofre de pressão alta e em 2017 se internou em um dos melhores hospitais do Brasil para o tratamento de câncer.

Ele é acusado de abusar sexualmente de centenas de mulheres, aproveitando-se de sua fama de milagreiro.

Com informação de G1 e de outras fontes, com foto da rede social.



Fortuna de João de Deus inclui garimpo e fazenda de R$ 2 milhões

Vídeo mostra policiais encontrando dinheiro escondido de João de Deus

Força-tarefa estima que João de Deus tem R$ 100 milhões de dinheiro lavado

Em vídeo, vítima holandesa de João de Deus agradece a solidariedade




Comentários

EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado. Trabalhou no jornal centenário abolicionista Diário Popular, Folha de S.Paulo, revistas da Editora Abril e em outras publicações. WhatsApp de contato.