Em vídeo, vítima holandesa de João de Deus agradece a solidariedade

Zahira foi uma
 das primeiras a
 denunciar o
curandeiro

Menos de 24 horas depois de ter participado do programa do Bial denunciando o médium João de Deus de abuso, a coreógrafa holandesa Zahira Nieleke (foto) gravou um vídeo [ver abaixo], em inglês e em português, no Instragram de desabafo e de agradecimento à solidariedade que tem recebido.

Foi no Facebook, em meados de 2018, que ela revelou pela primeira ter sido estuprada pelo curandeiro.

A produção do Bial tomou conhecimento desse post, o que deu início a uma reportagem que chegou a outras mulheres violentadas.





Aviso de novo post por e-mail

Estrangeiras e brasileiras dizem a Bial que sofreram abuso de João de Deus

Sou do Paraná, tenho 40 anos e fui vítima de abuso de João de Deus

Sou do Rio Grande do Sul, tenho 37 anos, e sofri abuso de João de Deus

Sou de São Paulo, tenho 36 anos e sofri abuso de João de Deus



Só agora a Federação Espírita afirma que João de Deus não é confiável


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site