Polícia do Rio prende seis e mata um dos traficantes do Bonde de Jesus

A Polícia Civil do Rio matou um e prendeu seis integrantes dos “Bandidos de Jesus”, também conhecidos por “Bonde de Jesus”, em 14 de agosto de 2019.

Trata-se de uma quadrilha de traficantes evangélicos que também tem atacado terreiros na região do Grande Rio.

A 62ª Delegacia de Polícia já identificou pelo menos 21 traficantes que têm se envolvido em terrorismo religioso.

O pastor Álvaro Malaquias Santa Rosa, o “Peixão”, é o chefe da quadrinha, além de membro do TCP (Terceiro Comando Puro).

Quem tiver informação sobre
 o paradeiro do Peixão poderá
 entrar em contato com a polícia
por telefone ou aplicativos

Com informação da Folha de S.Paulo e de outras fontes.



'Bandidos de Jesus' destroem terreiro de candomblé na Baixada Fluminense

Ataques a terreiros partem de convertidos nos presídios, os 'Traficantes de Jesus'

Pastores usam chefes do tráfico para acabar com terreiros

Presos evangélicos impõem a conversão, acusam terreiros




Comentários

EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diario Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.