Cantor de mega-igreja cristã da Austrália se liberta da fé

Marty Samson escreveu
 que agora se sente feliz

O cantor e compositor Marty Samson (foto), de uma mega-igreja cristã da Austrália, a 
Hillsong, anunciou que perdeu a fé e que agora está se sentindo feliz em não ter religião.

Antes de apagar sua conta no Instagram, ele postou:

“Estou de maneira genuína perdendo minha fé e isso não me incomoda. Estou tão feliz agora, tão em paz com o mundo. É uma loucura.”

Na sequência do post, ele revelou um pouco por que resolveu renunciar ao cristianismo.

"Quantos pregadores Caem? Muitos. Ninguém fala sobre isso. Quantos milagres acontecem. Não muitos. Ninguém fala sobre isso. Por que a Bíblia é cheia de contradições? Ninguém fala sobre isso.”

Ele fez um apelo para que as pessoas acreditem na “verdade genuína”, na da ciência, que “continua questionando as religiões”.

Nas últimas semanas, esse é o segundo abalo no movimento evangélico da Austrália.

O primeiro ocorreu em julho de 2019, quando o influente Joshua Harris deixou de ser pastor, se divorciou de sua mulher e pediu desculpas por suas pregações homofóbicas.

Em seguida, ele foi visto na Parada Anual Gay de Vancouver, no Canadá.

Com informação do The Blaze.



Americano que foi pastor por 25 anos agora prega a descrença

Pastor surpreende fiéis ao escrever que se tornou ateu

Descrentes compõem 28% dos universitários de Portugal

'Sou a Teresa, fui pastora da Metodista e agora sou ateia'




Comentários

Anônimo disse…
Mais um que acordou!.
Emerson Santos disse…
Nada contra a opinião dele ... mas toda vez que um "ex-cristão" se torna ateu ... fica com a imagem de que ele esta com "raiva de dels" ... esse sem duvida eh um dos argumentos bem usados pelos religiosos para denegrir os ateus. E confesso .. que não me surpreenderei se ele logo voltar a religião (golpe de marketing) ...