Pular para o conteúdo principal

Damares passa mal e corre para o hospital, não para a igreja

Ministra crê no poder
da oração, desde que
 haja um hospital por perto

[opinião] Pregadora  de um cristianismo radical, a pastora Damares Alves teve um mal estar e correu para um hospital de Brasília, não para uma igreja evangélica, embora lá existam muitas.

A ministra passou a noite de 28 de maio de 2019 no Hospital Santa Lúcia, onde se submeteu a exames.

Pela manhã, Damares foi dispensada porque os médicos avaliaram que ela está apenas com cansaço, certamente por fazer muita pregação contra o pecado da homossexualidade..

Talvez Damares não tenha fé como aparenta, porque ela acredita no poder de cura da oração, mas sempre está próxima de um hospital.

Com informação do Correio Braziliense.



Oregon condena por homicídio casal que tentou curar bebê com orações

'Cura pela oração' mata mais um bebê nos Estados Unidos

Polícia prende assaltante que estava com oração para ficar invisível

Marcelo Rezende morreu crendo que a oração o salvaria

Notas de um ateu: eu precisava de sangue, não de oração



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários

  1. Olha, seu comentário aparte de ser imbecil é ignorante. Deus nos deu inteligência e por isso temos médicos, científicos, filósofos, inventores, etc, e não gente como você que nunca experimentou um relacionamento com Deus. Procura por coisas mais profunda para comentar e não coisas da vida pessoal. Madura rapaz, e deixa de mi mi mí que isso não te leva a nada, só mostra seu mal caráter.

    ResponderExcluir
  2. Se fundamentalista religioso tivesse humor não seria.... fundamentalista.

    ResponderExcluir
  3. E pq esse estrupicio nao morreu?

    ResponderExcluir
  4. ORA. PRECISAVA ERA UM HOSPÍCIO!

    ResponderExcluir
  5. Que mané deus deu inteligência. Desde quando conto de fadas inventados por humanos terraplanistas dão inteligência? Cresce

    ResponderExcluir
  6. Simples, religião não é sinal de burrice,e lembre no final da vida no momento da morte todos se rendem à Jesus ,porque não há outro caminho senão a esperança de um continuar.

    ResponderExcluir
  7. Estou dizendo que esses fanáticos hipócritas na hora do perigo procuram a medicina científica. Se Jesus Cristo é o médico dos médicos por que afinal as religiões investem tanto no ramo hospitalar? Quantas separações de gêmeos siameses fez Jesus?

    ResponderExcluir
  8. se estes santos evangélicos tivessem mesmo fé como eles alardeia por ai...na hora que tivesse doente em vez do pronto socorro iria para igreja deles

    ResponderExcluir
  9. 21.02.2020
    PLANEJAMENTO FAMILIAR: SER HUMANO NÃO É RATAZANA E NÃO DEVE SE COMPORTAR COMO RATAZANA. WILLIAN BONNER E FÁTIMA BERNARDES, NA DÉCADA DE 90, MAIORES INIMIGOS DO CONTROLE DE NATALIDADE CHINÊS. REVEJAM ALGUNS CONCEITOS PURAMENTE IMBECIS, FORMADORES DE OPINIÃO DA GLOBONEWS EM PAUTA: “UMA COISA É UMA COISA, OUTRA COISA E OUTRA COISA”. (PARTE I). Colocar 3, 4, 5, 10, 20 filhos, em favelas violentas e miseráveis, em cortiços, em lixeiras a céus aberto, é uma das maiores bestialidades que um homem e uma mulher podem cometer. Até mesmo os bichos em cativeiro pensam em sua prole e se recusam a reproduzir. “Crescer e multiplicai-vos” de forma generalizada só é romântico e divino na Bíblia. A vida nessas condições só é sagrada para as igrejas cristãs parasitas, que são fortes, poderosas e politicamente dominantes, em países pobres e miseráveis e em países “em desenvolvimento” cercados por todos os lados por bolsões de miséria e insalubridade. Países corruptos como o Brasil, dominados por uma grande parcela de empresários gananciosos, usurários, exploradores, por advogados do diabo, por um cristianismo organizado em igrejas demoníacas que enriquecem sem parar, igrejas que erguem templos babilônicos, com a maior facilidade, otimamente capitalizadas. Colocar filhos em quantidade muito além do que se pode sustentar, educar e preparar para a vida, para competir em igualdade de condições com a maioria das classes sociais, é algo tão bestial que nem mesmo as ratazanas, se tivessem anticoncepcionais, seriam possuidoras de tal crueldade mental e irresponsabilidade social. Mas é isso que as castas cristãs dominantes gosta e adoram; é isso que o cristianismo quer. Está dando certo para as elites dominantes há milhares de anos. Exércitos de escravos para lutar nas guerras, ficar de joelhos, rezar, votar, trabalhar.; escravos estrategicamente manipulados, como fantoches. Marionetes manipulados com a força da espada e da cruz cristã. É certo que muitos casais pobres depois de colocarem filhos no mundo lutam, trabalham, e vencem, sem pedir ou receber nada do Estado. Todavia, isto, há muito tempo, está cada vez mais impossível. Uma parcela significativa dessas crianças com muitos irmãos, que nascem e crescem em ambientes deploráveis, cada vez mais se torna criminosa; essas crianças bem cedo se tornam ladrões, estupradores, estelionatários, assassinos daqueles filhos de pais que fizeram planejamento familiar, que se comportaram racionalmente perante à sociedade e a nação na qual vivem. Colocar filhos no mundo em ambientes socialmente monstruosos é uma monstruosidade dos pais, e principalmente do Estado omisso e do cristianismo oportunista, fisiologista, explorador, parasita. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico

O dia em que Bill Gates, defensor da ciência, previu a pandemia, em 2015