Ateu, Nando Reis tira ‘Nossa Senhora’ de música de Roberto Carlos

Artista disse que tirou
 menções religiosas da
 letra de músicas para não
 correr o risco de estar
 sendo hipócrita

Nando Reis (foto) lançou em plataforma digital o disco “Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto”, com 12 músicas compostas ou cantadas (de outros autores) por Roberto Carlos entre 1971 e 1994.

Como Roberto Carlos é católico, beirando o fanatismo, Nando, que é ateu, alterou a letra de três músicas: “Nossa Senhora”, que Roberto Carlos compôs inspirado em sua santa de devoção, “Todos estão surdos”, onde há referência a Jesus Cristo, e “A Guerra dos Meninos”, sobre uma aparição do Menino Jesus.

O ex-Titã disse em um vídeo [ver abaixo] que alterou pontualmente a letras de duas dessas três músicas porque, como não ele acredita em Deus, não quis correr o risco de parecer desrespeitoso, irônico ou hipócrita.

Disse que, na música “Nossa Senhora”, substituiu a devoção de Roberto Carlos pela santa pelo devoção que ele, Nando Reis, tem por João Gilberto.

A letra de Roberto e Erasmo Carlos foi trocada por "nana nana nana" no passo de valsa.

Ele preferiu dar ênfase à melodia pelo “reconhecimento de minha impossibilidade em soar genuíno cantando essa letra.”

Nando Reis disse no vídeo que continua ateu tanto quando na época em que compôs em 1986 a música “Igreja”, para o álbum “Cabeça Dinossauro”.

A diferença é que, agora, tem respeito pelas religiões e que ele, como ateu, também tem um “deus”, que é o amor.

Um crítico de música escreveu que Roberto Carlos, se soubesse que haveria um expurgo do divino, não teria autorizado Nando Reis a gravar suas músicas.

 


Com informação do Youtube. G1 e de outras fontes e foto de divulgação.




Nando Reis afirma ser ateu e vira alvo de intolerância

Bellotto assumiu seu ateísmo por causa do fanatismo religioso

Cássia Eller, ateia famosa

Antônio Fagundes diz que não precisa de Deus para ser ético



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários