Cássia Eller, ateia famosa


Cássia começou a
cantar em igreja

Antes de se declarar “ateia total” em uma entrevista, a cantora e compositora Cássia Eller teve a intenção, na sua juventude, de ser freira. “Fui muito religiosa até uns 17 anos. Ia à missa, ajudava na paróquia, sabia os hinos de cor.”


A roqueira Cássia Eller era o nome artístico de Cássia Rejane Eller. Ela nasceu em 10 de dezembro de 1962 no Rio de Janeiro. Morreu no dia 29 de dezembro de 2001 vítima de um infarto do miocárdio.

 Era usuária de drogas e foi bissexual. Teve um filho. Quando morreu, vivia havia 14 anos com Eugênia.

Em uma de suas entrevistas – que não gostava de dar – disse que começou a cantar em uma igreja. Foi batizada e crismada e perdeu a fé quando começou a ler a Bíblia.

“Comecei a achar que era muita fantasia quando fiquei sabendo que a Bíblia tinha sido escrita em aramaico e traduzida para o latim. Para fazer a tradução, o cara interpretou demais."

Com informação da Wikipédia, entre outras fontes.




Comentários

  1. tinha uma voz poderosa, talvez por ser ateis, cantava que pedia a Deus um pouco de malandragem.

    agora posta ai os famosos crentes.

    ResponderExcluir
  2. "Agora posta aí os famosos crentes"

    - Hitler?

    ResponderExcluir
  3. Izaque parece uma criança com manha que fica gritando "eu quero! eu quero! eu quero!".

    Por que o Paulopes perderia seu tempo postando crentes famosos no blog dele? Ainda não caiu a ficha de que isso não é um blog cristão?

    Vai procurar sua turminha de dementes, Izaque Bastos, fanfarrão!

    ResponderExcluir
  4. Esta moça, obviamente um rapaz, tornou-se atéia pela mesma razão mediante a qual queria se tornar freira...E muitas realmente se tornaram! Porque era uma batráquia. Muitas delas, quando na fase anterior ao coturno; quando ainda são melissinhas ou mocassins(que é como chamamos os calçados mirins e juvenis); entram no convento para delícia das fanchonas titias e vovós freiras. A repressão sexual a nível social pode atraí-las; ao passo que a nível internalizado pode afastá-las. A rejeição a Deus de muitos ateus; dá-se claramente por conta de tais comportamentos, considerados desvios pela sociedade e pecados pela Igreja. Parece ter sido o caso de muitos intelectuais, e artistas literários, como este da Bahia; professa-se ateu, mas não dispensa um abô ou simples sacudimento de mães-de-terreiro. Xangozeiro consumado, o cantor baiano é um exemplo da controversa mentalidade atéia desses intelectuais e da juventude maluquinha...Todos ateus professos e de carteirinha, mas vão a videntes, consultam astrólogos, lêem horóscopos, compram cristais e pedras pra isso e praquilo outro...Além de decorarem o quarto com gnomos, bruxinhas, praticarem wicca e adorarem uma simpatiazinha dessas de revista de banca ou de internet...Com oferendas a deuses pagãos ou orixás de candomblé. Muito professor de faculdade, e muita professora universitária, dizendo-se ateus...Vão a roças de macumba fazer consultas (sempre a titulo de pesquisas antropológicas!), JOGAM BÚZIOS, OU IFÁ...Encomendam ATÉ MESMOtrabalhosE OFERENDAS de catimbó, pra suas monografias serem aprovadas...Axé!

    ResponderExcluir
  5. Izaque Bastos,

    Vc sabia que quem compôs Malandragem foi o Cazuza e nao a Cássia Eller? Desinformado que só...tsk tsk

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Outra cristã famosa

    - Andrea Yates (a que afogou os filhos na banheira pq ela achava que as crianças tinham o tinhoso no corpo ou algo assim).

    ResponderExcluir
  8. cassia eller pra sempre! foda composições perfeitas!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site