Documento diz que secretário particular do papa acessa sites de encontro de gays

Um documento publicado no dia 20 de agosto de 2018 no Twitter pelo diácono argentino Jorge Sonnante diz que o padre Fabián Pedacchio Leániz, secretário particular do papa Francisco desde 2014, é usuário de sites de encontro de gays.

Com o timbre "Secretaria de Estado' [do Vaticano], o documento de quatro páginas [ver abaixo] teria sido escrito em 2013 e está assinado pelo próprio Sonnante, como conselheiro de Francisco.

Nele, o diácono reprova a indicação de Leániz, também argentino, para secretariar o papa porque em 2013, por determinação de um tribunal, a polícia periciou o computador do padre e descobriu que ele acessava os sites Adanel, Badoo e ManHunter, de homossexuais.

Não há, no documento, mais informações sobre as supostas investigações sobre o padre  Leániz na Argentina, se houve ou não condenação.


Até agora, o Vaticano não se manifestou sobre o vazamento do documento, nem para desmenti-lo.

Com repercussões na rede social, o site News. com reprodução em vários idiomas, publicou o suposto documento confidencial de Sonnante, referindo-se a “mais uma bomba”.

No dia 26 de agosto de 2018 o arcebispo italiano Carlo Maria Viganò pediu a renúncia de Francisco, acusando-o de saber desde 2013 de atividades pedófilas do cardeal americano Theodore McCarrick, sem tomar nenhuma providencia.

A Igreja Católica encontra-se em guerra civil, com reformistas do lado do papa e conservadores na posição oposta.

Denuncias de pedofilia atingem os dois lados.

Documento vazado


Com informações do Twitter, da cópia do documento, Gloria TV e outras fontes.


Procurador da Pensilvânia acusa o Vaticano de acobertar padres pedófilos

Enviado do papa investiga denuncias de pedofilia envolvendo bispo brasileiro

Grupo LGBT critica o papa por insinuar que homossexualidade é doença




Sucessão de abusos mostra que a Igreja Católica está moralmente falida

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site