Presidenciáveis citam nos debates mais a Bíblia do que a Constituição


[opinião]

Nos debates, os candidatos a presidente têm citado mais a Bíblia do que a Constituição.

Lauro Jardim, de “O Globo”, observa que na Rede TV!, por exemplo, a Bíblia foi mencionada seis vezes, Deus treze e a Constituição apena três.

Claro, se questionado, todos os candidatos defendem o Estado laico.

Trata-se de uma ofensa à inteligência dos eleitores.

Em certa medida, a ofensa é merecida porque os brasileiros não estão nem aí com a laicidade.

Com informação de “O Globo”.



Jair Bolsonaro faz ameaça de instituir um Estado cristão

Brasil é Estado laico, 'graças a Deus', afirma Marina Silva

Por votos, Henrique Meirelles tenta cativar rebanho evangélico




Nova lei eleitoral beneficiará igrejas evangélicas, diz jornal

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site