Pular para o conteúdo principal

Desculpa de padre que tentou abusar de menina de 11 anos: ‘Pensei que ela tivesse 15’


Paolo Glaentzer
 admitiu ter molestado
a criança pelo menos
 em três ocasiões

[notícia]

Ao ser preso tentando abusar de uma menina de 11 anos, o padre italiano Paolo Glaentzer (foto) deu esta desculpa: “Eu pensei que ela tivesse 14, 15”.

Na região de Florença, o padre de 70 anos foi pego em flagrante dentro de um carro com a garota no dia 23 de julho de 2018, no estacionamento de um supermercado.

O padre admitiu ter abusado da menina pelo menos três vezes e que conhecida a família dela, cuja casa visitava com frequência.

Por causa de sua idade, Glaentzer vai cumprir sua pena em casa.

Ele pediu desculpas à família da menina, mas colocou a culpa do abuso no Diabo.


Com informação das agências.


Abuso de criança por padres é culpa dos pais, afirma arquidiocese

Gonzalez fala do abuso que sofreu do padre Maciel, seu pai

Padre é acusado de masturbar crianças de seminário



Igreja Católica do Brasil tem menos pedófilos do que outras?

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

Juh disse…
Eu fui mostrar essa matéria pra um amigo meu e ele achou que era fake news kkkkkk uma olhada rápida no google mostra vários jornais italianos repercutindo a história. é triste mas é verdade. Eu espero que a criança esteja bem.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

Cientistas brasileiros e mexicanos descobrem pequena espécie de morcego

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Um em cada 4 brasileiros não tem acesso à coleta de esgoto, mostra IBGE

Padres afirmam que rezam para que papa Francisco vá logo para o céu

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Padre autor do mosaico de Aparecida é acusado de invocar a Trindade para ter sexo a três

Quatro séculos tentando provar a existência de Deus. E fica cada vez mais difícil

'Matem todos porque o Senhor conhece aqueles que são seus!' França, 22 de julho de 1209

Igrejas católicas alemãs estão sendo derrubadas. É a demolição da própria religião