Acreditar na volta de Jesus é sintoma de insanidade mental


Polícia de Israel 
está providenciando
 medidas para evitar
 tumulto na chegada
do Messias
[opinião]

Quando li que a polícia de Israel está se preparando para que não haja tumulto na volta de Jesus pensei que se tratava de uma fake news

Achei, também, que pudesse ser um texto do “Sensacionalista”, “um jornal isento de verdade”.

Naveguei por alguns sites de jornais e constatei que, de fato, a polícia de Israel está mesmo na expectativa da chegada iminente de Jesus.

Que loucura!


Roni Alsheikh, chefe de polícia, até deu uma entrevista adiantando algumas medidas de segurança para o dia da volta do Messias.

Alsheikh  acredita nessa bobagem ou se trata de uma jogada para agradar religiosos?

Não importa.

O importante, para mim, foi a conclusão confortadora à qual cheguei: ninguém está imune de ser acometido por uma perturbação mental, exceto os ateus, quando se trata de delírios religiosos.

E isso não é pouca coisa, não.


Crescimento do ateísmo no Brasil preocupa Igreja Católica

O dia em que comecei a desacreditar em Deus

Ateísmo mundial se expande e enfrenta maior discriminação





Ateísmo é a evolução lógica da religião, diz Richard Dawkins

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

-------- Busca neste site