Pular para o conteúdo principal

Deputado da cruzada contra a masturbação tem ficha suja



O deputado Marcelo Aguiar (DEM-SP), na foto, deveria se preocupar com a lisura de sua carreira política, e não com a masturbação alheia.

Marcelo Aguiar
também é pastor
e cantor gospel
Pastor da Igreja Renascer, ele apresentou um projeto de lei para que as operadoras telefônicas restrinjam o acesso à "conteúdos de sexo virtual, prostituição e sites pornográficos", de modo a combater os viciados em masturbação.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo reprovou a prestação de contas de Aguiar referentes às eleições de 2010. Ele recorreu, mas o Tribunal Superior Eleitoral manteve a decisão.

Em 2014, ele foi apontado como suspeito de ter um filho em um relacionamento extraconjugal.

Aguiar não tem senso do ridículo.

Em 2015, ele pediu ao Ministério Público providências contra o quadro "Galinha Preta Convertidinha" de um programa de humor da Rede Globo.

Com informação do TSE e da Transparência Brasil e foto de divulgação

Envio de correção.



Malafaia condena masturbador com sete trechos bíblicos


Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Morre o americano Daniel C. Dennett, filósofo e referência contemporânea do ateísmo

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Britney Spears entra na lista de famosos que não acreditam em Deus

Oriente Médio não precisa de mais Deus. Precisa de mais ateus

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Vídeo mostra adolescente 'endemoninhado' no chão. É um culto em escola pública em Caxias

Ignorância, fé religiosa e "ciência" cristã se voltam contra o conhecimento

Prefeito de Sorocaba não acata Justiça e mantém Bíblia em escolas

TJs quase conseguiram que Michael Jackson destruísse Thriller antes do lançamento