Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Evangélico vai ao MPF contra ‘Galinha Preta Convertidinha’

Deputado da Renascer acha que
'Convertidinha' ofende sua religião
O deputado Marcelo Aguiar (DEM-SP), na foto abaixo, apresentou no dia 23 de fevereiro representação ao MPF (Ministério Público Federal) contra “Tá no Ar”, com a alegação de que esse programa humorístico da Rede Globo praticou intolerância religiosa.

Evangélico e músico da Igreja Renascer, Aguiar não gostou do quadro “Galinha Preta Convertidinha”, apresentado pelo programa no dia 19. Segundo ele, a personagem, em um suposto anúncio comercial, canta uma música ofensiva aos cristãos evangélicos.

Diante de uma TV, estão crianças que riem da “Convertidinha” quando ela canta uma musiquinha, cuja letra é: “Joelho dobrado / Mantenha-se fiel / Se não orar direito / Não vai entrar no céu / Ir pro inferno é fogo / A verdade é universal / Cuidado com a hora / Do juízo final".

Um cão pastor alemão, representando um pastor, prossegue: "Joaquim estava incorporado / recebeu um santo / Credo, tá amarrado / Foi o meu pastor que disse assim / Fora desse corpo seu exu mirim".

A música prossegue: “Meu pastor é animadinho / Canta e dança de montão / Quando quer mais dinheirinho / Compra um horário na televisão / Ele fala alto / Ele dá pulinho / Ele gosta mesmo é de conversão".

“Tá no Ar” estreou em 10 de abril de 2014. Ele foi criado pelos humoristas Marcelo Adnet, Marcius Melhem e Maurício Farias. A proposta do programa é mostrar a TV na TV. Programas da própria Globo são satirizados.

O deputado pediu ao MPF que apurasse “a incitação do preconceito contra os evangélicos” que o programa fez por intermédio da “ridicularização, em rede nacional, dos seus símbolos e sinais e do modo de expressar a sua fé em Deus”.

Marcelo Aguiar é réu no
Tribunal Superior Eleitoral
Os líderes da igreja de Aguiar são Estevam Hernandes e sua mulher Sônia. Ambos ficaram presos em uma penitenciária de Miami por 140 dias por terem entrado em 2007 nos Estados Unidos sem declarar cerca de US$ 50 mil. A polícia americana encontrou na bagagem deles cédulas de dólares escondidas até dentro de uma Bíblia.

No Brasil, o próprio deputado Aguiar está com pendência na Justiça. O processo 1077244/2011 que tramita no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) se reporta à reprovação da prestação de contas do evangélico em relação às eleições de 2010.

Com informação do site do deputado e do TSE, entre outras fontes, e fotos de divulgação. 





Mãe evangélica alerta que Galinha Pintadinha é diabólica


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...