Pular para o conteúdo principal

Novo prefeito de São Paulo monta assessoria evangélica

Doria começa gestão misturando política com religião
João Doria (PSDB), novo prefeito de São Paulo, montou uma assessoria evangélica para cuidar de sua interlocução com os líderes religiosos.

Ele nomeou como coordenadores da assessoria Geraldo Malta, da Assembleia de Deus, e Luciano Luna, da Igreja Poderoso Deus.

Os dois evangélicos participaram da campanha eleitoral do tucano.

A Folha de S.Paulo informou que o novo prefeito tem mantido contatos frequentes com pastores.

De acordo com o jornal, não está claro ainda se a assessoria evangélica responderá diretamente ao prefeito ou se a alguma secretária.

A criação da assessoria mostra que Dória fez algo que nem sequer o novo prefeito do Rio e bispo licenciado da Universal Marcelo Crivella ousou formular, ao menos formalmente.

Com informação da coluna Painel, da Folha.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Bancada evangélica municipal de São Paulo quase dobra


Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos