Haitianos acusam pastor de ter fugido com o dinheiro deles

Imigrantes mostram os recibos
dos R$ 40 mil que eles deram ao
pastor para viagem ao México
Oito imigrantes haitianos que se encontram no Brasil há 4 anos estão acusando o bispo Anderson Rezende, da Igreja Mundial, de desaparecer com o equivalente a R$ 40 mil deles — dinheiro que o religioso pediu para lhes arrumar emprego. A informação é da rádio CBN.

Os haitianos contaram ter recebido de Rezende convite para serem missionários da Mundial no México, com salário de US$ 1.300 (R$ 4.000).

De acordo com os imigrantes, o bispo pediu de cada um deles, além de documentos, R$ 5.000 para pagar com antecipação a viagem, mas em 27 de maio, dia marcado para a partida, Rezende sumiu. Eles tentaram entrar em contato com o religioso por telefone, mas a linha tinha sido desligada.

A Igreja Mundial informou que Rezende atuou como seu pastor em um templo na zona leste de São Paulo, no bairro de Itaquera, mas que ele tinha se desligado em junho de 2014 para fundar sua própria igreja, antes, portanto, do golpe que o bispo teria aplicado nos imigrantes. Acrescentou que não tem mandado missionários para o México.

Os haitianos não aceitam essa versão porque, argumentaram, eles foram atendidos pelo bispo no templo de Itaquera, da qual Rezende seria o coordenador.

Além disso, como novos missionários, eles preencheram documentação com a marca da Mundial. O papel do recibo do dinheiro que deram ao bispo também é da igreja.

O haitiano Dupuy Valere, 28, contou que ele e seus amigos chegaram a ter reuniões sobre a viagem ao México com Rezende naquele templo.

Contou que, agora, a situação no Brasil de seus amigos haitianos piorou, porque nem sequer têm documentos para procurar emprego.  

A Polícia Civil está investigando o sumiço do bispo.

Com informação e foto da CBN. 





Pastor dissidente conta como a Igreja Mundial inventou o trízimo

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nobel 2019 de Física afirma que 'não há lugar para Deus no universo'

Com fechamento de 400 templos em uma década, Igreja da Inglaterra ruma para o fim

Robinho: de jogador promissor a evangélico fanático e a estuprador

Igreja de 221 anos fecha nos EUA por falta de fiéis; avanço da secularização