Papa Francisco quer diálogo da Igreja com muçulmanos e ateus

papa Francisco
Francisco quer conversar, mas
não se sabe sobre o quê
O papa Francisco (foto) quer que a Igreja “intensifique” o diálogo com ateus e muçulmanos. Mas, ao falar hoje sobre esse tema, não mencionou sobre o que a sua religião estaria disposta a conversar com os representantes desses dois estratos da população que mais crescem no mundo.

"É importante intensificar o diálogo entre as várias religiões e penso particularmente no diálogo com o Islã", disse. "É também importante intensificar o alcance aos ateus."

A primeira referência do novo papa aos não crentes ocorreu no sábado (16), quando Francisco recebeu jornalistas em uma audiência. Na ocasião, disse: "Como muitos de vocês não pertencem à Igreja Católica, outros não são crentes, de coração dou esta bênção em silêncio, a cada um de vocês, respeitando a consciência de cada um, mas sabendo que cada um de vocês é filho de Deus".

Bento 16, o agora papa emérito, também tentou se aproximar dos muçulmanos e ateus, mas se revelou desastroso. Ele irritou os muçulmanos em uma pregação de 2006 ao citar um imperador bizantino segundo o qual alguns ensinamentos de Maomé eram “maus e desumanos”.

Em relação aos ateus, Bento 16 chegou a convidar alguns deles para participar de encontro inter-religiosos, mas, ultimamente, ele liquidou com as possibilidades (que já eram mínimas) de qualquer tipo de conversa, porque passou a fazer afirmações como a de que o casamento gay faz parte de “uma antropologia de fundo ateu” e “negar Deus e negar a dignidade humana”.





Com informação das agências.

Bento 16 alerta para o ‘fenômeno perigoso’ do 'ateísmo prático'
novembro de 2012



Comentários

  1. Eu sou ateu não quero conversa e igreja nenhuma me representa. Vão brincar de deus do céu longe de mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Casamento gay nos EUA. Jornal Nascional: http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/v/casamento-entre-pessoas-do-mesmo-sexo-recebe-apoio-dos-pediatras-americanos/2476010/

      Excluir
    2. É impossivel que haja um consenso dos ateus com a igreja católica . Primeiro, eles deveriam pedir perdão por tudo de bárbaro que já cometeram contra os que não aceitavam os seus dógmas . Segundo, eles deveriam aceitar a ciência como a forma mais lógica de de busca das nossas dúvidas e conquistas .Terceiro e último, eles deveriam dizer à verdade, deus não existe, mas isso é impossível .

      Excluir
    3. Eles deveriam dizer a "verdade, deus não existe", são comentários como este que me fazem ver que um ateu pode se achar tão dono da verdade quanto qualquer crente.

      Excluir
    4. Pode ficar tranquilo... ninguém vai te obrigar a mudar de time. Ninguém me obrigou!

      Excluir
  2. Eu acho, eu só acho, que pessoas como este papa deveriam sumir da face da terra junto com a religião, pois cada um tem a sua devida liberdade de expressão, não quero ficar criticando pessoas religiosas, mas também não quero ser criticada por ser ateia, é simplesmente a minha opção perante a sociedade injusta e imunda, eu sendo ateia não faço mal a ninguém, e muitos bandidos e assassinos todas as noites ajoelham e pedem perdão pelos seus pecados para seu deus, imagino que eles vão aos céus e os ateus irão ao inferno, por algum acaso penso nessa lógica como injusta ou errada, ou seja, não querendo sumir com a religião, mas já querendo, respeito quem tem sua religião, mas tentar converter a porradas outra pessoa não é certo... Já recebi muitas criticas, mas não vou mudar de idéia por causa de pessoas ignorantes e indesenvolvidas mentalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assino embaixo! vc disse tudo Daniela

      Excluir
    2. Como você achou? Você procurou?

      Excluir
  3. Seria importante a conversa entre razão e mito. Uma religião milenar deve muitas explicações por seus atos violentos na idade média. Motivos que até onde sei, foram para conseguir mais recursos e mostrar o seu poder contra aqueles que não eram católicos. Também vão explicar pq a necessidade de "atualizar" as palavras de Deus com as nossas modernidades. Se Deus disse, então nenhum ser vivo tem o direito de mudar suas palavras. A não ser que essas palavras nunca foram ditas por Deus, e sim por uma pessoa comum que as escreveu. São detalhes que mostram o que é chamado de "mistério da fé". Eu procuro apenas entender cientificamente as coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O comunismo ateu não deve também dar muitas respostas?

      Excluir
    2. Tá nessa, ainda?! Comunismo é uma coisa. Ateísmo é outra totalmente diferente. A propósito, o querido Jesus dos cristãos encaixa-se perfeitamente no perfil comunista. Melhor pensar direito antes de escrever, papagaio de Olavo e Craig.

      Ruggero

      Excluir
    3. COMUNISMO não matou em nome do ateísmo.
      No marxismo a religião não é nada mais do que um objeto de controle da burguesia sobre as massas proletárias. Mataram na URSS, na china, em Cuba, etc. em nome de uma ideologia politica pelas mãos de extremo-esquerdas.
      Diferente dos milhares de povos que mataram, exploraram, humilharam e torturaram direta ou indiretamente em nome da religião, vide cruzadas e inquisições e atualmente homofobia cristã e terrorismo islâmico.
      É o cúmulo da imbecilidade culpar o ateísmo, e pior, dizer que eles devem satisfação dos males nos regimes comunistas.

      Excluir
    4. PROLEtário: Trabalhador operário cuja sobrevivência depende do próprio trabalho.

      Por que esse "prole"?
      Prole = Descendência, filhos.

      Os proletários são os responsáveis pela manutenção do sistema, trabalhando feito escravos para manter a elite e GERANDO NOVOS escravos (a PROLE) para dar continuidade a este ciclo.

      Será tão difícil compreender a luta das religiões pela "família tradicional", "moral e bons costumes", "casamento entre homem e mulher", "perpetuação da espécie", etc???

      A luta conservadora pelo status quo (luta reproduzida até pelos próprios proletários, que assim aprenderam a fazer) não passa de uma luta pela manutenção de seres humanos "hamsters", daqueles que ficam engaiolados girando a roda e reproduzindo novos hamsters para girarem a roda quando este morrerem, e assim sucessivamente...

      A luta pela revolução sexual é uma luta pela LIBERDADE DO HOMEM. Acordem!

      Excluir
  4. Esse papa chico é um pandego, morde e assopra: Vou respeitar a condição de vocês, mas quem está certo sou eu, pois a verdade é que deus é seu pai, existe e pronto! //Nunca haverá diálogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Essas palavras do papa mostram que ele quer tratar quem tem opinião diferente como crianças, como pessoas ingênuas e inocentes, como pessoas que vivem fora da realidade (no caso, a realidade cristã tida como 'a única verdade').

      Excluir
  5. Também sou ateu, mas aceito diálogo ! Se querem conversar já estão mostrando evolução, antes queriam converter e doutrinar. Aceito as conversas com a esperança de que todos os católicos venham a ser ateus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidado, quando um religioso quer "conversar", ele quer exatamente isso que vc falou: converter e doutrinar. O papa quer falar sobre o quê? Sobre futebol?

      Excluir
    2. Então você quer a mesma coisa que eles queriam "converter" e "doutrinar" =x
      Acho que o diálogo é mais correto para quem haja respeito de ambas as partes.

      Excluir
    3. "Então você quer a mesma coisa que eles queriam"

      Quem é que está propondo o diálogo? Quem está convidando quem pra dialogar (sabe-se lá com quais intenções, aliás, sabemos sim), quem?

      Quanta desonestidade intelectual, hein!

      Excluir
  6. a igreja escolheu um papa franciscano para mirar os pobres, mais não foi por opção, esta escolha foi por uma questão de sobrevivência.

    Não tenho nada que conversar com a igreja ,eles não pagam minhas contas , não lavam minhas roupas etc, fora igreja

    ResponderExcluir
  7. O que muitos aqui, parece que ainda não se deu conta, é de que este senhor é muiiiiito inteligente. Aliás isso é marca registrada dos jesuitas. Eles tem um objetivo (a catequização católica do mundo), e usam de qualquer meio para alcançar seu objetico. São frios e incansáveis. Preferem estar perto de seus inimigos, pois é mais fácil conhecer suas fraquesas, e miná-los homeopaticamente. Ele vai sim conseguir envolver-se com maestria entre os descrentes e concorrentes de fé. Mas seu objetivo é desestabilizá-los quando perceber onde são mais vulneraveis.
    Agora os padres pedófilos que se cuidem, a coisa vai feder pro lado deles, pois vai usá-los como cajado de sua moralidade (?).
    Vamos acompanhar, e ver no que vai dar isso tudo.

    Lovor e grória

    Ermão em cristo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Ermão em cristo, está me surpreendendo (positivamente, claro)!

      Excluir
    2. Colega anônimo, posso dizer com certeza de não estar enganado, que sou bem resolvido emocionalmente. Não tenho intemção alguma em produzir comentários que agrade pessoas. Por isso uso de recursos de linguagem ou simplesmente de análise denotativas cruas, com intento de expor minhas críticas.
      Algumas pessoas às vezes não entendem o comportamento de meus personagens, e chegam ao cúmulo de pedir ao Paulo, bloqueio de meus comentários. Agindo assim, estão tão somente expondo sua incapacidade de conviver com a diversidade, que é fator de tudo que conhecemos e vivemos.
      Portanto colega anônimo, lhe agradar positivamente é tão somente uma consequencia de um processo crítico, não uma intenção.
      Lovor e grória.

      Ermão em Cristo

      Excluir
    3. *lhe surpreender positivamente

      Excluir
    4. Tanqui iou

      Lovor e grória.

      Ermão em cristo

      Excluir
  8. Conversar sobre o que?
    Futebol e churrasco?
    Pois sobre religião está claro que não há pontos em comum.
    Ou ele quer que a gente pare de negar?
    Para isso eles terão que parar de afirmar.
    Como não farão isso, realmente não vejo o que conversar.
    Marketing?
    Quer se fazer de bonzinho, de conciliador?
    Político sempre quer tirar foto sorrindo, mas pelas costas é facada.
    Junior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele quer posar de tolerante para os incautos, especialmente entre os cristãos. Ele quer ser pop!

      Excluir
    2. É...
      Será que ele topa conversar sobre saunas gay? Ou quem sabe sobre venda de armas através de operações bancárias secretas? Talvez Sua Santidade queira conversar sobre mulheres! Eu percebo o quanto ele gosta delas, principalmente aquelas com jeito de meninas, suaves... Eu vejo seu olhar de lobo, quando chega perto de mulheres bonitas ou meramente charmosas.
      É isso mesmo, o Papa quer conversar sobre mulher!

      Excluir
  9. O papa quer assunto que dure.Não responderam os questionameto feitos até agora.Uma coisa muito interessantee que já foi sugerida, seria aquele debate
    entre o papa e o nosso "lider espiritual",pô essa foi boa né,Richard Dawkins.
    Dawkins a muito quer esse debate,quem sabe o papa aceite agora.

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. Eu uso uma de 500w reais, até agora ela aguentou bem a minha placa de vídeo!

      Excluir
  11. Porque papa vive insistindo em falar que os ateus sao filhos do deus cristao. Agente tem pai e mae. Esse papa do bm pode estar de brincadeira em fazer proselitismo religioso pros nao cristaos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se um satanista declarar publicamente que os cristão são todos filhos de Satanás, os cristãos vão se dizer ofendidos e fazendo o maior barulho.

      Não existe diálogo com religiosos, pois o "diálogo" deles é uma via de mão única!

      Excluir
    2. O conflito é inerente, eu afirmo que deus não existe e eles que sou filho de deus e sabe de uma coisa. Eles não estão distante de mim, são amigos e parentes, estão no meu lar e na minha vida.
      Posso ficar muito bem sem conversar com o clero, já quantos aos leigos...

      Excluir
  12. Imagine o seguinte debate:

    Papa Chico X Richard Dawkins

    Seria interessante...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Sam Harris é mais contundente e "feroz" que o Dawkins. Não duvido que por muitas vezes colocaria o Papa em 'sinucas de bico'...

      Ruggero

      Excluir
  13. E o que será que ele quer conversar com os ateus? Tentar nos converter não pode ser, no meu caso seria inútil. E o que os ateus estão fazendo de mal à religião dele a ponto de precisarmos conversar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele quer que fiquemos em silêncio pra não desviar nenhum crente rumo à descrença! Além disso, ele quer criar uma imagem de falsa tolerância e assim ganhar mais simpatia do povo!

      Excluir
  14. O juramento do Papa Jesuíta
    https://www.youtube.com/watch?v=DzQCDffB88U

    ResponderExcluir
  15. Alguem tem dúvida que Dawkins quer debater com o papa?

    ResponderExcluir
  16. http://pugnacitas.blogspot.com.br/2013/03/papa-paco-vi.html

    Acima, link para um post em que analiso algumas colocações do Papa.

    Saudações!

    ResponderExcluir
  17. Grande iniciativa do papa. Talvez seja uma boa iniciativa para os ateus explicarem o genocídio comunista (religião é o ópio do povo) e o holocausto nazista (deturpação do darwinismo).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mama mia,novamente capitulo 2 versiculo 2,o que os ateus tem haver com isso?

      Excluir
    2. Richa 10 X Chico 0

      Excluir
    3. Comeu cocô?
      Ah não, esqueci que religiosos são apenas desonestos mesmo.

      Excluir
    4. Nenhuma igreja tem moral pra cuidar da minha vida, nenhuma igreja me emprega, nenhuma igreja paga minhas contas, nenhuma , nenhuma igreja paga meus impostos, e agora que moral tem uma igreja pra cuidar da minha da nossa vida ? Igreja nenhuma põe comida na nossa mesa, igreja não tem moral nenhuma sobre nossas vida , as igrejas só serve de jogo politico e enriquecimento de pastor e de pasto de alienado, fora igreja

      Excluir
  18. Eu nunca entenderei vocês ateus, nossa quanto preconceito. Se o papa chama para um suposto diálogo ele é esperto, se não chama, é intolerante. É preciso entender pessoal e autor do post, que se o papa chama para diálogar não é pra deixar de lado suas verdades, nem um ateu ou mulçumano, as suas. Ele convida para manter uma relação conciliar entre as diferenças que há no mundo, e de fato não se pode igborar. A Igreja preza pela união, e o amor, e é por isso que o papa chama a todos, sem distinção. Por favor, não me tomem como alvo de críticas, mas é preciso que vocês ateus tenham mais imparcialidade ao julgar uma atitude tão admirável de Francisco, que principalmente demonstrem ter algum sentimento afetivo por trás de tamanha rebeldia. Criticam tanto a religião, mas quando ela abre os braços a vocês, toma desprezo; sério, é preciso mais lógica no viver de vocês, antes de dar pontapés na Igreja. Um abraço, paz e bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido anônimo, como gostaria de esplanar sobre seu comentário! Mas se voce ainda não percebeu que vemos religião como um objeto de castração emocional, nem vou perder meu tempo.
      O seu francisco quer diálogo com descrentes, mas reza do fundo de seu coração pelos mesmos "porque são filhos de deus". Consegue perceber a ironia colega? Aff! nem sei porque insisto!!!

      Grória e lovor.

      Ermão em cristo

      Excluir
    2. Sabemos que a religião é um ninho de SERPENTES, e você quer que tenhamos "mais imparcialidade ao julgar uma atitude" do próprio chefe do covil?

      "A Igreja preza pela união, e o amor..."

      Não creio que você seja tão ingênuo. No mínimo, está sendo desonesto, como é característico aos religiosos.

      Excluir
    3. Então tá Ermão, eu nunca entenderei porque vocês ateus só semeiam um sentimento de rebelião a tudo, nunca. Ver num ato de busca pela paz, algo maquinado para a desunião. Por que tanto vazio dentro de vocês? E ainda têm a ousadia de dizer que a religião é uma "castração emocional", como se a católica fosse realmente isso, pois não há melhor religião no mundo, do que a católica ou generalizando, o cristianismo; está aí a prova no post. Enquanto vocês ficam sempre a luta de manter as pessoas se degladiando? Será isso certo Ermão? Não entendo porque há tanto ateu que despreza o amor ao próximo divulgado pela Igreja, para depois viver a disseminar o ódio levantando a plaquinha de "Guerra a religião, guerra a Igreja!", isso é tão retrógrado. Mas tudo bem eu tenho que entender, pelo menos por cima essas atitudes. Paz e bem!

      Excluir
    4. "Não entendo porque há tanto ateu que despreza o amor ao próximo divulgado pela Igreja" diga isso a inquisição espanhola.

      Excluir
    5. Anônimo do dia 23 de março de 2013 15:45, eu entendo o ponto-de-vista dos ateus. Ao declarar que estava orando (ou melhor, rezando porque é assim que se diz na igreja católica), o papa não demonstrou respeitar a não-crença dos ateus. Você, de certa maneira, reflete essa mesma ideologia ao declarar que "não há melhor religião no mundo do que a católica ou o cristianismo". Qualquer pessoa com um razoável conhecimento de história não diria tamanha besteira. Fui batizado católico mas sei que a Igreja Católica cometeu muitos crimes em nome da fé. Entre eles destacam-se a perseguição às Wiccas ("bruxas" no linguajar popular), as conversões forçadas, as "guerras justas" contra os povos indígenas no Brasil e por aí afora. Da mesma maneira, frequentei algumas igrejas evangélicas e me decepcionei com algumas delas. O mais vívido foi uma sessão de exorcismo para "expulsar o demônio da homossexualidade", conforme enunciado pelo pastor. Hoje em dia, não sigo nenhuma religião e sinceramente não sinto falta. Aqui nos Estados Unidos cresce cada vez mais o número de pessoas sem filiação religiosa e, a julgar pela tendência, acho que só tende a aumentar. Os antigos já percebiam que religião é um ótimo instrumento de manipulação das massas. Lembra os faraós do Egito? Crença (em Deus, Jesus, Buda, Akenaten, etc) ou não-crença é algo subjetivo que não deveria extrapolar o lado pessoal de cada um. Hoje em dia, religião virou assunto de estado porque, em geral, as religiões se metem na política e não deveria ser assim em qualquer país que se diz laico.

      Excluir
    6. Anônimo da 19:37 kkkkkkkkkkkkk mais outro com assuntos refutados kkkkkk sério, vocês não cansam dessa disseminação caluniosas que nem existiram como se propaga kkkkkkkm

      Excluir
    7. Oliver, achei você com uma alma enraizada de protestante, se é que não é. Bem típico de quem esconde a verdade, e reflete nos outros o que é ou foi. Pois bem, dando início as respostas das "verdades" que nada tem a ver com o debate, mas aí vai: 1- Eu lhe digo que a Igreja diz rezar a séculos, e não há diferença alguma entre orar ou rezar, só que os protestantes fixam na palavrar orar (como você fez) para distanciarem mais a Igreja Católica, isso é fato. 2- Como ja expliquei no meu primeiro comentário, quando o papa chama para um diálogo, ele não quer dizer que abandonarar seus princípios e suas verdades, nem quer que os ateus ou outras religiões deixem os seus, ele quer apenas manter uma união mundial; é um ato respeitável sim, por lembrar-se das diferenças que existem no mundo. Será tão difícil de entender isso? E quando eu afirmei que a religião católica é a melhor de todas eu disse apenas a verdade, porque me diz aí qual é o líder religioso no planeta que quer acabar com a intolerância seja do que for, senão o papa3- Bem, eu não sei de onde que você quer assimilar a Caça às Bruxas a Igreja, não sei se você pesquisa a verdade ou distorce ela por pura ignorância ou má-fé. A questão da Caça às Bruxas é de autoria tremenda do protestantismo, isso está devidamente comprovado. Mas impressionantemente os historiadores "esquecem" disso. Para se começar bem devagar, vamos lembrar a Imperadora protestante Isabel que matava 800 católicos por ano, o massacre dos monges da Abadia de São Bernardo de Brémen, no séc. XVI por bandos protestantes; na Escócia presbiteriana de John Fox, durante um período de seis anos, foram queimadas mais de 1.000 (mil) mulheres acusadas de feitiçaria. Enquanto que nenhuma mulher foi condenada pela Igreja, mas sim ou pelo Tribunal Secular (Estado) ou Tribunal Protestante que por si só agia, com sentenças de morte sem direito a Inquisição(o método criado pela Igreja que cessava as mortes dos hereges pelo braço secular). Os casos de bruxaria eram de maior prevalência por denúncias entre pessoas que queriam tomar terras, e essas se dirigiam ao Estado, pois sabiam que a Igreja não condenava a morte; por isso, com a grande superstição em magias, o Braço Secular tomava estes casos com penas de torturas, morte ou queima em fogueiras. Portanto Oliver, cabe a você procurar a verdade, e não querer me fazer calar a boca por coisas que aconteceram no passado, com um contexto cultural bem diferente do de hoje, e principalmente que não tem nada haver com o debate. E é bom lembrar: o bem-aventurado João Paulo II abriu as portas da Igreja para pesquisas científicas com historiadores sobre tudo isso, e o que se provou foi bem ao contrário do que se imaginava. E agora eu te pergunto: com que documentos você pode afirmar isso? Pois a Igreja tem, e não tem medo de mostrar. 4- Conversões forçadas? Que conversões forçadas? As mentirinhas que você aprendeu no ensino fundamental, é isso?

      Excluir
    8. Pois você deve estar pensando na ação de reis católicos que confundiam o poder político com o espiritual. E mesmo se não confundissem, a população que obviamente era católica, pressionava aos príncipes ou reis para que expulsassem os hereges. Assim, emitiam um decreto de que ou se convertiam ao catolicismo, ou eram expulsos das terras. Daí a sua idéia deturpada de que a Igreja era quem convertia forçadamente. 5- As "guerras justas" eram da Igreja? Novamente mais uma mentira que não se firma em simplesmente nada. As guerras justas eram expedições COLONIAIS dos portugueses para a obtenção a escravidão aos índios do leste nordestino e de terras para a exploração. Usavam de argumentos como de que "os índios precisavam ser catequizados e conhecer a Jesus" sendo que bem contrários a esses atos, estavam os monges da Companhia de Jesus, os jesuítas. Eles chegaram a entrar em conflito com a coroa portuguesa, pois não admitiam a escravidão tanto de negros quanto de índios. Da pra ver até aqui, o seu desconhecimento, Oliver. 6- Sim, os antigos usaram da religião, e se não fosse por ela, não teríamos nada do que se tem hoje. Não há nada na história da humanidade como a filosofia, a ciência, a música, a arte etc, que esteja ligado ao ateísmo; pois o ateísmo não nos deu nada nesses sentidos. E sobre a religião se meter na política, a Igreja não tem nada com isso. Agora, o direito de crença é constituído pela lei, dando ao político o seu direito também. Há duas coisas a se distinguirem radicalmente aqui: uma a Igreja (Vaticano) estar exercendo poder na política, quando não está e não pode; e outra é seus fiéis poderem exercer cargos políticos com o direito de crença em lei, quando pode. Paz e bem!

      Excluir
    9. Oi Anônimo23 de março de 2013 15:45

      Vai dar uma olhadinha no juramento de um jesuita, depois volta pra cantar aos quatro ventos, a boa intenção do seu papinha, e sua igrejinha. Mas nem tudo ta perdido, pelo menos esse vai ferrar com os padres pedófilos, que não são poucos. A mulecada vai ter um pouco mais de sossego. Mas perceba que sua igreja periga acabar por falta de sacerdotes.

      Lovor e groria.

      Ermão em cristo.

      Excluir
    10. Ermão, minha "igrejinha" eu conheço bem, e quem é você pra falar das intenções do papa? Virou Deus agora pra saber? Ah é, esqueci, ateus querem ser Deus..triste mesmo a sua vida decadente! E pra começo de conversa, a minha "igrejinha" é a construtora da civilização ocidental, e atualmente a maior obra caritativa do mundo. Por favor, faça primeiramente algo que chegue pelo menos a ser a poeira dos pés dela, e a gente conversa. Paz e bem!

      Excluir
    11. "Por favor, faça primeiramente algo que chegue pelo menos a ser a poeira dos pés dela..."

      Sim, comece conseguindo ifluencia popular, depois governamental, então se alie ao poder público. Agora já pode formar milícias e sair pra fazer cruzads, saqueando e queimando vilas, matando todos que discordam de ti, botando terror em geral... e talvez um dia você consiga chegar pelo menos a ser a poeira dos pés da ICAR.

      Excluir
    12. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Anônimo das 23:16 falta de estudo e má-fé juntas da nisso: mentiras e mais mentiras. KKKK você é impressionante quando quer fugir do assunto. Mais uma vez: você ja ajudou milhares de pobres, enfermos e órfãos hoje para poder falar da Igreja? Porque querer pincelar mentiras aqui é muito fácil, até eu posso inventar sobre você sem nem conhecer o que você faz, fez, e está fazendo.

      Excluir
    13. Ermão Anônimo24 de março de 2013 18:19

      Não obrigado. não tenho tanta falta de caráter assim, a ponto de fazer algo parecido com sua igrejinha. Confesso que fui tentado a faê-lo. Outrora, percebendo que pessoas tem esta necessidade por Sentimento (produto) místicos, quiz fundar uma religião e explorar o filão. Cheguei até a começar. Porém, não me sentia bem quando via velhinhas. e necessitados deixavam o já insuficiente recurso financeiro de que dispunham, na esperança de "deus" retribuir com bençãos.
      Não , caro a nônimo, não fui talhado pra safadezas.
      Ah! Antes que me esqueça: conduzir um debate, descambando para ataques pessoais, denigre o berço que herdamos da mamaezinha. Se liga mano!
      Lovor e grória

      Ermão em cristo

      Excluir
    14. Ermão, não seja hipócrita, agora quer dar uma de moralista? Vem me falar de educação? É bem estranho mesmo eu ainda estar mantendo um "debate" com um "Ermão em cristo" não é mesmo? Pessoa que se disfarçava antes de fiel analfabeto, agora mudou o jeito de falar e quer me dar dicas de educação logo com para com ela; você me faz rir! Não escrevi nada a te desrespeitar senão o que apenas vi pelos seus comentários e comportamento neste blog, agora ja você me desrespeita e desrespeita a Igreja sem nem conhecer, porque afirmar nas entrelinhas que a Igreja Católica obriga os fiéis a darem "dízimos" é pura ignorância ou má-fé, é isso que eu posso deduzir de você. E novamente eu volto com a mesma pergunta: você ja ajudou a milhares e milhares de pobres, enfermos e órfãos hoje para poder falar da Igreja? Você ainda não me respondeu, mas ironicamente só passa a atacar desrespeitosamente a Igreja, e depois vem me pedir respeito. Repito, sua vida é triste, pois da pra ver; acho que isso não é desrespeito senhor Ermão é uma análise apenas! Mas um debate cheio de mentirinhas, esse sim, destespeituoso e não me obriga a ficar nele. Paz e bem!

      Excluir
    15. "Ermão, não seja hipócrita, agora quer dar uma de moralista?"

      Falácia 1. O Ermão nunca alegou ser autoridade moral.

      "Vem me falar de educação?"

      Falácia 2. Ermão não foi mal educado.

      "Pessoa que se disfarçava antes de fiel analfabeto, agora mudou o jeito de falar e quer me dar dicas de educação logo com para com ela; você me faz rir!"

      Falácia 3 e 4. Sempre foi óbvio pra quem tem pelo menos 2 neurônios funcionais que o personagem Ermão é uma paródia. Ad hominem seu.


      "agora ja você me desrespeita e desrespeita a Igreja sem nem conhecer, porque afirmar nas entrelinhas que a Igreja Católica obriga os fiéis a darem "dízimos" é pura ignorância ou má-fé, é isso que eu posso deduzir de você."

      Choradeira, falácia da projeção emocional e preconceito. Criticar a igreja não é ofender a você.

      "você ja ajudou a milhares e milhares de pobres, enfermos e órfãos hoje para poder falar da Igreja? Você ainda não me respondeu, mas ironicamente só passa a atacar desrespeitosamente a Igreja, e depois vem me pedir respeito."

      Falácia 6 e 7. Apelo emocional e espantalho: questionar a conduta do criticador afim de invalidar seus argumentos.


      "Repito, sua vida é triste, pois da pra ver; acho que isso não é desrespeito senhor Ermão é uma análise apenas!"

      Ad hominem chinfrim e preconceituoso.

      "Mas um debate cheio de mentirinhas, esse sim, destespeituoso e não me obriga a ficar nele."

      Falácia 9. Pombo enxadrismo.

      Volte a debater quando tiver um pouco mais de honestidade intelectual e menos passionalidade para defender sua igreja. Paz e bem.

      Excluir
    16. KKKKKKKKKKKKKKK você é uma graça! Perguntas: por quê que um ateulóide quando vê que o irmãozinho da religião dele ta perdendo um debate, sempre vem defender pra ver se tipo salva ele??? E por quê que vocês só sabem falar em falácias e ad-hominem pra fugir do centro do debate??? Kkkk Muito interessante!
      1- E quem disse que ele alegou? Eu afirmei a verdade, que ele se passava por fiel analfabeto, desrespeitando a quem tem crença e consequentemente generalizando-os de analfabetos, e burros. Isso é um desrespeito grande, e pra completar veio me falar que EU não tinha respeito, sendo um grande hipócrita. Não passa disso. 2- "Ermão não foi mal educado" trollagem detected. 3- "Sempre foi óbvio pra quem tem pelo menos 2 neurônios funcionais que o personagem Ermão é uma paródia." Bem, se os seus dois funcionam eu não sei, mas o que me parece por suas palavras, é que não. Ta claro que eu sabia, se não fosse isso, eu não estaria dizendo que ele se disfarçava. Será que você consegue captar essa mensagem agora? Porque olha...4- Não sabia que falar a verdade, seria "projeção emocional" você me surpreende. E se eu faço parte da Igreja, criticar a Igreja, é me ofender sim. Não sei como você se porta tão ilógico, e vem querer me dar liçãozinha escrota. Presume-se bem o que pode vir. 5- Bom, ele não faz e nem você. E mais uma vez quem erra é você, ja que quem passou a atacar a minha conduta e a da Igreja foi ele, e eu simplesmente o pergunto: você ja ajudou a milhares e milhares de pobres, enfermos e órfãos hoje? Porque pela lógica, primeiro você tem de ser bem melhor pra poder formular mentiras sem fundamento. Da pra ver claro quem invade a conduta do criticador aqui. E enquanto ele não me responde, ele não tem o direito de difamar a Igreja; é aquela expressão "ta achando ruim, faça melhor então." 6- Ateu, vem falar de preconceito e ad-hominem. Humm...interessante e mui engraçado! 7- Pombo enxadrismo? KKKKKKKKK ninguém se prontificou a responder se ajuda a milhares e milhares de pessoas no mundo e eu que sou o tal pombo. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Seus "tipos" de falácias são engraçadas, eu ja te disse isso né? KKKKK 8- Volte a debater
      quando tiver um pouco mais de honestidade
      intelectual e menos
      passionalidade para defender sua irracionalidade sofista. Paz e bem!

      Excluir
    17. Não tire suas calcinhas pela cabeça, crentelho, calma!

      Pode chorar, espernear, generalizar e atacar todos os ateus do mundo, isso não é debate, e duvido que você seja capaz de um debate racional, pois só vi diarreia verborrágica de crente magoadinho.
      Aproveito pra deixar um link pra você estudar um pouquinho alguns conceitos de debate na internet pois vc parece estar bem confuso:

      http://www.memento.com.br/index.php/tag/pombo-enxadrista/

      Dica: Atenção especial à Defesa Chewbacca, a sua predileta.

      Excluir
    18. Anônimo25 de março de 2013 11:59

      Ermão, só faltou voce pedir pro deusinho da sua igrejinha me lancar um raio divino e me transformar num verme rastejante.
      Eu amo o amor cristão!!!
      Mas porque será que ele não faz isso heim? Seria porque ele é tão somente uma ficção?
      E tu já parou pra pensar (putz que pretenção a minha!!!) que em paises desenvolvidos e alicerçados sobre o secularismo, sua igrejinha não prospera? Seria porque a ausencia da miséria deixa de alimentar sua igrejinha nesses locais?
      E isso que sua igrejoca faz: cultiva miséria humana, para atacar de caridosa. Sem miséria ela não funfa.
      Seu Deusinho todo fodão, só multiplica peixe naquele livreco tosco, fora dali, é só pompa e palácio às custas de dimdim arrecadado com a industria da miséria.
      E sim, conviver com isso me deixa triste. Mas fazer o que? O mundo é o que é, e pessoas não passam de animais; uns um pouco mais racionais, outros .... bem outros usam como melhor argumento, esta esplanação: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

      LOVOR E GRÓRIA.

      Ermão em cristo

      Excluir
    19. KKKKKKKKKKKKKKKK Anônimo das 14:28 praticando aquilo que você tanto abomina? Inversão do ônus? Cara você não cansa de ser insignificante? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK É mui interessante a forma como o senhor culto e defensor da irmandade atéia, vem querer projetar em mim o que faz KKKKKKKKK espenear, chorar, generalizar e principalmente atacar. Ainda pra completar não me respondeu nenhuma pergunta, e quer dar uma de intelectual me mandando estudar sobre DEBATES [???] KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK eu entendo, você só sabe disso mesmo né, e o resto ao que se trata da Igreja estuda la umas linhas de opinião atéia ou entra em blog sensacionalista ateu pensando que sabe da história da Igreja. Não tinha nada a debater com você, e vejo agora que também não, portanto meu debate contigo está finalizado. Paz e bem, e vai estudar pelo amor do meu Deus!

      Excluir
    20. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK Ermão, como da pra perceber que você não está afim e nem pode manter um debate verdadeiro comigo, pois não me respondeu uma única pergunta que eu te fiz e ainda por cima não estuda história da Igreja e nem faz o que ela faz aos desamparados, eu tenho o glorioso direito de sair desse debate mantendo a verdade de 2.000 anos intacta. Mas antes de finalizar este debate eu te respondo algumas coisas. 1- O meu Deus é todo amor sim, e como não entende isso, me pergunta em contradição, o porquê que eu não peço a ele que jogue um raio em você; a resposta é clara em duas etapas, primeira porque ele É amor, É soberano, É o todo-poderoso, E nos deu o livre arbítrio para crer nele ou não. Segundo que eu não pediria isso a ninguém, pois sou cristão, e como exemplo de Cristo, tenho de seguir humilde e manso de coração. 2- Nenhum país foi alicerçado sobre secularismo/ateísmo, mas sim pela religião católica; o ateísmo não participou em NADA pra humanidade, ateísmo é tão insignificante que nada fez. Os países que hoje têm maior estabilidade economica e têm maior secularismo têm sim uma explicação histórica (putz quanta falta de estudo sua) e isso se chama: protestantismo. Há muitos outros países ricos que continuam católicos, como o Canadá, Suíça, Austrália, Itália, França, Irlanda, Bélgica, etc. , que muito enganador protestante
      omite porque não os conseguiu surrupiar. Todos os países ditos “protestantes e ricos”, já eram ricos e católicos antes do protestantismo ser fundado no século 16 e confiscá-los. O povo foi obrigado a "engolir" o
      protestantismo porque os reis e príncipes cobiçavam as terras e
      bens materiais doados pelos católicos à Igreja. Prova isto o fato de que as primeiras providências eram recolher ao fisco real, tudo o que da Igreja
      Católica poderia se converter em dinheiro. Daí veio a “riqueza”
      protestante. Os católicos que não se rendessem a opressão, eram degolados friamente, os jesuítas eram expulsos de seus mosteiros e mandados a forca ou fogueira, os fiéis mortos, dentre eles idosos e criancinhas. Visitando-se estes países, vê-se
      claramente que as antigas igrejas
      e utensílios religiosos dali, são católicos e adaptados para o culto protestante. São Bonifácio desde muito antes da fundação do
      protestantismo na Alemanha, continua padroeiro do país e São
      Jorge o da Inglaterra, a quem empresta a “cruz de São Jorge” para a bandeira nacional. Os reais países colonizados pelos protestantes continuam pobres, miseráveis ou na semi-barbárie, são eles a África do Sul, Índia, Nigéria, Botswana, Jamaica, Bahamas, Guiana e São Vicente e Granadinas. Por que os protestantes não os enriqueceram? Aliás, onde estava os ateus para cessarem isso? Portanto, não venha mais tentar jogar historinha da carochinha em cima de mim, pois as "chantagens" históricas que vocês senhores cultos, intelectuais, e suuuper tolerantes fazem com nós católicos, ja estão em plena decadência. É uma pena ver o desespero de vocês! Saiba: a Igreja é a verdade de 2.000 anos, e a que cumpre e realiza as promessas de Cristo; só ela é o corpo vivo dele, e só ela que triunfará sempre, pois a afirmação que as portas do inferno nunca prevalecerão de Nosso Senhor Jesus Cristo se cumpre a cada diaque passa até a consumação dos séculos. Paz e bem, fique na glória do meu Deus!

      Excluir
  19. Meio difícil isso surtir algum efeito, é meio surreal imaginar qualquer ateu que não matou as aulas de história do ensino médio e fundamental ou um muçulmano com acesso a TV que tenha ou pretenda ter filhos se tornando católico.

    ResponderExcluir
  20. como já disseram acima, não há dialogo satisfatório com religiosos. O objetivo do papa é evangelização. Obviamente ele não vai admitir isso. Até mesmo o discurso dele é duplo e ambíguo: "respeito sua posição, mas deus te ama". Captou?

    o papa e todo o vaticano precisam perder o crédito com a população. Não se pode ficar perdendo tempo com eles. O poder que eles tem é a atenção das pessoas, o respeito pelas bizarrices da religião.

    ResponderExcluir
  21. O dia que a igreja por comida na minha mesa , pagar meus impostos e levar o cachorro para passear a gente conversa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa mas então isso nunca vai acontecer, ja que ela só ampara aos pobres, enfermos e órfãos a séculos e séculos. Você só será ajudado por ela se um dia precisar, e como pode se ver, você não está a precisar. Paz e bem!

      Excluir
    2. A menos que você esteja sobre os cuidados de uma Madre Tereza da vida, ai vai ser tratado a base de sopa e impedido de procurar tratamento médico moderno, mesmo que a enfermidade tenha cura, para esperar um milagre e morrer, ou a menos que esse pobre seja uma mulher irlandesa, pois se for o caso é provável que seja escravizada por freiras, e quanto aos órfãos... tá, admito, a igreja ajuda os órfãos, obviamente ignorando que muitos viram boneca sexual de padres, outros morrem espancados, outros são tão traumatizados pela "educação" católica que nos fornecem a horrenda visão de homens de 80 anos chorando como garotinhas de 8, mas vai ver ela faz só isso "direito", ai aumenta o numero de órfãos perseguindo as mães solteiras, impedindo o uso de camisinha, encorajando mães a morrerem para não abortarem e matando os pais em alguns casos.

      Mas concordo com você quanto a igreja não ser toda má, apesar de discordar dos argumentos, e digo isso sobre a instituição já que sei que muitas pessoas entram na ICAR para procurar paz interior e "ajudar" os outros, imagine um mundo onde a ICAR nunca existiu em pleno 2013, todos os zilhões de mortos por ela estariam vivos, a AIDS seria bem menor na África, Hitler não teria motivação religiosa para perseguir os judeus, os gays não seriam perseguidos e teriam adotado vários órfãos que morreram ao longo da história por não terem um responsável, os cientistas de Lúcifer teriam desenvolvido os remédios e técnicas de optimização da agricultura séculos mais cedo salvando milhões de mortos de fome e de doenças, sem ICAR não haveria reforma protestante, logo sem IURD, sem Calvino matando médicos, sem bancada conservadora evanjegue dos EUA para proibir álcool e dar luz a máfia do Capone&cia, e esses lazarentos todos estariam vivos, fodendo e produzindo mais descendentes, a Terra hoje estaria com densidade demográfica maior que a da China e para esvaziar isso um pouco, estaria mandando gente para morar em Marte(ou algum lugar mais distante, já que a tecnologia poderia permitir).

      PS:poderia continuar até amanhã(literalmente)

      Excluir
    3. Da pra perceber que se trata de trollagem, mas as mentiras são enormementes horrorosas. A única palavra que veio a mente quando li esse comentário foi: NOJO. Uma pessoa que apoia o aborto claramente, pra mim, não merece minhas refutações em mentiras totalmete sem fundamento algum. Pessoas que manipulam mentiras tão grandes como estas, são perigosas a quem não sabe de nada. Quem quiser pesquisar as verdades sobre cada mentira do comentário do Átila, fique a vontade, porque debater com um sujeito desse, me dá nojo. Ainda tem a coragem de falar da Madre Tereza...eu prefiro nem comentar pra não dizer algo que extrapole a educação. Paz e bem!

      Excluir
    4. A verdade dói né crentelho?

      Excluir
    5. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK verdade? Que verdade? As suas? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK você acha mesmo que se tudo aquilo ali em cima fosse verdade eu mandaria alguém estudar aobre? Por favor, não seja ridículo mais do que ja é! Não vou gastar meu tempo com gente que só quer saber de tentar destruir a imagem da Igreja e ainda por cima formulando mentirinhas infantis entrelaçadas no apoio ao aborto. Me poupe viu, vai fazer algo de útil pra humanidade porque enquanto você fala mal da Igreja, ela FAZ o bem para os desamparados de todo o planeta.

      Excluir
    6. Anônimo24 de março de 2013 20:49, porque ao invés de atacar o Átila você não se propõe a refutá-lo? Se você sabe de história, isso não seria difícil, não é verdade?

      Pois dizer que "não vai perder tempo" soa mais como fuga do tema... não me leve a mal, tá? É só uma sugestão...

      Excluir
    7. Porque primeiramente Anônimo das 22:25, a quantidade de mentira que ele formulou la em cima seria impossível refutar devidamente em comentários. Segundo, que ele também só passa a atacar, sem mostrar nenhum documento a favor. E terceiro que eu não sou obrigado a ficar em discussão infantil como essa, onde a todo custo querem impôr mentirinhas que não existiram. Quanta palhaçada, meu Deus!

      Excluir
    8. "Por favor, não seja ridículo mais do que ja é! Não vou gastar meu tempo com gente que só quer saber de tentar destruir a imagem da Igreja e ainda por cima formulando mentirinhas infantis entrelaçadas no apoio ao aborto."

      Voa pombinho, voa...
      xeque-mate.

      Excluir
    9. Bom, quem ficou sem argumentos aqui não fui eu, então o verdadeiro xeque-mate é meu! (até rima!) Paz e bem, um abraço! Viva a verdade bimilenar da Igreja Católica!

      Excluir
    10. O pombo enxadrista

      Esse conceito psicológico foi criado na internet como uma ironia especialmente relacionada com debates sobre a questão Criacionismo versus Teoria da Evolução dos seres vivos, mas é expandível seu uso como um comportamento em qualquer debate. É usado para descrever o comportamento de um dos lados em uma discussão, onde um lado (invariavelmente o menos provido de referências e embasamento técnico-científico, ou formalismo), sem mais contra-argumentos age com infantilidade, seu comportamento sendo descrito pela seguinte frase:

      Discutir com ‘fulano’ é o mesmo que jogar xadrez com um pombo, ele defeca no tabuleiro, derruba as peças e sai voando cantando vitória.



      Aprendeu, crentalhão?

      Excluir
  22. Quero entender como pode ocorrer um dialogo entre partes tão distantes.
    A base da fé da igreja é a existencia de deus, a dos ateus é a não existencia de deus. Como conciliar ?
    Com o islã, o cristianismo tem em Jesus a base, eles não. Como conciliar ?
    Acho que alguem ta querendo tapear alguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós ateus não temos "fé na inexistência", pois simplesmente não afirmamos nada sobre deus(es), apenas REJEITAMOS A AFIRMAÇÃO IMPROVÁVEL dos crentes de que algum deus existe, percebe a diferença?

      Quem afirma algo são os crentes, e afirmam sem condições de provar o que afirmam (a existência de deus). Já as pessoas que, por não haver evidência plausível da existência de deus, não aceitam tal afirmação, são nomeadas como "ateus" (termo originalmente pejorativo e falacioso, criado por religiosos para indicar as pessoas descrentes como "inimigas de deus").

      Excluir
  23. Quero entender como pode ocorrer um dialogo entre partes tão distantes.
    A base da fé da igreja é a existencia de deus, a dos ateus é a não existencia de deus. Como conciliar ?
    Com o islã, o cristianismo tem em Jesus a base, eles não. Como conciliar ?
    Acho que alguem ta querendo tapear alguém.

    ResponderExcluir
  24. Notem a postura desrespeitosa do Papa ao propor um suposto diálogo: “Como muitos de vocês não pertencem à Igreja Católica, outros não são crentes, de coração dou esta bênção em silêncio, a cada um de vocês, respeitando a consciência de cada um, mas sabendo que cada um de vocês é filho de Deus”. Ou seja, já demonstra que tal diálogo não será sobre respeitar a descrença dos ateus.

    Lamentável...

    ResponderExcluir
  25. Conversar implica em estar aberto para mudar de idéia. E isso é o tipo de coisa que dificilmente teremos do Papa. A aproximação me parece ter um objetivo claro... calar aqueles que criticam a igreja.

    Eu até paro de criticar a igreja, se ela voltar suas atenções para questões que realmente importam.

    Parem de negar a legitimidade de emoções homoafetivas;

    Parem de tentar infiltrar seus valores e dogmas à na sociedade com dinheiro público;

    Punam os padres pedófilos;

    Pare de negar métodos contraceptivos sobretudo a aqueles expostos ao HIV;

    Pare de impedir o direito reprodutivos e as mulheres;

    Se concentrem na luta pelos pobres e oprimidos...;

    Se o vocês fizerem isso, eu juro que apesar de não concordar com suas posições metafísicas e espirituais, não teria motivação para criticar a igreja... Enquanto isso não acontecer, não espere minha simpatia.

    ResponderExcluir
  26. Um bem haja a todos os que existem, porque nasceram:


    É lastimável como a chamada inversão de valores tem afetado nossa decadente sociedade ocidental! Não entremos no mérito espiritual da questão, mesmo porque a questão do aborto é pertinente não apenas àqueles que ainda crêem haver um Deus, criador do Céu e da Terra, à Quem devemos não apenas nossa vida, mas tudo o que somos e temos, mas é pertinente à cada indíduo da sociedade.

    “As mulheres já abortam hoje e muitas morrem. É importante que elas possam fazer isso com segurança”, afirmou. Garita também defendeu acesso gratuito a métodos contraceptivos e a informações sobre como evitar a gravidez. ( Alexandra Garita, representante da Internacional Women Health Coalison (Coalisão Internacional pela Saúde das Mulheres)

    O coordenador da Federação Internacional de Estudantes de Medicina, Mike Kamus, também defendeu o aborto como forma de garantir desenvolvimento sustentável. “Do meu ponto de vista pessoal, é preciso garantir o aborto com segurança. Milhares de mulheres morrem tentando abortar. As que levam uma gravidez indesejada até o fim, muitas vezes, não têm condição de dar uma vida de qualidade aos filhos”, afirmou. Segundo ele, é preciso “dar aos jovens o direito de decidir.”

    O argumento abortista propõe, como dito acima, uma inversão perigosa da moralidade (ainda) vigente no nosso tempo. Seria o mesmo que alegar que devido ao grande número de acidentes e colisões por embriaguês, todo automóvel devesse ser feito de borracha! Obviamente, isso seria ridículo, mas é assim que funciona a lógica abortista! As ONGs afirmam que melhor que o planejamento familiar, a abstinência sexual ou simplemente a contracepção natural, o aborto é um método eficaz não de previnir ou evitar uma gravidez indesejada, m as de remediá-la após sua consumação. Assim, afirmam, fica garantido um “direito” à saúde e de escolha, principalmente da mulher, sobre o próprio corpo e futuro.

    Ningúem parece levar em conta que o princípio da verdadeira liberdade pressupõe o respeito ao direito do outro. Neste caso, o direito à vida do nascituro! Assim, presume-se que tanto o Estado, como os indivíduos praticantes do aborto, têm um direito acima daqueles que justamente por sua condição vulnerável, não podem expressar oposição à violência da qual são vítima.

    A cultura da Morte está instaurada na Europa e galopéia em nossa direção, não por acaso, mas pela força do dinheiro e dos interesses econômicos. A indústria do aborto gera bilhões de dólares nos países onde pode operar livremente, portanto, não é de estranhar-se que sejamos um grande mercado “consumidor” a ser avidamente explorado! Não é coincidência que a retórica dos países ”desenvolvidos”, ricos e poderosos, seja tão convenientemente favorável à questão. Trata-se de uma ditadura da Cultura da morte contra a Cultura da vida, um modelo colonial ideólogico sem precedentes.

    As estatísticas mostram que nos países onde o aborto é plenamante legalizado observa-se não uma diminuição no número de gravidezes indesejadas, ou uma melhora no comportamento sexual da população em idade reprodutiva, mas o oposto. Onde o aborto é legal, como em Cuba, ele passa a ser o método mais difundido de “contracepção”. As pessoas ficam sexualmente mais negligentes e não mais responsáveis. Ademais, no Brasil as estatística apotam que morre um número infinitamente mais alto de mulheres com doença do coração e outras infermidades relativamente triviais, do que em decorrência de um aborto. Em outras palavras, não estamos tratanto aqui de saúde pública, como afirmou a presidente D. Rousseff, ou da dignidade da pessoa humana e seus direitos, como alegam os abortistas, mas de capitalismo puro, no seu estado mais bruto e selvagem!

    ResponderExcluir
  27. http://igrejamilitante.wordpress.com/2012/04/13/a-igreja-de-cristo-e-santa

    http://igrejamilitante.wordpress.com/2012/04/21/o-papel-da-igreja-na-preservacao-da-revelacao-uma-breve-historia-da-biblia/

    ResponderExcluir
  28. http://www.youtube.com/watch?v=ByZhhQ9sDEk

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site