Biólogo contesta afirmações de Malafaia sobre orientação sexual

Eli Vieira
Pastor chamou Vieira de "rapaz
 metido a doutor em genética"
O biólogo Eli Vieira (foto) gravou um vídeo de 15 minutos [ver abaixo] contestando as afirmações do pastor Silas Malafaia segundo as quais “ninguém nasce gay, homossexualismo é um comportamento”.

Vieira disse que existe "uma farta literatura" que atribui ao gene uma contribuição na manifestação sexual durante o desenvolvimento de uma pessoa, além das influências do contexto em que vive.

Tanto que, disse, quando um gêmeo é homossexual outro tende a ser também. Ele citou um estudo para explicar que a chance de o outro ser homossexual cresce na proporção em que aumenta o parentesco genético entre os dois.

Vieira é doutorando em genética em Cambridge, no Reino Unido. Ele é também membro do LiHS (Liga Humanista Secular do Brasil). Recentemente, no Facebook, se assumiu como homossexual.

No Twitter, sem entrar no mérito da argumentação de Vieira, a quem chamou de “pseudodoutor”, Malafaia disse que o doutorando parece “estar defendendo a sua causa na questão da homossexualidade”.

Acrescentou: “Toda a argumentação que ele apresenta é apenas suposição científica, sem prova real, e tremendamente questionada pela própria genética”.

O pastor aconselhou “o rapaz metido a doutor em genética” a ler “Nascido gay?”, de John S.H. Tay, que “tem mestrado e doutorado em genética e analisou 20 anos de pesquisas sobre o assunto”.

Veira encerrou o vídeo dizendo não ter nenhuma lição de moral para dar, porque, diferentemente em relação ao pastor, não mistura os fatos científicos com sua moral e ética. “Os fatos, eu simplesmente aceito.”

Até este momento, o vídeo foi acessado mais de 600 mil vezes.

No Facebook, Vieira disse que não pode ser chamado de "pseudodoutor" porque sempre deixou claro que é um doutorando. Acrescentou que não vai responder a Malafaia.

"Quando um gêmeo é homossexual,
outro tende também a ser"







Psicóloga questiona retirada da homossexualidade das doenças
junho de 2012

Malafaia

Comentários

  1. acho que cambridge, uma das mais respeitadas instituições do mundo, nunca aceitou nenhum pseudo-doutor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe a diferença entre Doutorando e Doutor? Pelo visto nao.
      Se nao sabe uma simples coisa dessas, que dirá os assuntos mostrados no video.

      Excluir
    2. Perguntinha: quantos mestrandos, mestres, doutorandos e doutores freqüentam a igreja deste indivíduo? O pastor estimula o crescimento intelectual entre suas fiéis ovelhas? Deixa eu pensar...

      Excluir
    3. VitorHugoReis,

      Tem mais. "Biólogos" como esse daí, são sucedâneos dos mesmos sujeitos, que qualificam uma ladra rica de CLEPTOMANÍACA, ao tempo em que outra criminosa na mesma incursão penal, porém pobre, é qualificada de LADRA.
      - Esses indivíduos, que fazem "cienciazinha" direcionada(por isso mesmo é cienciazinha), não enganam a ninguém. Só mesmo aos fiéis da seita dele, que QUEREM ACALMAR SUAS MENTES DOENTIAS, reafirmando a todo instante, por intermédio de PESQUISAS ENCOMENDADAS, que tudo é natural. Mesmo que isso implique em romper com os mais básicos primados de estudos científico-sanitários, os quais levaram séculos para serem aprimorados, tornando as sociedades civilizadas, livres de dezenas de doenças. Mas agora, para acalmarem suas consciências, ignoram toda a ciência, que tanto usam para manipular e postular "dogmas" gays, que apregoam aos ventos que, é normal sexo misturado com fezes. Isso vale também para casais heterossexuais doentes.

      Excluir
    4. A diferença entre doutorando e doutor é que o doutorando é "apenas" um mestre. Proxima pergunta?

      Excluir
    5. No Brasil, doutorando é o mestre se preparando para ser doutor. Na Europa e América do Norte, pelo menos, graduados se tornam doutores, e doutores se preparam para ser PhD (pós-doutores). Ainda assim, o mestrado brasileiro é reconhecido nesses países, razão pela qual os mestres q desejam fazer doutorado e, se for o caso, o PhD, são muito bem aceitos. Então, conclui-se q o rapaz da matéria não é um pseudodoutor, ainda estudando numa das universidades mais prestigiadas do mundo. Conclui-se então q o Malafeita, monomaníaco de inveja dos cientistas, seja um psicopata manipulador de massas e q seus julgamentos são absolutamente sem fundamentos. Acreditem nele quem assim o desejar, mas sem criticar os cientistas. ABraços da Scientia.

      Excluir
    6. Sobre o comentário de JOTA, demonstra-se um qualitativo preconceituoso atribuído aos intelectuais biólogos na separação entre ricos cleptomaníacos e pobres ladrões. Preconceito classista. Mas é bom deixar claro q nem todos os intelectuais pensam dessa forma. Sou mestre em Geologia e tenho formação em História Natural (q se transformou em Biologia, com adaptações na grade).
      E, ainda para o JOTA: homossexualidade definitivamente não é doença, é uma CONDIÇÃO, e não tem associação com fezes. A associação sexual com fezes, neste ponto te dou razão, q casal hetero ou homo faça, pode ser doentia (ainda assim até prova em contrário q ainda desconheço). E se concluindo ser doença, ainda assim não deve ser o casal praticante ser subjugado por julgamentos preconceituosos. Abraços. SCIENTIA.

      Excluir
    7. Caro JOTA: no seu primeiro parágrafo, me pareceu haver uma demonstração de discriminação social supostamente afirmada por cientistas,o q não é obrigatoriamente verdade. Os cientistas de hoje não são os mesmos do passado para atribuir denominações tão diferenciadas entre ricos e pobres para designar um mesmo comportamento.
      Sabemos hoje q o q domina a diferenciação entre doença e crime em mesmo comportamento é a intenção associada com o discernimento entre o q é de valor e o q não é. A cleptomania não reflete intenção consciente do indivíduo e merece tratamento adequado quando diagnosticada a tempo, e atinge qq segmento socioeconômico. O crime (assalto, furto) é intencional e o sujeito seleciona aquilo q tenha valor para seu benefício próprio. Também pode afetar qq segmento socioeconômico. SCIENTIA.

      Excluir
    8. Meu caro, V. Sa, está dissociado da realidade na questão jurídica, pelo menos no Brasil. As coisas são como estão postas em minha assertiva, baseada na realidade conceitual e jurídica de nosso país e de muitas outras nações ditas civilizadas.

      Excluir
    9. Jota,não seja tolo,rapaz!Seu texto é um amontoado de asneiras e preconceitos,desde as aspas na palavra biólogo até "heterossexuais doentes".Será vc o paladino da normalidade e da decência?Falar que o Eli está manipulando fatos científicos se não for má fé é debilidade mental!
      E,por favor,vá embora,nós não queremos você por aqui.

      Excluir
    10. Valter Augusto,

      Eu não estou "falando". Tenho certeza que esse "bilólogo"(isso mesmo, não biólogo) está fazendo apenas uma manipulação "científica" para acalentar no seio de uma comunidade inteira, um disparate desses, que parte da predileção hedonista desse segmento.
      - Não há diferença alguma de HETEROSSEXUAIS DOENTES PEDÓFILOS, por exemplo, que fazem sustentações semelhantes para acalentar seu hedonismo, também desenfreado.
      - Não é de hoje que, não só religiosos, mas também PSEUDOS CIENTISTAS violentam a ciência para defenderem seus devaneios! Hitler também tinha seu "cientista" doente, para defender a superioridade e normalidade segregativa dos arianos.

      ISSO CHAMA-SE DE: SELETIVIDADE "CIENTÍFICA" ou ESCOLHA "CIENTÍFICA"! Não tem nada de verdade nem de Ciência séria!

      Excluir
    11. Alimentar trolls dá nisso.

      Excluir
    12. Esse Jota só acusa, mas não mostra um argumento decente. Tsc, Tsc...

      Excluir
    13. Jota é fruto da inclusão digital, são antas cósmicas que defecam no net toda a vez que comentam.

      Excluir
  2. esse malafaia é um falastrão e todos os seres pensantes sabem disto. ponto

    ResponderExcluir
  3. Ainda nao assisti ao tal video, mas confesso que, em geral, tendo a nao gostar de justificativas baseadas em genetica para a explicacao de comportamentos. Acho que abre muito flanco para ressuscitar fantasmas do passado. E se homossexualismo for fruto do meio, qual o problema? Uma coisa e dizer que um queniano e melhor maratonista do que pessoas com outras origens por no passado ter sido uma populacao muito fechada, uma mutacao genetica que faz com que sua mitocondria consuma menoa energia para gerar certas substancias, o gene se disseminou na populacao fechada (ataves de uma selecao natural ou social), e a galera la manda bem nas corridas por contar tambem com essa vantagem, por exemplo. Outra coisa muito diferente e dizer que alguem tem um certo comportamento por causa da genetica. O ser humano e muito flexivel e difentes experincias que temos na vida moldam nossas inclinacoes e preferencias as vezes ate sobrepondo-se a comportamentos ditos "naturalmente dados".

    Enfim, acho perigoso usar a genetica em casos comportamentais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade os Quenianos e outros povos saarianos serem excelentes maratonistas está sim ligado aos genes, aos quais evoluíram adaptando ao ambiente que o cerca. Esta mutação que você referiu-se, é transmitida pela genética, mas quando tratamos de comportamento, existem chances, centenas de milhares, e qualquer um poderia ter uma overdose de ervilhas se for estudar a fundo o que Mendel dissertou. Mas como você citou corretamente, e se for genético? Isso não muda nada, são pessoas como qualquer outra, só que adaptadas ao estilo de vida de seus ancestrais.

      Excluir
    2. Você é geneticista?

      Excluir
    3. Acho que entendi o seu ponto de vista "Anônimo6 de fevereiro de 2013 03:59". Eu tb tenho muito medo da etologia, por exemplo, lembra muito o Darwinismo Social.

      Excluir
    4. "Anônimo6 de fevereiro de 2013 03:59"
      Vc não viu o vídeo, ele mesmo diz que não é só os genes que indicam alguém ser homosexual, mas ele contribui junto com o resto para isso.
      Ele cita estudos que mostram que os genes também influenciam no comportamento.
      Antes de qualquer coisa, não sou um estudioso do assunto, mas amo biologia e genética.

      Excluir
    5. Assista o vídeo e veja que ele apenas rebateu as falácias que o próprio Malafaia utilizou recorrendo à genética.

      O cara não resolveu utilizar gratuitamente a genética pra rebater o Malafaia, mas sim, utilizou o campo científico que o Malafaia evocou naquela entrevista, que é o campo da genética.

      Excluir
    6. Enfim, acho perigoso usar a genetica em casos comportamentais.

      Concordo totalmente. Isso abre precedentes para uma série de comportamentos nocivos.

      E se eu começar a agredir outros homens para tomar suas mulheres à força e dizer que isso ocorre na natureza em diversos animais?
      E se eu for mulher e trair meu marido com a finalidade de engravidar de outros homens sem que ele saiba, alegando que é uma tática reprodutiva de variar os genes da prole, como vários animais fazem?

      Excluir
    7. Cara, ninguém está dizendo que devemos aceitar porque é "genético"... Eli nunca disse isso e a ciência também não. O fato é que as pesquisas apontam um fator genético na definição da sexualidade. Somos flexíveis? Somos, mas até certo ponto. Em certas situações, você forçar uma conduta a determinada pessoa por conta de uma visão moralista de mundo, só vai causar dor. Entender a natureza do individuo impede que cometamos certas injustiças.

      Excluir
    8. Amigo e colega anônimo: seu comentário é um dos mais coerentes em tela... O que chama a atenção é a constatação de que um percentual elevado de pessoas que optam pela homossexualidade foram vítimas de violência sexual... Assim, mesmo que alguns tenham alguma tendência favorecida pela genêtica, como diz o "DOUTORANDO" (Que por sinal apresenta um perfil visual de que não aguenta 10 minutos de conversa), penso que os argumentos do Malafaia devem ser respeitados, isto considerando que vivemos num "Estado Democrático de Direito" no Brasil, onde os pensamentos e convicções devem ser respeitados... A intolerância dos homosexuais é bem maior do que outros grupos de "minoria"... Querem impor a homossexualidade... Quando for obrigatória no Brasil, me avisem que vou pra outro país...Será que os que defendem ficariam felizes de terem um como filho?

      Excluir
    9. Caro "Abraço por trás6 de fevereiro de 2013 09:36", se foi para mim, estudo sistemas, e estou me preparando para mestrado em bioinformática, focando em Bioinformática Genômica.

      Ao Anônimo6 de fevereiro de 2013 15:48, eu ficaria feliz em ter um filho, um objetivo futuro inclusive, se o mesmo vai ser hétero, ou homossexual, pouco me importa, pois não muda nada. E esse papinho de "ditadura gay" é coisa de pessoas incultas, que colocam o cabresto que este tipo de gente como o Malafaia distribui, e fica teorizando conspirações invés de procurar instruir-se. Homossexuais não são intolerantes com ninguém, ao contrário de pessoas como você. Se bem que acho mais fácil ateus e homossexuais terem de abandonar o país, visto o número da chamada "bancada evangélica", perto dos representantes do interesse tanto dos homossexuais como dos libertários/céticos.
      Julgar os outros pela aparência como foi feito em seu comentário sobre o Me. Eli Vieira mostra um comportamento típico desse tipo de pessoa sem cultura, em sua maioria analfabetos funcionais.

      Excluir
    10. Anonimo 6 de fevereiro,que paranoia é essa?"Impor a homossexualidade"!Francamente!É engraçado:toda vez que um grupo minoritário luta por igualdade vem uma besta dizendo que querem "impor seu modo de vida","ditadura gay" etc.Parece o pessoal branco do sul dos EUA na década de 60 que acusava os negros de não saber o seu lugar.Isso é FASCISMO !

      Excluir
  4. Eli refutou tudo que Malafaia falou.
    É engraçado lá no youtube porque ficam comentando idiotices como "Eli não provou nada" ou "ele não mostrou provas do que ele falou" ou mais "ele é gay".

    Primeiro, Eli MOSTROU os estudos e ainda deixou os links disponíveis.
    Segundo, o fato dele ser gay ou não não é objeto de discussão. Isso é uma falácia Ad Hominem de gente que não tem capacidade de comentar com decência.
    Terceiro, Silas Malafaia citou porcentagens e números, não mostrou fontes, e ninguém o questionou por isso.
    Quarto, quem é Silas Malafaia pra se meter na comunidade científica? Nem currículo lattes o cidadão tem. Que respaldo pode ter esta pessoa, que usa a bíblia como base de sua argumentação principal, pra tratar de assuntos do âmbito científico e ainda chamar o Eli de "pseudo-doutor"?

    Eu acredito que todos já estão saturados dessa "richa" ridícula de Silas Malafaia (e adjacências) com os homossexuais.

    O fato é que, independente dele estar aí rasgando o verbo e falando mentiras, a grande massa alienada continuará acomodada, apenas consumindo essa babaquice toda e concordando com o absurdo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velho, claro que os estúpidos vão contestar, está na natureza de massas manipuladas "matar" qualquer um contra o líder deles, e porque vão se incomodar em ler, o analfabetismo funcional é mais prático.

      Excluir
    2. Comentaristas de youtube só se manifestam pra, na maioria das vezes, falar besteiras, nem me dou ao trabalho de ler nada que eles escrevem.

      Excluir
    3. Querer invalidar o Eli afimando que ele "está advogando em causa própria" por ser homossexual, é um tiro no próprio é, uma vez que o mesmo Silas malafáia também poderia estar advogando em causa própria ao defender a sua fé. Logo, pela lógica não deveria ouvir o que o malafáia tem a dizer, apenas por ser um pastor evangélico.

      Excluir
    4. É assim mesmo Bruno, esperar algo desse povo só se for Argumentum ad hominem, nada lógico.
      Qualquer um com um mínimo de conhecimento em debates sabe que o Malafa nem é um pombo, é uma avestruz enxadrista.

      Excluir
  5. O problema da lógica gay:

    1. Alegam que ter inclinações genéticas ao homossexualismo é "nascer gay"
    2. Alegam que aquele que possui genes que favoreçam comportamento homossexual será feliz se adotar tal prática.

    Onde o 1 e o 2 se juntam? Ninguém sabe, nem os pós-doutores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer dizer que não tem gay feliz?

      Excluir
    2. Problema da lógica gay é que as pessoas cuidam demais do "furiko" deles ao invés de cada um cuidar do seu.
      Ninguém é forçado a ter experiências homoafetivas (experiências homossexuais pode, através do estupro, mas a história é diferente, outra historia), e no mais, que eu saiba, homossexuais em sua grande maioria nascem com dois braços, duas pernas, dois olhos, um cérebro, um coração, um nariz uma boca, tá pra nascer quem me mostre a diferença de um pra qualquer hétero, que demonstre inferioridade perante a qualquer outro. No mais, povo devia crescer, parar de cuidar do furiko alheio, e cuidar mais dos próprios direitos, e deixar que todos tenham direitos iguais, desde que não prejudique um terceiro. Achar que o direito de matrimônio dos homossexuais vai lhe prejudicar de alguma forma é medo da mulher fugir com outra, ou medo que descubram a coceira no toba que aflige.
      Povo é explorado, roubado e enganado pelos políticos, e esse tipo de "guia espiritual" fica preocupado com quem dá a bunda pra quem ao invés de incentivar uma mudança na política. Pra mim isso é indício de mau-caratismo crônico.

      Excluir
    3. Eu não sou doutor, mas qualquer cérebro infantil é capaz de analisar as bobagens que vc acabou de citar em sua "lógica":

      "1. Alegam que ter inclinações genéticas ao homossexualismo é "nascer gay" "

      Na verdade quem começa com esta questão de nascer ou não gay, são vcs fundamentalistas que tentam atribuir a homossualidade a um pecado mortal (opção ou pior preferÊncia sexual, como a Record adora citar a homossexualidade). Resumindo, nós gays não estamos nem aí se a homossexualidade é genética, comportamental, sociológica, biológica... Nós só queremos o devido respeito, coisa que vcs fiscais de bunda, não sabem praticar em sociedade.

      "2. Alegam que aquele que possui genes que favoreçam comportamento homossexual será feliz se adotar tal prática."

      Esta vc pirou mais ainda. Os homossexuais que negam a sua homossexualidade são infelizes (isto falo até por experiência própria de uma adolescência infeliz), por negarem a sua natureza por causa do preconceito social (este é o cerne da questão da depressão de homossexuais não assumidos, é uma pressão de uma maioria preconceituosa sobre uma minoria inferiorizada, psicólogos chamam de "depressão das minorias"). Por isto, que a melhor forma de encontrar a felicidade é assumindo sua orientação sexual, e não reprimindo ela, como Malafaia quer.

      È uma lógica simples, até eu consigo explicar.

      Excluir
    4. 1. Alegam que ter inclinações genéticas ao homossexualismo é "nascer gay"

      Não tomamos iniciativa de sair alegando nada, apenas exigimos o devido respeito. Infelizmente, APÓS a provocação, discriminação e perseguição que vocês homofóbicos praticam, nós temos que gastar nosso tempo reagindo e colocando os pingos nos "is" para que não sejamos massacrados por uma massa acéfala e cultivadora do ódio, só isso.

      2. Alegam que aquele que possui genes que favoreçam comportamento homossexual será feliz se adotar tal prática.

      Orientação sexual egodistônica (CID-10 F66.1)
      http://apps.who.int/classifications/icd10/browse/2010/en#/F66.1

      Excluir
    5. Essa história de perseguição homofóbica é o maior engodo já inventado. Chovem estudos estatísticos apontando que os gays tem renda acima da média e estão super-representados dentre os com nível superior e nos cargos de chefia. Como dizia o Prof. Olavo "O Brasil é um país onde as vovós sentam com os netinhos no domingo à tarde para assistir travestis dançando na TV."

      O que sei é o seguinte, os gays não estão menos sujeitos a problemas mentais e de saúde em países mais tolerantes, como na escandinávia. Aqui uma fonte com Ph.D., como os amantes da ciência adoram: http://www.lifesitenews.com/ldn/2007_docs/CameronHomosexualFootprint.pdf

      Excluir
    6. Tinha que ser uma olavete...

      Excluir
    7. Ohh Olavette, muitos judeus da Alemanha nazista também viviam em boas condições, e deu no que deu, né(Holocausto).

      Excluir
    8. Olha lá, eu jogo argumentos e um artigo científico escrito por um Ph. D. e o que eles retoram? Ad hominems e uma comparação absurda baseada apenas em um aspecto da argumentação, a qualidade de vida dos gays.

      Sinceramente, vocês me envergonham.

      Excluir
    9. Tinha que ser um seguidor do astrólogo!

      Excluir
    10. Por que estes fãs do Malafaia são sempre anônimos ? Ainda mais fã do Olavão, se assume rapza mostre quem é ? O tal artigo cientifico foi feito por um sujeito acusado de distorcer as próprias pesquisas para chegar as conclusões que mais se ajustam a homofobia dele. E cá entre nós ser gay deve ser difícil em qualquer lugar do mundo, esta de sacar este estudo é o maior nada haver que já vi nos últimos tempos deste a entrevista do Malafaia.

      Excluir
    11. O Estudo foi feito por um cara que é acusado de distorcer as próprias pesquisa para chegar as conclusões homofóbicas que defende. Muito obrigado por citar as fontes meu caro anonimo, por falar nisto por que estes defensores do Malafaia e fãs do Olavão são sempre sem nome? Se assumam rapaziada, digam quem são. Outra coisa ser gay deve ser complicado até na Dinamarca, então o que diabo esta pesquisa quer provar ?

      Excluir
    12. O fato de o Dr. Paul Cameron ser acusado de um monte de coisas tem a ver com o lobby gay, que não aceita a menor crítica a seus comportamentos. Os gays fingem acreditar de antemão que sua conduta é indiscutivelmente construtiva e qualquer um que publicar evidências do contrário será perseguido.

      Mas, afinal, o que esperar de gente que acumula sêmem no aparelho digestivo, mais precisamente, no final dele, onde ficam as fezes?

      Excluir
    13. Este tem problemas! É melhor nem provocar muito...

      Excluir
    14. Sr Anônimo,o Dr. Paul Cameron é um fascista da pior especie. Ele simplesmente defende a ideia absurda que qualquer relação homossexual fosse um crime e várias vezes manifestou seu desejo que as tais pesquisas ( baseadas em um questionável levantamento estatístico) feitas por ele resultassem em leis anti-gays. Você tem a mais pálida ideia do que isto representa, já leu algo sobre Allan Turing, imagina quanta dor e sofrimento se os sonhos sádicos do Dr. Cameron virassem realidade ? Parentes seus, amigos ou pessoas que admira presos e quem sabe forçados a tratamentos de recondicionamento desumanos por amar alguém ?

      Excluir
    15. Sem Alan Turing a computação estaria perdida. Pena que esta mente brilhante se matou (por pura discrimina~ção social na Inglaterra dos anos 50, sendo que hj neste mesmo país o casamento gay foi aprovado) antes de ajudar ainda mais a sociedade.
      Já o Anônimo7 de fevereiro de 2013 01:22, fica aqui esbanjando preconceito e se sentindo superior, num faz nada pra ajudar a sociedade, nada... que triste.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Olha só o que o Mala disse acerca do vídeo.

      https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/382221_482293118501588_846745014_n.jpg

      Excluir
    2. Ué então aquelas pesquisas (sem fontes) citadas por ele são o que ? Se vamos seguir este raciocínio então toda a pesquisa que eu citar que prova que os ateus são mais inteligentes que religiosos são a mais pura ciência e as que concluírem que os religiosos são mais inteligentes que os ateus são meras divagações sem provas. Acho que o Malafaia criou um novo parâmetro para as pesquisas cientificas que chamarei de FARINHA POUCA MEU PIRÃO PRIMEIRO

      Excluir
    3. Sim, os ateus são em média mais intelgentes que os religiosos, mas o que você quer dizer com esse dado jogado aleatoriamente?

      Excluir
  7. Ah Malafaia, tomou gostoso, é melhor ficar calado para não falar mais merda e assim seus fieis cordeirinhos não sentirem o cheiro de bosta e perceberem seu embuste.

    ResponderExcluir
  8. O que seria dos pastores homofóbicos milionários se não existissem os imbecis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao menos não seriam milionários, logo, não teriam voz na sociedade.

      Excluir
  9. Aguentem os berros do Malafaia que lá vem a CIÊNCI contrariar o pastor burro...

    ResponderExcluir
  10. Eu já sabia que Malafaia é burro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não é burro. Ele apenas solta burrices pra que seus fiéis burros "entendam" e concordem com ele.

      Excluir
    2. Malafaia não deseja estar ao lado da razão e da verdade dos fatos, mas somente almeja ter o apoio das massas ignorantes, pois assim ele consegue PODER, só isso.

      Excluir
  11. qual a autoridade que um pastor tem em falar sobre biologia???

    os pastores falam que jesus falou, e dai? jesus tb falou que voltaria antes que muitos daqueles da sua época nao morreria antes de sua volta!

    ResponderExcluir
  12. Onde o Malafaia estudou mesmo ? E o que ele estudou? Psicologia ?! Se nem isso ele aprendeu direito quer ensinar os outros em uma área que nem a dele é...? Chupa Malafaia ! Recolha-se a sua ignorância !

    ResponderExcluir
  13. Eu tambem acredito que seja o homossexualismo uma questao genetica e que a pessoa ja nasce com essa predisposicao. Conheco criancas que ja demonstra tendencia a ser gay desde novinhas , aqua na minna rua memo tem umgadotinho que tem todas os trejeitos de gay , hj ele tem 6 anos mas desde sempre ele tem aquele jeitinho .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homossexualidade. Homossexualismo propositalmente associa a homossexualidade à doença e não é o caso. Não falamos heterossexualismo, certo?

      Excluir
  14. Acredito que os crentelhos ao verem esse vídeo esclarecedor e com propriedade, ainda assim vão acreditar no que o Malafaia vomitou sobre os homossexuais, são cegos e burros, ovelhas seguindo um pastor imbecil.

    Estou convicto de que o Malafaia é um ateu espertalhão, assim como os outros pastores digamos "top" cof cof... rs, pois se o Malacheia fosse cristão saberia que o lugar dele é no lago de fogo com o diabo picando cenouras e tomates no caldeirão enquanto é cozinhado vivo.

    O pior é que metade de minha família é evangélica e cultuam esse bastardo inglório, e eu? já fui escomungado dela faz tempo por ser um ateu.

    Acho que a música da banda Motorocker traduz o que sou hahahaha

    "Sou devoto dos prazeres da carne, costelada, frango assado e churrascão e muita cerveja pra encher a cara....seu dízimo? talvez vamos pegar, mas só quando a cerveja acabar"

    Sidnei

    ResponderExcluir
  15. Tirando os fiéis do Malafaia, ninguém engole as lorotas quie ele fala. Tomou bonitinho no furico. Como disseram, foi uma "vitória em Darwin" do Eli.

    ResponderExcluir
  16. Silas maracutaia pseudo-psicologo e PHD em charlatanismo.

    ResponderExcluir
  17. http://www.youtube.com/watch?v=dzUkkZhXVNA&t=4m2s

    ResponderExcluir
  18. Malafaia o velho bufão de sempre.
    Agressivo e instigador de ódio.
    Foi desmentido totalmente pelo Doutorando Vieira.
    Argumentos do pastor foram desmontados um por um, de maneira clara e convincente.

    ResponderExcluir
  19. Nen para "pregador"de roupa ele serve!

    ResponderExcluir
  20. o malafaia chamar um doutorando da universidade de cambridge de pseudodoutor você já vê o nível desse sujeito.

    Ele malafaia ´este sim é um pseudopastor , já que nem de bíblia ele entende , consegue descontextualizar a bíblia toda só pra satisfazer seus desejos financeiros.

    Malafaia apelou para falacia ad hominem, que vergonha vou escrever isto lá no facebook dele.

    ResponderExcluir
  21. a igreja sempre procurou desacreditar a ciência.

    ResponderExcluir
  22. Desafio o Malafaia a passar pelo seguinte teste:
    http://www.youtube.com/watch?v=Cp5bkoQqpFU
    Homofóbicos são gays enrustidos, diz pesquisa.
    Gostaria de descobrir também quantos porcento dos gays enrustidos viram pastores evangélicos.

    Claudio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse vídeo é muito esclarecedor; valeu Claudio.

      Duvido que o malafaia passe nesse teste...

      Ferreira

      Excluir
  23. E o Malafaia nem pseudo-doutor é. Deal with it.

    E, engraçado ele tentar desqualificar o argumento do biólogo alegando que ele esté defendendo a própria causa, não? Sendo que o Malafaia também está defendendo a própria causa nessa discussão. Com a diferença de que ele não tem base científica, tem apenas a Bíblia, o livro que ele diz que não tem nenhum erro científico (exceto os morcegos serem aves, a Terra ser sustentada por pilares, a Terra ter só 6 mil anos, etc, etc, etc...).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu faço parte de um grupo tremendamente prejudicado, qual é o demérito quando eu resolvo sair em defesa de tal grupo através dos métodos propostos pelo opressor, ainda mais quando o faço de maneira clara e cristalina?

      O Eli "matou a cobra e mostrou o pau", chora Malafaia!

      Excluir
    2. Como podem existir pessoas que acreditam num pseudo-psicólogo, pseudo-intelectual, pseudo-pastor e pseudo cientista como o Silas Malafaia? Um cara que foi capaz de confundir, durante a entrevista com a Gabi, transgênico com trasgênero e homozigóticos com monozigóticos não merece crédito nenhum!

      Excluir
  24. Pior nos comentários do Kibeloco, que acabou ajudando na divulgação do vídeo, tem gente falando de elo perdido ou que pesquisa científica não tem peso se não for totalmente comprovada. Uau. Isso só mostra que o vídeo realmente era necessário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pesquisa científica que não é totalmente comprovada só tem peso quando é utilizada (e totalmente distorcida) pelos fundamentalistas, não é?

      Se o Malafaia falou que a ciência corrobora a "opinião" dele, então está provado. Mas se um geneticista DEMONSTRA que a ciência contraria o religioso, aí a mesma ciência não tem muita validade, não é?

      Excluir
  25. Esse Mala é um frustrado na vida sexual e quer sempre culpar os gays por ele não sentir TESÃO por mulheres.
    #prontofalei!

    ResponderExcluir
  26. No geral eu procuro pensar muito para dar uma opinião sobre algo.
    O medo de falar algo que possa futuramente causar danos irreversíveis às pessoas me paralisa me fazendo sempre vasculhar a minha mente.
    Atualmente em minha visão as pessoas sérias que existem no mundo estatisticamente falando são menos do 1% e bem menos, pois no geral o ser humano é assim, busca falar ao público aquilo que lhe convém.
    Ser demagogo faz bem para o ego e bem para o momento. Embora seja uma deselegância totalmente não percebida para mente preparada não terá para sempre efeitos bons!
    Algumas perguntas que eu faço para mim mesmo e que nunca vejo ninguém respondendo. A primeira delas normalmente alguém que escolhe um lado sempre estuda aquele lado e refuta os outros. Em questão dos protestantes os que acreditam na bíblia, novo testamento, já ouvi muitos casos de indivíduos que tinham se focado totalmente na ciência que tomou contato com a bíblia e até hoje não consegue acha algo que a refute em qualquer lugar que seja, dizendo o livro como histórico e altamente relevante, os cientistas criacionistas mostram isso! E agora algum ateu já estudou a bíblia inteira e sua relevância e realmente a refutou?! Eu particularmente não conheço nenhum. Pois já que é conveniente para um indivíduo ignorar a existência de outro superior e extremamente paciente para continuar praticando coisas que pelo conceito do ser superior é algo passível de alguma pena!
    Por fim já tendo estudado a relevância da bíblia, ter estudado história, biologia, filosofia, estética, coerência, matemática, meditação, satanismo com uma pitada de muita observação digo que minha opinião é: os trechos onde Jesus e seus apostolos falam seja de forma clara ou nas entrelinhas que nos tempos onde o fim estivesse próximo já não haveria fé, amor, juízo, bom senso, verdade nas pessoas, violência para impor desejos e aspirações e descaso total com a observação daquele que nos criou seria em proporções globais e muito forte. O engraçado e que em algumas parábolas que é o mesmo que analogia, que Jesus usava, em uma delas ele comparou o tempo do fim relacionado aos tempos atuais com o tempo em que noé vivia! No tempo que a terra inteira, isto é, as pessoas que viviam sobre a face da terra naquele tempo eram em sua maioria homossexuais. Como uma demonstração, oriento a todos que estão lendo esse meu comentário, que procurem observar as movimentações e suas consequencias, parada disso parada daquilo e digam se é algo pacífico, se é algo que constroe , se é algo que defende os bons princípios, se algo respeitador a todas as idades ou se é contrario de tudo isso!
    No que diz respeito a bíblia, os livros foram escritos em épocas diferentes e com a tamanha coerência fica claro que um mesmo Espírito guiou a todos os seus autores a escrever o que podemos ler hoje dando a impressão que todos tivessem vivendo na mesma época e vivenciando a mesma cultura...
    Em minhas observações, as crianças são mais violadas com informações restritivas seja, por imagem, palavras, músicas, comportamentos em todos os ambientes! Liguem a tv e observem! Ouçam as músicas e observem! Saiam às ruas e observem!

    ResponderExcluir
  27. Na verdade eu poderia ficar escrevendo aqui horas e horase ficaria claro que algo muito estranho está acontecendo.
    A nova lei que os homossexuais querem ver aprovados avança a perder de vista o propósito de não ver pessoas que escolhem essa orientação não sendo espancadas e desprezadas pelas ruas e em qualquer lugar. Ela realmente quer fazer de um grupo mais excelentes que todos os outros. Se ela realmente for aprovada as pessoas não poderão mais discordar, terão que aceitar, e normalmente um grupo quando em maioria pode manipular o outro que está em minoria, logo uma vez que uma pessoa que crê na bíblia não puder conforme a própria blíblia descordar de algo que Deus vê como execrável, simplesmente para se proteger da prisão, já fica muito claro ver o seguinte cenário: a bíblia sendo caçada no mundo para ser queimada, a ordem para matar e aprisionar a todos os cristãos, pois creem em um Deus que é totalmente contrário a homossexualidade e por fim a maior parte do mundo se tornando homossexual. Será que o cenário que Jesus usou para falar sobre a parábola dos últimos tempos não parece muito coerente com a movimentação que está acontecendo no mundo atualmente onde que inclusive é dito por muitos tempos do fim?
    Se a pessoa quer escolher ser homossexual, tudo bem, pode ser, mas essa lei nova não pode em hipótese nenhuma ser aprovada isso é inconstitucional e só por causa disso não deveria haver mais discussões sobre o assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas da sua laia deveriam ser extirpadas do seio social. Aliás, já que vocês gostam tanto de sectarismo e segregação, deveriam viver mesmo na prisão!

      Foi gente com o seu pensamento que editou a bíblia, patrocinou a santa inquisição, as cruzadas, etc. A diferença é que foram pessoas competentes nos atos infelizes que realizaram, ao contrário de você e sua turma de energúmenos serviçais do ódio!

      Excluir
    2. depende quantos gays você vê no dia a dia , quantos lhe fazem algum tipo de mal. A lei serve pra isto mesmo , elé são uma minoria que certos grupos não o vêem como gente e acredita que pode discrimana-los por N razões , enquanto na verdade como cidadãos eles deve ter o direito de serem protegidos naquilo que eles são.

      Excluir
    3. Henrique Santos,

      Você está INTEIRA E GLOBALMENTE CORRETO!

      Excluir
    4. Falou, este pelo menos colocou nome e foto para a posteridade sem medo de estar passando um mico do tamanho do King Kong. Quanta paranoia.

      Excluir
    5. Antes de julgar algo ou alguém, primeiro tomo conhecimento o mais integral possível. De tanto pesquisar na internet, achei na íntegra o texto original do PLC 122/2006, o famoso projeto q criminaliza a homofobia.
      Como já desconfiava, na leitura a minha suspeita foi confirmada, a de q as pessoas têm a péssima mania de julgar sem saber primeiramente, apenas ouvindo falar do assunto parcial ou distorcido nos corredores da vida. O referido PLC é uma derivação melhorada da lei do racismo e é mais global do q parece.
      Enquanto q a lei do racismo criminaliza apenas o racismo, o PLC criminaliza a ação discriminatória de modo geral, contra todo e qualquer grupo ou segmento q compõe a diversidade social, independente de serem minorias ou maiorias, dominantes ou dominados. Depreende-se assim q o referido PLC criminaliza a discriminação de ordem de gênero, orientação sexual, classe social, etnia, cultura, origem, aspectos individuais etc. Ou seja, qq forma de discriminação é criminalizada.
      Mas, por "infelicidade" de terem mencionado o termo "orientação sexual", o PLC foi impedido de votação em planária das vezes devido às manifestações da bancada evangélica, q apesar de ser minoria é muito barulhenta e influencia de longe os demais líderes religiosos nas suas lideranças sobre as ovelhas incautas engrossando a marcha da intolerância contra minorias como não-cristãos, ateus, cientistas e os LGBT. Abraços. SCIENTIA

      Excluir
  28. tanto tema para se preocupar , ex . como as multinacionais roubam no brasil,a militarização da policia em são paulo , a criminalização da pobreza, porque pastores como ele não estão presos por estelionato,enriquecimento ilícito, formação de quadrilha ,quanta grana a CIA da para as igrejas, quem adoutrina esses caras, etc,etc, tem algum advogado que tenha coragem ????????????

    ResponderExcluir
  29. Te enxerga MALAfaia! Basta fazer uma busca rápida no Lattes dos dois pra se confirmar quem é o pesquisador de verdade e o psicólogo fajuto. Aliás, você e sua amiga Marisa Lobo mancham a imagem de todos os psicológos sérios e competentes desse país.

    ResponderExcluir
  30. Perá aí o que tem ateismo com homossexualidade e vice e versa.

    Grande coisa ser "dotor" em Cambridge a barba n faz o filósofo não carinha.

    Um monte de cientistas "dotores" com PHD's, BCP's, BHC's, IPI's IPVA's e o escambau do IPCC, não forjaram informações sobre o raio do aquecimento global antropogênico? aquele monte de emails falsificados para dar credito a elite globalista que manda e demanda nos países e que ditam a regra de quem vai produzir, quem vai crescer etc..
    Portanto dotozinho seu diploma pra mim não significa nada.

    Mas vamos a sua resposta do genesgay, de onde veio o genesgay será que não veio também o genes dos psicopatas, homicidas, assassinos em série dotor?

    Este determinismo para os casos de psicopatia tem haver com o meio em que este psicopata vive, e o grau de psicopatia pode ser maior ou menos conforme a orientação do mesmo.

    Ou seja, num ambiente onde a criança tenha seu comportamento redirecionado, pode diminuir ou inibir e o grau de psicopatia na fase adulta. Agora se é um adulto o meio em que ele vive se n houver uma pressão do meio, ele vive a sua plenitude psicopata.

    O dotor citou o cromossomo dos animais que pra mim só serviu para encher linguiça.

    Mas já que ele comentou, digamos que se no reino animal houvesse homossexualismo, como estes genes passariam para a próxima geração de filhotes? ah já sei eles pensaram, olha se a gente n cruzar não vamos sobreviver no futuro então mesmo contra nossa vontade vamos cruzar com as fêmeas.


    Como é que fica dotor ?


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulheres com gays ou bissexuais na família são mais férteis:

      http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/mulheres-com-gays-ou-bissexuais-na-familia-sao-mais-ferteis/

      http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDG80153-7943-197-5,00-O+POLEMICO+GENE+GAY.html

      Excluir
    2. A olavete começa citando uma das teorias da conspiração favoritas de seu querido astrólogo: a "farsa" do aquecimento global.

      Excluir
    3. Lembrando bem o q o Anônimo 7/2/2013 10:31 disse sobre a maior fertilidade de mulheres com gays ou bissexuais na família: isso aumenta a chance de influência genética e ambiental não só da reprodução, mas também da orientação sexual, implicando mais ainda q esta última não é uma escolha, mas uma condição inata q se manifesta quando o humano, q se desenvolve lentamente em comparação com a maioria dos outros animais, atinge maturidade sexual.
      Se a orientação homossexual fosse meramente um comportamento induzido por pressão social, a mesma implicação o seria para a heterossexual. Seguindo-se essa lógica assaz "malafaiana", seríamos assexuados se não houvesse alguma indução. Será por isso q líderes neopentecostais agem ferozmente contra qq comportamento sexual fora o padrão papai-mamãe dentro do casamento?
      Bem, voltando à questão. Reparem q com o crescimento exponencial da população mundial, cresce na mesma ordem a homossexual. Certamente isso tem um significado natural. Pode ser um capricho da natureza para controlar um pouco a já enorme velocidade do aumento populacional, ao mesmo tempo em q se forma uma defesa para as famílias em zonas de grande violência urbana como nos grandes centros brasileiros. Mas, claro, isso é apenas uma hipótese interpretativa construída pelas leituras de artigos disponíveis e de videos como o dessa matéria, e não uma conclusão. Se algum estudo corroborar um dia essa hipótese, aumenta-se ainda mais o fundo genético/ambiental da orientação sexual.
      Abraços. SCIENTIA

      Excluir
  31. Tá ai dotô, é genes também n é comportamental também?

    O neurocientista Jim Fallon, se tornou um especialista em serial killers e em testes ele identifica padrões cerebrais a partir de uma seleção aleatória como assassinos e pessoas normais, sem saber o que era que na mistura aleatória foi dada.
    Descobre-se que existe um gene chamado "gene MAOA a" ou "gene guerreiro" que predispõe à violência. Então ele descobre que apesar de nunca ter ido para a prisão, ou matar, ele tinha o mesmo padrão cerebral como os assassinos em série e do gene MAOA.


    O que foi mais interessante sobre este documentário foi o fato de que Jim Fallon não era um assassino em série ou um homem violento simplesmente porque durante o seu desenvolvimento,

    sua infância, tinha um lar estável e amoroso e foi capaz de crescer fisicamente e mentalmente livre de violência e qualquer forma de abuso livre.

    http://bilstonjay.wordpress.com/2011/09/07/bbc-horizon-are-you-good-or-evil-i-don%E2%80%99t-know-any-more-after-watching-your-documentary-maybe%E2%80%A6/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olavete rídicula,

      O Eli disse que a homossexualidade, as preferências pessoais e outros traços da personalidade humana se devem à combinação da genética + cultura.

      Determinismo cultural é tão míope quanto o biológico.

      Excluir
    2. Excelente comprovação científica meu caro, Anônimo7 de fevereiro de 2013 00:39!

      Também sempre tive vontade de trucidar pessoas cruéis e me tornar um justiceiro no Brasil, o que é um paradoxo, mas minha formação e o lar em que fui criado, geraram uma barreira entre a vontade e o ato. Principalmente depois que, conheci boa parte do ordenamento jurídico do país, entendi que a vingança privada não deve prevalecer em uma nação civilizada.

      Excluir
  32. Morais e Imorais. Segundo O pastor e seus seguidores, todo gay é imoral, e todo evangelico é moral. Por ai desenvolvem toda a verborragia. Sera que não da para serem mais sucintos e diretos. Parecem um carretel.

    ResponderExcluir
  33. É impressionante!

    É só este blogue publicar algo referente aos homossexuais, que o astrólogo envia todo o seu batalhão dos fiscais do fiofó alheio para defender seu coleguinha de conspirações, Silas Maracutaia.

    Não vejo esses mesmos comentaristas comentando em outras matérias do blogue, a preocupação deles é EXCLUSIVAMENTE com o ânus masculino.

    É muita obsessão com os orifícios alheios! Quem desdenha, quer comprar.

    A vida sexual desses olavates enrustidos deve ser muito ruim.

    ResponderExcluir
  34. Tooooma Malafaia e seus seguidores burros!

    ResponderExcluir
  35. Quero ver um biólogo Hetero comentar pois em apenas 5 segundos de vídeo vi que ele é gay e esta apenas defendendo a causa e não refutando silas malafaia e quero ver os PHDs de verdade afirmarem isso , sendo que até hoje não vi nenhum afirmar isso, muito pelo contrário pois a maioria esmagadora não afirmam isso . sinto muito gays mais vcs estão sendo enganados por um biólogo gay defensor da causa .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "sinto muito gays mais vcs estão sendo enganados por um biólogo gay defensor da causa"

      Sinto muito malafaete, "mais" vc não sabe escrever português, imagina argumentar algo sobre genética AUHaHUAHuauAHU


      Quanta mediocridade... olha aí a educação brasileira fazendo escola.

      Excluir
    2. Sr bruno, sinto muito mas o Sr é um homofóbico que esta sendo enganado por um Pastor igualmente homofóbico. Veja o vídeo sem preconceito se não for muito esforço e entenda que o Eli Vieira questiona as afirmações do Sr. Malafaia que não existem evidências de predisposição genética para alguém ser gay e mostra que existem sim estas predisposições sem que as mesmas "ordenem" isto. O Malafaia e muito provavelmente o senhor consideram ser gay anti natural (logo imoral) , o Eli apenas demostra que isto não é exato. Queria entender esta estranha obsessão pela vida sexual alheia, ou vocês se divertem muito neste campo ou querem descobrir por que os outros se divertem mais.

      Excluir
    3. Pois esta é uma das belezas da Ciências - em questão de fatos científicos, as preferências e crenças pessoais do cientista são totalmente irrelevante.

      Cabe-se, ao invés, analisar imparcialmente o dados e evidências. Evidências apresentadas de vários estudos (estavam todos na tela, não digam que não viram).

      Excluir
  36. Oi, Paulopes,

    Viu que sua notícia foi 'emprestada' (como sempre) por um site evangélico? Só pra avisar:

    http://www.jornalathos.com.br/noticias/10-destaques/1012-biologo-contesta-afirmacoes-de-malafaia-sobre-orientacao-sexual

    um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado.

      Muitas notícias, que já vi aqui, antes estiveram em sites evangélicos. E ainda dizem que esse segmento esconde notícias. Aliás, exatamente porque os evangélicos não compactuam com erros é que o mundo conhece o que ocorre de errado no meio desse segmento.

      Nota 10 para a transparência dos evangélicos.

      Excluir
    2. Isto é verdade, cada um fala mais mau da religião dos outros que qualquer ateu. O Sr. Malafaia é achincalhado muito mais em blogs evangélicos por sua pregação da prosperidade que pelos ateus pelas maluquices que fala.

      Excluir
    3. Aulas de Português, sdds.

      "cada um fala mais mau" "ateus pelas maluquices que fala"

      U.U

      Excluir
  37. Formação é um conceito complexo.
    Diversos fatores influenciam na formação de um indivíduo.
    Estamos falando tanto em formação comportamental quanto em desenvolvimento de características biológicas.
    Não se pode dizer com exatidão o que é causa ou conseqüência quando existem fatores conjuntos. Falar em regiões ativas ou inativas do cérebro, pode ser usado como causa (esta área ativa é responsável por aquele comportamento) ou como conseqüência (fatores externos levaram à ativação desta área). E isso inclui, sim, a maior ou menor ativação de nossa percepção, inclusivamente a odores.
    O pastor peca em usar o conceito de "escolha". Ora, ninguém escolhe gosta ou não gostar de jiló! Mas fatores diversos influenciam na tolerância e mesmo na predileção disto ou daquilo.
    O geneticista peca ao deixar de lado uma informação importante: todos temos a pré-disposição genética a todas as orientações sexuais. O papel dos genes, neste caso, é assegurar essa plasticidade, essa adaptabilidade.
    Ambos defendem muito bem aquilo em que acreditam. E, aliás, um ponto de vista não exclui o outro! Mas um peca em dizer que o cinza é quase branco e o outro por dizer que o cinza é quase preto.

    ResponderExcluir
  38. A propósito, a respeito do livro que o Malafaia recomenda, alguém já ouviu falar nesse tal de John S H Tay?

    Passei um bom tempo pesquisando sobre ele, mas tudo o que se encontra está em websites ligados ao Cristianismo. E sempre em conjunto com o anúncio de venda do livro - que aqui no Brasil é vendido pela Editora Central Gospel, cujo dono é o próprio Malafaia.

    De fato, procurando artigos científicos, existe um J H S Tay, mas como co-autor de artigos de Biologia Molecular. Nada que tenha remotamente a ver com genética comportamental ou homossexualidade. É só conferir no google scholar p.ex. http://scholar.google.com.br/scholar?q=Tay+J+S+H&btnG=&hl=en&as_sdt=0%2C5

    O mais próximo de currículo do homem é o que achei no estranho site da Ichthys & Associates que aparentemente presta consultoria industrial( http://www.ichthysnet.com/about-us/our-people/dr-john-s-h-tay ), onde realmente consta uma formação em Medicina, um Mestrado em Pediatria, e duas teses defendidas de Doutorado: uma em Dermatoglifos em Pediatria e outra em Estrutura Génetica em Singapura. Pergunto a mim mesmo o que impressões digitais de crianças ou genética populacional tem a ver com homossexualidade.

    Os dois doutorados são o que o Malafaia insiste em ressaltar e isso é repetido em coro por todos os sites evangélicos que anunciam a venda do livro. A questão é se quem escreveu "Nascido gay" é o mesmo duplamente Doutor Tay, Médico Pediatra. E se foi, onde estão os 20 anos de pesquisa sobre o assunto 'Genética e Homossexualidade' que não foram publicadas em canto algum? Assume-se que um pesquisador com duas décadas de experiência e autoridade do assunto fosse reconhecido ou ao menos conhecido dentro da comunidade científica.

    Talvez seja uma farsa, ou talvez John S H Tay simplesmente tenha um hobby em escrever livros religiosos e não-científicos deconexos de sua real área de pesquisa. O que faz do argumento de autoridade do Malafaia - usar o doutorado de Tay como argumento sobre um assunto que nada tem a ver com seus títulos - mais uma demonstração de desonestidade intelectual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pertinente o que você suscitou!

      Eu não duvido nada que este tal de John S. H. Tay deva fazer o inverso: aponta que se baseia em “pesquisas” na área da psicologia do Silas Malafaia. Faz assim a indicação (falácia) circular: um se baseia no outro! Fora a – também – falácia de apelo à falsa autoridade!

      O alvo dele são os incautos!!!

      Excluir
  39. Não só o rapaz ai contestou o Silas Malafaia, mas também a jurista Maria Berenice Dias:

    http://www.youtube.com/watch?v=BsgOG6YkXRk

    ResponderExcluir
  40. A verdade é que pessoas homoafetivas são abençoadas por Deus, pois gostamos do que somos e somos o que gostamos. É 8% dos heterossexuais tem curso superior e 57% dos homossexuais tem curso superior. OK! Agora chuta Malafaia!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site