Pular para o conteúdo principal

Pregação anti-gay de Malafaia respinga na imagem da Avon

Ativistas gays e simpatizantes estão fazendo nas redes sociais e em blogs uma campanha para que a Avon deixe de vender livros da editora de Silas Malafaia (na fotomontagem), a Central Gospel. Entre os livros, segundo os ativistas, há pelo menos dois que “denigrem” os homossexuais.

Uma petição on-line diz ser um “disparate” uma empresa favorável à igualdade entre gêneros dar guarida ao pastor que é “inimigo número um dos homossexuais”.

Em seu site Verdade Gospel, Malafaia responde que nenhum dos livros faz menção à homossexualidade e diz que os ativistas estão dando “um tiro no próprio pé”, demonstrando, mais uma vez, que são “o grupo mais intolerante da pós-modernidade”.

Em nota, a Avon reafirmou seu respeito pela diversidade e disse que os produtos (cosméticos e livros, entre outros) que vende em mais de 100 países atendem “à pluralidade de preferências, ideias e estilos de vida”.

Independentemente dos argumentos de uns e de outros, não resta dúvida de que a associação entre Malafaia e a marca da Avon acabou sendo um antimarketing para a empresa de cosméticos, inclusive com repercussão internacional. Malafaia, como se sabe, é um pastor polêmico e explosivo e foi descrito recentemente no New York Time como o líder da direita religiosa brasileira em ascensão.

A Central Gospel vende 1 milhão de exemplares de livros por ano — e a segunda maior do mercado evangélico.

As vendas por intermédio das representantes da Avon representam uma boa parcela desse resultado. Para que se tenha uma ideia, no ano passado, ao dar entrevista à revista Piauí, Malafaia disse que a Avon tinha acabado de comprar um lote de 400 mil livros da Central Gospel. Ou seja, quase metade do total das vendas da editora em um ano. Trata-se, portanto, de um negócio bom para as duas partes.

Alguns militantes gays querem que haja um boicote aos produtos da Avon. Malafaia disse que essa ameaça não deve impressionar a empresa de cosméticos porque “nós, evangélicos, representamos pelo menos 30% das vendas de produtos Avon, e os gays, talvez 2%.”

Com essa afirmação, onde se coloca como líder de todos os clientes evangélicos da Avon, o que não é verdade, Malafaia talvez esteja dando um recado para a empresa de que ela, em parte, depende da editora.

novembro de 2011

Silas Malafaia.

Comentários

Analista Man disse…
Supondo que Deus existe, após a ressurreição não haverá nem homem, nem mulher, nem gay, isso mostra que o ser humano foi feito de um modo errado e depois da ressurreição será feito do modo certo.

Marcos 12:25
Porquanto, quando ressuscitarem dentre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento, mas serão como os anjos que estão nos céus.
Israel Chaves disse…
Tirar o livro de circulação seria censura, e não é isso que queremos, até onde sei.
Todo mundo tem o direito de se expressar, mesmo que essa expressão seja repugnante; só que a pessoa também tem que arcar com as consequências do que disse, caso tenha causado algum mal.
Acho que o mais correto seria aqueles que se sentiram lesados pelo conteúdo do livro processarem o autor e exigir uma indenização por danos morais, ou algo do gênero. Mas tirar o livro de circulação é outra história. Odeio ter que defender o Malafaia, mas nesse caso...
Não sei como funciona EXATAMENTE a legislação nesse caso, mas até onde sei, não pode haver censura de livros.
Unknown disse…
Israel Chaves

Correto.

É assegurado, constitucionalmente, o livre exercício do pensamento, mas, o direito de resposta, também, é assegurado pela Constituição.

Nesse caso, entretanto, não vejo como censura.

Os gays podem tentar forçar a Avon a não mais revender os livros do Malafaia. Isso não significa que os livros do citado pastor serão proibidos de serem vendidos.

É uma estratégia para tentar enfraquecer as finanças e o prestígio do pastor.

É uma guerra. Que vença o melhor. (particularmente, eu torço para os gays)
Camila disse…
Só seria censura se a AVON fosse o único lugar onde o livro seria vendido.
Felipe... disse…
Só eu acho que a avon não tem nada a ver com a historia?
Ricardo Wagner disse…
Entendo o ponto de vista de Israel Chaves e ratifico: todo mundo deveria ter o direito de exercer a liberdade de expressão de modo irrestrito, desde que arque com as conseqüências ocasionadas pelo mau uso deste direito.
Israel Chaves disse…
Will Papp e Camila, vocês têm razão, não tinha pensado por esse lado. Se ele ainda puder vender o livro por outros meios, então não é censura... Só estão pressionando a AVON a tirar de seus catálogos.

Ok, então posso continuar de consciência limpa em não ter que ficar do lado do Malafaia. Também prefiro ficar do lado dos gays.
Anônimo disse…
Eu fico do lado dos direitos humanos e da paz..Não acho legal a humilhação que os homossexuais sofre por questões religiosas.
Anônimo disse…
Esse imbecil do malafaia ataca os gays porque em LEVITICO o DEUS da Gibilia ataca o homosexualismo....certo ?

Mas lá igualzinho tbm proibe e comer carne de porco , camarão , filé de pintado etc

E ai ele nao age da mesma forma ???

Ele é um crente safado do carai...
Israel Chaves disse…
A parte dos gays era literal. A da carne de porco, camarão, etc, metáforas.
Não é óbvio? Seu ateu malvado e ignorante.
Anônimo disse…
Não só você Felipe, eu acho que a AVON está no meio do fogo cruzado.
Jefferson disse…
Porque ateu só defende aquilo que é mal para a sociedade e para a família? Defendem os gays (principais transmissores de DSTs e vergonha para a família), defendem o aborto (matar inocentes), defendem uma sociedade sem DEUS ( sem DEUS a violência aumenta e a promiscuidade também),defendem as drogas e a prostituição. São anti-família, anti-moral e anti-sociedade.Que DEUS nos guarde de uma sociedade atéia.
Anônimo disse…
>>"É assegurado, constitucionalmente, o livre exercício do pensamento, mas, o direito de resposta, também, é assegurado pela Constituição."
-De fato WillPap, porém os gays não tem o direito de forçar uma empresa a retirar seus produtos de circulação, desde que esses produtos se adéquem à legislação, o que é o caso, pois Avon apenas revende seus livros, e esses livros não contêm mensagens homofóbicas, não os catalogados na Avon [eu sei por que minha mãe adora os produtos da Avon].

Quem tem o direito de retirar ou não o produto de circulação, nesse caso, é a Avon, devido à lucratividade do produto ou outros benefícios que tal produto possa trazer, portanto nesse ponto os gays estão errados.
Anônimo disse…
Jefferson você é falacioso que mal estas pessoas te fizeram. Você já viu os dados pra saber o tanto de pessoas infectados com dst's quantos são homens quantos são mulheres quantos são gays??. Impedir o aborto vai fazer ele deixar de existir ? Perseguir os homossexuais vai fazer eles parar de existir ?
Jefferson disse…
É realmente Silas Malafaia está errado em usar Levítico como fonte de que ser gay é pecado, até porque o livro de Levítico é um livro direcionado aos judeus ou ao povo de Israel e eu não sou judeu, portanto não sigo as leis judaicas e sim a constituição brasileira, mas como cristão, e de se entender que não é só em Levítico que fala sobre o homossexualismo, em Romanos, Corintios e Apocalipse a Bíblia adverte sobre a promiscuidade e sobre o pecado da sodomia, ou seja, o homossexualismo. Portanto, se o cidadão quiser ser cristão, aprenda a respeitar a Bíblia, o único livro seguido pelo cristianismo, saia da igreja e vá praticar a promiscuidade, sabendo que DEUS irar cobrar pelos feitos de cada um. Agora se quiser obter a salvação de DEUS, arrependa-se de seus pecados, negue-se a si mesmo, abandone a promiscuidade e receba JESUS como seu único e suficiente salvador, que ele lhe receberá e fará de ti uma nova pessoa ou seja um novo homem.
Jefferson disse…
É realmente Silas Malafaia está errado em usar Levítico como fonte de que ser gay é pecado, até porque o livro de Levítico é um livro direcionado aos judeus ou ao povo de Israel e eu não sou judeu, portanto não sigo as leis judaicas e sim a constituição brasileira, mas como cristão, e de se entender que não é só em Levítico que fala sobre o homossexualismo, em Romanos, Corintios e Apocalipse a Bíblia adverte sobre a promiscuidade e sobre o pecado da sodomia, ou seja, o homossexualismo. Portanto, se o cidadão quiser ser cristão, aprenda a respeitar a Bíblia, o único livro seguido pelo cristianismo,e se não quiser, saia da igreja e vá praticar a promiscuidade, sabendo que DEUS irar cobrar pelos feitos de cada um. Agora se quiser obter a salvação de DEUS, arrependa-se de seus pecados, negue-se a si mesmo, abandone a promiscuidade e receba JESUS como seu único e suficiente salvador, que ele lhe receberá e fará de ti uma nova pessoa ou seja um novo homem.

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/04/pregacao-anti-gay-de-malafaia-respinga.html#ixzz1sc6MyWJs
Reprodução deste texto só poderá ser feita com o crédito e link da origem.
Unknown disse…
Ah, tá, os gays representam 2% dos compradores de produtos Aon, e os crentes 30%. Beleza, mas se considerarmos que o número de pessoas que se afirmam heterossexuais e apóiam a luta dos gays tem crescido bastante, principalmente entre as mulheres, o resultado da conta pode ser bem diferente, não? Isso sem falar na militância da proteção animal, que já vem boicotando a Avon desde quando ela voltou a testar em animais para ganhar o mercado na China.
Israel Chaves disse…
"Defendem os gays (principais transmissores de DSTs e vergonha para a família)"

Pode mostrar a pesquisa que afirma que eles são os principais transmissores? Ou é achismo seu?
E se as outras famílias têm ou não vergonha do que quer que seja, não é problema seu, é delas... Falácias, falácias, falácias...

"defendem o aborto (matar inocentes)"

Sério, de novo com essa? Seus conhecimentos de biologia me fascinam. Você então é um genocida, porque matou milhões de inocentes a cada punheta. Seu monstro punheteiro, você vai para o inferno com o peso de tantas vidas nas costas!

"defendem uma sociedade sem DEUS ( sem DEUS a violência aumenta e a promiscuidade também)"

Aaaaah sei, tipo aqueles países extremamente religiosos que vivem em guerra? Que têm altos índices de estupros, gravidez na adolescência e DSTs? Homicídios, violência doméstica e assaltos?
Com certeza eles terem amigos imaginários tornou esses países tão pacíficos quanto as Colinas Tão Distantes dos Teletubbies.
Por outro lado, nós sabemos o inferno que é morar em países como a Dinamarca, Holanda, Suécia... Lá você vive constantemente em risco de ser assaltado ou estuprado no meio da rua por um ateu-comunista-viking.

"defendem as drogas e a prostituição"

Quem disse isso?

"São anti-família"

O que diabos significa isso? Isso nem existe.

"anti-moral"

Verdade, somos. Nós somos monstros horríveis que não conseguimos entender como que pode ser errado estuprar criancinhas ou ir para o inferno por trabalhar no sábado,somos totalmente imorais. Devíamos nos inspirar mais nos cristãos, esses sim sabem o que fazem...

"anti-sociedade"

E mais uma vez, o que diabos significa isso? Pare de inventar expressões que não fazem sentido...

Já tomou seu remédio hoje? Acho que pode ser esse o problema. Explica muita coisa.
Felipe... disse…
Só defendem o que é mal? eu ouvi direito?

Quem lutou pra separar a igreja do estado? quem inventou o computador? quem é que fez todos os progressos científicos e dos direitos humanos? a claro isso não foi os ateuzinhos assassinos que fizeram né.

Na idade média a sociedade era cristã, e ae?
Felipe... disse…
Só uma coisa, pare de usar todos as coisas da Microsoft, pois ela foi feita por um ateuzinho.
Israel Chaves disse…
Eles podem não ter o direito de forçar, mas nada os impede de boicotar. Isso também é um direito, o de comprar ou não de quem bem entender, bem como dizer às outras pessoas para comprar ou não de determinada empresa.
Forçar seria tentar obrigar a empresa a fazer o que querem através da força. Mas nada impede de fazerem pressão e aí vai da empresa ceder ou não; e isso vai depender do que for dar mais lucro.
Pode não ser justo com a empresa, já que a treta é com o Malafaia, mas...
Anônimo disse…
/irônica mode on/ Ateus malvados comunistas, como ousam questionar o cristianismo? A coisa mais maravilhosa que já ocorreu na humanidade.
Deixem os gays serem espancados e mortos, os deixem sem direitos afinal eles não são seres humanos e não merecem respeito, é assim que nós cristãos demonstramos amor. /ironia mode off/
Caso o pequeno troll não saiba as chances de uma DST ser transmitida é igual em casos de sexo sem proteção, ironicamente pessoas como o papa não aprovam o uso de uma proteção como a camisinha.
Com ou sem Deus vai existir violência, morte, guerra, fome, miséria e outros males que afligem a sociedade humana.
O resto do seu comentário é puro mimimi. (na verdade o comentário todo foi mimimi)
Anônimo disse…
Concordo, a liberdade de expressão é assegurada constitucionalmente, mesmo que algumas pessoas falem coisas que outras consideram como ofensivas ou simplesmente bobagens.
Unknown disse…
Jefferson

Porque ateu só defende aquilo que é mal para a sociedade e para a família?

Inicialmente é importante deixar claro que nós, ateus, temos uma opinião pacífica, somente, sobre a descrença em Deuses. Sobre o restante das indagações humanas, não temos, necessariamente, as mesmas opiniões. Pretendo expor, aqui, nesse espaço, a minha opinião sobre esses temas. Serei breve.

Sobre a homossexualidade.

O aspecto sexual de uma pessoa é o que menos conta para mim. Somos seres possuidores de vários aspectos e o sexual é, apenas, um deles. Eu não me importo se a pessoa é heterossexual, homossexual, bissexual, pansexual ou assexual. Isso é, totalmente, irrelevante para mim. O que conta para mim são os fatores que permitam que nós, todos nós, possamos viver em harmonia nesse planeta. São os fatores que transformam os seres humanos em tolerantes, respeitadores e compreensíveis.

Vejo com temor esses religiosos, portadores e proclamadores da palavra de “Deus” manifestarem tanto ódio, tanto rancor, tanta intolerância, tanto desrespeito aos diferentes. Religiosos com visões obscurecidas pelo fanatismo que lhes são característicos. Religiosos que, em nome de Deus, voltariam a queimar àqueles que ousassem pensar de maneira diferente daquela pregada pelos seus livros sagrados.

Dizer que os homossexuais são os principais transmissores de DSTs é de uma profunda ignorância. Como pode uma parcela tão pequena da população ser responsável por isso?

Não defendo os homossexuais por causa da homossexualidade; os defendo porque todos têm direitos, inclusive, o direito de ser feliz.

Sobre o aborto.

Sou contra o aborto. Sou a favor da lei. E a lei diz, agora, que há três casos em que o aborto não é punível: quando a gravidez representa risco de morte para a gestante, quando a gravidez é proveniente de estupro e quando a gravidez for de fetos anencéfalos. Acho que são o suficiente.

Sobre as drogas e a prostituição.

Sou contra as drogas. Sou contra a liberação ou descriminalização da maconha. Sobre a prostituição sou a favor que se assegurem direitos trabalhistas às prostitutas. Para mim, são trabalhadoras como qualquer outra pessoa.

Sobre uma sociedade sem Deus.

Deus é uma questão de foro íntimo. Deus pode estar na pessoa, mas, isso não significa que esteja na sociedade. A sociedade é o conjunto heterogêneo de pessoas. As pessoas são diferentes; possuem crenças diferentes. O crente pode achar que Deus está em sua vida. Tudo bem. Mas, isso não lhe dá o direito de querer impor essa crença às demais pessoas, como por exemplo, nós, os ateus.

Alegar que sem Deus a violência aumenta é atestado de burrice. Quantas pessoas foram mortas, violentamente, pelas religiões? Quantas pessoas morreram nas Cruzadas, nas Santas Inquisições Católica e Protestante, na Caça ás Bruxas, em atentados terroristas? Quem disse que sem Deus a promiscuidade aumenta? Padres e pastores são os representantes de Deus. No entanto, abundam notícias sobre padres pedófilos e pastores que abusam sexualmente de seus fiéis? Já ouviu falar em Aldo Bertoni?

Eu adoro quando religiosos anencéfalos se pronunciam. Adora dar corda para que eles mesmos se enforquem. É importante que eles falem, para que fique claro, para a opinião pública, o quanto eles representam uma visão retrógrada e distorcida da realidade. É de dar pena.
Anônimo disse…
Eu percebo que este silas é um hipócrita e vou dizer porque. Tempos atrás ele estava fazendo o maior aué no twitter dele sobre um tal pastor que iria ser assassinado no irã e este pastor nem acredita na tal trindade como li em outros blogs, mais se isto acontecesse e ele fosse morto seria pelo mesmo motivo que ele silas malafaia persegue tantos os homossexuais aqui no brasil e o motivo são seus malditos livros sagrados.
Anônimo disse…
Eu penso como o Will Papp:

Sou contra o assassinato. Mas defendo o direito de quem quiser matar os outros.

Sou contra o estupro. Mas defendo o direito de quem gosta de estuprar os outros.

Só sou contra os religiosos, essas criaturas retrógradas, ignorantes e violentas. Esses não podem ter direito algum.
O Poder da Minoria disse…
Pesquisas de mercado revelam que, após os ataques do movimento gay à AVON e ao Silas Malafaia, as vendas da empresa subiram 170%.
Sharon disse…
Como pode tanta gente tonta acreditar que ter uma religião é importante? Oooooooh esses tolos ainda tem certeza de que deus vai cobrar kkk quanta imbecilidade! Todos vamos ser o que quiser a vida toda e quando morrermos não vai acontecer bosta nenhuma. Horas! Se quer acreditar em idéias de retardado, fique-as para si próprio, não queira fazer os outros engolir lixo!
Felipe... disse…
E vocês acham que o malacheia não sabia disso?

Ele é um marketeiro de primeira classe.

Pequenas igrejas, grandes negócios.
Unknown disse…
AnônimoApr 20, 2012 02:43 PM

Você está longe, mas muito longe, de pensar como eu penso.

Você, primeiro, tem que aprender a ler e entender o que lê.

Eu não disse nada do que você falou.
Apoio à AVON disse…
Que bom saber que a AVON vende livros do Silas Malafaia, homem inteligente e corajoso, alvo constante da fúria de um grupo político minoritário (minoria dentro de uma minoria) que odeia a democracia e a liberdade de expressão, e que faz de sua preferência sexual desculpa para perseguir, caluniar e linchar pessoas.

A AVON está de parabéns por comercializar os livros de Malafaia, dentre outros produtos de qualidade. Vou comprar os livros e outros produtos da empresa hoje mesmo.
No Name disse…
Tá vendo como o lobby gay funciona? n consegue debater no campo das idéias, parte para outro tipo de ataque.


CALAR as vozes discordantes e manter o povo ignorante é a saída esperar um espaço para o contraditório na Globo, Band, SBT, Cultura, Rede TV, esqueça, o lobby gay já ocupou toda a mídia.
No Name disse…
O que vem depois?

Eliminar os textos bíblicos que condena a sodomia diretamente nas editoras?

Colocar um policial nos templos para ver o que esta sendo dito?
Mentir é feio,mas é comum aos apoiadores do Malafaia disse…
Onde estão as tais pesquisas?
Diagnosticando delírios. disse…
Você esqueceu de tomar seus remádios anti-psicóticos?
Israel Chaves disse…
E a religião consegue debater no campo das idéias?
Nunca vi.
Israel Chaves disse…
Não é que ele esqueceu, ele se recusa a tomar porque acredita na cura através da fé. Né não, Nosce? Remédios são inúteis quando se tem o todo poderoso castando cura em você.
Israel Chaves disse…
Eu diria que ele está longe de pensar.
Anônimo disse…
A Avon tem o direito de vender o livro que ela quiser, se da lucro para ela, então ela vende ué. Se o publico GLS acha que esse livro incita a violencia (não sei se este é o caso) eles que entrem na justiça provem isso e tirem o livro de circulação mas enquanto isso não acontece a Avom pode fazer o que bem entender
Anônimo disse…
Nosce: " O que vem depois?
Eliminar os textos bíblicos que condena a sodomia diretamente nas editoras?
Colocar um policial nos templos para ver o que esta sendo dito? "

Não é delírio. É o que a militância gay e seus paus-mandados ateístas já tentam fazer.
Anônimo disse…
Nosce: " O que vem depois?
Eliminar os textos bíblicos que condena a sodomia diretamente nas editoras?
Colocar um policial nos templos para ver o que esta sendo dito? "

Não é delírio. É o que a militância gay e seus paus-mandados ateístas já tentam fazer.
Anônimo disse…
É justamente porque os militantes gays não têm razão em suas acusações levianas e caluniadoras (e certamente perderiam na justiça) que eles tentam impedir que a Avon comercialize os livros do Silas Malafaia.

Se não conseguem impor sua censura de um jeito, tentam de outro.

O jogo sujo da militância gay não conhece limites.
No Name disse…
Israel ChavesApr 20, 2012 04:15 PM

Nunca vai ver mesmo, vc já viu a Globo dar um espaço do Fantástico para o Malafaia ? o única vez que eu vi foi no Programa do Ratinho debatendo com a criadora da pl 122, ele detonou a mulher
No Name disse…
Diagnosticando delírios.Apr 20, 2012 04:08 PM

Só depois que vc aprender a escrever REMÉDIOS e não REMÁDIOS
Anônimo disse…
É como eu digo muito aos meus amigos o ser - humano não é imune aos erros, e dessa vez analisando os fatos eu tenho que concordar que os ativistas gays fizeram besteira.
Israel Chaves disse…
O Malafaia é seu melhor exemplo? Ele não debate, ele prega. Debate envolve apresentar argumentos lógicos e estar aberto a aceitar a opinião das outras pessoas envolvidas se essa fizer mais sentido que a sua.
Pessoas como ele e você, que entram num debate com idéia formada e gravada na pedra, sem a menor intenção de possivelmente mudar caso veja um bom argumento, e que não apresentam argumentos racionais, não estão debatendo no campo das idéias. Estão, no máximo, esperneando.

Além disso, o que a rede Globo tem a ver? Não é preciso ir no Fantástico para debater nada.
Demonstrando como religiosos não debatem no campo das idéias, veja o exemplo que temos aqui mesmo; você e outros trolls como Cristão-Fernando e Izaque Bastos chegam, falam um monte de asneiras sem embasamento, acham que arrasaram e se sentem os vitoriosos. Quando alguém diz algo que não podem refutar ou pisam no calo de vocês, ficam bravinhos e começam a esbravejar falácias, a ponto de "Stalin era ateu" e afins ter virado quase um meme aqui, ou ainda os seus clássicos ataques aos gays mesmo quando o assunto não tem nada a ver.
É isso que você chama de debater no campo das idéias?
Lembrando é claro, que você e outros religiosos não têm idéias próprias. Foram todas copiadas de velhos sacerdotes do deserto de séculos atrás. O que só torna a "participação" de vocês ainda mais patética.
BEM MAIOR disse…
O Ativismo do Bem Maior já exterminou varias Verdades Bíblicas como a que afirmava que os cristãos eram obrigados a matar os hereges, a escravidão e o racismo teológico,o machismo mais violento... Não podemos esquecer que a homofobia contaminou tanto o cristianismo que matar e torturar homossexuais foi uma prática cristã durante séculos. A homofobia teológica um dia será exterminada pelo Bem Maior. Surgirá interpretações que fará os sucessores de Malafaia afirmarem que a homofobia não é e nunca foi verdade bíblica. Um absurdo? Como é um absurdo para o cristão do passado esse "cristianismo" que muitos seguem. Se trouxéssemos um cristão do passado, conhecedor da bíblia, ele diria que Satanaz contaminou tanto o cristianismo que eles aceitam uma mulher como autoridade maior de um país, existem cristão pregando contra a escravidão, tem cristão que vive, trabalha e estuda com hereges...
Anônimo disse…
Neurose é coisa séria, crente... procure ajuda psicológica.
Anônimo disse…
Pelo jeito, o Israel nunca viu o Silas Malafaia debatendo.

No programa do Ratinho, por exemplo, Malafia DEBATEU sim (e não "pregou") sobre o PLC 122, e detonou a pobre coitada da Iara Bernardi, a gayzista ex-deputada (derrotada) petista, autora da lei da mordaça gay.

Silas Malafaia usou, e muito bem, ARGUMENTOS em defesa da liberdade de expressão e de escolha e da democracia. Ao contrário da ex-deputada petista (já devidamente varrida do Congresso Nacional pelos eleitores paulistas) que se limitou a fazer a tradicional PREGAÇÃO GAYZISTA em torno da lenga-lenga terrorista sobre da "homofobia", do "preconceito", etc.
Israel Chaves disse…
Vocês ACHAM isso, por serem pombos enxadristas. Simples assim.
Malafaia não apresenta argumentos lógicos, só insanidade religiosa. Assim como vocês. Por isso que o apóiam, vocês se identificam. E aí não importa o que ele diga, como seus fiéis seguidores, vão achar que ele arrasou.
Anônimo disse…
Já imaginaram um grupo simpático, numeroso, cheio de razão e de boas intenções (como uma meia-dúzia de nazistas, por exemplo) tentando convencer a população normal a boicotar alguma empresa, só porque o grupelho não admite que alguém diga ou faça coisas que não lhes agradam?

Pois é o caso do movimento gayzista e sua tentativa de boicote à Avon.

A probablidade do tiro da bandidagem sair pela culatra é grande.
BEM MAIOR disse…
"Pregação anti-gay de Malafaia respinga na imagem da Avon"

Por que não:
"Pregação homofóbica de Malafaia respinga na imagem da Avon"

http://www.brasilescola.com/psicologia/homofobia.htm---"Homofobia é o termo utilizado para nomear qualquer tipo de discriminação e/ou aversão aos homossexuais. No sentido mais profundo da palavra, homofobia ainda significa medo que uma pessoa pode ter de se tornar um homossexual. Dessa forma, pode-se perceber que o termo é um neologismo."
Anônimo disse…
E você, um cara que se ACHA sem preconceitos e sem verdades prontas, ACHE o que quiser, e ACHE que tem razão quem você quiser. E até pode até ACHAR que ARGUMENTOS em defesa da liberdade de expressão e de escolha são "insanidade religiosa".

A propósito, se você ACHA que religiosos não sabem debater, não arredam pé de suas posições, etc, experimente tentar debater com um militante gay.

Vai ficar encantado com a capacidade dos gayzistas de "aceitarem outras idéias" que não sejam seu conjuntinho de slogans, de exigências e de "verdades" prontas.

A militância gay é um pessoal muito aberto (ops!) ao diálogo. Contanto que você concorde com eles, claro, senão você é um "homofóbico" perigoso, que precisa ser censurado e preso urgentemente.
Yuri disse…
Homofóbicos como sempre sem um argumento plausível, dizer que aquela pregação do Malafaia foi uma argumentação é ofender a filosofia e a inteligência humana em si, queria ver ele tentar pregar pra alguem inteligente, ia se fuder bonito. Não é pq vc humilha alguem com falácias e pregações que elas serão verdades, elas tem que ter um fundo em verdade e lógica, coisas que os homofóbicos malafaiopatas desconhecem.
Anônimo disse…
Outro ateu desinformado/mentiroso jurando de pé junto que os argumentos do Malafaia são "pregação".
No Name disse…
Israel ChavesApr 20, 2012 04:58 PM

Eu falo a Globo porque vc sabe muito bem que, se n sair na Globo n é notícia e nem é verdade, para maioria dos brasileiros.


Faça o seguinte : acuse-o de ladrão, falsário, enrustido, feio, bobão ou de qualquer outra coisa que vc quiser.

Mas é fato; Debater com o Malafaia sobre este assunto, é batalha perdida para os homossexuais, caso contrário eles não estariam obrigando a Avon censurar seus livros.

Digo mais se o Malafaia estivesse errado a Globo seria a primeira a noticiar isto.

Mas a Globo n é besta, levar este tipo de polêmica no JN, a ela sabe que seria obrigada a ouvir o outro lado nem que fosse por 10 segundos, e o povão iria saber e se posicionar.

É ou não é?
Yuri disse…
Outro crentelho desonesto jurando de pés juntos que a pregação do Malafaia é argumento.

E templário, não dá pra derrotar o Malafaia em um debate, sabe pq? Pq ele não debate, prega. E discutir com um pregador é como querer convencer um jumento a se mover. Pra obter esse resultado há outros métodos como empurrá-lo.
Yuri disse…
O Malacheia sabe que está errado mas não quer perder dinheiro, ele vai se dispor de suas pregações e influência religiosa para apoiar seus livros imorais.

Eu por exemplo não iria vender livros imorais na minha empresa, sujar a imagem dela com esse intolerante? Não obrigado.
Jefferson disse…
Só mesmo um bando de ateus e gays para achar que a avon está preucupada com a opinião de uma minoria que não tem vez e nem voz, o evangelismo cresce cada vez mais e este é um nicho que toda grande empresa quer como clientela, vide a globo que a alguns anos atrás tinha horror a crentes e hoje tanto divulga músicas evangélicas como vende cds evangélicos. DEUS lhes abençoe.
No Name disse…
YuriApr 20, 2012 06:51 PM

Crentelho o cacete,

Vai se informar moleque, ninguém esta levando este debate sobre PL122 que gerou toda esta revolta homossexual foi baseada em conceitos religiosos.


Vc esta falando coisa que n sabe e n acompanhou, depois vem com a maior cara de pau dizer que é um cara bem informado.

Vc é um ateu xucro e mal informado, que só argumenta levando para o âmbito da religião.

Vc é um ateu fundamentalista
Yuri disse…
Claro que é uma caso de religião, que outra ideologia diz que devemos ter aversão irracional a homossexuais? Está completamente envolto no âmbito da religião, templário.
O fanánico homofóbico do Malafaia defende a ideia absurda que os homossexuais querem privilégios e podar o direito dele de pregar contra (direito de ofender e difamar?).
Uma das armas que ele usa pra sustentar as paranoias doentias dele é o livrinho retrógrado chamado Bíblia, ou seja, ele leva sim pro âmbito religioso, inclusive usando de sua influência como pastor para usar a massa de manobra retardada que são seu fieis pra sustentar cada merda que ele falar.
No Name disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse…
Jefferson

Que triste. Ter que pagar para serem tolerados. No meio de tanto dinheiro que os evangélicos usam para comprar espaço na mídia e pessoas, cabe uma pergunta: aonde está o seu Deus? No dinheiro?
No Name disse…
Então tá Yuri,

Me passe onde vc viu algum debate entre os Homossexuais e o Malafaia que ele fez citações bíblicas.

http://www.youtube.com/watch?v=rbqA4jiHezI

+ ou - 2:20 Malafaia diz n foi lá para discutir religião

E só pela plateia presente vc dá para perceber como existe uma democracia na mídia

o Outro debate é este é com a deputada do PT

http://www.youtube.com/watch?v=BzrBtqGPzZs&feature=related

Agora vc me mostre um debate, entre o Malafaia e Homossexuais que ele se pauta na religião para ser contra a PL122.

Se vc n me mostrar vc não sabe do que se trata e na pior das hipóteses um mentiroso metido a espertalhão
Anônimo disse…
Templario se ele não usa a bíblia o caso deste pastor é mais grave do que eu poderia imaginar.
Benjamin Bee disse…
Conversa. O mundo inteiro está recomendando a AVON que retire Malafaia do seu catálogo. A campanha contra Malafaia é hoje internacional, porque a AVON é multinacional que se vangloria de ser uma das empresas mais gay friendly do mundo.
Já perceberam que esse Jefferson só aparece em posts relacionados à homossexualidade e homofobia? Que tara!
Anônimo disse…
Jefferson:

-Famosíssima falácia do apelo à maioria, nós estamos em vantagem numérica, portanto temos a razão. De fato, pouco surpreendente.
No Name disse…
AnônimoApr 20, 2012 08:41 PM

O que vc esta imaginando?

Explica pra Nóis
No Name disse…
YuriApr 20, 2012 07:29 PM

Já que vc n me mostrou de onde vc inventou esta mentira,
Caso encerrado e te condeno ao purgatório dos mentirosos contumazes por 2 minutos.
Anônimo disse…
Israel Chaves:

-Ah, era boicote. Não havia lido a reportagem por inteiro quando postei. Mesmo assim, eu creio que tal boicote seja inútil, pois esse boicote representa uma pequena parcela dos lucros da Avon. O problema mais grave que pode atingir a Avon é um nome um pouco manchado, apenas isso. Além do mais a Avon pode recuperar sua imagem, pois gasta fortunas em propagandas televisivas. Sugiro que os gays mudem de tática, pois essa não irá surtir efeito.
SÉRGIO LOPES DE PETROLINA - PE, SOU LEITOR DESSE BLOG LEIO DIARIAMENTE E QUERO LAMENTA QUE NO FINAL DA MATEIRA O BLOG POI PALAVRAS NA BOCA DO PASTOR SILAS E ISSSO NÃO É JORNALISMO SERIO E SIM DETENCIOSO OU SEJA NÃO DA O DIREITO DO LEITOR ANUALIZA NO FINAL O BLOG JA FAZ O JULGAMENTO E PIO POI PALAVRAS NA BOCA DE SUA VITIMA O PASTOR SILAS
Anônimo disse…
Pelas barbas de Odin!
Não se preocupem caros colegas, possuo curso em Neopentecostal Language , portanto irei traduzir:

radialista sergio lopes [?]:
"Ségio Lopes de Petrolina - PE:
Sou leitor desse blog, leio diariamente e quero lamentar que no final da matéria, o blog pôs palavras na boca do pastor Silas, e isso não é jornalismo sério, é tendencioso. Ou seja, não dá direito do leitor ANUALIZA* no final. O blog já faz o julgamento e pôs palavras na boca de sua vítima, o pastor Silas.
"

*Perdão pela minha imensa ignorância, mas não sei ao certo o significado de tal palavra. Pode ser ou Atualizar ou Analisar.
Anônimo disse…
Silas um homem inteligente? Se ele fosse inteligent, ele seria ateu!!!

Pensador Racional.
Anônimo disse…
É a "diversidade" que os gayzistas dizem defender.

Só pode haver "diversidade" em termos de sexo, de "identidades de gênero", aquele blablablá todo.

Só não pode haver diversidade de idéias.
Yuri disse…
Não seja desonesto. Onde eu disse que o Malafaia cita trechos da Gibíblia em suas pregações? Vá se tratar.
Israel Chaves disse…
Yuri, como de costume, o Nosce derrubou as peças, cagou no tabuleiro e saiu voando berrando que venceu.
O que mais esperava?
Israel Chaves disse…
E ele não é o único a fazer isso...
Que por falar nisso, o Izaque ainda não apareceu. O computador dele deve ter estragado...
Anônimo disse…
Tirar o livro do catálogo da Avon não seria censura. Os mesmos continuarão a ser vendidos em centenas de lojas além da editora bizarra dele. Tirar essa literatura preconceituosa dos catálogos da Avon seria apenas um boicote e um aviso. "Veja bem, führer Malafaia. Seus manifestos preconceituosos e ofensivos não serão mais aceitos por essa empresa". Ele disse que os evangélicos são uma grande parcela dos clientes da avon e que os gays não passam de 2%. Isso não me parece verdade, dado que salões de cabeleireiros e esteticistas, em sua maioria, são geridos pro gays. Sem contar o grande número de funcionários e clientes gays. As revistas com os produtos da Avon estão presentes em 90% dos salões de beleza. Assim sendo o Führer Malafaia simplesmente jogou um número baixo pra tentar diminuir o número da clientela gay da Avon.
Não há grandes diferenças dessas porcarias desses livros preconceituosos que são lançados por esse boçal que acha que vive na idade do bronze pro Mein Kampf, de Adolf Hitler.
Unknown disse…
Comentário escrito só com letras maiúsculas e trollagem serão deletados.
Felipe... disse…
Se fosse assim, a maioria nazista na alemanha deveria estar com a razão não é mesmo?


Só assim pra crente parar de usar a falacia do se todo mundo acredita então é verdade.
No Name disse…
YuriApr 20, 2012 11:46 PM

Segundo seu post acima?

"Uma das armas que ele usa pra sustentar as paranoias doentias dele é o livrinho retrógrado chamado Bíblia" [sic]

Tô começando achar que o seu problema n é de ser um mentiroso contumaz, ou ser cara de pau. Vc sofre de miolisse picis douratum ou mais conhecido como memória de peixinho dourado.

Caramba Yuri, vc escreve um negócio e 2 horas depois n se lembra.
Israel Chaves disse…
Talvez você devesse melhorar sua interpretação de texto, Nosce. De fato, o Yuri não disse que Malafaia faz citações bíblicas em debates.
O que ele disse é que as paranóias do Malafaia vêm da Bíblia, o que é totalmente diferente.
A origem da loucura do Malafaia é o livrinho do mal, é isso que o torna um lunático, é nele que ele baseia suas convicções.
Ao menos para mim, ficou bem claro que isso foi o que ele quis dizer... Embora eu não concorde totalmente, porque eu duvido que o Malafaia realmente acredite no que prega. Ele está pouco se lixando para a Bíblia, ele só a usa como instrumento para controlar o povo e lucrar em cima disso, porque ela é um livro feito para isso, com ótimos resultados. Cite a Bíblia, tida como algo bom, moral e divino, e as pessoas vão ouví-lo.
Simples, não?
No Name disse…
Israel ChavesApr 21, 2012 01:17 PM

Vc sabia que seu nome significa

"QUE REINA COM DEUS"?

Mas vamos lá:

Tudo começou quando eu disse que havia falta de debates sobre a PL122.

E que a única vez que vi foi no programa do Ratinho. OK?

E que o Malafaia foi defender sua posição contra a criadora da PL122 e que sem citar ou até mesmo levar o livrinho retrógrado (segundo Yuri) ele detonou a Muié.

e o yuri escreveu que n dá para debater com um jumento pregador.


YuriApr 20, 2012 06:51 PM

Outro crentelho desonesto jurando de pés juntos que a pregação do Malafaia é argumento.

E templário, não dá pra derrotar o Malafaia em um debate, sabe pq? Pq ele não debate, prega. E discutir com um pregador é como querer convencer um jumento a se mover. Pra obter esse resultado há outros métodos como empurrá-lo.


Pelo amos de Deus se alguém tiver acompanhando este comentários sejam honestos e digam se que estou ou n com problemas de interpretação.
Israel Chaves disse…
O problema é a origem da posição dele.
Ele não pensa o que pensa por ter, racional e imparcialmente, analisado os fatos para chegar a uma conclusão. Ele é homofóbico porque ele acha que o deus dele acha isso bonito. Simples assim. A opinião dele não tem embasamento lógico, é baseada exclusivamente em dogmas religiosos.
Ele até poderia usar "argumentos" não baseados em religião para defender essa posição depois. Mas essa posição é religiosa por natureza, portanto não tem valor algum num debate sobre questões políticas em um estado laico.

E meu nome não tem nada a ver com a história, e não fui eu que escolhi...
Jefferson, você é patético, cara. Só por que os gays são minoria eles não tem voz e devemos ficar calados diante das injustiças? Vê se te enxerga, seu merdinha!
No Name disse…
Israel ChavesApr 21, 2012 02:02 PM

Cacetada agora cagou e sentou em cima.

Imagine a situação. Um ladrão e preso, a vítima é um cristão, na audiência o ladrão diz;

Meretríssimo dotor, não aceito esta acusação de roubo, este senhor é religioso, e na bíblia esta escrito "Não Roubaras"

Essa posição é religiosa por natureza, portanto não tem valor algum neste tribunal, caso encerrado meretríssimo.

Vc na escolheu o seu nome mas pode mudar.

Dou-lhe uma sugestão:

TINHA QUE SER O CHAVES!

hahahahahahaha....pera que esta foi boa merece mais hahahahah........
Israel Chaves disse…
Sério, isso passou de burrice, Nosce.
Você está comparando casos completamente diferentes, como de costume. Eu sei que você tem a inteligência de um gorila treinado para falar linguagem de sinais, mas faça um esforcinho e me diga um argumento anti-homossexualismo baseado na razão e não na religião. Só um.
Agora, eu acho que posso citar dezenas de argumentos baseados na razão para demonstrar como roubar é errado, independente de religião.
Vamos lá. Se estiver com dificuldades, peça ajuda ao seu adestrador.
Anônimo disse…
Todos os figuras crentes que vem aqui tem um modus-operandi. Jefferson, Nosce e o anonimo "anti-ateogayzismo" sempre fixados com gays. Paulo de tarso e filho de abraão distribuem asneiras em todos os assuntos.O Izaque é tarado com comunismo e acha que ateu=comunista.
Se esse time de comédias neuróticos é o que os crentes tem de melhor pra apresentar, "deus os ajude"!
No Name disse…
Israel ChavesApr 21, 2012 03:08 PM

Vc ganhou (por insistência)eu desisto

Mas como sou um cara legal vou provar lhe provar.

PLC122
Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.

Constituição brasileira
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei...

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Se um caboclo disser :
eu não concordo com as práticas homossexuais, estas palavras podem e serão enquadradas como : constrangedora, vexatória e filosófica.

Onde esta o conceito religioso ?

Pra terminar:

Lembra quando o Malafaia disse que era para descer o pau nos homossexuais e vcs levaram ao pé da letra?

Vc disse Inteligencia de um gorila vc esta m chamando de macaco? isto é ofensa e é racismo.

Mas entendi sua colocação diferentemente de vcs que manipulam as palavras.
Israel Chaves disse…
Cara, eu retiro o que eu disse. O gorila da linguagem de sinais é mais esperto que você.
Para começar, o Malafaia não diz só que não concorda com homossexualismo. Ele quer que os homossexuais não tenham direitos civis, direitos esses que não afetam a vida dele e nem de mais ninguém, só a dos homossexuais. Ele é contra o casamento deles, é contra o simples fato de eles existirem. E é isso que não tem nenhuma razão lógica, uma vez que o que os gays fazem ou deixam de fazer não interfere em nada a vida dele. A razão da paranóia dele é religiosa, da mesma forma que a sua, e você sabe disso.
Portanto, o achismo dele de que gays são coisa do capiroto são só maluquices, e não devem ser levadas em consideração ao se discutir as leis que vão reger os direitos dos homossexuais.

E o que eu comparar a sua inteligência com a do gorila é racismo? Tá doido, cara?
Anônimo disse…
Luan eu gosto dos seu comentarios por aki mas ultimamente vc ta um pouco estressado!!
ReneX disse…
Sim, afinal de contas o linchamento de evangelicos feito por gays está completamente fora de controle. Não dá pra um casal de bons cristãos andar na rua de mãos dadas porque vão chegar uns gays e vão dar lampadada neles. Um casal de cristão não podem nem se beijar em restaurante porque os gays vão expulsar eles.

Cara, se toca. Os evangelicos não "discordam da opção sexual dos outros", os evangélicos dizem que gays são pecadores imorais que até deus, com seu infinito poder de perdão, vai torturar eternamente no inferno. Você fica surpreso que depois dessa deshumanização as pessoas hajam com violência contra eles? Você vai me dizer que essas pessoas não são cristãos de verdade, mas foi o cristianismo que fez eles olharem para os homosexuais como inferiores e merecedores de violência. Silas é um homem articulado e inteligente suficiente para influenciar os outros, mas o que ele faz é pura maldade. É uma pena que uma pessoa com essas habilidades as use para anunciar uma crença fantasiada de amor mas que leva ao ódio. A igreja de fato tem liberdade de expressão, mas isso não altera o fato de que o que ela tem a dizer é repugnante.
Este comentário foi removido pelo autor.
Trolls homofóbicos me deixam estressado, tenho tolerância zero mesmo. Porque é foda ter que entrar no site, procurando trocar ideias e debater racionalmente com meus colegas e ter que topar com essas "pérolas", que só podiam ter vindo de um anencéfalo desses que deveria ter sido abortado, verdadeiros fracassados que vão em blogs alheios despejar suas frustrações sexuais nos outros para se sentir um pouco mais homem.

Por isso acabo me excedendo. Mas é aquele ditado, falam o que querem, vão ouvir o que não querem. Não tenho sangue de barata.
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Eu acho que ele nem preconceituoso é.
Ele é um salafrário muito esperto que esta usando a homofobia e ignorancia rampante do povo pra promover a sua igreja.
Anônimo disse…
Volta pra aula de português, boçal.
Yuri disse…
Até parece que dizer que não concorda com a pessoa ser homossexual tem alguma base lógica, racional. É apenas o preconceito da pessoa, como foi com negros, como é com "macumbeiros". Não tem outro fim além de constranger o gay a qual a mensagem é direcionada. Mas se vc quiser se entocar na sua caverna (igreja) e lá com seus amiguinhos vomitar asneiras achando que seu deus está ouvindo e gostando de tamanha imbecilidade, ótimo, não estará levando ninguem a vexame ou humilhando ninguem, já que é uma religião e as mensagens são para os próprios membros que seguem ela.

Resumo: Vc é um paranoico e deveria buscar acompanhamento psicológico.
Igor disse…
Todo mundo tem o direito de se expressar, mesmo que essa expressão seja repugnante; só que a pessoa também tem que arcar com as consequências do que disse, caso tenha causado algum mal.

Aceitar essa afirmação é o mesmo que decretar o fim de alguns princípios constitucionais e até mesmo de direitos e garantias fundamentais. Tudo em nome de uma liberdade de expressão nos moldes de uma idéia antiquada de democracia liberal (e até mesmo burguesa) sem correspondência ao social.

O problema do brasileiro é ele vive no constante terror do termo “censura”, sendo sempre amedrontado de que qualquer limitação – racional ou não – à liberdade de expressão, ou, mais ainda, à liberdade de imprensa, será equivalente aos órgãos censores da ditadura. E quem ganha com isso é determinado grupo econômico com interesses puramente privados – como grande parte da imprensa, por exemplo.

Qualquer ação posterior ao fato ofensivo importa dizer que não houve garantia fundamental do Estado aos direitos individuais! Se um livro está pregando discriminação e preconceito contra determinados cidadãos, ele está ofendendo a Constituição e indo contra a dignidade da pessoa humana (que é um dos fundamentos do nosso país). Não há necessidade de se aguardar o dano para que o Estado venha agir: a sua inércia seria complacência com violações de direitos humanos! Pode, sim, retirar o livro de circulação, assim como seria demanda legítima dos homossexuais pleitearem sua retirada, e isso de forma alguma constituiria censura – ou, no significado mais amplo deste termo, seria censura por interesse público, que de forma alguma é repudiável.

E eu fico a imaginar se um dos que se sentirem lesados seja um cidadão que ganha menos de um salário mínimo por mês... vai processar um autor que vai pagar de honorários advocatícios mais que todo o rendimento da vida do miserável e de sua família. Alguém é ingênuo o bastante para acreditar que isso irá acontecer, ou, se acontecer, irá ter grandes chances de êxito?
No caso deste livro, eu realmente não sei se há ou não algum preconceito ou discriminação contra cidadãos homossexuais. Falo num caso hipotético!
Anônimo disse…
esses gays são ridiculos,cara se alguém quiser dar o rabo que der,agora eu não sou obrigado a ver viados dando o raboou se beujando na minha frente,acho que mereco respeito,talvez vc diga mais se é bom para eles o que é que tem,cara é bom para mim bater uma punheta onde quiser eu posso?
Anônimo disse…
Avon pra mim é perfume de xinfrim, só compro importado, kkk.
Israel Chaves disse…
Eu concordo, gente que faz coisas horríveis deveria fazer longe dos olhos dos outros. Por exemplo, gente que escreve com um português grotesco. Se quer escrever errado que escreva, mas não sou obrigado a ver textos de analfabetos funcionais, acho que mereço respeito.
No Name disse…
Israel ChavesApr 21, 2012 04:50 PM

Sou Branco e não negro, apenas fiz uma experiencia com com vc.

E vc chegou ao ponto de se retratar por um besteira que n tem nada a ver, uma expressão uma figura de linguagem semelhante a expressão descer o pau, viu só o que estão fazendo com o BRasil? Estão criando um estado policialesco.

Ofensa, preconceito discriminação devem ser combatidas, mas a liberdade de expressão não.

Pegadinha do Malandro nhenhem!

YuriApr 22, 2012 12:55 AM

Imagine a situação um cara casado e pego na cama com uma outra mulher, todo mundo pode diz , que vagabunda, safado, que pouca vergolha isto n se faz etc e tal.

Agora imagine o mesmo homem pego na cama com um outro homem. conforme a PL122
Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.

Ninguém pode dizer nadaaaaaaa, o que tem de tão sagrado no homossexualismo que não se pode criticar como se critica o Heterossexual?
No Name disse…
Esqueci de dizer da cadeia e multa
Analista Man disse…
Os Cristãos, os evangélicos, os religiosos, falam ou devem falar aquilo que Deus mandou, quem não concorda deve criticar Deus. Dizer que Deus não existe, elimina a chance de criticar Deus.
Yuri disse…
Só nos seus sonhos e na sua imaginação fértil criar esses roteiros de novela pra apoiar suas ideias absurdas. A mulher estava pegando alguém traindo ela, ela tem todo o direito de ficar nervosa e xingar a vontade. Ela está xingando pelo o fato da traição e não por serem gays.
Agora inventa outra estorinha de faz-de-conta pra eu refutar.
Yuri disse…
Massa, casais "normais" podem se chupar, ficar pinando um no outros, se masturbarem mutualmente e é aceito e bem visto ela a sociedade. Mas esperem até dois homens darem as mãos em público, haverá tochas e foices!
Se incomodar com a demonstração de afeto dos outros revela problemas afetivos do próprio ser.
No Name disse…
YuriApr 22, 2012 11:46 PM

Refute esta trouxa

Não vou inventar nada mostro o que já esta acontecendo.

Ontem no fantástico apareceu um caboclo que estava fazendo curso de drag queen em Santos.

Pois bem: ele faltou o trabalho, 2 dias, foi demitido sem justa causa, quando o chefe dele o viu TV, o que ele fez? denunciou a empresa por homofobia.

Todo mundo pode ser demitido, existe uma classe especial?
Anônimo disse…
Silas Malafaya como vc sustenta sua familia se vc não trabalha nem nunca trabalhou e ainda tem um DEUZINHO que não ama a todos, como isto funciona seu implestavel e homofobico farsante, vai trabalhar e deixa as pessoas em paz
Anônimo disse…
Que dizer dos negros, dos nordestinos, dos favelados, dos miseráveis, das crianças abandonadas e jogadas às traças enquanto cachorros tem pet shop, coleiras de ouro, comida que muitos humanos desejariam comer, dos abusados sexualmente, das mulheres que sofrem violência doméstica, dos que são presos inocentemente, etç.......Que nojo....direitos humanos em um pais cheio de gente que fala demais, fazem de menos e nem sabem o que está acontecendo......podre país. Que vivam os que defendem a justiça e que sejam justos....
Yuri disse…
Ele ganhou a causa? Ele ganhará se provar que foi demitido por ser gay. Mas se ele for demitido por ter faltado, aí sim ele perderá a causa, em todos os casos o empregador estará errado por demitir sem justa causa.
O trouxa aqui conseguiu refutar mais umas de suas acusações malucas, vamos invente outra!
Anônimo disse…
Palhaçada total e vitimismo oportunista dizer que a pregação religiosa sobre homossexualismo é motivadora de violência contra homossexuais.

Até parece que o delinquente que sai nas ruas agredindo gays (ou mendigos, ou velhinhos, ou índios, ou tantas outras milhares de pessoas vítimas de violência) o faz por "princípios cristãos" ou por orientação de algum pastor ou padre.

Criem vergonha na cara e parem de mentir.

O chororô fingido e coitadista do movimento gay é apenas um disfarce (muito ruim, por sinal) que mal consegue ocultar o ódio que certos militantes da causa gay verdadeiramente sentem pelo cristianismo.

Arrumem outro bode expiatório. Um pouco de auto-crítica pode ajudar.
Diagnosticando delírios disse…
Nosce,eu sei escrever REMÉDIOS.Já ouviu falar em erros de digitação comuns quando se digita rapidamente?E o Malafaia argumenta bem?Senta lá Claudinha Leitte e toma teu gardenal!Ele só sabe pregar suas asneiras e aos berros.Como os lunáticos fanáticos da seita dele estão habituados com aqueles relinchos geralmente acham que ele ganha todos os debates.Sim,ganha,mas no quesito falta de educação!.
FSP disse…
É preciso que as pessoas vejam que não há espaço para ignorância a favor da intolerância... Hoje o problema e com os Gays, amanhã é com alguém que você conhece e depois com você... Liberdade de expressão e liberdade religiosa tem o limite na liberdade do outro... Se não fosse esse limite ainda estaríamos apedrejando adúlteras na rua ou permetindo o casamento de crianças com adultos, ambos ainda acontecem em certos países. Vamos suber a tag no twitter #VergonhaAvon sobre esse tema.
Abismado disse…
Por que será que todo mundo que fala bobagem se esconde como Anônimo? Não entende nada de Bíblia e fica dando apoio a gays e outros abomináveis. Odeio esse Malafaia, somente interessado em ganhar, mas defender gay? O sujeito está defendendo gay demais, porque está tão incomodado? Aliás, não entende nada de Deus também, criou uma concepção própria, e fica aí esperneando. Tu gosta também de morder a fronha seu safado.
Abismado disse…
Larga de ser safado mordedor de fronha. Se desprezasse a marca não ficava aqui de plantão defendendo seus iguais e se escondendo no anonimato. MOLEQUE!!!

Posts + acessados hoje

Igreja do 'santo' Maradona tem altar, cultos e mandamentos

Malafaia faz campanha contra vacina: ‘Não podemos ser cobaias de chinês’

Para não pagar imposto, TJs alegam que máquina de passar roupa é essencial à religião