Drauzio Varella afirma por que ateus despertam a ira de religiosos


Religiosos não 
entendem como 
se pode discordar 
de sua cosmovisão

[opinião]

por Drauzio Varella

Sou ateu e mereço o mesmo respeito que tenho pelos religiosos.

A humanidade inteira segue uma religião ou crê em algum ser ou fenômeno transcendental que dê sentido à existência. Os que não sentem necessidade de teorias para explicar a que viemos e para onde iremos são tão poucos que parecem extraterrestres.

Dono de um cérebro com capacidade de processamento de dados incomparável na escala animal, ao que tudo indica só o homem faz conjecturas sobre o destino depois da morte.

 A possibilidade de que a última batida do coração decrete o fim do espetáculo é aterradora. Do medo e do inconformismo gerado por ela, nasce a tendência a acreditar que somos eternos, caso único entre os seres vivos.

Todos os povos que deixaram registros manifestaram a crença de que sobreviveriam à decomposição de seus corpos. Para atender esse desejo, o imaginário humano criou uma infinidade de deuses e paraísos celestiais. Jamais faltaram, entretanto, mulheres e homens avessos a interferências mágicas em assuntos terrenos. Perseguidos e assassinados no passado, para eles a vida eterna não faz sentido.

Não se trata de opção ideológica: o ateu não acredita simplesmente porque não consegue. O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar.

Os religiosos que têm dificuldade para entender como alguém pode discordar de sua cosmovisão devem pensar que eles também são ateus quando confrontados com crenças alheias.

Que sentido tem para um protestante a reverência que o hindu faz diante da estátua de uma vaca dourada? Ou a oração do muçulmano voltado para Meca? Ou o espírita que afirma ser a reencarnação de Alexandre, o Grande? Para hindus, muçulmanos e espíritas esse cristão não seria ateu?


Na realidade, a religião do próximo não passa de um amontoado de falsidades e superstições. Não é o que pensa o evangélico na encruzilhada quando vê as velas e o galo preto? Ou o judeu quando encontra um católico ajoelhado aos pés da virgem imaculada que teria dado à luz ao filho do Senhor? Ou o politeísta ao ouvir que não há milhares, mas um único Deus?

Quantas tragédias foram desencadeadas pela intolerância dos que não admitem princípios religiosos diferentes dos seus? Quantos acusados de hereges ou infiéis perderam a vida?

O ateu desperta a ira dos fanáticos, porque aceitá-lo como ser pensante obriga-os a questionar suas próprias convicções. Não é outra a razão que os fez apropriar-se indevidamente das melhores qualidades humanas e atribuir as demais às tentações do Diabo. Generosidade, solidariedade, compaixão e amor ao próximo constituem reserva de mercado dos tementes a Deus, embora em nome Dele sejam cometidas as piores atrocidades.

Os pastores milagreiros da TV que tomam dinheiro dos pobres são tolerados porque o fazem em nome de Cristo. O menino que explode com a bomba no supermercado desperta admiração entre seus pares porque obedeceria aos desígnios do Profeta. Fossem ateus, seriam considerados mensageiros de Satanás.

Ajudamos um estranho caído na rua, damos gorjetas em restaurantes aos quais nunca voltaremos e fazemos doações para crianças desconhecidas, não para agradar a Deus, mas porque cooperação mútua e altruísmo recíproco fazem parte do repertório comportamental não apenas do homem, mas de gorilas, hienas, leoas, formigas e muitos outros, como demonstraram os etologistas.

O fervor religioso é uma arma assustadora, sempre disposta a disparar contra os que pensam de modo diverso. Em vez de unir, ele divide a sociedade - quando não semeia o ódio que leva às perseguições e aos massacres.

Para o crente, os ateus são desprezíveis, desprovidos de princípios morais, materialistas, incapazes de um gesto de compaixão, preconceito que explica por que tantos fingem crer no que julgam absurdo.

Fui educado para respeitar as crenças de todos, por mais bizarras que a mim pareçam. Se a religião ajuda uma pessoa a enfrentar suas contradições existenciais, seja bem-vinda, desde que não a torne intolerante, autoritária ou violenta.

Quanto aos religiosos, leitor, não os considero iluminados nem crédulos, superiores ou inferiores, os anos me ensinaram a julgar os homens por suas ações, não pelas convicções que apregoam.



Drauzio Varella afirma nunca ter visto cura com força do pensamento

Pregação antigay de pastor aos não fiéis é fascismo, diz Varella




Drauzio critica religiosos por atrelarem a crença às virtudes

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

  1. O ateu desperta a ira dos fanáticos, porque aceitá-lo como ser pensante obriga-os a questionar suas próprias convicções.

    Os fanáticos detestam ter que pensar sobre isso, porque eles são dotados de uma inércia mental gigantesca.

    Texto impecável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr Drauzio. O ser deveria mudar seu título religioso de ateu para agnóstico, já que o sr. tem a sua crença baseada na razão. Não seria mais propício? Crer no que se vê é muito fácil, não é mesmo? Vc crê no homem porque o vê, mas despreza o seu criador. Tsc, tsc, tsc... Abra seus olhos espirituais, já que é cego de alma.

      Excluir
    2. Errado, sr. Drauzio: para os crentes os ateus não são desprezíveis, são desgraçados (sem a graça), entende? Mas eles (vc) mesmos escolheram serem assim, fazer o que???

      Excluir
    3. "Crer no que se vê é muito fácil, não é mesmo?"

      Presumo então que você crê naquilo que não vê. Se vc não pode provar que o que vc vê de fato existe, apenas digo que esquizofrenia não é motivo de orgulho.

      Saulo, tem gente que vê graça na realidade, e tem gente que tem religião.

      Excluir
    4. Falta o Dr. Fantástico dizer por que o religioso desperta a ira de fanáticos ateus, como ele.

      Excluir
    5. Deixe eu explicar, ele nao tem raiva de religiosos... vc leu o text

      Excluir
    6. o religioso lê mas não entende nada além do que quer entender... fazem isso com o próprio livro sagrado quem dirá com o comentário dos outros... CRISTÃOS, VOCÊS NÃO ACREDITAM SEM VER, ISSO É MENTIRA... se não houvesse um livro milenar afirmando que Jesus e Deus existem e "fizeram milagres" ninguém iria acreditar (ou qualquer outro Deus ou poder mágico/mistico)... reduzindo mais ainda se na época de Cristo ele não tivesse "feito milagres" (e os profetas antes dele) não haveriam crentes também... então TODOS PRECISAM DE PROVAS, mas o ateu é mais exigente quanto ao que ele aceita como verdade... fora que todos os "milagres" que acontecem hoje em dia nas igrejas são ou erros de interpretação, falta de conhecimento, pura sorte aleatória ou enganação descarada...

      Excluir
    7. de fato o texto é irretocável, contudo é sempre bom lembrar que a neutralidade é uma utopia e que o ateu quando afirma que, como no caso, nunca viu alguém ser curado com a força do pensamento, ele não está simplesmente dizendo que nunca viu isso, porque acho que qualquer um que mesmo acreditando nesse fenõmeno mas sendo honesto também vá afirmar a mesma coisa, mas de uma forma diferente. o que ele está insinuando ironicamente que isso seja impossível. será que não existem fenômenos inexplicáveis, de igual magnitude que ainda não foram constatados em todo o universo, em todas as possibilidades que o infinito apresente? o que é o sobrenatural afinal? como se comportar diante do desconhecido? poderíamos ter sempre diante de qualquer fenômeno a neutralidade científica para e a frieza para afirmar que seja apenas algo ainda não explicado, ou só poderemos fazer isso quando incorporamos a arrogância de quem pensa que sabe demais?

      Excluir
    8. errata. onde escrevi ateu, lê-se cético

      Excluir
    9. ótimo texto. Os crentes que se deram ao trabalho de responder são os que mais duvidas tem a respeito da propria crança.
      O sentimento religioso é, em essencia, egoista e egocentrico. Cres que o universo fui criado para os homens é a maior prova da arrogancia das religiões.

      Excluir
    10. Ao [Anônimo24 de abril de 2012 12:18]
      "O ser deveria mudar seu título religioso de ateu para agnóstico, já que o sr. tem a sua crença baseada na razão."
      Esse "crença" que vc usou aí quer dizer outra coisa. Drauzio Varella pode acreditar em algumas coisas mas não tem uma "crença" no sentido de fé.
      E "agnóstico" é não saber se existe um Deus. Ateísmo é não acreditar. Ele não sabe e tbm não acredita.
      Drauzio Varella é ateu-agnóstico

      Excluir
    11. Ao [Anônimo24 de abril de 2012 12:18]
      "O ser deveria mudar seu título religioso de ateu para agnóstico, já que o sr. tem a sua crença baseada na razão."
      Esse "crença" que vc usou aí quer dizer outra coisa. Drauzio Varella pode acreditar em algumas coisas mas não tem uma "crença" no sentido de fé.
      E "agnóstico" é não saber se existe um Deus. Ateísmo é não acreditar. Ele não sabe e tbm não acredita.
      Drauzio Varella é ateu-agnóstico

      Excluir
    12. Ao [Saulo de Tarso24 de abril de 2012 12:21]
      [...Mas eles (vc) mesmos escolheram serem assim, fazer o que???]
      Como bem ele escreveu: não há escolha. É como o mundo está se apresentando de forma que não há razão para existir um Deus(ainda mais o cristão)

      Excluir
  2. Fui educado para respeitar as crenças de todos, por mais bizarras que a mim pareçam. Se a religião ajuda uma pessoa a enfrentar suas contradições existenciais, seja bem-vinda, desde que não a torne intolerante, autoritária ou violenta.


    Acho que ele teve a mesma educação que a minha... sempre admirei o drauzio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Drauzio pede respeito aos homens, mas não respeita Deus . Infeliz...

      Excluir
    2. o fato e que os ateus acreditam em nosso Deus. ateus sabem que existe um criador, por isso e um fato um homem não cria homem nem plantas elas nascem sozinha do solo não é isso? esses fenomenos podem ser explicado por a ciencia mais so resumindo nimguem explia o átomo que no entanto e a particula de Deus. bem esse criador e meu Deus. portanto eles acredita em meu deud

      Excluir
    3. E porque você acha que os ateus acreditariam no deus judaico-cristão e não em todos os outros deuses? Ninguém conseguiu comprovar a existência de nenhum deus, não há fato nenhum aí. Reveja bem as suas concepções, amigo.
      Não responderei o resto, pois não consegui entender o que você disse devido ao excesso de erros gramaticais.

      Excluir
    4. Sr. Tone, o átomo já esta muito explicado. O senhor não devia ter matado tantas aulas de ciência: assim evitaria ficar dando vexames como esse comentário. No mais. O senhor encaixa-se direitinho no tipo de crente criticado pelo Dr. Drauzio.

      Excluir
    5. Inclível as coisas que são ditas por pessoas que são TOTALMENTE ignorantes no assunto CIÊNCIAS! Tenha paciência!

      Excluir
    6. Deus é a razão de toda a vida, mas é preciso abrir os olhos para conseguir vê-lo.Não estou julgando os ateus, pois só Deus tem o poder e o direito de julgar as pessoas, mas, pesso-lhes que sejam mais humildes e tentem compreender realmente de onde viemos e para onde vamos(Deus).Milagres realmente ocorreram e ocorrem, asseguro-lhes disso, tentem por 1 segundo crer nisso.Esta noite em minhas orações pedirei à Deus para que os corações que não acreditam e/ou apreciam o Espírito Santo de Deus convertam-se e possam ama-lo profundamente, possam se apaixonar por Ele e conhece-lo pois quanto mais se conhece verdadeiramente ao nosso Pai ETERNO mais o amamos.Que Deus possa vos iluminar e vos instruir...

      Excluir
    7. Dispenso sua oração, prefiro que vá ler um livro que não seja ficção.

      Excluir
    8. Se sua oração lhe fizer bem, faça-a. Ficarei feliz em saber que voce estara bem.

      Excluir
  3. "Não se trata de opção ideológica: o ateu não acredita simplesmente porque não consegue. O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar."

    eu devo entender, então, a despeito de muitos fundamentalistas ateus dizerem o contrário, que crer não deixa de ser um mecanismo intelectual. grato, dr varella.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “... Não se trata de opção ideológica: o ateu não acredita simplesmente porque não consegue. O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar”.

      eu devo entender, então, a despeito de muitos fundamentalistas ateus dizerem o contrário, que crer não deixa de ser um mecanismo intelectual. grato, dr varella...”

      Os religiosos tem mentalidade de criança de 5 anos de idade, se eles pensassem de verdade, não seriam religiosos; poderiam crer em deus mais não teriam religião. Ou ao menos seriam ateus.

      As: Pensador Racional!

      Excluir
    2. O Dr. Drauzio vai se arrepender mesmo, sofrer muito e chorar por toda a eternidade em nao ter aceito o verdadeiro Deus que eh o Grande Juju da Montanha.
      Vou pedir ao Grande Juju para dar uma mexida na cabeca dele, aida da tempo.
      Nao esqueca, VAI SE ARREPENDER se nao aceitar o Juju. Ave Juju. Amem.

      Excluir
    3. Cara, o "pensador racional" pegou pesado com as crianças de 5 anos de idade comparando-as com o sir "Roberto Quintas". Quanta infâmia!!!
      Creio que o Grande Juju Da Montanha não o perdoará.

      Excluir
    4. Os comentários parecem ser irônicos, mas ignorando os de cima é incrível a quantidade de pessoas religiosas no mundo que quando não conseguem te converter tentam impor o que elas acreditam... Quando chegar a hora você vai se arrepender. Você vai para o inferno... Mais engraçado que essas mesmas pessoas pregam sobre o amor ao próximo porém não pensam duas vezes ao desejar o mal a alguém ou interferir na liberdade que "entra aspas, deus deu"

      Excluir
    5. "Os religiosos tem mentalidade de criança de 5 anos de idade"

      Tudo saco da mesma farinha. Ninguem respeita ninguem, então que se fodam todos.

      :-)

      Excluir
    6. Elogio o Drauzio e sua imparcialidade, e tanta gente querendo aqui dizer "amém" para o Drauzio e discordar do Roberto Quintas - Missão Impossível!!!

      A não ser é claro que tenham uma mentalidade de 5 anos por aí...

      Eu sempre elogio os ateus inteligentes, porém os intolerantes que são farinha do mesmo saco dos crentes fanáticos, que aliás, diga-se de passagem são maioria por aqui me espantam tanto quanto os neuróticos religiosos, lamentável...

      Excluir
    7. Quando digo a maioria por aqui, quero dizer os neuróticos religiosos e os ateus intolerantes, farinha do mesmo saco, produto da mesma burrice, sem querer ofender os pobres animais...

      Excluir
    8. pensador racional:
      "Os religiosos tem mentalidade de criança de 5 anos de idade, se eles pensassem de verdade, não seriam religiosos; poderiam crer em deus mais não teriam religião. Ou ao menos seriam ateus.

      Aristóteles, Arquimedes, Thomas Alva Edison, sir Isaac newton, Charles Darwin e outras crianças de cinco anos mandaram lembranças ao sr.

      Excluir
    9. Resposta ao “reberto quintas” Apr 21, 2012 05:03 PM
      Disse: “... Aristóteles, Arquimedes, Thomas Alva Edison, sir Isaac newton, Charles Darwin e outras crianças de cinco anos mandaram lembranças ao sr ...”
      ________________________________________________________________________________
      Cara! Não fiquei supresso por você não ter entendido o que eu disse e dizendo isso, você deu “tiro no próprio pé”... Sabe por quê?
      [modo de dizer] Crianças são ingênuas, inseguras e não tem senso crítico afinal, quem em sua sã consciência apoiaria uma instituição (igreja) que matou, esquartejou, humilhou, decapitou... Tantas gente inocente em nome de deus!? Só crente mesmo, que deixa de pensar e vira zumbi sem pensamento próprio.
      E é exatamente assim, tipo uma criança desamparada que precisa de um colo para se sentir protegidas, que os religiosos agem.
      Por tanto, repito; SE OS RELIGIOSOS PENSASSEM DE VERDADE, ELES TERIAM FÉ SOMENTE EM DEUS E NÃO TERIAM RELIGIÃO, OU AO MENOS SERIAM ATEIAS. Ou seja, ao contrário de nos ateus que temos senso crítico... Vocês religiosos, sem senso crítico e sensatez se deixa ser enganados por falsos profetas. Pastores, padres...
      Quanto aos ateus citados por você, você como religioso está reconhecendo a importância e dedicação que nos ateus temos para com o mundo, eles revolucionaram o mundo trabalhando em suas respectivas áreas de atuação. Fato este que religioso nenhum por orgulho e hipocrisia jamais diria.

      ASS.: PENSADOR RACIONAL.

      Excluir
    10. Resposta ao:
      Anônimo Apr 21, 2012 10:22 AM
      "Os religiosos tem mentalidade de criança de 5 anos de idade"
      Tudo saco da mesma farinha. Ninguém respeita ninguém, então que se fodam todos.
      _________________________________________________________
      Marcelo MartinsApr 21, 2012 09:14 AM
      “... Cara, o "pensador racional" pegou pesado com as crianças de 5 anos de idade comparando-as com o sir "Roberto Quintas". Quanta infâmia!!!
      Creio que o Grande Juju Da Montanha não o perdoará ...”
      _________________________________________________________
      Foi só modo de dizer, eu respeito às crianças que ao contrario da maioria dos religiosos que já estão com o celebro ou o que resta dele, fritado, as crianças ao menos são o futuro do nosso país.
      Com uma boa educação escolar ateísta ou neutra/ imparcial... Elas vão transformar o nosso Brasil em um país de primeiro mundo...
      Também procuro respeitar os religiosos, desde que eles não usem suas religiões como armar para matar a democracia, igualdade, respeito e livre arbítrio dos cidadãos.

      Ass.: Pensador Racional.

      Excluir
    11. Eu acompanho este blog há pelo menos um ano... realmente é um grande meio de informações para quem esteja procurando debater sobre questões religiosas, vejo muitos comentários interessantes, pautados e incitadores a pensar, porém vejo, também, muitos comentários intolerantes, tanto da parte que se denomina ateu quanto da parte cristã... para dizer a verdade isso me preocupa um pouco, pois temos aqui um ótimo meio de nos comunicar e trocar informações e experiências para desenvolvermos mais nosso intelecto. Quando, a discussão parte para a intolerância seja dos dois lados isso empobrece o debate e deixa uma impressão de que ambos os lados não tem convicção do que acreditam, entendem e praticam, eu em minha incipiente filosofia acredito que nós "seres humanos" devíamos não só falar sobre intolerância mas executá-la, praticá-la, não só aqui neste portal sobre assuntos tão polêmicos mas em nosso dia a dia... eu creio quê o texto do senhor Varela engloba isto... Então, vamos ser um pouco mais tolerantes e menos "ortodoxos" em nossas filosofias e mais compreensivos com outros comentários, não vamos criar figuras (crianças de 5 anos, ateus infiéis etc) mas debater e nos engrandecer e quem sabe chegarmos a um denominador comum ou quem sabe conviver com muitas outras possibilidades... pois de acordo com alguns comentários postados aqui, eu temo um dia chegarmos ao nível dos povos muçulmanos que matam em nome da fé e pautados em extrema intolerância e ignorância... sejamos um pouco mais "humanos" com nossos "parceiros de blog"... Ah, antes que me crucifiquem, não sou praticante de nenhuma religião... apenas estou tentando compreender a vida e este ser complexo que se intitula "ser humano".

      Excluir
    12. pensador racional [pero no mucho]:
      "Cara! Não fiquei supresso por você não ter entendido o que eu disse e dizendo isso, você deu “tiro no próprio pé”... Sabe por quê?
      [modo de dizer] Crianças são ingênuas, inseguras e não tem senso crítico afinal, quem em sua sã consciência apoiaria uma instituição (igreja) que matou, esquartejou, humilhou, decapitou... Tantas gente inocente em nome de deus!? Só crente mesmo, que deixa de pensar e vira zumbi sem pensamento próprio."

      vamos por partes, criança de 6 anos? primeiro que não estamos falando da Igreja, mas de religiosos que, segundo sua cabecinha preconceituosa de uma criança de 6 anos, não são racionais...bem, desculpe assoprar seu castelo de cartas, eu simplesmente dei alguns nomes de pessoas religiosas, teístas, que são muito mais inteligentes do que muitos aqui. seu beicinho e birra apenas demonstra que a criança aqui é o sr.

      "Quanto aos ateus citados por você, você como religioso está reconhecendo a importância e dedicação que nos ateus temos para com o mundo, eles revolucionaram o mundo trabalhando em suas respectivas áreas de atuação. Fato este que religioso nenhum por orgulho e hipocrisia jamais diria."

      ateus? ledo engano, pensador racional. estas pessoas eram religiosas, teístas, assim como diversos outros. não é a primeira vez, mas seu preconceito e fundamentalismo é mais típico das mesmas pessoas que o sr critica.
      que tal crescer um pouco, se informar mais e sair da caixinha de areia, parar de fazer castelos de areia e perceber que o mmundo é maior do que o sr pensa ser?

      Excluir
    13. Claro que é um mecanismo "intelectual". Acontece no cérebro, como outros, tais como a poesia, os contos, a pintura...tudo que é expressão da criatividade e fantasias humanas são "intelectuais" ou seja, relativas ao intelecto. Isso não é o mesmo que "inteligencia" ou "racionalismo".

      Excluir
  4. Maria Helena disse...
    Bom dia Dr. Drauzio, Li seu artigo. Vamos rezar muito pelo Sr. pois tudo indica que até hoje Sr. não sentiu o amor que Deus tem por ti mas com nossas orações com certeza antes do seu último dia e/ou suspiro vai SENTIR e se arrepender profundamente de não ter aceito antes...../Maria Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. E nós seguidores de "Hashtamalagh" vamos lamber os testiculos do touro sagrado, pedindo perdão pelo Sr Dráuzio, esperando que ele se arrependa.
      .... antes de morrer deverá se ajoelhar e pedir perdão a "Hashtamalagh" ou irá para o Salamat viver as mil vidas de queimação!

      Excluir
    3. kkkkk... excelente comentário do anônimo acima... crente = acéfalo.

      Excluir
    4. É sempre assim VÃO SE ARREPENDER E BLÁ BLÁ BLÁ. Discurso muito batido esse. VAI REZAR POR ELE VAI. E deixa agente de mao então.

      Excluir
    5. É impossível pra um teísta tentar convencer um ateu sem ameaças? O ódio está impregnado nos teístas sem que nem mesmo eles percebam.

      Excluir
    6. É impossível pra um teísta tentar convencer um ateu sem ameaças? O ódio está impregnado nos teístas sem que nem mesmo eles percebam.

      Excluir
    7. “... Maria Helena disse:
      -Bom dia Dr. Drauzio, Li seu artigo. Vamos rezar muito pelo Sr. pois tudo indica que até hoje Sr. não sentiu o amor que Deus tem por ti mas com nossas orações com certeza antes do seu último dia e/ou suspiro vai SENTIR e se arrepender profundamente de não ter aceito antes...../Maria Helena...”

      AH É!!! APROVEITA TAMBÉM, PARA REZAR PELAS ALMAS DOS INOCENTES, MORTOS PELOS CRISTÃOS NA IDADE MEDIA PELA “SANTA INQUISIÇÃO”! QUEM SABE ASSIM SEU DEUS TE PERDOA PELA SUA SANTA HIPOCRISIA.
      ASS: PENSADOR RACIONAL!

      Excluir
    8. Fala sério! Hahahaha! Só rindo mesmo, mano. Eles não conseguem serem imparciais... Isso é revoltante. Por que aqueles que crêem não conseguem se conformar, ou ao menos lidar com aqueles que NÃO crêem? Que ridículo, velho. Religiosos têm de pôr na cabeça que as pessoas não necessitam de crer em nada e muito menos no mesmo que eles. Vejam bem, a própria História prova a intolerância alheia neste aspecto devido a estar repleta de chamadas Guerras Santas. Isso tudo por conta da intolerância religiosa! E como sempre, Religião f*dendo vidas! (:

      Excluir
    9. Satangos não perdoará os incrédulos, o grande demônio Jaspion irá atormentar os infieis no espaço vazio o resto de sua eternidade!

      Excluir
    10. Louvada seja Kilza, a bruxa intergalática!

      Excluir
    11. Desaprovo esse discurso paternalista, egocêntrico e rancoroso dos religiosos. Essa atitude deles é a pricipal argumentação do ateu para a não existência do deus(deuses) deles. O religioso destroi seu próprio argumento quando não pratica o que prega. Vir um ateu queimando no inferno é no mínimo sádico, o que não deveria ser o sentimento de alguém supostamente temente a deus. o religioso tenta, na verdade, acreditar que ele é melhor do que os outros e por isso merece o "paraiso", isso me soa arrogante. Não crer em deus foi um processo natural do meu cérebro, nem por isso me sinto superior a alguém, mas também não sou cego para não ver a arrogância religiosa, ou melhor, humana. Fazer o que...

      Excluir
  5. Quantos equívocos de alguém tido como inteligente.


    "Os pastores milagreiros da TV que tomam dinheiro dos pobres são tolerados porque o fazem em nome de Cristo. O menino que explode com a bomba no supermercado desperta admiração entre seus pares porque obedeceria aos desígnios do Profeta. Fossem ateus, seriam considerados mensageiros de Satanás."


    "Fossem ateus, seriam considerados mensageiros de Satanás."

    Não, QUALQUER que mata injustamente, não sendo por legítima defesa como um soldado defendendo o seu pais, ou como um policial no comprimento do dever, ou como um pai de família defendendo a sua casa é usado por satanás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando abraão levou seu irmão isaac para o alto do monte para matá-lo, não foi um caso de legítima defesa, ele não era um soldado defendendo o país dele, não era um policial no cumprimento do dever nem um pai de família defendendo sua casa.

      Excluir
    2. BOA WICKEDMAN. Kkkkkkkk.

      Excluir
    3. Kkkkkkkkkkkk. Boa. Quero ver a resposta dele. Com certeza deve estar copiando algum vercinho da Bíblia. Pois com suas palavras eu nunca vi ele responder nada.

      Excluir
    4. Deus matou varias pessoas na bíblia, crianças, idosos e mulheres... e nenhum deles foi por legitima defesa. Você entende que Davi, Saul, Salomão, o anjo de Deus que matou todos os primogênitos no Egito, e tantos outros, eram usados por satanás?

      Excluir
    5. Só uma correção: Isaac era filho de Abraão, o que, para mim, torna essa fábula ainda pior.

      Excluir
    6. O deus dos cristãos mata crianças por zoar a careca de um dos seus capangas. Ele nunca achou que fosse necessário motivos decentes para matar alguém.

      Excluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    8. Filho de Abraao, este cara nao foi um que a Biblia diz que foi circuncidado com 99 ano? Que casou de novo com mais de 120 anos? Nao eh aquele que ia esfaquiar o filho para agradar a Deus? Quanta besteira, sinto se filho de Abraao, tu eh a prova que anencefalo sobrevive.

      Excluir
    9. "Filho de AbraãoApr 21, 2012 05:15 AM

      Quantos equívocos de alguém tido como inteligente.


      "Os pastores milagreiros da TV que tomam dinheiro dos pobres são tolerados porque o fazem em nome de Cristo. O menino que explode com a bomba no supermercado desperta admiração entre seus pares porque obedeceria aos desígnios do Profeta. Fossem ateus, seriam considerados mensageiros de Satanás."


      "Fossem ateus, seriam considerados mensageiros de Satanás."

      Não, QUALQUER que mata injustamente, não sendo por legítima defesa como um soldado defendendo o seu pais, ou como um policial no comprimento do dever, ou como um pai de família defendendo a sua casa é usado por satanás.
      Responder"


      "WickedmanApr 21, 2012 05:42 AM

      Quando abraão levou seu irmão isaac para o alto do monte para matá-lo, não foi um caso de legítima defesa, ele não era um soldado defendendo o país dele, não era um policial no cumprimento do dever nem um pai de família defendendo sua casa."


      Mlk, rimuito. Que owned tenso, hein. E é incrível o quanto ateus costumam conhecer mais da Bíblia que os próprios religiosos. Os crentes têm um problema: enxergar apenas de um lado. Se é católico, acredita no que o padre canta. Se é protestante, acredita no que o pastor diz. E etc. Esse povo Cristão não têm nem a capacidade de pegar a Bíblia, que eles tanto dizem ser tão importante para eles, e interpretar por eles mesmos já que a Bíblia é um livro feito para SINGULARMENTE interpretar-se. E honestamente, para mim, não passa de um outro romance fantástico. Eles não se dão ao trabalho sequer de BUSCAR por respostas por si só, necessitam da venda doada pelos Templos Religiosos - alienação. Agora, isso me chamou a atenção:

      "Não, QUALQUER que mata injustamente, não sendo por legítima defesa como um soldado defendendo o seu pais"

      E um soldado matando outro soldado não é digno de punição perante os Olhos de Deus? Ah, porque ele lutou justamente; por honra; por dever? E DAÍ? Ele não matou? Não interessa se o cara é um herói pro país dele, ele é um assassino treinado. /fikdik

      Ah, se liga. E realmente:

      "Deus matou varias pessoas na bíblia, crianças, idosos e mulheres... e nenhum deles foi por legitima defesa"

      Eu não conheço a Bíblia, admito, e porque nunca tive saco pra ler. Não me interessa, pra mim é ladainha e chatisse. Agora, ela está repleta, REPLETA, de contra-provas para as crenças de vocês. Se vocês não sabem, queridinhos, a maioria das religiões por aí são corruptas. Os caras não têm como livrar a tua alma com meia dúzia de Ave-Maria; ou de tirar o "demônio" do teu corpo com as mãos (fala sério!), eles SÓ QUEREM O TEU DINHEIRO. Se liga, mano! :D

      Excluir
    10. Will, só queria esclarecer. Quando eu escrevi "abraão levou seu irmão isaac", na verdade não quis dar a entender que isaac era irmão de abraão. Como o forista se apresenta como "filho de abraão", falei como se ele fosse "irmão de isaac". Afinal, ele se acha da família.... o que talvez seja um absurdo, a menos que ele seja descendente sanguíneo de hebreus. Mas eu acho mesmo é que ele é só "filho de carregação", como se diz na minha terra.

      Excluir
    11. Ou melhor, ele "se adotou".

      Excluir
    12. A bom, Wickedman. Entendi agora.

      Excluir
    13. Filho de Abraão:

      -Você conhece Satã? Você já falou com ele? Provavelmente não, por isso fala tão mau dele. Esquenta não Filho de Abraão, Satã é gente boa, nunca fez mal a ninguém. Os religiosos apenas atacam-o porque precisam de um rival, alguém para culpar, entende?

      Excluir
    14. Isaque não era irmão de Abraão, era filho. Isaque não foi sacrificado mas sim um cordeiro no seu lugar.

      Resta saber o quanto os ateus conhecem a Bbília e se seus julgamentos sobre os designeos de Deus são verdadeiros ou legítimos.

      Excluir
    15. II Reis 2:23-24 "Então, subiu dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns rapazes pequenos saíram da cidade, e zombavam dele, e diziam-lhe: Sobe, calvo, sobe, calvo!
      E, virando-se ele para trás, os viu e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então, duas ursas saíram do bosque e despedaçaram quarenta e dois daqueles pequenos."


      Mesmo eu não sendo ateu, eu conheço a bíblia muito bem, e você conheçe o seu próprio livro sagrado?

      Excluir
    16. Isaque não era irmão de Abraão, era filho.

      Eu sei disso filhote de abraão, tanto que expliquei a razão de ter escrito a expressão "seu irmão". Mas como você não presta muita atenção, dá nisso.

      Isaque não foi sacrificado mas sim um cordeiro no seu lugar.

      Vê se entende, filhote: abraão mostra o amor dele por deus dispondo-se a matar o filho (pelo que se sabe, um inocente), sem nem pestanejar. Quando deus viu que abraão estava disposto a seguir com a sandice divina sem nem questionar, deve ter achado que já tinha se divertido o bastante. Somente um deus perverso pediria um pai para matar seu filho e só um pai ruim estaria disposto a fazê-lo.

      Excluir
    17. Eu acho que nessa estória grotesca de deus, abraão e isaque, o único que não mereceria ir pro inferno seria o coitado do isaque.

      Excluir
    18. Filhote de cruz credo, isso que você fez de apontar um equívoco do comentarista com o intuito de desviar o foco da atenção tem nome, sabia? Chama-se falácia do espantalho ou do "Olha o avião". Muito esperto isso. Porque, no fim, você não respondeu a pergunta, reparou?
      Só que, infelizmente, você não está discutindo com pessoas que aceitam seu lixo sem questionar. :)

      Excluir
  6. "o ateu não acredita simplesmente porque não consegue".concordo.

    "O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar." ...talvez não tenha entendido esta frase, mas não concordo, vejo e já ouvi de algumas pessoas crentes que elas precisam acreditar em algo, se assim não fosse nada teria sentido e etc ...

    Há pessoas que acreditam até em pedras ou as que não saem de casa sem saberem da posição desse ou daquele astro, pois isso pode modificar seus destinos...(!)

    Charles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Charles

      "O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar."

      Posso estar enganada, mas acho que aqui o Dráuzio se refere a uma certa "lógica de pensamento" entre as pessoas. O ser humano tende a tentar encontrar explicações para os acontecimentos da vida, para suas origens, etc. Obviamente, essa busca se dá através de mecanismos intelectuais, cognitivos. O que muda, na minha opinião, é o raciocínio lógico adotado (por mais absurda que pareça uma ou outra crença, ela segue uma certa 'lógica', por mais irracional que esta lógica possa ser ou parecer).

      Excluir
    2. Quem segue a lógica é o indivíduo que tenta descobrir por conta própria através de pesquisas, estudos, relatos ou o que for e não aquele que se acomoda com aquilo que foi regido.

      Excluir
  7. Que tristeza para os ateus, sem vida e sem esperanças.

    "Morrendo o homem perverso perece sua esperança, e acaba-se a expectação de riquezas." Provérbios 11:7

    "Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça. Gálatas 5:5"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha vida é muito boa obrigado. Não acredito em Deus Ja li a Bíblia e agora q a li procuro ler outros livros e acrescentar outras coisas. Voce deveria experimentar isso. Ler outras culturas novos livros. Não cansa de ficar lendo esses mesmos trechos da bíblia não? E o pior. Não cansa de ficar tentando empurrar de guela adentro esses mesmos trechos? Acha mesmo que todos q não pensam da sua forma sao infelizes. Tenho pena de vc. Vc quem deve ser um infeliz.

      Excluir
    2. Vc precisa de esperança para ser feliz. E ainda quer dizer que nos Ateus somos infelizes? Pobre coitado. Vc é infeliz e não sabe.

      Excluir
    3. Calma, caro anonimo. De esperança todos nós precisamos. A questão é em quê se depositar a esperança. Eu não deposito a minha no sobrenatural e imagino que você também não. Mas tem gente que não sabe fazer de outra forma. Eles têm muito medo. E acomodação também.

      Excluir
    4. O Cristão-Fernando deve estar MUITO TRISTE por saber que os ateus estao vivos, passam bem, aproveitam a vida como ela é e sem medo de seres imaginarios e vingativos, possuem esperanças como todos os seres humanos....

      Esse Cristão-Fernando deve ser um pobre coitado, cheio de odio fundamentalista pelo proximo, nutrindo um desejo de maldade contra os outros, inventando mentiras e calunias de que sao "sem vida e sem esperanças", etc...

      Esse é o Cristão Fanatico, intolerante e sem amor pelo proximo.

      É uma das pessoas mais vazias que já vi por aqui neste blog. Mais vazio que o vácuo.

      Excluir
    5. Campanha: Leia a Bíblia e volte a ser Ateu!

      Excluir
    6. Eu tenho vida, grata, e esperança. Não preciso de fé para aguardar esperançosamente nenhuma justiça. Justiça pra quê? Você acha que se um cidadão matar meu filho, quando eu morrer Deus irá me compensar por isso, ou punir o sujeito? Ou você acha que o que faço aqui será julgado injustamente pelo fato de eu não crer - porque a isso eu faria um objeção em dado momento. Ou será que acredita que pelo fato de eu (que não sou atéia, mas sim agnóstica e NÃO seguiria maldita religião alguma: seria desnecessário) ser descrente eu mereça ser punida? De boa? Se Deus existir - SE -, "a ignorância é uma bênção" e eu devo me dar melhor que você. E ateus se darão melhor que nós. Porque você não tem culpa de verdade quando faz algo sem compreender suas consenquências, e creio que Ele CAGARIA para o fato de sermos religiosos ou não. Ou será que você espera que Ele aceite de braços abertos aqueles templários e assassinos cristãos? Nem. Têm sangue em suas mãos, e você, como crente, sabe como isso funciona. Fora que, convenhamos, quando morrermos estaremos mortos e não sujeitos a um tipo de julgamente que definirá se iremos para o céu ou inferno por toda a eternidade, ou o inferno já estaria super-lotado, sobretudo por aqueles "crentes" que receberiam a salvação (y)

      Excluir
    7. Eu devo confessar: minha vida é muito triste e angustiante, não por causa de minha descrença, mas por causa da opressão de cristãos que são a grande maioria e que tentam me converter a todo custo. A pressão é tão grande (às vezes sutil, às vezes explícita a ponto de quase ser agredido fisicamente - sorte que ainda não aconteceu) que eu já pensei em abandonar a torpe sociedade em que vivo e ir morar no meio do mato. Cristianismo: a religião dos oprimidos que oprimem.

      Excluir
    8. Tido como inteligente, não. Um homem racional.
      Agora, vc que acredita em lendas, se acha em condições de julgar...
      Vcs são todos iguai. Religião é o refugio dos fracos, intolerantes e opressores.

      Excluir
  8. "Na realidade, a religião do próximo não passa de um amontoado de falsidades e superstições. Não é o que pensa o evangélico na encruzilhada quando vê as velas e o galo preto? Ou o judeu quando encontra um católico ajoelhado aos pés da virgem imaculada que teria dado à luz ao filho do Senhor? Ou o politeísta ao ouvir que não há milhares, mas um único Deus?"

    Por isso temos uma só fé e não somos ecumenicos.

    "Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
    Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
    Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós".
    Efésios 4:4-6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valew Filho de Abraão. Vc So esta reforçando o que o Drawsio disse. Kkkkkkkkk. Tão ingênuo e desorientado que nem notou isso kkkkkkkk.

      Excluir
    2. Crentes!É deus no coração é nada na cabrça!

      Ass. Pensador Racional.

      Excluir
    3. filho de abraao..... para sua informaçao, abraao era um homem que deu origem ao povo judeu, e tenho certeza que vc nao tem uma gota de sangue judeu em seu corpo, pq eles (os judeus) sao pessoas de um nivel intelectual muito mais elevado que o seu.....mania de evangelico de se comparar a judeu....ou talvez nem saibam oq e isso ne....

      Excluir
    4. Abraão é um personagem mítico. Ninguém sabe se ele existiu de fato.

      Excluir
    5. Vergonha alheia! Analfabetismo funcional no último grau. Só confirma o que Dráuzio escreveu, com o discurso anti-ecumênico de certos evangélicos.

      Excluir
    6. O que os evangelicos esquecem é que 2/3 da humanidade NÃO ACREDITA EM JESUS.

      Excluir
  9. "A possibilidade de que a última batida do coração decrete o fim do espetáculo é aterradora. Do medo e do inconformismo gerado por ela, nasce a tendência a acreditar que somos eternos, caso único entre os seres vivos."

    O descrente sabe que vai morrer, não gostaria mas entende e aceita, o crentes tenta convencer-se do contrário. Sutil diferença.

    Charles

    ResponderExcluir
  10. "O ateu desperta a ira dos fanáticos, porque aceitá-lo como ser pensante obriga-os a questionar suas próprias convicções".

    Mais um equivoco. Pelo contrario, a resistencia dos ateus faz com que nós que por experiencia, fé e convicção cremos, nos acheguemos mais a Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se isso fosse verdade para todos os crentes, o número de ateus não estaria crescendo. Diz uma coisa, filhote de abraão, quando você escreve suas falas, você costuma pensar em tudo o que diz mesmo?

      Excluir
    2. Claro que não, Wick, o Cristão-Fernando tem sempre um versículo pronto pra usar, seja que assunto for.

      Charles

      Excluir
    3. Esse Filho de Quenga é muito louco ou é troll!...esqueci! ele é o Fernando Cristão!!! ...é louco mesmo.

      Conseguiu chegar na portaria do hospício e tá usando o computador da recepção.

      Excluir
    4. Vc tem quantos anos mesmo em Filhinho de Abraão? Serio mesmo. Se me falar que tem 11 anos vo entender que as besteiras que vc fala tem uma justificativa.

      Excluir
    5. Esse Filho de Abraao deve ter no maximo 4 anos de idade, masi que isto ele deveria procurar um especialista, porque eh esquizofrenico.

      Excluir
    6. É, porque Deus está deitadinho no sofá de conchinha contigo, Filho de Abraão! (Y)

      Excluir
  11. @Maria Helena
    Ameaças, ameaças, ameaças e muito blábláblá. Vocês nao se cansam nunca?
    O seu comentário reforça em muito tudo o que o Drauzio escreveu.

    ResponderExcluir
  12. Grande texto do grande Dráuzio.
    Com relação a pessoas como "filhos de abraão" e Maria Helena eu diria inicialmente que sinto pena pela criação que tiveram e pela deficiência intelectual que apresentam, esta pode ser atestada pelos seus comentários, mas pensando bem não sinto pena alguma. Não é esse o sentimento que esses robôs religiosos irracionais merecem. Eles estão sempre prontos para criticar qualquer pessoa que se coloque como ateísta ou agnóstico. Porém, a reciproca não é verdadeira e eles não aceitam críticas contra suas crenças. Se você critica a religião(qualquer uma delas), em algum momento alguém vai te dizer: Você pode não acreditar em Deus, mas deveria mostrar um pouco mais de respeito com aqueles que acreditam. Afinal, ninguém gosta de ouvir na lata que a sua religião é um monte de lixo delirante e uma força do mal no mundo. Que o quê eles chamam de fé é apenas medo disfarçado de virtude e que suas crenças infantis são uma camisa de força de toda a humanidade. Isso deve tirar qualquer um do sério. O único problema é que eu não sinto respeito algum. Eu não sei como respeitar algo que ao longo dos séculos só causou morte, dor, sofrimento e emburrecimento. Por que colocar algo tão nocivo num pedestal? Algo que ceifa o direito de pensar das pessoas(pelo menos as mais ignorantes).
    Não existe razão alguma para qualquer um neste planeta respeitar a religião.
    Na verdade, com base nas evidências que a própria religião providencia, há toda a razão para desrespeitá-la ativamente e de maneira abusiva. E francamente, o fato de que a religião recebe tão pouco abuso, comparado com o que ela realmente merece, só pode ser atribuída à incrível tolerância, restrição e boas maneiras de ateus em toda a parte. Quem exige respeito não o merece, afinal, se o merecesse não haveria necessidade de exigi-lo, o teria de forma natural.
    Então se você é uma pessoa religiosa e você está pensando em exigir mais respeito pelas suas crenças, por favor, tente manter em mente que você e sua religião já estão recebendo muito mais respeito do que vocês jamais mereceram.
    Sua fé é uma piada, sua moralidade baseada em medo é uma piada, seu deus é uma piada. Ele é tão absurdo que ele é uma vergonha até para as pessoas que não acreditam nele. E ele e você ainda têm muito o que provar. Até agora nenhuma prova foi apresentada e nem é provável que seja, como todos nós sabemos. Então eu sinto muito, mas respeito está fora de cogitação.
    As pessoas dizem: Você só pode entender a fé quando você a tem. Ou seja, só quando você se livrar do seu senso crítico e da sua inteligência, e estiver se hipnotizado até acreditar que é uma galinha botando ovos abençoados pela cloaca para acreditar em baboseiras fascistas sobre sua alma eterna, é que você vai entender o que é a fé. Bem, nisso eu consigo acreditar.
    Os que creem gostam de se colocar acima do questionamento alegando que sua fé transcende a razão, a própria coisa que cobra um sentido dela. Que conveniente. Sim, fé transcende a razão assim como um criminoso transcende a lei.
    Fé não transcende a razão de maneira alguma. Fé escapa da razão. Ela foge da razão porque a razão ameaça a sua cômoda bolha de delírio. Então a fé desqualifica a razão da mesma forma que um sistema judiciário corrupto desqualifica a verdade e as testemunhas, e praticamente pelas mesmas razões.
    Se você é um crente, sua fé permite que você adote um conjunto de crenças que não fazem sentido nenhum, sabendo que você não será julgado pelo fato de elas fazerem sentido ou não, mas pelo nível de piedade que você demonstra quando acredita nelas. Em outras palavras, a sua vontade em negar a realidade se torna uma medida de sua virtude. Não é de se surpreender o porquê da religião ser tão popular.

    ResponderExcluir
  13. Mas que preço você paga por essa virtude! Você foi persuadido de que acreditar que o impossível é a sua única esperança. E que o seu propósito é venerar algo além da sua compreensão, definido e acessível somente por intermediários auto-proclamados. Seus pensamentos, suas palavras e sua identidade não são mais decididas só por você, mas são sujeitas à aprovação daqueles que assumiram uma autoridade sobre você através da sua fé. As mesmas pessoas que te disseram que você nasceu com algo de errado, em um estado de pecado, uma condição que só pode ser curada pela completa submissão e obediência a eles, do momento em que você nasceu até o momento que você morre. Você é escravo de um mestre que não existe!
    Veja bem: Nós podemos dar a isto um nome especial para te fazer sentir melhor e persuadi-lo de que você ainda tem alguma dignidade. Vamos chamá-la de fé, e vamos definir que vai ser a maior e mais nobre de todas as virtudes, que te dá força e liberdade, porém, curiosamente essas são as duas coisas que a religião quer o mais longe possível de você. E você ainda se acha superior as outras pessoas por isso. Fé é a rédea que os chefes das religiões(pastores, padres, bispos e toda a corja) tem sobre você. É a corda invisível em volta do seu pescoço que te puxa ao longo da estrada que eles querem que você siga, não a sua.
    É o cabresto do burro(esse trocadilho não poderia ter caido melhor aqui). É uma palavra sem saída. É uma palavra que te prende. Não é uma virtude. Isto é a última coisa que ela é. É uma abdicação da realidade. É um ato burro de auto-hipnose. É uma fuga covarde e se esconder atrás da dela é como fingir ser um inválido.
    Então eu realmente não entendo exatamente o quê eu deveria respeitar. Me parece que eu preciso ser algo como um contorcionista moral para respeitar algo tão nocivo, algo que depende de uma mente fechada e limitada intelectualmente para existir e que claramente está desviando a humanidade para a direção errada, nos dando falsas idéias sobre nós mesmos e sobre a natureza da realidade. Eu sinto que se eu respeitasse isso eu estaria contribuindo diretamente para a estupidez e ignorância da raça humana e isso é algo que eu não quero na minha consciência.
    As pessoas costumam dizer: A religião traz conforto às pessoas, ela não faz mal a ninguém. Ok, além da maioria das guerras, as cruzadas, a inquisição, casamentos arranjados com crianças, a opressão das mulheres e homossexuais, fatwas, limpezas etnicas, estupros pela honra, sacrificios humanos, homens-bomba, condescendência com a escravidão, queima de "bruxas" na idade media e o estupro sistemático de crianças ela realmente não faz mal a ninguem.
    Ai está o meu problema com a religião. Ela não é inofensiva. Ela é o oposto disso. Ela é uma afronta à moralidade. Ela está sempre dividindo entre nós e eles, fiéis e infiéis, assegurando que cada um de nós ja nasça com milhões de inimigos. Graças a esse monstro, nós vivemos num mundo onde cada um é um infiel pra alguém, inclusive você, não importa no que você acredite, mesmo se não acredita em nada. Você pode ter certeza que alguém, em algum lugar do mundo, te odeia por isso.
    Glória a deus por isso, não?
    PS: Rezar ou orar por aquele que não acredita nessa palhaçada nada mais é que falta de respeito. Portanto, guarde sua fé pra você. Trate sua religião como seu órgão genital. Não saia mostrando-a por ai e muito menos empurrado-a goela abaixo dos outros, PRINCIPALMENTE das crianças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alan Shore! Seu comentário é excelente! Eu já havia imprimido o texto do Drauzio e agora vou imprimir seu comentário e compartilhar com meus amigos. É horrível ter que mentir várias vezes sobre ter alguma religião para não ser alvo de falta de respeito e perseguição por pessoas intolerantes! Elas não aceitam o fato de sermos ateus e ficam dizendo coisas terríveis: "você vai para o inferno, você vai se arrepender por não aceitar Jesus", onde está a mensagem de amor de Cristo? "Não Julgueis"... "Amai-vos uns aos outros"...
      Pois adorei seu texto, você deveria escrever um livro sobre o assunto! Parabéns!

      Excluir
    2. Muito obrigado!

      Excluir
    3. Perfeito o texto. Nota 10.
      O texto mostra que existem pessoas com alto nivel por aqui, por isto adoro este espaco.

      Abracao Alan Shore.

      Excluir
    4. Muito obrigado, Melo.
      Abração pra você também.

      Excluir
    5. Alan,parabens...! Como e bom ler um texto com tamanha qualidade como o seu. Adorei o do Dr. Drauzio mas o seu superou-o. Com sua licenca vou copia-lo...claro, com os creditos!Ok?

      Excluir
    6. Parabéns, excelentes colocações.
      Compartilho do seu ponto de vista.
      Ficou muito bom, na mesma página que o artigo do Varella. Ele, mais sutil, você, mais pragmático, rs.
      Eu já era fã do personagem do James Spade, em Boston Legal, agora, então...
      Abs!
      Alexandre Anello

      Excluir
  14. BRILHANTE ARTIGO !!!!!!!!!!!!!!!!

    Fernando gibiblia continua com sua diarreia bibliolatra..

    ResponderExcluir
  15. Ai ai, eu fico realmente de saco cheio ao abrir uma página para ver os comentários e só encontrar as loucuras do Cristão-Fernando e seus comparsas.
    É muito fácil derrubar uma por uma todas as besteiras que ele diz. Todos aqui já fizeram isso dezenas de vezes,mas ele continua. Acho que ele é algum tipo de bot, porque não consigo acreditar que um ser humano de verdade seja tão estúpido a esse ponto.
    Eu sei que eu não tenho mais paciência... Cristão-Fernando, vá à merda de uma vez, ninguém tem medinho das suas ameaças de ir para o inferno. Você é um lixo e deveria saber disso. Faça um favor ao mundo e se mate de uma vez.
    Mas claro, não sem antes reclamar do ateu malvado que o ofendeu sem ABSOLUTAMENTE NENHUM MOTIVO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse Cristão-Fernando Filho de Abraao é completamente maluco, tenho pena.

      Excluir
    2. Talvez ele seja um alter-ego do paulopes para alimentar as discussões e visitas ao blog! rs


      just kidding

      Excluir
  16. Brilhantes os textos do Dráuzio e do Alan Shore. E como sempre o bastardo de abraão continua usando seus comentários como latrina.

    ResponderExcluir
  17. “... Não se trata de opção ideológica: o ateu não acredita simplesmente porque não consegue. O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar”.

    eu devo entender, então, a despeito de muitos fundamentalistas ateus dizerem o contrário, que crer não deixa de ser um mecanismo intelectual. grato, dr varella...”

    Os religiosos tem mentalidade de criança de 5 anos de idade, se eles pensassem de verdade, não seriam religiosos; poderiam crer em deus mais não teriam religião. Ou ao menos seriam ateus.

    As: Pensador Racional!

    ResponderExcluir
  18. Pois é, se acham que serão melhor do que os outros por serem religiosos estão muito, mas muito enganados. Ninguém é melhor do que ninguém por ter religião ou por ser ateu.
    Acho que deve ser difícil para uma pessoa saber que nem todos pensam como ela ou não adoram o ser divino tanto quanto.

    ResponderExcluir
  19. Excelente o texto do doutor drauzio varella não tenho nada a acrescentar .

    ResponderExcluir
  20. As palavras de Cristão-Fernando (disfarçado de "filho" de Abraão) apenas provam que Drauzio Varella está certo a respeito dos fanaticos religiosos, sobre a intolerancia deles.

    ResponderExcluir
  21. Eu sou o Exú e vivo montado no lombo do do cristão fernando ele manda eu sair mais entra num ouvido e sai no outro o nome de jesus não tem poder.

    ResponderExcluir
  22. Não podemos questionar a bíblia, temos que repetir feito papagaios não podemos deixar de usar versículos pra argumentar qualquer coisa.

    Pensamento de religioso.

    ResponderExcluir
  23. Falar é fácil, acusar sem fundamento também. Hoje a liberdade de expressão tem tomado outras proporções, onde falar de certos assuntos podem literalmente causar repúdia ou até mesmo processos e prisões. Não se pode ter opinião diferenciada.

    Respeito os Ateus e assim como respeito, gostaria que tivessem respeito para com quem acredita em um ser que criou tudo e todos. Como Dr. Dráuzio mesmo comentou sobre respeito, eu incluo a seguinte frase: o respeito precisa ser uma via de duas mãos.

    Os cristãos tem os extremistas e fundamentalistas religiosos, e alguns ateus tem a intolerância e a incapacidade de respeitar diferenças.

    Ambos os grupos estão errados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, em relação a respeitar as pessoas, assim como em relação aos extremistas de ambos lados.
      Isso não se aplica, entretanto, ao questionamento das religiões enquanto ideias. Ao contrário das pessoas, as ideias não devem ser respeitadas antes de serem analisadas criteriosamente, esticadas, encolhidas, sacudidas, viradas do avesso, se for preciso. Analisar com raciocínio crítico é a demonstração de respeito que se deve dar às ideias - e, nunca, sair por aí as repetindo, com o intuito de torná-las verdades por excesso de repetição (estratégia da propagação das religiões).
      Essa é a diferença do pensamento cético e do pensamento religioso.
      Esses debates poderiam ser bem mais proveitosos se os interlocutores se limitassem a debater ideias, no máximo fatos. Nunca, pessoas. Nesse mundo, ninguém tem moral pra falar de ninguém, seja pelas ações, seja pelas omissões.
      Sou da opinião que quem ama um ser imaginário não ama ninguém, e mais: nesse mundo de cristãos e alcoolatras, a minoria mais desrespeitada é a dos ateus e maconheiros.
      Abraço!

      Excluir
  24. Problema em "respeitar as crenças alheias" é que estas crenças estão pondo em risco este mundo e a própria civilização humana.

    A crença da igreja católica em se opor à contracepção transformou países como as Filipinas e o Haiti em esgotos a céu aberto, com populações gigantescas e nenhuma vegetação restante.

    Não basta mais receber o respeito das religiões, mesmo porque isto nunca teremos, mas, qualquer um que preze pela decência da vida humana deveria dedicar sua vida a combater a ignorância e a ameaça que as religiões representam ao mundo

    ResponderExcluir
  25. Pois por que causa, razão, motivo ou circunstância o Capeta só pega no lombo de cristão? Eu NUNCA ouvi falar que um ateu foi possuído pelo Demônio. Que coisa, não?

    ResponderExcluir
  26. Deus existe, mas somente como uma ideia.

    Penso que a idéia de Deus é justamente isso: uma idéia, um ideal, um referencial. Essa palavra "Deus" representa o que de melhor existe em relação aos desejos humanos de amor, justiça, bondade e misericórdia. Veja que a idéia desse Deus Abraâmico ocorre nos momentos onde a busca pela justiça, pela libertação, pela superação é abundante. São nesses momentos que o desejo da existência de algo ou alguém que seja bom e misericordioso e que, também, tenha o poder de fazer a justiça que se espera, que venha com a esperada salvação, torna-se incontrolável. É de se esperar que dentro das mentes dos injustiçados, dos doentes, dos miseráveis, enfim, dos que sofrem, seja construída a idéia reconfortante de um salvador. A imaginação é algo muito forte no ser humano. Aliando-se a imaginação ao desesperado desejo de livrar-se do sofrimento ou dar a ele algum significado a mente humana, como bem sabem os psicólogos e psiquiatras, cria fantasias dando-se a elas nomes, características e propósitos. A interpretação equivocada de fenômenos naturais e sociais por mentes sofridas que compartilham fantasias ou desejos comuns de livramento faz com que nasçam as estórias, as lendas, os mitos. A idéia de Deus existe e persiste na mente daqueles que a compartilham. Nesse sentido, Deus existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso como vc,Will...Deus 'e a parte boa do que esta dentro de mim.'E o amor ao proximo,a vida e a natureza...'e a compaixao,a alegria,a admiracao e o bom humor. Mas esta dentro de mim e me foi passado pelo amor daqueles que me ensinaram o caminho a ser seguido. 'E so isso! Deus nao existe no sentido sobrenatural...no sentido de dominacao e muito menos no de exploracao. EU administro o meu Deus! Posso dizer que sou uma at'eia que acredita em Deus.
      Apenas mudei o nome dos meus bons sentimentos...passei a chama- los de Deus!

      Excluir
    2. Para mim, deus é o Universo, e a minha religião é a ciência!

      Excluir
    3. Caros...
      Esse conceito de deus é o conceito "panteísta"...
      Ou seja...deus seria a "natureza" e seus fenômenos...
      É um jeito poético de ver as coisas, mas é válido também...
      Você deve fazer o bem, na medida do possível, e poder dormir com a "consciência" tranquila...
      .........................................
      MEU deus É A MINHA CONSCIÊNCIA...
      ...............................
      CAMARGO

      Curitibanos - SC

      Excluir
  27. O texto é ótimo e acerta em cheio a falar o essencial: o respeito a todas as crenças credos e contra a intolerancia preconceitos! O Equivoco que vejo é o e mesmo discurso de sempre que por causa da fé religiosas muito se matou e bla bla bla. A coisa nao é bem asssim ao meu ver. Foram, e são muitas as motivações do ser humano para destroçar seu semelhante incluindo nisso crenças cientificas nacionalistas e racionais. Acho sim q o discurso ateu sempre bate na mesma tecla q a fé e a religiao foram usadas pra massacrar o outro, como se nao tivessem sido muitas as formas disso ser feito, incluinso teorias absolutamente cientificas. De todo jeito o q importa é que intolerantes de todas formas sejam combatidos: ateus e religiosos fanaticos nacionalistas xenofobos homofobos, misogenos, racistas e por aí vai, pois a intolerancia é uma praga q sempre terá de ser combatida a todo custo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoraria conhecer alguns casos de massacres por motvações de teorias científicas. Poderia citar exemplos?

      Excluir
    2. Fiquei com a mesma dúvida do Israel. Queria pelo menos cinco exemplos de massacres que tiveram motivação científica.

      Excluir
    3. "Eugenia" arriscaria eu.

      Concordo com Ed. Junior. Dizer que as religiões "só causaram mal" é muito simplismo. Ela foi a organizadora das sociedades primitivias, de tal modo que, acredito, equivaleriam à psicologia, à ciência e ao sistema judiciário de nossa época. Ou seja, ordenavam e "explicavam" muita coisa, dando um sentido comum e positivo aos indivivíduos e às comunidades de então.

      Desqualificar completamente todas as religiões é uma estratégia de argumentação tão intolerante quanto o fundamentalismo religioso.

      Ainda hoje, muita gente "de bem" preza por sua religião e não estará disposta a abrir mão de sua crença.

      Para encontrar um ponto de convergência, um meio-termo de convivência satisfatória, pacifica e realmente progressista, será necessário o desarmamento ideológico voluntário.

      Acho que o pensamento religioso (principalmente os das igrejas organizadas como pessoas jurídicas) é atrasado em muitos sentidos, mas discordo de que as religiões sejam apenas "lixo".

      Excluir
    4. As religiões podem ter sido úteis no passado, mas agora são completamente obsoletas. Não é porque elas fizeram um trabalho mal e porcamente, porém o melhor disponível em suas épocas, que devemos continuar mantendo-as agora que não precisamos delas, já que temos substitutos infinitamente superiores.
      O tempo das religiões já acabou. Agora sabemos como as coisas acontecem graças à ciência, então não precisamos de suas explicações fabulosas. Já temos experiência jurídica suficiente para criar boas leis de conduta baseados na razão e e evoluímos culturalmente o bastante para sabermos que precisamos cumprí-las não pelo medo de ir para o inferno, mas sim por ser o certo. Assim como sabemos que podemos fazer caridade, ajudar os outros, ser pessoas legais, unicamente por achar isso certo, não para tentar ganhar aprovação de um ser sobrenatural.
      Hoje, as religiões não trazem nada de bom, porque tudo que elas dizem fazer de bom pode ser feito igual ou melhor independentemente delas. Nada impede de fazer caridade, de construir orfanatos através, etc, através de meios seculares. E a melhor parte, essas formas seculares têm mais transparência na administração e não têm sacedotes safados se aproveitando das crianças indefesas. Sendo assim, já que as partes boas não necessitam da religião para serem alcançadas, só sobram as partes ruins; e são MUITAS partes ruins.
      Portanto, religião é inútil. E coisas inúteis são jogadas fora.
      Já está na hora de religião ser lembrada apenas em livros de história como uma característica cultural bizarra de povos antigos ignorantes.

      Excluir
    5. Concordo. No passado a religião, ainda que mal e porcamente, conseguiu incutir alguns poucos bons princípios sociais. Mas hoje são um grande entrave ao progresso humano e devem, sim, ser erradicadas da sociedade em prol de conhecimentos reais e importantes. Lembremos que a Ética, a Filosofia e outras ciências humanas podem muito bem preencher o espaço religioso e com a vantagem de libertar a mente humana de qualquer "amarra" psíquica. Abraços!

      Excluir
    6. É ingenuidade e visão limitada dizer que a religião é obsoleta hoje. Ainda falta muito pra isso, se é um dia acontecerá. Agora, dizer que devem ser erradicadas é pura estupidez.

      Excluir
  28. Mais ajuda os lideres religiosos a figura do capeta do que a de deus, pois é com o medo que controlam os ingenuos.

    ResponderExcluir
  29. Errado, sr. Drauzio: para os crentes os ateus não são desprezíveis, são desgraçados (sem a graça), entende? Mas eles (vc) mesmos escolheram serem assim, fazer o que???

    ResponderExcluir
  30. Lendo vários "posts",não se pode deixar de notar ,que a intolerancia pregada aqui é tamanha que desanima,crentes ..religiosos o que preferirem (pois ate mesmo a denominação parece afetar,mas isto é outro assunto)não conseguem nos dar uma unica frase sem o de praxe..."falta de respeito como o criador ou falta de amor..e por ai vai),por favor li aqui que até não temos vida e somos sem esperança.
    Comentários que perdoem vocês fez me rir,ninguém aqui critica o fato de alguém acreditar ou não seja lá no que for..
    desde deus ao juju da montanha,sintam-se a vontade, mas não tentem nos convencer da existência de algo que para nós é inconcebível,AFIRMO não temos nada contra pois não se pode ser contra a o que não se acredita existir.
    Tudo que é REAL é passível de prova,se NÃO for é provável que não EXISTA!
    Ao doutor Drauzio Varella ,parabéns por ter a coragem de expor tudo isso em um país como o Brasil onde a intolerancia impera.

    ResponderExcluir
  31. Quando vocês vão entender que o Dráuzio é burro mesmo? Aconselho ver no youtube o Olavo de Carvalho humilhando esse falso pensador, é muito engraçado hahahaha

    Os argumentos do Dráuzio Varella para justificar moralmente o homossexualismo, por exemplo, demonstram o estado de burrice desse ser. Ele chega ao ponto de nos comparar a cabritos, hamsters e "até leões, os reis da selva." kkkkkkkkkk como se a conduta de animais pudesse ser parâmetro para a conduta moral de seres humanos kkkkkkkkkk

    Eu tenho pena da burrice dos ateus, sério mesmo. E rezo por eles, para que um dia acordem do sono.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em um único post o cara consegue citar o marxismo (?), a homossexualidade(?) chamar um grupo de pessoas de burras(?) chamar Dráuzio Varella de burro e ligar tudo isso ao ateismo(?), e ainda tem a cara de pau de citar Olavo de Carvalho (o cara que era astrólogo e agora acha que é um filosofo), faça o favor e volte para Angband.
      Do que adianta citar pessoas que contribuiram para ciência que eram teistas como se fosse uma grande revelação, a maioria daqui sabe disso.

      Excluir
    2. Volte pra Terra média, troll maldito!

      Excluir
  32. Não é por nada que, desde a Grécia Antiga, os grandes pensadores foram teístas. Pegamos como exemplo a Grécia. Como teístas temos os 3 GIGANTES: Sócrates, Platão e Aristóteles. E como exemplo de materialismo temos quem? Demócrito, uma verdadeiro ANÃO perto dos três GIGANTES. Demócrito foi muito bom na FÍSICA, mas em METAFÍSICA, que é a essência da Filosofia, ele foi um desastre, um anão mesmo.

    Nicolau Copérnico, Gregor Mendel, Alberto Magno, Roger Bacon, Pierre Gassendi, Roger Joseph Boscovich, Marin Mersenne, Francesco Maria Grimaldi, Nicole Oresme, Jean Buridan, Robert Grosseteste, Christopher Clavius, Nicolas Steno, Athanasius Kircher, Giovanni Battista Riccioli, William de Ockham, Isaac Newton, enfim, a lista de cientistas católicos e cristãos é infinita. Homens que deram contributos enormes para a humanidade. Qual contributo os ateus deram de significativo? Nenhum.

    ResponderExcluir
  33. E claro, não poderia deixar de citar Galileu, católico praticante, teísta. Aliás, a história dele ainda hoje é deformada em muitos ambientes de "educação", por marxistas que querem enganar a juventude com a falácia Igreja x Religião.

    Lista dos prêmios nobel do Vaticano.

    Accademici Nobel:

    1. ARBER Werner (Nobel in Physiology or Medicine, 1978)
    2. BALTIMORE David (Nobel in Physiology or Medicine, 1975)
    3. BECKER Gary S. (Nobel Prize in Economics, 1992)
    4. BLOBEL Günter (Nobel Prize in Physiology or Medicine, 1999)
    5. CIECHANOVER Aaron J.(Nobel in Chemistry, 2004)
    6. COHEN TANNOUDJI Claude (Nobel in Physics, 1997)
    7. CRUTZEN Paul J. (Nobel in Chemistry, 1995)
    8. De DUVE Christian (Nobel in Physiology or Medicine, 1974)
    9. EIGEN Manfred (Nobel in Chemistry, 1967)
    10. HÄNSCH Theodor (Nobel in Physics, 2005)
    11. KHORANA Har Gobind (Nobel in Physiology or Medicine, 1968)
    12. Von KLITZING Klaus (Nobel in Physics, 1985)
    13. LEVI MONTALCINI Rita (Nobel in Physiology or Medicine, 1986)
    14. MOLINA Mario J. (Nobel in Chemistry, 1995)
    15. MÖSSBAUER Rudolf L. (Nobel in Physics, 1961)
    16. MURRAY Joseph E. (Nobel in Physiology or Medicine, 1990)
    17. NIRENBERG Marshall W. (Nobel in Physiology or Medicine, 1968)
    18. NOYORI Ryoji (Nobel in Chemistry, 2001)
    19. PHILLIPS William D.(Nobel in Physics, 1997)
    20. POLANYI John C. (Nobel in Chemistry, 1986)
    21. RUBBIA Carlo (Nobel in Physics, 1984)
    22. TOWNES Charles H.(Nobel in Physics, 1964)
    23. YANG Chen Ning (Nobel in Physics, 1957)
    24. ZEWAIL Ahmed H. (Nobel in Chemistry, 1999)

    Aconselho a leitura do link, para quem interessar:

    http://www.bibliacatolica.com.br/blog/historia-da-igreja/vaticano-24-premios-nobel-de-ciencias/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Unknown

      Interessantíssima lista. Agora, leia as teses dessas pessoas e veja se você encontra a expressão "por obra de deus". Nenhum cientista (cientista sério, entenda-se), de convicção teísta ou contrária, jamais incluiu deus em sua tese. Nenhum.

      Eles não deixaram que as crenças pessoais contaminassem seus trabalhos e relataram com honestidade o que encotraram ou mediram.

      Lembre-se: a crença pessoal não tem importância em resultados científicos, pois esses são sujeitos a análise independente e precisam de evidências para aceitação. Nenhum cientista sério pediria aceitação de suas idéias por achar que "está de aocrdo com o plano de deus", nem seria levado a sério por propor uma tese baseado em sua crença num deus. Pensar ou insinuar que a verdade científica estaria ligada à religiosidade são associações falsas. Revelam a ignorância de quem as propõe.

      Excluir
    2. Galileu Galilei...esse nao é o mesmo que foi condenado por heresia pela igreja?

      Excluir
    3. Pois é, ele quase foi parar na fogueira...

      Excluir
  34. crentelhos ....chatos, pq não são logo arrebatados de vez? iriam livrar a terra de um grande peso

    ResponderExcluir
  35. Como os religiosos tem medo dos ateus. A cada dia que passa a religião perde adeptos no Brasil.
    A Biblia (livro escrito pelos homens) é um livro homofóbico e ateofóbico...kkkkkk.
    Os ateus sabem mais de Biblia que os pastores e padres. kkkkkk

    ResponderExcluir
  36. Imparcialidade é oque torna este artigo espetacular.

    agora deixo-lhes uma pergunta.

    POR QUE EM VEZ DE CONTESTAREM ESTE ARTIGO NÃO VAO ESTUDAR UMA MANEIRA DE "ABRIR" A CABEÇA DO POVO BRASILEIRO?

    Já não basta tanta miséria?
    Já não basta tanta corrupção?
    Já não basta tanta mentira?

    O Brasil necessita de menos falatório,
    menos discussões mediocres.
    Vamos ser positivos pessoas
    vamos respeitar, ser IMPARCIAIS com o nosso companheiro.

    Se nos atirarmos pedras como é que vamos trocar conselhos, experiências e ensinamentos?

    UM PROFESSOR, UM EDUCADOR E SOBRE TUDO UMA PESSOA DE BOA EDUCAÇÃO NÃO APENAS ENSINA COMO DE FATO MAS OUVE MUITO PARA PODER ENSINAR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sábias palavras, com tanta coisa para se preocupar e vemos muita falácia e paralogismo.

      Excluir
  37. Pelos comentários feitos pelos leitores fica totalmente claro que não existe conversa com fundamentalista e fanático religioso. Pode-se expor argumentos dos mais convincentes e baseados em fatos. Não adianta nada. É conversar com a parede. Não há trocas, não há humildade, não há reflexão. Eles são donos da verdade e fim de papo. Os comentários vêm exatamente a dar maior credibilidade ao texto. Lugar nenhum do texto existe qualquer desrespeito à fé alheia, pelo contrário. Há críticas exatamente à maneira despótica com que fanáticos vivem suas vidas e sempre cheios de ódio contra os que pensam diferentemente deles. Parabéns Dr. Varella. Os leitores comprovaram uas idéias.

    ResponderExcluir
  38. Concordo com o "carecatattoo". Engraçado... Achei que respeito pelo próximo seria ummdos sinônimos de religião... E os fanáticos nao conseguem respeitar a opinião de uma pessoa tão do bem como Dr. Drauzio, que tem todo direito de acreditar ou nao acreditar no que quiser. Eu creio em Deus, mas nem por isso deixo de respeitar sua opinião, e o admiro! O senhor faz muito mais o bem do que vários que se dizem religiosos... Desta galera "tão próxima de Deus" como se consideram ai: algum de vcs faz 10% do bem que o Dr. Drauzio faz?? Quanta hipocrisia...

    ResponderExcluir
  39. concordo com tudo que fala o ilustre dr. drauzio.e digo mais ,a religiao faz uma alvagem cerebral nas pessoas em vez de viver a vida, vivem penssando na morte que vem com certeza, mas só mas nada alem da morte que é o fim, mais nada depois da morte

    ResponderExcluir
  40. Meu caro Drauzio, sempempre que pude, o acompanhei pelo Fantástico falando sobre saúde e como previnir doênças -- e o admiro por isso.
    Entretanto, somente agora após ter lido esse artigo, entendo aquela sua forma de falar assim tão metódica e científica: o Sr. não acredita em Deus (Jeová).È, Sr. Dráuzio, acreditar somente no que vemos ou podemos tocar é muito comodo; acreditar no espiriual de Deus é mais difícil e requer humildade, coisa que alguns dos cientistas como o senhor não consegue ter. As nossas boas obras de filantropia não vão nos levar a ter uma salvação; mas, sim, a nossa crença no Snhor Jesus.
    Sou evangélico, e não odeio aos ateus ou de outras religiões. Entedo que lhes falta uma experiência com Deus; um chamado -- e um dia ele e irá chamar a cada um, mas a decisão de ir ou não é de nosso livre abítrio.

    "Pela fé (Moisés) deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível. Hbreus 11:27"

    Assim, Sr. Dráuzio, somos nós: caminhamos pela fé; como vendo o invisível que é a promessa de Deus: a Salvação, por Cristo Jesus.
    Amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito mais fácil acreditar em um deus (qualquer que seja) que na Cência, pois esta requer inteligência e raciocínio...!

      Excluir
  41. Complementando, acrescento aos comentários de Drauzio Varella: Não são os ateus que fazem as guerras mas, nas prisões ou fora delas, todos os ladrões e assassinos são religiosos.

    ResponderExcluir
  42. Caro Alan Shore, li e também concordo como o Mello: seu texto é extraordinário e supera o do Dr. Drauzio. Mas devo dizer: supera-o na loucura que é todo esse seu disparate; que tal um poquinho de humildade,heim -- pra variar.

    "19 Porque a sabedoria desse mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito:Ele apanha os sábios na sua própria astúcia. 20E outra vez: Ele conhece os pensamentos do sábios que são vãos. 1 Corintios 3:19-20"

    ResponderExcluir
  43. Tenho agonia de ler comentarios de religiosos, e desculpe principalmente evangelicos, pois sempre falam, q não tem nada contra a ateus, mas sempre se acham superiores, e aplicam o despreso e o preconceito de nos ateus. Desculpem mas amigo imaginario é pra criança ou esquisofrenico, preciso de realidades e provas.

    ResponderExcluir
  44. Todos os preconceituosos, homofóbicos, racistas, machistas e perseguidores de ateus devem pagar caro pelo que fazem, que os espiritus da justiça cumpram seu papel.

    ResponderExcluir
  45. Aqui quem Fala éo DEMONIO
    -Eu vou matar todos esse perseguidores de ateus:Malacai, Dom Miltom, Rossi, Papa b 16, Falaciaano, VadioNamira,Jubileu Severino, Rouba Rato SoRouba, Atolado Cristonto e outros porcarias.
    Cuidado comigo!

    ResponderExcluir
  46. De fato,quando Deus mostrou a sua sabedoria,o mundo nao reconheceu a Deus atraves da sua sabedoria.

    ResponderExcluir
  47. NÓS,POREM,ANUNCIAMOS CRISTO CRUCIFICADO,ESCANDALO PARA OS JUDEUS E LOUCURA PARA OS PAGAOS(ATEUS).

    ResponderExcluir
  48. É Roberto, são pessoas como você que mostram aos ateus porque devemos sim conversar e debater sempre que possivel com qualquer pessoa alienada o suficente para aceitar as loucuras da biblia e dos outros livros sagrados...

    Você comenta mais acima "acreditar somente no que vemos ou podemos tocar é muito comodo; acreditar no espiriual de Deus é mais difícil e requer humildade" ... meu caro, não requer humildade, requer ignorancia e alienação... e desculpe se estou parecendo prepotente, mas a verdade é essa... independente da religião escolhida...

    Se alguem te pedir para acreditar que ele esta vendo um gnomo invisivel voando na frente dele você irá acreditar? E se por acaso essa pessoa estivesse hospitalizada melhorasse e dissesse que foi porque o gnomo visitou ela e a curou você acreditaria nisso? Parece menos comodo agora acreditar em algo que não vemos não é?

    Outra coisa, já disse la no começo dos comentarios, RELIGIOSOS NÃO SE ENGANEM, VOCÊS NÃO ACREDITAM SEM VER E SEM PROVAS... VOCÊS ACREDITAM EM "RELATOS" DE "FATOS VERÍDICOS" "DOCUMENTADOS FIELMENTE" A MUITO TEMPO EM UM "LIVRO SAGRADO" "INSPIRADO" POR DEUS... ou você realmente acha que alguem iria crer em Deus se ele não tivesse dado "provas" para Abraão, José, Moisés e tantos outros? Se Cristo não tivesse "ressucitado" dos mortos você acha que alguém iria levar ele a sério? Se os profetas de Deus "tiveram provas" que ele "estava lá" com eles porque nós hoje em dia também não devemos pedir essas mesmas provas?

    Acontece que todos os exemplos que dei acima são apenas relatos de uma cultura primitiva, arcaica, compilados de maneira oral por muito tempo (aquela brincadeira infantil do telefone sem fio é otimo para ilustrar como as coisas podem mudar nesse caso) e depois ainda foram somados aos textos vários adicionais de outras culturas assimiladas na região que "agradavam" ao povo hebreu...

    Leia mais seu "livro sagrado" e verá que ele tem inumeros problemas, contradições e falhas... eu (assim como a maior parte dos ateus) posso afirmar isso pois LI a biblia toda mais de uma vez (não li apenas trechos sortidos)... alias uma boa parte dos ateus eram religiosos que pararam para ler melhor a biblia (ou outros livros sagrados)...

    Por exemplo, você cita acima um trecho de Hebreus sobre Moisés... pois usando uma referencia de uma das varias contradições: "O Senhor disse a Moisés: "Vai procurar o faraó, porque lhe endureci o coração e o de sua gente para manifestar os meus prodígios no meio deles,
    Êxodo 10:1

    Ou seja, Deus obrigou o Faraó a manter os hebreus no egito apenas para mostrar como era poderoso destroçando o povo egipicio com pragas e mais pragas, além de assassinato e doenças... isso é amor? Já que ele podia e iria mudar a cabeça do faraó porque ele não mudou para ele aceitar Deus como senhor dele e assim evitar o assassinato de tantos inocentes?

    Com certeza você como qualquer outro religioso ira preferir inventar uma boa desculpa como "Deus sabe o que faz", "Isso é um mistério de Deus" ou algo do gênero... mas se você realmente acredita que o deus bíblico é realmente bom e amoroso então meu amigo está na hora de você rever os seus conceitos como ser humano... escravidão, assassinato, tortura fisica e mental, fraticidio e mais uma infinidade de atrocidades são descritas na Biblia como obras de deus...

    Abraços
    Frederico Franco

    ResponderExcluir
  49. Respostas
    1. De fato o texto é irretocável, contudo é sempre bom lembrar que a neutralidade é uma utopia e que o cético quando afirma que, como no caso, nunca viu alguém ser curado com a força do pensamento, ele não está simplesmente dizendo que nunca viu isso, porque acho que qualquer um que, mesmo acreditando nesse fenômeno, mas sendo honesto, também vá afirmar a mesma coisa, mas de uma forma diferente. O que ele está insinuando ironicamente é que isso seja impossível. Será que não existem fenômenos inexplicáveis, de igual magnitude, que ainda não foram constatados, em todas as possibilidades que o infinito oferece? O que é o sobrenatural afinal? como se comportar diante do desconhecido? Poderíamos ter sempre diante de qualquer fenômeno a neutralidade científica para e a frieza para afirmar que sejam sempre apenas algo ainda não explicado, ou só poderemos fazer isso quando incorporamos a arrogância de quem pensa que sabe demais?

      Excluir
  50. Acho extremamente interessante todas estas discursoes sobre religiao e ateismo.
    Mas, gostaria apenas de uma observação:
    Olhem prá cima e questionem com voçês mesmos; Quem poderia ter feito tudo isto que está acima de nós? Espero que encontrem a resposta enquando há tempo.

    ResponderExcluir
  51. Intolerância Religiosa Atéia: Por Que o religioso desperta a ira do ateu fanático.

    Sou ateu e mereço o mesmo respeito que tenho pelos religiosos. Senhor Varela, o senhor não respeita os religiosos. E vou provar com suas próprias palavras:Na realidade, a religião do próximo não passa de um amontoado de falsidades e superstições. O senhor coloca num mesmo patamar, todos os religiosos, imputa-lhes falsamente a intoleância e o iconoclasmo com os objetos da fé alheia. Ora, senhor Varela, seja honesto, este é o seu raciocínio, não o de todos os crentes. O senhor omite o infindável número de benfeitores da humanidade, que prestam serviço a crentes e descrentes, sem olhar para fé nem religião; considera "justos"(conceito teológico de sua acepção também "religiosa") apenas os que fazem o bem sem esperar recompensa na eternidade. Ora, senhor Varela, que interessam os móveis das ações? O senhor se contradiz, pois no final do discurso, o senhor afirma que os anos me ensinaram a julgar os homens por suas ações, não pelas convicções que apregoam...Que lhe importam pois que os móveis das boas ações sejam a crença na ressurreição melhor ou reencarnação futura mais evoluída; se são as ações e não as convicções que importam? Percebe como a sua intolerância além de injusta é odiosa? Só ateus são predestinados, só os ateus estão "justificados" pela NÃO-FÉ, não é verdade? Mais uma vez o senhor se contradiz, senhor Varela, pois o senhor mesmo afirma que O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar. Pois SE É O MESMO, porque um é justificado e o outro não?Qual o problema que o sentido para a existência seja atribuído à uma transcendência e não como SOMENTE É ADMISSÍVEL na sua infalibilidade atéia e materialista, à imanência? O senhor se contradiz de novo , senhor Varela, pois afirma ab initio no seu texto queA humanidade inteira segue uma religião ou crê em algum ser ou fenômeno transcendental que dê sentido à existência; logo a finalidade religiosa o senhor admite como válida, porque SÓ a referência é que é inválida?Contradiz-se de novo quando aponta para a vida como experiência heideggeriana do ser-para-a-morte, enquanto NEGA que a metáfora e a simbologia religiosa sejam justamente o contrário, do ser-para-a-vida; pois a religião pode ser vista como desejo PARA a eternidade, enquanto o senhor redu-la ao medo de admitir a mortalidade, segundo suas próprias palavras:Do medo e do inconformismo gerado por ela, nasce a tendência a acreditar que somos eternos, caso único entre os seres vivos. Se o seu argumento fosse honesto, TODAS as instituições humanas nasceriam igualmente do medo da morte, pois é para evitar a morte, a dor, o sofrimento, que a sua experiência "religiosa", acidentalmente atéia , da ciência e da medicina, criam bálsamo , lenitivo e conforto. O senhor escreve bem, e como disse alguém acima, seu texto é irretocável MAS FALACIOSO, POMPOSO e FACILMENTE REFUTÁVEL, como toda bazófia atéia produto não da lógica discursiva, mas da empáfia. Prossiga com sua crença atéia, que só comprova a idéia hoje muito aceite, nos meios da ciencia social e antropologia sociológica, de que a fé materialista e atéia é não só fanática, como fundamentalmente religiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado! O texto dele não é intolerante nem fanático. Sua exposição sobre o tema é lúcida e respeitosa perante todo ruído e intromissão da religião na sociedade e na política de um estado laico. O que você quer? Que não se discuta religião? Religião se discute, sim! E discute no plano da racionalidade e numa sociedade minimamente avançada em termos intelectuais ela se discute num plano científico, porque é preciso observar e comprovar todas essas premissas tão sérias que os religiosos apregoam. Coisas tão importantes que acabam por se tornar motores da sociedade precisam ser estudadas, desmentidas ou comprovadas. Ainda bem que o Dr Varella não se silencia sobre ssas questões. É preciso questionar e apontar o dedo para os grandes absurdos consagrados na sociedade graças à imposição de misticismos. Se uma igreja pretende se abrir à sociedade de forma a querer abocanhá-la, deve, sim, ser posta à prova. Todos os religiosos que aparecem na TV pregando coisas tão sérias que transformam comportamentos devem estar passíveis a essa sujeições de ordem intelectual, porque se verifica facilmente que sustentam seus argumentos em preconceitos e doutrinas ultrapassadas pelo progresso intelectual e ético das sociedades.

      Excluir
  52. É essa discussão que tira a vida de muitos até hoje, aja vista as guerras que foram traçadas ao logo dos séculos onde o ser humano começou a fazer sua própria história para se manter no poder da situação. A própria historia da humanidade nos mostra essa realidade mas só as vê quem quer. Os pseudos representantes do divino, do ser dotado de poderes inexplicáveis sempre estiveram na condição subjugar seu próximo e fazê-lo aceitar suas convicções(INTOLERÂNCIA :s.f. Qualidade do que é intolerante; repugnância.Em matéria política, religiosa, atitude odiosa, agressiva, a respeito daqueles de cuja opinião ou crença se diverge.) Teses de doutorados foram escritas, vidas inteiras são dedicadas a essa discussão. Mas afinal que está coma razão ou quem a detém se não todos os indivíduos aqui que comentaram. Acredito sim que devemos aprender a conviver com as diferenças e respeita-las. Ser feliz é o que queremos mas necessitamos ter a humildade e reconhecer essas diferenças. Não é preciso muito para ser feliz basta se ater a necessidade de cada ser em viver sua vida. O conceito de amor e vasto e diverge conforme as culturas diversas. A verdade foi revelada a quem ......? Cada um tem a sua e juntos podemos ser feliz basta o respeito mútuo.

    ResponderExcluir
  53. VC realmente acredita em Adao e Eva?
    Eles nem sabiam que tinham indios aqui... vc ainda acredito em Adao e Eva? fala serio...

    ResponderExcluir
  54. Prezado Dr. Drauzio Varella e demais ateus,

    Eu só tenho uma coisa pra dizer a todos vocês: Vocês podem até viver sem Deus, o difícil será morrer sem Ele!

    Pense nisso...

    ResponderExcluir
  55. é preferivel duvidar que exista deus, porque ele criou civilizações indígenas e até os seres modernos que erão canibais, pense nisso!!!

    ResponderExcluir
  56. É simplesmente hilário ler os comentários.

    Eu ao contrário de muitos acima, li todo o texto e os comentários.
    É impressionante como os fanáticos não conseguem tirar proveito de um texto tão simples e direto.

    Um pouquinho de raciocínio faz bem pra todo mundo.

    ResponderExcluir
  57. Se o homem também pudesse explicar Deus, também seria Deus. Ao Dráuzio, faltam muitas reencarnações para ele começar a entender que a vida continua em outro plano. Um texto desses é deplorável, porque contribui para o endurecimento dos corações. Se você quer poder explicar Deus, para então acreditar nele, está frito. Morrerá e voltará muitas vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vi o filme nosso lar, achei a estória muito interessante, não fui lá rezar (como fazem """alguns"""" católicos quando vão assistir Paixão de Cristo, e alguns espiritas) fui assistir a um filme. Mas depois coube reflexão, se isto é verdade..!!? o cara vai pra esse lugar e tem oportunidade de planejar sua futura vida? O que diabos deu errado pra ele reencarnar na África passando fome???????????

      Excluir
    2. Sério? Quantas vezes você morreu e voltou? Quantas reencarnações são suficientes? Diz aí, Sr. Encarnação!

      Excluir
  58. Os fanáticos simplesmente escrevem aleatoriamente com base nos ensinamentos dos "contos de fadas" e percebem que não conseguem persuadir,apelando para seus conhecimentos arcaicos em ciências,passando vexame com a simples ideia do átomo,confundindo-o com partículas subatômicas-chave, conhecida como Bóson de Higgs.
    Como o Dr.Drauzio disse, o conceito da finitude humana assusta,ai que entra a religião, confortando aqueles que precisam com falsas esperanças,ao contrário dos ateus que aceitam a finitude e não precisam de um deus para viver,porque o ciclo da vida é nascer,crescer e morrer.
    Para os religiosos deus é eterno,mas na verdade,deus foi criado a nossa semelhança sem os pontos negativos como a finitude.Mas com certeza até para os religiosos deus é como o gato de Schrodinger, apenas alimentado pela fé e incertezas.

    ResponderExcluir
  59. Prefiro acreditar em Deus, pois se ele não existir, pois bem, não vai mudar em nada na minha vida, mais e se ele existir, vou ta totalmente perdido, e condenado a viver no inferno!

    ResponderExcluir
  60. isso é medo, um mero instinto de sobrevivência,
    ser ateu é superar este medo da morte e encara-lo. Não existe religião que não prometa vida após a morte, todas são simplesmente um alívio de consciência para as pessoas com medo de viver a vida como é.

    ResponderExcluir
  61. E se for verdade??? Se Deus existir... o que será de vcs???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se o seu deus for o deus errado?

      Mais de 10 mil religiões no planeta, e somente a sua é a correta? Com uma sorte dessas você deveria ter nascido logo no paraíso.

      Excluir
    2. Aí serei apenas um pecador, ele perdoa tudo.

      Excluir
  62. Para os religiosos aqui presentes, quem são vocês para julgarem ateus, e algo que vocês idolatram tanto(Deus) algo tão superior a qualquer um, segundo seus pensamentos mediocres ninguém é obrigado a aceitar nada isso é puro senso comum, alguém voltou para falar alguma coisa, só temos...escritas! Se eu for detalhar tudo...vai acabar saindo outra bíblia. Desculpe faço parte do senso incomum.

    ResponderExcluir
  63. Texto lindo!!! Falou tudo!!!!!!!

    ResponderExcluir
  64. ateus falam tanto mal da Bíblia e de Deus... enfim.... por acaso algum já a leu por completo, de forma a poderem interpretar todo o contexto sem ficar pegando partes ali e partes aqui para formar um opinião equivocada??? senão como podem então criticar algo que não conhecem verdadeiramente??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que pergunto se você já leu esse livreco por completo. Vocês religiosos é que gostam de pegar apenas sa partes "boas" e ocultar as ruins, dizendo que "você não entendeu o contexto..."

      Excluir
  65. porque meu comentário não foi publicado???

    ResponderExcluir
  66. "Para o crente, os ateus são desprezíveis, desprovidos de princípios morais, materialistas, incapazes de um gesto de compaixão, preconceito que explica por que tantos fingem crer no que julgam absurdo."

    Olha, eu já fui ateu e hoje sou cristão,não vejo tantos problemas assim com os ateus,pois como Cristão sei que é facultada ao homem crer ou não em Deus. mas o fato de existirem pessoas que não tem fé não diminui de forma alguma a minha.Quem está fazendo um julgamento é exatamente este texto,totalmete tendencioso e atribuindo caracteristicas negativas aos crentes.

    "O fervor religioso é uma arma assustadora, sempre disposta a disparar contra os que pensam de modo diverso. Em vez de unir, ele divide a sociedade - quando não semeia o ódio que leva às perseguições e aos massacres."

    - Que mentira! eu diria que o fanatismo religioso sim (intolerante), mas não o fervor religioso.



    ResponderExcluir
  67. Dráuzio não é ateu, ele é foda... Exemplo de pessoa esclarecida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo o Dráuzio ! Esse é o Cara !!!Muito carismático e inteligentíssimo !!!

      Excluir
    2. Amo o Dráuzio !!! Ele é o Cara !!! Muito inteligente e carismático ! Só fala com bons argumentos .

      Excluir
  68. Muita conversa que não leva a nada. É impossível envergar um galho já retorcido pelo tempo e pela constante ventania sem que se quebre. Quem nasceu torto, morre torto. A religiosidade desse único animal praticante é fruto mesmo de modificações bioquímicas e artificiais em suas vias nervosas. Uma poça de lama, quando evaporada, deixa um limo argiloso em seu fundo. Esse limo pode ser reunido e moldado, pois é argila. A argila, enquanto virgem, permite qualquer modelagem. E o forno ceramiza e eterniza esse formato. Assim mesmo são trabalhados os nossos hábitos e costumes. Assim mesmo acontece conosco. O meio em que vivemos imprime suas características na nossa argila virgem desde o útero materno, principalmente na primeira infância. Depois vem o tempo que, como um forno, vai endurecendo opiniões e eternizando comportamentos. É pena que ainda não existe droga substituinte dos receptores nervosos de falsas vias nervosas facilitadas pelo mau uso constante e nem para síndromes de abstinências religiosas. Muito menos para amolecer galhos retorcidos. O problema todo reside aí. Qualquer conversa além disso é mesmo pura perda de tempo.

    ResponderExcluir
  69. É impressionante, os religiosos vem aqui e comentam exatamente tudo o que acabou de ser lido. São extremamente previsíveis, agem exatamente conforme o roteiro. A prova do quanto o texto diz a verdade. Alienados.

    ResponderExcluir
  70. Impressionante como os religiosos vem aqui e fazem exatamente tudo o que o texto diz. São extremamente intolerantes e totalmente previsíveis nas palavras. A prova de que o texto é realmente verdadeiro. Alienados!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diario Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.