Gabeira relata seu encontro no Brasil com Christopher Hitchens

Título original:
Um polemista dedicado a quebrar mitos

por Fernando Gabeira (foto) para Estadão

"Hitchens foi um
pouco duro comigo"
Christopher Hitchens tinha muitos inimigos. Mas nenhum leitor de revistas americanas pode negar que ele trabalhava muito.

Parecia estar em toda a parte, com resenhas de livro, artigos, entrevistas. Antes de sua doença agravar, era possível encontrá-lo todos os meses nas páginas da Atlantic.

Sua passagem por Paraty, onde participou da Feira Literária, foi uma das mais marcantes. Com a pele clara um pouco queimada pelo sol tropical, alguns drinques a mais, não esperava que fosse tão articulado no debate que tivemos mais tarde, numa das mesas da Feira.

Hitchens é um expoente da uma geração de jornalistas que se dedica a derrubar mitos, quando necessário. Isso sempre houve, mas no caso dele, ganhou dimensões globais porque seus alvos não eram limitados no espaço. Da Madre Teresa de Calcutá, a quem ele criticou, Hitchens voltou-se contra Deus.

Seu enfoque não é tão filosófico como o de outros ateus militantes. Ele examinou os males que o fundamentalismo religioso traz ao mundo.

No momento em que a doença de Hitchens foi anunciada, acabara de comprar um de seus livros: Os Direitos Humanos em Thomas Paine. Hitchens analisa minuciosamente o texto de 1791 de Thomas Paine e foi chamado pelo Independent como uma legítimo descendente do panfletário inglês.

A julgar pela sua intervenção em Paraty, Hitchens era muito impressionado pelo fundamentalismo muçulmano. Defendeu a guerra no Iraque e isso nos separou no debate.

Ao ser informado do meu passado (sequestro de embaixador), foi um pouco duro comigo, dizendo que os americanos tinham salas especiais para recepcionar terroristas.

Não era esse o tema central e sim a guerra do Iraque. Quando voltou aos Estados Unidos, Hitchens escreveu um artigo simpático afirmando que apreciava apenas dois ex-terroristas e um deles era eu.

Sua passagem pelo Brasil deu tudo o que se esperava de um intelectual independente como ele. Muitas vezes desagradou à plateia e deixou bastante claro que sua missão não era dizer o que queriam, apesar dos murmúrios.

Mesmo com as eventuais divergências, reconheço que Hitchens era sinceramente o que atribuía a Thomas Paine, seu inspirador:

"Sempre que ambos, direito e razão, estiveram sob ataque, a vida e os escritos de Thomas Paine serão parte do arsenal do que vamos depender".

Inglês, radicado nos Estados Unidos, Hitchens recebeu um belo elogio de Joseph Heller:

- Lamento que tenha apenas uma vida, uma cabeça e uma reputação para colocar a serviço de meu país.

Guardo uma boa lembrança de Hitchens em Paraty. Foi um grande polemista e alguns de seus admiradores se deliciaram com as referências negativas que fez a mim. Vou sentir sua falta, todo mês na Atlantic, e espero que não vá nem para o céu nem para o inferno, porque ficaria muito irritado com a surpresa.

Hitchens defendia o combate à nefasta influência de Deus na sociedade.
por Luiz Felipe Pondé em dezembro de 2011

Morre Christopher Hitchens, o escritor de 'Deus não é Grande'.
dezembro de 2011

Mais sobre Hitchens.      Ateísmo

Comentários

  1. O Gabeira parece se orgulhar de ter sido um criminoso, vergonha nacional... Devia ter pego perpetua igual aquele venezuelano, o Ilich

    ResponderExcluir
  2. Deve ter sido um debate interessante: Hitchens com uns drinques a mais e Gabeira com aquela cara de quem fumou uma marola.
    Num mundo em que todos ignorem ou combatam as idéias sobre Deus, Divindades e a existência de espíritos, haverá considerável liberdade individual.
    Entretanto, como o Ser Humano tem um grande buraco em sua consciência, que não pode ser preenchido por seus próprios pensamentos, grande número de pessoas optarão por viver num estado mental alterado.
    Desta forma, o álcool, o cigarro e as drogas psicotrópicas (essas, inclusive serão legalizadas) terão seu uso generalizado. Não haverá um homem, mulher, ancião ou criança, sobre a face da Terra, que não use pelo menos um desses "produtos".
    Talvez, assim como em "ADMIRÁVEL MUNDO NOVO", de Aldous Huxley, se crie um pílula, a ser usada no dia a dia por qualquer um e que contenha as propriedades de todas a drogas, acima mencionadas, concentradas.
    Substituiremos o culto às Divindades pelo culto à "FELICIDADE". Essa, será alcançada, todos os dias, pela "SUBSTÂNCIA MÁGICA", assim chamada porque poucos dominarão sua composição e poucos conseguirão mencionar seu nome complicado. Tal complicação será potencializada pelo QI, também alterado, que a droga vai produzir na Humanidade.
    Hitchens e Gabeira são bons exemplos de pessoas que buscam a Felicidade através de substâncias mágicas; Gabeira, inclusive milita pela legalização da Maconha.
    É desta forma que nosso mundo será destruído, se o Ateísmo progredir!

    ResponderExcluir
  3. Senhora Crente, sou ateu, não fumo e não bebo. Nunca usei drogas e nem quero usar. Acabei com seus argumentos ridículos?

    ResponderExcluir
  4. @Senhora Crente
    Defecou no tópico. Não bebo "pq acho qualquer bebida alcoólica uma MERDA", não fumo e nunca usei drogas.
    Detalhe chega a ser vergonhoso ouvir meus colegas falarem que ninguém gosta de bebida no começo, ou seja, começam a beber por comportamento de rebanho, só para ir com "a galera".
    Não se esquecendo, que de acordo com mitologia judaico cristã, o único homem salvo no diluvio era Noe, que vivia bêbado. Então acho que seu amigo imaginário, não se importa muito com isso. Ele só quer atenção, coitado deus é carente. :)
    Embora não use nenhuma droga, não tenho a audácia nem a arrogância de querer controlar oq às pessoas fazem com seus próprios corpos. E religiosos como vc, parecem ter uma TARA por controle.

    "O interessante e que damos liberdade aos religiosos para eles virem tirar a nossa liberdade!"

    "Uma sociedade que troca um pouco de liberdade por um pouco de ordem acabará por perder ambas, e não merece qualquer delas." Thomas Jefferson
    Rodrigo*

    ResponderExcluir
  5. Rodrigo FS,

    O post, abaixo, explica o que você é:

    "Anônimo 06/06/11 22:53

    Eu ainda sou de menor, então vou com meus pais por obediência. Eles também vão em uma excursão para Aparecida do Norte em setembro e eu terei que ir junto. Sorte que vou fazer 16 anos em julho, e aí faltam 2 anos para os 18.
    07/06/11 12:11"

    Você não é ateu.
    Você se diz ateu porque acha que isso está na moda.
    Se um dia vier a ser ateu, vai sentir falta da grandeza das basílicas, do cheiro das igrejas, do som inebriante dos cânticos fervorosos, da confortável comunhão de seres humanos a trilhar o caminho da salvação. Nesse ponto, se você não voltar à religião que você pratica hoje, vai abraçar as drogas.
    Você não é ateu, você é moleque!

    ResponderExcluir
  6. Senhora Crente,vai te tratar ô maluca!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo das 13:09, seu post mostra que você defeca em si mesmo e acha isso engraçado.
    Noé não foi o único a sobreviver ao dilúvio, ele tinha filhos homens.
    Veja o país que Thomas Jefferson ajudou a fundar, os EUA controlam o mundo todo. Tem submarinos nucleares espalhados por todo o Globo, capazes de monitorar e destruir a Terra várias vezes. Além disso, é sabido que esse Fundador era um escravocrata. A Escravidão é a imposição de uma ordem egoísta.
    Assim Jefferson era a favor de impor ordem e ao mesmo tempo lutava por liberdade. Ou ele não sabia o que estava dizendo ou conspirava contra a Humanidade.
    Vá se instruir, seu ignorante!

    ResponderExcluir
  8. Senhora Crente, precisa realmente ser maior de idade para ser ateu?

    ResponderExcluir
  9. Anônimo das 13:33 disse:"Senhora Crente,vai te tratar ô maluca!"

    Você usa falácia Ad hominem ofensiva porque não tem argumentos lógicos ou inspiração divina. Assim, não há diferença entre você e um quilo de esterco.

    ResponderExcluir
  10. Essa senhora crente é um troll ridículo kkkkkkkkkk....

    ResponderExcluir
  11. Senhora Crente,Ad Hominem?É?Nada queridinha.É só um conselho antes que seja tarde demais.

    ResponderExcluir
  12. Shiroyasha perguntou: "Senhora Crente, precisa realmente ser maior de idade para ser ateu?"

    Se você se considera ateu, e provável que não concorde com o batismo de recém-nascidos. É provável, também, que ache que as pessoas devam escolher ter ou não religião somente quando forem maiores de idade.
    Logo, você tem a resposta para a pergunta que me fez.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo das 13:45 peidou: "Essa senhora crente é um troll ridículo kkkkkkkkkk...."

    Você me chama de troll com o fito de tentar me bloquear.
    A verdade é que sou o que você teme: Alguém que crê em Deus e que é capaz de te convencer a fazer o mesmo; alguém que argumenta melhor que você; alguém que você não se sente à altura, para enfrentar; alguém contra quem você não tem defesa!

    ResponderExcluir
  14. Senhora Crente disse...
    Se você se considera ateu, e provável que não concorde com o batismo de recém-nascidos.
    É provável, também, que ache que as pessoas devam escolher ter ou não religião somente quando forem maiores de idade.

    ------------------------------------------------

    Sou indiferente ao batismo.
    Uma pessoa deve escolher sua crença (ou não crença), quando achar que estiver preparada. Eu te pergunto se você acha certo uma família tentar impor sua religião ( ou a falta dela) a uma criança/adolescente?

    ResponderExcluir
  15. Shiroyasha perguntou: "Sou indiferente ao batismo.
    Uma pessoa deve escolher sua crença (ou não crença), quando achar que estiver preparada. Eu te pergunto se você acha certo uma família tentar impor sua religião ( ou a falta dela) a uma criança/adolescente?"

    Volto a dizer que você tem todas as respostas para as perguntas que faz.
    Eu lhe pergunto: Qual o sinal que indica se uma pessoa está preparada para crer ou não?

    Se você não acha justo que a família imponha uma crença a seus membros, certamente não acha justo que escritores, comentaristas ou o Estado imponham a não crença à Grande Família do Planeta Terra.

    ResponderExcluir
  16. Senhora Crente, eu não sinto saudades de Igreja, grandeza das basílicas, do cheiro das igrejas, do som inebriante dos cânticos fervorosos, da confortável comunhão de seres humanos a trilhar o caminho da salvação, de crentes fervorosos, gritaria, alienação, mentiras, "milagrentos", etc.

    Prefiro um museu, uma biblioteca. É mais silencioso. E eu aprendo mais.

    ResponderExcluir
  17. Volto a dizer que você tem todas as respostas para as perguntas que faz.
    Eu lhe pergunto: Qual o sinal que indica se uma pessoa está preparada para crer ou não?

    Se você não acha justo que a família imponha uma crença a seus membros, certamente não acha justo que escritores, comentaristas ou o Estado imponham a não crença à Grande Família do Planeta Terra.

    -----------------------------------------------

    Eu não posso dizer qual o sinal que indica se uma pessoa esta preparada ou não para escolher, isso parte do ponto de vista da propria pessoa.
    no meu caso por exemplo, diversos fatores me levaram a não crer em nenhuma divindade prosposta pelas religiões.

    Disculpe eu não entendi, impor a não crença? se uma pessoa escreve um livro ou pública um comentario ele esta no seu direito de livre-expressão.
    o estado é laico, ele da a liberdade da pessoa exercer sua crença (ou falta dela).

    e sobre a questão dos estado "impor" a não crença, isso parece uma teoria de conspiração (sem ofensas)

    ResponderExcluir
  18. Rodrigo FS disse: "Prefiro um museu, uma biblioteca. É mais silencioso. E eu aprendo mais."

    Isso, também, é bom!

    ResponderExcluir
  19. Pessoal, não alimentem os trolls. Esta "Senhora Crente" provavelmente é algum adolescente que não tem muito o que fazer da vida, ou talvez seja algum estudante de teologia ou "ciência" do tipo. Não, não quero usar ataques ad hominem, mas não confio em anônimos na Internet que vivem de trollar.

    Ainda não perceberam isso? Ele (ou ela) tem paciência de sobra e pode ficar discutindo com vcs por dias seguidos. A questão principal é: vocês têm tempo de sobra para ficar discutindo com ele (ou ela)?

    ResponderExcluir
  20. Don't feed the trolls,the fraekout swampstrokebottomfools,the uppoarswingers,the schoolblazers and the candyboys.Senhora crente smells Joel kkkkkkkkk....
    BLACK HUMOUR!

    ResponderExcluir
  21. "e sobre a questão dos estado "impor" a não crença, isso parece uma teoria de conspiração (sem ofensas)"

    Conforme você disse, foi só uma teoria.

    "se uma pessoa escreve um livro ou pública um comentario ele esta no seu direito de livre-expressão.
    o estado é laico, ele da a liberdade da pessoa exercer sua crença (ou falta dela)."

    É bom saber que você considera liberdades de expressão: os comentários do twitter do Malafaia, os comentários de Edir Macedo em seu blog e a divulgação da Bíblia Sagrada.

    Quanto ao sinal de preparo, se uma pessoas pode discorrer sobre a política, a história e as práticas de todas as crenças e da descrença, se consegue elencar todos os pontos positivos e negativos, se já leu e entendeu o significados de todos os símbolos e cultos, ela está, definitivamente, preparada para escolher uma das religiões ou a não crença em qualquer delas. Mas são milhares de religiões, e conforme já vimos neste blog, muitas visões diferentes sobre a descrença. Então ninguém nunca estaria preparado, definitivamente, para fazer uma escolha após uma análise que poderia levar mais tempo que o que tem de vida. O que sobra é a convenção. Convencionou-se que a pessoa está preparada para entender o caráter do crime aos 18 anos de idade; convencionou-se que a pessoas está preparada para compreender o caráter das obrigações civis aos 21 anos de idade. Como crer ou não crer em Deus pode nos levar a crimes de intolerância, sugere-se que 18 anos é uma idade adequada para que o indivíduo defenda crenças ou não crenças.

    ResponderExcluir
  22. Leandro Santiago,o bom é tirar onda com esse(a)imbecil.

    ResponderExcluir
  23. Leandro Santiago disse: "Ainda não perceberam isso? Ele (ou ela) tem paciência de sobra e pode ficar discutindo com vcs por dias seguidos. A questão principal é: vocês têm tempo de sobra para ficar discutindo com ele (ou ela)?"

    A partir de agora, estou dispensando todos aqueles que não tem tempo de discutir. Vão cuidar de suas vidas, inclusive você, Santiago.

    ResponderExcluir
  24. Wechseln sie jetzt zur,besten Anlageberatung!

    ResponderExcluir
  25. @Senhora Crente

    "A verdade é que sou o que você teme: Alguém que crê em Deus e que é capaz de te convencer a fazer o mesmo; alguém que argumenta melhor que você; alguém que você não se sente à altura, para enfrentar; alguém contra quem você não tem defesa!"

    Não se iluda. O máximo que vc consegue provocar aqui é riso na maioria dos leitores e indignação em alguns mais tolos. Nada mais.
    E outra: vc não sabe argumentar. Sua fala é um conjunto de frases disconexas, sem encadeamento lógico algum e, portanto, só impressiona a quem não teve uma educação básica sólida.

    ResponderExcluir
  26. Anônimo das 14:42 disse: "Don't feed the trolls,the fraekout swampstrokebottomfools,the uppoarswingers,the schoolblazers and the candyboys.Senhora crente smells Joel kkkkkkkkk....
    BLACK HUMOUR!"

    Your prejudice is what will determine your sentence!

    ResponderExcluir
  27. Anônimo das 14:49 disse:"Wechseln sie jetzt zur,besten Anlageberatung!"

    Geh und in den Arsch zu nehmen!

    ResponderExcluir
  28. Thg disse: " O máximo que vc consegue provocar aqui é riso na maioria dos leitores e indignação em alguns mais tolos."

    Você não está sorrindo, está indignado, portanto você é um tolo?

    ResponderExcluir
  29. Senhora Crente,va te faire foutrer!

    ResponderExcluir
  30. Senhora Crente disse...
    É bom saber que você considera liberdades de expressão: os comentários do twitter do Malafaia, os comentários de Edir Macedo em seu blog e a divulgação da Bíblia Sagrada.
    Quanto ao sinal de preparo, se uma pessoas pode discorrer sobre a política, a história e as práticas de todas as crenças e da descrença, se consegue elencar todos os pontos positivos e negativos, se já leu e entendeu o significados de todos os símbolos e cultos, ela está, definitivamente, preparada para escolher uma das religiões ou a não crença em qualquer delas. Mas são milhares de religiões, e conforme já vimos neste blog, muitas visões diferentes sobre a descrença. Então ninguém nunca estaria preparado, definitivamente, para fazer uma escolha após uma análise que poderia levar mais tempo que o que tem de vida. O que sobra é a convenção. Convencionou-se que a pessoa está preparada para entender o caráter do crime aos 18 anos de idade; convencionou-se que a pessoas está preparada para compreender o caráter das obrigações civis aos 21 anos de idade. Como crer ou não crer em Deus pode nos levar a crimes de intolerância, sugere-se que 18 anos é uma idade adequada para que o indivíduo defenda crenças ou não crenças.
    ------------------------------------------------

    A uma grande diferença em liberdade de expressão e incitar ódio e descriminação.
    O que Malafaia e Edir Macedo fazem é propagar ódio e repudio a certo um grupo de pessoas.
    Liberdade de expressão é você expor suas opiniões sem ferir verbalmente alguém, coisa que os dois acima não fazem.
    Por exemplo: eu não gosto da bíblia por conter passagens sangrentas e que pregam ódio, um completo oposto a um Deus de amor segundo o próprio livro afirma.
    Eu disse o que eu achava e não agredi ninguém verbalmente e nem propaguei o ódio a um individuo ( o um grupo em particular).

    Sobre a questão dos 18 anos, seu ponto de vista pode esta certo.

    ResponderExcluir
  31. Anônimo das 15:02: Kerül a csacsi!

    ResponderExcluir
  32. @Senhora Crente
    Defecou no tópico.
    Ainda assim escolheu 1 bêbado “Noe” ,ele era o principal.
    Agora vc conseguiu jogar merda para todo o lado, na época de Jeferson, EUA não tinha bomba atómica, nem era maior potencia militar do planeta. Logo, tenta culpar ele pelas merdas EUA fez depois, é argumento bem ridículo que só funciona com alienados de sua laia.
    Não se esqueça de que EUA atualmente é um país com maioria cristã. Inclusive Bush disse que as guerras que fez, “foi à vontade de deus.”

    Outro detalhe que só citei Jeferson, pq a frase é dele. Não sou a favor de tudo que disse, ou fez.

    Em falar nisso, me explica pq Jesus ensina a espancar escravos? "Aquele servo (escravo), que sabia a vontade de seu senhor, e não se preparou, nem fez segundo a sua vontade, será punido com muitos açoites." (Lucas 12:47)"
    E pq ele não denunciou a escravidão?

    O caráter de deus esta diretamente ligado ao caráter das pessoas que o inventaram.
    Rodrigo*

    ResponderExcluir
  33. Se Malafaia e Edir Macedo estão incitando ódio, por que não estão presos?
    Não tenho como discordar de você, no que diz respeito à Bíblia ser bem sangrenta. Mas você há de concordar comigo de que a televisão e os videogames também o são. No entanto, apesar de crianças os usarem todos os dias, ateus não pregam abstinência a essas mídias.
    Agradeço suas perguntas e suas respostas. São muito pertinentes.

    ResponderExcluir
  34. Em tempo, meu post das 15:21 é dirigido a Shiroyasha.

    ResponderExcluir
  35. "Não se esqueça de que EUA atualmente é um país com maioria cristã. Inclusive Bush disse que as guerras que fez, “foi à vontade de deus.""

    Não tenho compromisso com Bush ou com os EUA. Não os estou defendendo.

    "Aquele servo (escravo), que sabia a vontade de seu senhor, e não se preparou, nem fez segundo a sua vontade, será punido com muitos açoites." (Lucas 12:47)"

    Ele está denunciando, relatando um fato e não dizendo que alguém deve fazer isso. Leia o capítulo todo.

    É possível, sim, que tenhamos inventado Deus. E daí? Olhe à sua volta. Apesar de todos os males que o conceito trouxe, permitiu também que evoluíssemos e nos organizássemos. O Conceito de Deus é que permitiu que você não fosse descartado, caso tenha nascido com alguma inconformidades física; permitiu que você fosse alimentado, caso seu pai tenha sofrido uma má sorte e sido incapaz de lhe comprar comida. O Conceito de Deus, de qualquer forma, ainda é útil. Não pense que você é a criatura mais inteligente do mundo. Não é. Estude mais!

    ResponderExcluir
  36. A Senhora crente tem uma boca tão suja!

    ResponderExcluir
  37. Em tempo, Anônimo, vá se limpar!

    ResponderExcluir
  38. Anônimo das 15:35 disse: "A Senhora crente tem uma boca tão suja!"

    É uma regra de justiça: Dar a cada um o que é seu.
    Assim, estou apenas devolvendo o que é seu.

    ResponderExcluir
  39. Senhora Crente disse...
    Se Malafaia e Edir Macedo estão incitando ódio, por que não estão presos?
    Não tenho como discordar de você, no que diz respeito à Bíblia ser bem sangrenta. Mas você há de concordar comigo de que a televisão e os videogames também o são. No entanto, apesar de crianças os usarem todos os dias, ateus não pregam abstinência a essas mídias.
    Agradeço suas perguntas e suas respostas. São muito pertinentes.

    ----------------------------------------------

    Por que nos estamos no Brasil e não é segredo de ninguém como aqui a justiça pode ser corrupta.
    Por que não a um estudo que comprove que jogos ou televisão possam fazer uma pessoa violenta. (claro, que a questão muda se a pessoa tem pré-disposição a ser violenta).
    No meu caso, sim eu jogo games violentos e nem por isso tenho vontade de matar alguém.
    Mas já Malafaia e Edir Macedo usam a bíblia como uma verdade absoluta (coisa que em minha opinião ela não é.)

    ResponderExcluir
  40. Shiroyasha disse: "Por que não a um estudo que comprove que jogos ou televisão possam fazer uma pessoa violenta."

    Os Acadêmicos que fazem estudos sobre a associação de videogames e violência, normalmente são covardes ao produzir suas conclusões. Eles se reconhecem incompetentes para concluir apropriadamente sobre o assunto. Entretanto, um bom estudo é o do link, abaixo:

    http://www.nead.unama.br/site/bibdigital/monografias/estetizacao_da_violencia.pdf

    ResponderExcluir
  41. Pra acabar de vez com essa putaria, Senhor Crente, prove através de evidências reais e físicas que deus existe e que Christopher Hitchens deve está queimando no inferno agora por ser ateu.

    Caso contrário, pare de defecar pela boca e respeite a memória do Hitchens, sua vagabunda!

    ResponderExcluir
  42. ~Senhora Crente

    E vc tá usando a falácia de apelo ao emocional numa vã tentativa de fazer seus "argumentos" parecerem válidos.

    Eu sou contra a imposição de ideologias e crenças a crianças que nem sequer tem idade para saber do que aquilo se trata. Eu fui batizada na igreja católica qdo eu tinha 1 mês de idade. Vc acha - que com essa idade - eu tinha noção inata do que era deus, religião, catolicismo, etc? Claro que não. Essa crença foi imposta a mim por conveniência da minha família.

    Mas esse batismo nao me fez continuar sendo católica. Eu escolhi não fazer catecismo, primeira comunhão e crisma com o apoio dos meus pais já que eles não me obrigaram a seguir uma determinada religião. Eles me deram liberdade de ter a crença ou não crença que eu quiser. Eu nao sinto falta de ter uma religião ou de ser crente em algum deus. Eu achei outros métodos que me fazem sentir bem em momentos de dificuldade e nenhum deles tem a ver com religião e drogas ou qualquer outro método nocivo.

    >> "A verdade é que sou o que você teme: Alguém que crê em Deus e que é capaz de te convencer a fazer o mesmo; alguém que argumenta melhor que você; alguém que você não se sente à altura, para enfrentar; alguém contra quem você não tem defesa!"

    Querida, como é que nós vamos temer uma pessoa delirante, que não sabe argumentar e que apela para um monte de falácias? É de rir msm.

    ResponderExcluir
  43. Desta forma, o álcool, o
    cigarro e as drogas
    psicotrópicas terão seu uso generalizado.
    Não haverá um homem,
    mulher, ancião ou criança,
    sobre a face da Terra, que
    não use pelo menos um
    desses "produtos".
    [Senhora crente isto é uma falacia de uma mente doida existe hoje 7 bilhões de habitantes no planeta, e com qual estudo voce chegou nestes dados? Nenhum porque são dados falaciosos o mundo das outras pessoas não é o teu mundo então fica de boa e relaxa falaciosa]
    Talvez, assim como em
    "ADMIRÁVEL MUNDO NOVO",
    de Aldous Huxley, se crie um
    pílula, a ser usada no dia a
    dia por qualquer um e que
    contenha as propriedades de
    todas a drogas[Esta totalmente equivocada dona crente por qual as razões as pessoas iriam usar drogas de uma forma generalizada ,isto mostra que voce esta perturbada e não raciocinia bem, teu raciocinio não é logico ,ele é um tanto quanto distorcido da realidade] acima
    mencionadas, concentradas.
    Substituiremos o culto às
    Divindades pelo culto à
    "FELICIDADE"[Como podem alguem cultuar um sentimento dona crente, ]

    Essa, será
    alcançada, todos os dias,
    pela "SUBSTÂNCIA MÁGICA",
    assim chamada porque
    poucos dominarão sua
    composição e poucos
    conseguirão mencionar seu
    nome complicado.
    [dona crente eu só posso dizer que voce esta perturbada mentalmente e esta delirando, eu por exemplo nunca usei drogas e nem alcool ,isto que voce esta dizendo é coisa de crente alterado ,com disfunções mentais]
    Tal
    complicação será
    potencializada pelo QI,
    também alterado, que a
    droga vai produzir na
    Humanidade.[o cristianismo o islamismo faz exatamente isto com voces crente ]

    Hitchens e Gabeira são bons
    exemplos de pessoas que
    buscam a Felicidade através
    de substâncias mágicas;
    Gabeira, inclusive milita pela
    legalização da Maconha.
    É desta forma que nosso
    mundo será destruído, se o
    Ateísmo progredir!
    [senhora crente sabe quanto por cento da população mundial se diz atéia, me perdoa destruir a tua doce ilusão ,boa sorte tente outra vez, voce não esta bem] Boa noite passar bem e se possivel chega com seus delirios que não da em nada dona crente]

    ResponderExcluir
  44. Todo mundo nasce ateu e submeter uma criança a qualquer tipo de crença é uma violencia contra a intelectualidade humana, seja no cristianismo, seja no judaísmo, seja no islamismo ,submeter crianças e condiciona-las a estas crenças e um crime absurdo sem precedentes.

    Acreditar que um cidadão precisa de ter uma religião para se compartar bem ,não passa de falacias de pessoas de mente vazia.

    ResponderExcluir
  45. Lucas Amaro da Costa17 de dezembro de 2011 22:44

    Nossa, essa Senhora Crente aí além de uma pessoa tola ainda é uma troll fudida.
    Aff

    ResponderExcluir
  46. Senhora Crente,

    Vc acusou o Anônimo das 13:33 de apelar para o ad hominem...e foi exatamente o que vc fez com o Luan.

    A hipocrisia te mandou lembranças, viu?

    ResponderExcluir
  47. mundo cheio de suspresas18 de dezembro de 2011 00:57

    "espero que não vá nem para o céu nem para o inferno, porque ficaria muito irritado com a surpresa."

    Pois é.

    ResponderExcluir
  48. Desconfio que a senhora crente seja uma das múltiplas personalidades do izaque e/ou do cristão.

    De qualquer forma, ela se encarrega de trazer arrogância, prepotência, ignorância e falácias ao tópico no caso de falta de algum crente.

    ResponderExcluir
  49. "Aquele servo (escravo), que sabia a vontade de seu senhor, e não se preparou, nem fez segundo a sua vontade, será punido com muitos açoites." (Lucas 12:47)"

    @Senhora Crente
    "Ele está denunciando, relatando um fato e não dizendo que alguém deve fazer isso. Leia o capítulo todo."

    Mentira descarada, qualquer um acesse o site. http://www.bibliaonline.com.br/ e confira por si mesmo. Jesus esta ensinando a espancar escravos mesmo.
    Rodrigo*

    ResponderExcluir
  50. Não,a senhora Crente é mais parecida com o multi-faces Joel Carvalho(o troll anti-gay).

    ResponderExcluir
  51. DEUS EXISTE?

    Há algum tempo atrás, mentes pequenas deste blog me pediram para provar a existência de Deus.
    Pois bem, este texto irá mudar suas vidas! Vocês aprenderão, cientificamente, como perceber Deus!
    É sabido que o Ser Humano (estou supondo que vocês o sejam) normalmente percebe o mundo em três dimensões: altura, largura e comprimento. Assim, tudo que a maioria de nós conhece tem essas três dimensões. Poucos de nós se dão conta que o tempo é uma quarta dimensão em nossa realidade, resultando do movimento relativo de umas coisas em relação a outras.
    Um menor número ainda de nós tem as ferramentas ou a percepção para considerar ou experimentar 5, 6, 7 ou mais dimensões. A Física Moderna tem afirmado, nos últimos anos, que nosso Universo tem 11 dimensões (Teoria das Cordas).
    Vamos nos restringir a objetos sólidos. Como é que uma criatura bidimensional veria a mão de um ser humano? Bem, nós, os tridimensionais, vemos objetos sólidos em duas dimensões, com a terceira dimensão distorcida. Para que a criatura bidimensional visse sua mão, você teria que projetar a imagem dela sobre uma superfície. Porém, o que você, tridimensional vê, quando coloca a mão sob uma lâmpada acessa, projetando a sombra sobre uma superfície plana, ainda é a visão de um ser tridimensional. O Ser Bidimensional, localizado na superfície, veria sua mão bidimensional de forma unidimensional, com a segunda dimensão distorcida.
    Mas, como veríamos Deus? Deus tem quantas dimensões?
    Ora, nossos sentidos não são capazes de perceber coisas infinitas. Mas nossa inteligência concebe o infinito, usando a noção matemática de limites, que exige que pensemos em algo que, ao ser medido infinitas vezes, se mostra maior a cada medição. Sendo assim, o limite de Deus, quando nosso pensamento tende ao infinito é infinito. E sendo Deus infinito, não está ao alcance de nossos sentidos: visão, paladar, audição, olfato e tato.
    O número de dimensões a que Deus pertence é maior que qualquer percepção ou concepção sobre o número total de dimensões existentes. Ou seja, Deus pertence a um número infinito de dimensões. Do contrário ele não seria onipresente ou onisciente.
    Como projetar um número infinito de dimensões em um mundo de três ou quatro dimensões? Impossível, uma vez que veríamos algo em duas ou três dimensões, com infinitas dimensões distorcidas. E as dimensões distorcidas poderiam cancelar a percepção das outras dimensões, resultando na visão de algo completamente insuspeito, irreconhecível, inindentificável ou mesmo na sua não percepção.
    Mas, como saber se algo imperceptível aos sentidos existe?
    Nossos sentidos não percebem o tempo, mas nós acreditamos que ele existe porque as coisas mudam de lugar, algumas mais rápido e outras mais lentamente. Tomando-se o movimento de uma dessas coisas como padrão e chamando esse padrão de tempo, podemos dizer quanto tempo a outra leva para se mover daqui para ali.
    Deus, como provei, não é perceptível aos sentidos, mas sabemos que ele existe através da mudança relativa das éticas humanas. Quanto maior a concentração, num sistema ético, de princípios que levem a coletividade à satisfação com a Justiça e permitam que o maior número de indivíduos adote, por vontade própria, a conduta mais razoável perante as leis e a condição humana, mais próximo da perfeição é a sociedade que contém tal sistema
    Então, Deus se manifesta no Ser Humano como uma admiração e busca pela perfeição em tudo. Também se manifesta pelo incômodo frente às leis que desrespeitam as condições que favorecem a vida e a dignidade. Finalmente, Deus se manifesta no entusiasmo que nos leva a aperfeiçoar nossos sistemas éticos.
    Assim, Deus se manifesta pelo incômodo sobre a ética imperfeita e pelo entusiasmo em produzir uma ética perfeita.

    E se Deus se manifesta, ele existe!

    ResponderExcluir
  52. Senhora Crente,

    Vc digitou, digitou, digitou e não disse nada.

    Todo o nosso conhecimento, todas as nossas experiências se baseiam em nossos sentidos, em como percebemos a realidade e no que aprendemos com nossos erros e acertos.

    É assim que a ética e a moralidade funcionam. Nós temos noção do que é moral, imoral, ético, não-ético através de nossas experiências. O ser humano não precisa de crer em um deus ou de ter uma religião para ser uma pessoa moral e ética.

    Eu sou atéia e tenho mais moral e ética que mto pastor estelionatário, padre pedófilo, líder religioso muçulmano que condena à morte por pedradas uma mulher que foi estuprada ou um homossexual. De acordo com seu raciocínio pastores e padres eram para ser as pessoas mais morais e éticas da face da Terra por serem crentes em deus e no entanto nem todos eles são (exemplo de pastores acusados de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, estelionato; padres acusados de pedofilia, etc).

    Se hj nós temos leis, ética e moralidade é pq elas se mostraram úteis para se viver em sociedade. Em 10.000 anos da civilização humana desenvolvemos códigos de ética, leis, conceitos morais (que mudam de acordo com a época em que se vive), colaboração e cooperação por necessidade de se viver em harmonia com as pessoas que fazem parte da sociedade que vivemos, pq precisamos umas das outras para sobreviver (aí é que entra a empatia tb) já que nenhum ser humano é uma ilha. E uma pessoa que tenta acabar com essa harmonia cometendo um crime contra alguém é punida de acordo com as leis da sociedade em que vive (algumas são bem arbitrárias como fuzilamento, cortar a mão, apedrejamento, etc, mas isso com certeza vai ser abolido algum dia...bom, pelo menos assim espero)

    Eu não preciso de ser crente em deus para me sentir indignada com uma ética imperfeita ou com a imoralidade de alguém ou de uma determinada sociedade. Para isso basta a minha consciência. Minha consciência diz que é errado matar, roubar, sequestrar, estuprar, vender drogas, assaltar, espancar, etc, e portanto acho inaceitável que isso aconteça com outras pessoas. E tenho tb algo chamado empatia. Eu não gosto de ver um ser vivo sendo maltratado ou passando por uma dificuldade pq eu sinto como se fosse eu que tivesse sendo maltratada ou passando por aquela dificuldade e faço algo para ajudar, qdo possível.

    O ser humano não precisa de crer algum deus para manifestar incômodo perante leis e atitudes que desrespeitam as condições que favorecem a vida e a dignidade. Eu fico indignada qdo vejo pessoas dormindo debaixo de um viaduto, pedindo esmola, vendo pessoas vivendo abaixo da linha de pobreza é passando fome no Nordeste e na África, fico super triste vendo famílias pobres perdendo membros da família e suas casas durante as chuvas de fim de ano, crianças sendo maltratadas por pessoas que deveriam cuidar delas, crianças de rua cheirando cola, se prostituindo, fumando crack, idosos sendo abandonados e esquecidos pelos filhos em asilos,etc. E - quando possível - eu faço a minha parte ajudando pessoas necessitadas; mas não pq uma religião para fazer isso ou para fazer bonito em frente a um deus e sim pq é a coisa certa a se fazer. Aposto com vc que eu amo o próximo mto mais do que mto religioso por aí, mas não por causa de um carinha invisível vivendo numa dimensão inalcançável pelos sentidos humanos e sim pq é o que minha consciência dita. Simples assim.

    ResponderExcluir
  53. Senhora Crente,

    Algo que vi num post no Facebook e que achei interessante.

    Então farei essa pergunta a vc:

    1 - Vc pode justificar sua afirmação de que seu deus existe com evidências corretas?

    A evidência apresentada tem que ser: independentemente examinável; independentemente verificável; quantificável, confiável.

    A evidência apresentada não pode conter:

    - referências bíblicas (raciocínio circular, não confiável, que não possa ser testada, que não possa ser verificada, dependente);
    - referências anedóticas (que não possam ser testadas, que não possam ser verificadas, não confiáveis, dependentes)

    ResponderExcluir
  54. Nossa, ela começou falando da teoria das cordas, ai disse que o deus dela (Porque é a religião dela que esta certa) não pode ser visto na nossa dimensão ( EU já vi isso antes ¬¬) e com isso ''PROVOU'' que o deus da religião dela existe.
    Putz velho, nunca li tanta merda antes.

    ResponderExcluir
  55. Michelle, você foi incompetente para analisar meu post; você não invalidou sequer uma linha do que eu disse. Entretanto, posso lhe ensinar como se faz. Veja como invalido seus argumentos:

    "Todo o nosso conhecimento, todas as nossas experiências se baseiam em nossos sentidos, em como percebemos a realidade e no que aprendemos com nossos erros e acertos."

    Resposta: A intuição não se vale dos cinco sentidos convencionais.

    " Nós temos noção do que é moral, imoral, ético, não-ético através de nossas experiências. "

    Resposta: Recém-nascidos já tem percepção sobre ética e moral, mesmo sem ter um arcabouço de experiências.

    "Eu sou atéia e tenho mais moral e ética que mto pastor estelionatário, padre pedófilo, líder religioso muçulmano que condena à morte por pedradas uma mulher que foi estuprada ou um homossexual."

    Não estamos falando de você. Deixe de ser egoísta.

    "De acordo com seu raciocínio pastores e padres eram para ser as pessoas mais morais e éticas da face da Terra por serem crentes em deus..."

    Em momento algum expressei isso como premissa ou conclusão no texto. Seja menos preconceituosa e menos preguiçosa, leia o texto.

    "Eu não preciso de ser crente em deus para me sentir indignada com uma ética imperfeita ou com a imoralidade de alguém ou de uma determinada sociedade. Para isso basta a minha consciência."

    Sua consciência só não lhe permite ser menos egoísta. Hitler também tinha consciência, mas era egoísta igual a você. Assim, você e Hitler são extremamente prejudiciais à Humanidade.

    "1 - Vc pode justificar sua afirmação de que seu deus existe com evidências corretas?

    A evidência apresentada tem que ser: independentemente examinável; independentemente verificável; quantificável, confiável.

    A evidência apresentada não pode conter:

    - referências bíblicas (raciocínio circular, não confiável, que não possa ser testada, que não possa ser verificada, dependente);
    - referências anedóticas (que não possam ser testadas, que não possam ser verificadas, não confiáveis, dependentes)"

    Onde foi que você viu referências bíblicas em meu texto? Onde foi que você viu referências anedóticas em meu texto?

    Eu utilizei a noção matemática de limites para quantificar Deus e suas dimensões; os conceitos deitados no texto são sobre Teoria das Cordas e Relatividade Geral. Se você fosse competente o bastante, poderia verificar e examinar o que foi escrito.

    Agora, um pouco de Teoria dos Jogos.
    Ao que parece, você é uma criatura cheia de preconceitos, teimosa e pouco inteligente. Sua consciência é cheia de egoísmo, o que faz com que fale muito de você mesmo.

    ResponderExcluir
  56. Michele muito bom serviu até para atrair uns ad hominen a teu respeito, eles não provam deus , apenas tem um desejo singular de sentimentos reprimidos, cheios de filosofias extravagantes eles não saem do mesmo lugar e vivem dando soco em ponta de faca,

    ResponderExcluir
  57. A mente faz as pessoas pensar e acreditar no que elas não são a imaginar a confabular delirios, os crentes são assim

    ResponderExcluir
  58. O número de dimensões a
    que Deus pertence é maior
    que qualquer percepção ou
    concepção sobre o número
    total de dimensões
    existentes.

    Sorry não existe outras dimensões,

    ResponderExcluir
  59. Deus, como provei, não é
    perceptível aos sentidos,
    mas sabemos que ele existe
    [AH TÁ]
    através da mudança relativa
    das éticas humanas.[O que acontece é que antes os homens eram primitivos e tolos e acreditavam cegamente em divindades ,mais com a evolução e o desevolvimento da inteligencia da ciência temos uma melhor cognitividade em viver em sociedade não guiados por lendas, então teu deus tuas filosofias frustadas não tem nada a ver com nosso desenvolvimento humanitario.

    ResponderExcluir
  60. Senhora Crente,

    Eu analisei o seu post e refutei vários pontos dele, vc é que não percebeu ou - talvez - não quis perceber. A sua mente fechada e pequena não te permitiu.


    >> "Todo o nosso conhecimento, todas as nossas experiências se baseiam em nossos sentidos, em como percebemos a realidade e no que aprendemos com nossos erros e acertos."

    "Resposta: A intuição não se vale dos cinco sentidos convencionais."

    Onde é que eu falei de intuição aqui? Minha querida, o conhecimento que vc adquire ao longo da vida não é baseada em intuição; é baseada em experiências.

    Exemplo 1: Vc vai fazer um concurso público, só que vc não estudou pra ele. Como resultado, vc nao tirou a nota para passar. Da próxima vez, vc vai estudar para o concurso público. Viu? Vc aprendeu - através de um erro seu - que se deve estudar para passar no concurso público. Esse seu aprendizado não foi baseado em intuição, foi baseado em experiência.

    Exemplo 2: Vc é uma criança de 3 anos e decide chupar uma laranja. Só que em vez de pedir um adulto para descascar a laranja, vc pega uma faca pra tentar descascar a fruta sozinha. Como vc não tem mta coordenação motora pra mexer com uma faca, vc acaba cortando o dedo. O corte sangra mto e dói pra burro e vc acaba sendo levada para o hospital para levar alguns pontos. Com isso, vc aprendeu algo sobre a realidade: que se tem tomar cuidado ao mexer com facas, que um corte dói pra caramba e que da próxima vez, peça um adulto para cortar a fruta pra vc; assim vc evita um acidente. Vc aprendeu isso através de sua experiência, não por intuição. Vc sentiu dor e com isso vc percebeu um pouco mais da realidade através dos seus sentidos (não da intuição), da capacidade que seu cérebro tem de processar a dor.


    >> "Resposta: Recém-nascidos já tem percepção sobre ética e moral, mesmo sem ter um arcabouço de experiências."

    Não, não tem. Moralidade e ética não são inatas no ser humano; são coisas que nós aprendemos com o tempo através da forma como somos educados por nossos pais, como somos educados pela escola que a gente frequenta, pelas nossas experiências de vida, etc. Um bebê não nasce com a noção do que é certo e errado, do que é moralmente aceito ou não. Isso é algo que ele aprende com o tempo, qdo ele vai se relacionando com as pessoas próximas a ele e qdo ele vai aprendendo a perceber o mundo e a realidade a sua volta.

    >> "Não estamos falando de você. Deixe de ser egoísta."

    E daí? Mas eu dei como exemplo para refutar seu argumento que sou mto mais moral e ética do que mta gente dita religiosa e crente em deus por aí. Moralidade e ética não são mutuamente exclusivas de pessoas crentes em deus.

    Mas posso dar como exemplo ateus que tem melhor caráter do que vários religiosos: Drauzio Varella, Stephen Fry, Carl Sagan, Stephen Hawking, Brian Cox, Neil Degrasse Tyson, Dawkins, Bill Maher, Camila Pitanga, Bertrand Russell, Bruce Lee, Jodie Foster, etc.

    >> "De acordo com seu raciocínio pastores e padres eram para ser as pessoas mais morais e éticas da face da Terra por serem crentes em deus..."

    "Em momento algum expressei isso como premissa ou conclusão no texto. Seja menos preconceituosa e menos preguiçosa, leia o texto."

    Mas está escrito nas entrelinhas. De acordo com seu "raciocínio" somente uma pessoa crente em deus é uma pessoa moral e com ética. Uma pessoa que não acredita em deus não é uma pessoa moral e ética. Isso - pq na sua opinião - moralidade e ética vem do deus que vc acredita. Como padres e pastores são crentes no mesmo deus que vc, então era para eles serem bastiões da moralidade e ética e nós sabemos mto bem que nem sempre é assim já que tem padres pedófilos e pastores estelionatários. A não ser que vc acha que um padre - mesmo abusando sexualmente de menores - e um pastor - mesmo sendo estelionatário - são pessoas morais (apesar das coisas erradas que eles fazem) por que acreditam no mesmo deus que vc.

    ResponderExcluir
  61. Senhora Crente (continuação do post anterior)

    >> "Sua consciência só não lhe permite ser menos egoísta. Hitler também tinha consciência, mas era egoísta igual a você. Assim, você e Hitler são extremamente prejudiciais à Humanidade."

    Hitler era um louco sociopata e que não tinha consciência nenhuma. Ele estava disposto a eliminar da Alemanha judeus, romenos, negros, homossexuais, deficientes físicos, pessoas com deficiência mental, etc, em nome da pureza racial, da supremacia ariana, e eliminar inimigos do regime em nome do nazismo. Eu jamais faria uma coisa absurda dessas em nome do ateísmo ou do secularismo, pq eu tenho um enorme respeito pela humanidade.


    "1 - Vc pode justificar sua afirmação de que seu deus existe com evidências corretas?

    A evidência apresentada tem que ser: independentemente examinável; independentemente verificável; quantificável, confiável.

    A evidência apresentada não pode conter:

    - referências bíblicas (raciocínio circular, não confiável, que não possa ser testada, que não possa ser verificada, dependente);
    - referências anedóticas (que não possam ser testadas, que não possam ser verificadas, não confiáveis, dependentes)"

    >> "Onde foi que você viu referências bíblicas em meu texto? Onde foi que você viu referências anedóticas em meu texto?"

    Sweety, vc nao entendeu. Eu pedi para vc apresentar uma evidência concreta de que seu deus é real sem apelar para referências bíblicas e anedóticas (já que mtos religiosos usam essas coisas como argumentos para a existência do deus deles). Simples assim. Vai fazer isso ou vai fugir da raia?

    >> "Eu utilizei a noção matemática de limites para quantificar Deus e suas dimensões; os conceitos deitados no texto são sobre Teoria das Cordas e Relatividade Geral. Se você fosse competente o bastante, poderia verificar e examinar o que foi escrito."

    Mas essas "evidências" que vc apresentou numa tentativa falha de provar que seu deus existe não é um argumento confiável, não pode ser verificado e não é quantificável. E - além do mais - o fato de vc usar noção matemática, dimensões do espaço-tempo, Teoria das Cordas e Relatividade Geral para tentar provar a existência do seu deus mostra que vc não entende nada de matemática, de dimensões, Teoria das Cordas e Relatividade Geral. Esse argumento é risível de tão ridículo. Com essa, Einsten revirou no túmulo.

    >> "Ao que parece, você é uma criatura cheia de preconceitos, teimosa e pouco inteligente. Sua consciência é cheia de egoísmo, o que faz com que fale muito de você mesmo."

    Vc acusou um Anônimo de apelar para o ad hominem, no entanto vc apeloou para o ad hominem com o Luan Cunha e comigo (3 vezes no mesmo post). Parabéns Senhora Crente, vosso nome é HIPOCRISIA.

    ResponderExcluir
  62. Meu Deus!
    Dai competência aos ateus!
    Se dizem os defensores da Ciência, mas não a entendem.
    Se ocupam só de gastar palavras, são fracos.

    Michele, prove, cientificamente, que as ferramentas que utilizei foram mal aplicadas. Se você não for capaz disso, então admita que não é capaz. Diga que tal conhecimento não está a sua altura. Tenha um pouco de humildade! Coloque para funcionar essa Ética centrada em você mesma!

    ResponderExcluir
  63. Senhora Crente disse:

    "Há algum tempo atrás, mentes pequenas deste blog me pediram para provar a existência de Deus.
    Pois bem, este texto irá mudar suas vidas!"

    Não, não mudou. Próximo!

    ResponderExcluir
  64. Essa tal senhora crente ainda está postando sandices por aqui?

    ResponderExcluir
  65. Michele com seu raciocinio lógico e paciência 10 x 0 senhora crente

    ResponderExcluir
  66. Senhora Crente,

    >> "Meu Deus! Dai competência aos ateus! Se dizem os defensores da Ciência, mas não a entendem. Se ocupam só de gastar palavras, são fracos."

    A sua hipocrisia atingiu o ápice:

    1 - Vc me acusa de não entender a ciência, mas não sou eu que está a Teoria da Relatividade Geral e a Teoria das Cordas para tentar provar que deus existe, é vc. Vc é que não entende a ciência pq vc está fazendo mal uso da mesma ao dar à ciência uma função que não lhe cabe (provar a existência de deus). Caso vc não saiba, Senhora Crente a ciência tem como função e objetivo entender o mundo natural e suas leis e fenômenos. Mais nada. A funçao da ciência não é provar a existência ou inexistência de deuses ou qualquer outra coisa sobrenatural. Embora já tenha acontecido de a ciência achar explicações mais racionais sobre alguns fenômenos aparentemente sobrenaturais, como por exemplo a tal da experiência de quase-morte (que nada mais é que o cérebro dando tilt e morrendo por falta de oxigênio).

    2 - Se a Teoria da Relatividade Geral e a Teoria das Cordas podem de alguma forma provar que seu deus é real, então não fique só no falar. Por favor, me mostre cálculos, dados, experimentos, qualquer evidência verificável que possa ser analisada por astrônomos, astrofísicos, cosmólogos, etc, ou vc espera que eu acredite nessa bobagem que vc chama de evidências só pq vc disse que é assim? Não mesmo, querida. Vc está debatendo com uma pessoa cética e que só considera algo aceitável e que vai mudar de idéia em frente às evidências depois das mesmas serem analisadas e re-analisadas várias vezes.

    Se esse seu argumento for realmente verdade, vc vai calar a boca de Stephen Hawking (o que pra falar a verdade, eu duvido mto que isso vá acontecer).

    >> "Michele, prove, cientificamente, que as ferramentas que utilizei foram mal aplicadas."

    Outra falácia: inversão do ônus da prova. Não cabe a mim provar que seu argumento sobre a existência do seu deus ser provada por teorias científicas está errado. Cabe a vc provar - através de evidências confiáveis, possíveis de serem verificadas e analisadas - que este seu argumento está certo. E aí, querida? Vai provar ou vai continuar desviando do assunto, apelando para o ad hominem e outras falácias de novo?

    ResponderExcluir
  67. "Outra falácia: inversão do ônus da prova. Não cabe a mim provar que seu argumento sobre a existência do seu deus ser provada por teorias científicas está errado. Cabe a vc provar - através de evidências confiáveis, possíveis de serem verificadas e analisadas - que este seu argumento está certo. E aí, querida? Vai provar ou vai continuar desviando do assunto, apelando para o ad hominem e outras falácias der novo?"

    Você acabou por confessar sua incapacidade e má vontade de refutar meus argumentos e apresentar contra provas. Na verdade, eu já sabia disso!

    ResponderExcluir
  68. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  69. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  70. Michele fica fria estamos vendo as sandices da senhora crente, se este texto era o melhor que ela tinha pra provar algo ela falhou miseravelmente o texto dela é insano sem nexo coisa de pessoas atormentada coitada dela. Ainda bem que ateu consegue raciocinar e usar a lógica já de cara percebe estas loucura.

    Tudo o que exarceba o natural é fantasia, a vida os planetas as galaxias o universo é exatamente como vemos , e nem toda poesia sobre ele ,fara ele ser diferente, e nem estes pobre sonhos dos crente vai alterar o que a vida realmente é ,nada de deus existe ,porque deus não existe a não ser em metaforas sonhos e fantasias.

    ResponderExcluir
  71. deus é um doce desejo do crente que nunca vai ser realizado, a não ser nas angustias que o não existente lhes causa.

    ResponderExcluir
  72. Cheiro podre de samaelianos no ar kakaka

    ResponderExcluir
  73. Anônimo (20/12/11 01:17)

    Eu tô calma; eu lido com pessoas como a Senhora Crente já faz um bom tempo, já sei de cor os "argumentos" que essas pessoas usam, as falácias, os ataques pessoais, os desvios de assunto...eu acho engraçado pq isso significa que pessoas como a Senhora Crente não tem argumentos para refutar os nossos argumentos.

    Pra me tá de boa; eu não me estresso, não perco a paciência...só rio e trato a pessoa com sarcasmo.

    ResponderExcluir
  74. Senhora Crente,

    >> "Você acabou por confessar sua incapacidade e má vontade de refutar meus argumentos e apresentar contra provas. Na verdade, eu já sabia disso!"

    Vai continuar insistindo na inversão do ônus da prova, boneca? Eu refutei seus argumentos, Senhora Crente...só que sua cabecinha está tão cheia de dogmas religiosos, falácias e mal entendidos que vc não percebeu ou não quis perceber.

    E é aí que a sua hipocrisia ataca de novo, pela terceira vez...impressionante! Com essa mania que vc tem de desviar do assunto, usar o ad hominem numa tentativa - falha, só para te esclarecer - de me tirar do sério é sinal que é vc que é incapaz de provar o seu argumento com evidências concretas e é vc que está com má vontade (devido à preguiça de pensar, talvez?) de tentar refutar meus argumentos.

    Sabe de uma coisa? Não tem como debater com vc. Está mais do que óbvio que lógica e razão não funcionam com vc (pq seu cérebro já está todo tomado por sandices que os pastores - ou padres - enfiaram na sua cabeça através da lavagem cerebral).

    Se vc quer permanecer na ignorância, problema é seu. Vc é a única que sai perdendo com isso. Paciência...

    ResponderExcluir
  75. Que seja assim Michelle! Eu aceito a vitória!

    Gostaria agora de me dirigir ao Luan. Peço-lhe, publicamente, desculpas pelo veneno que derramei contra você. Paulo Lopes, sabiamente, não permitiu que o post continuasse à mostra. Confesso que eu teria minha vergonha amplificada toda vez que o lesse.

    Sei que você é só um ignorante e que eu deveria saber que você não sabe o que diz. Eu o perdoo pelo que disse.

    ResponderExcluir
  76. Senhora Crente,

    Você é solteira? Está descomprometida?

    É jovem, simpática e atraente?

    Mora no Brasil?

    Suas intervenções estão despertando em mim outros interesses por você que não apenas o mero debate intelecto-espiritual...

    ResponderExcluir
  77. Senhora Crente,

    Vitória de quê, boneca? Primeiro que isso é um debate num blog, não uma competição.
    Segundo, vc não tem que declarar vitória, ô pombo enxadrista. Vc não mostrou nenhum argumento válido; apelou para um monte de falácias; fez mal uso da ciência ao dar ela uma função que não lhe cabe; não deu evidências verificáveis, tangíveis e confiáveis que provem que seu deus existe; não mostrou nenhum cálculo ou dados concretos que provem - sem sombra de dúvida - que a Teoria da Relatividade Geral e a Teoria das Cordas servem como prova que seu deus existe num lugar além do nosso espaço-tempo (assumindo que vc saiba do que essas teorias realmente se tratam, o que - baseado no que vc escreveu - vc não sabe nadinha de nada e inventou um verdadeiro samba do crente doido); agora agiu como pombo enxadrista...

    Senhora Crente, esse seu comportamento patético e risível...mas não tem nenhuma surpresa aí; já lidei com um monte de gente como vc e nada do que vcs dizem me surpreende.


    >> "Gostaria agora de me dirigir ao Luan. Peço-lhe, publicamente, desculpas pelo veneno que derramei contra você. Paulo Lopes, sabiamente, não permitiu que o post continuasse à mostra. Confesso que eu teria minha vergonha amplificada toda vez que o lesse. Sei que você é só um ignorante e que eu deveria saber que você não sabe o que diz. Eu o perdoo pelo que disse."

    Além de hipócrita, é arrogante e continua no mesmo erro. Poxa vida, Senhora Crente...vc pede desculpas ao Luan Cunha pelas coisas ruins que vc disse à ele e no mesmo post vc o chama de ignorante e o perdoa por um erro que vc cometeu primeiro. Que arrogância!!! A ignorante aqui é vc...

    ResponderExcluir
  78. Interessante!!!
    Crentes usando "noção matemática de limites" para provar a existência de Deus? Teoria das Cordas, Relatividade Geral?
    Por outro lado, ateus que não conseguem regatê-los.
    Isso é um sinal dos tempos!

    ResponderExcluir
  79. Putz, mais um crente com síndrome de pombo enxadrista aqui no blog, só o q me faltava.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site