Homofóbicos sentem excitação com gays, revela pesquisa


por Contardo Calligaris
para Folha 

Pesquisa mostra que
quem odeia gay na
verdade o deseja
Desde o fim do ano passado, em São Paulo, assistimos a uma série de ataques brutais contra homossexuais ou homens que seriam homossexuais aos olhos de seus agressores.

No fim de 2010, por decreto da Presidência da República, foi estabelecida a finalidade do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (parte da Secretaria de Direitos Humanos).

Mais recentemente, o Supremo Tribunal Federal reconheceu a união entre pessoas do mesmo sexo como unidade familiar. Não me surpreende que uma explosão de homofobia aconteça logo agora, pois, em geral, o ódio discriminatório aumenta de maneira diretamente proporcional aos avanços da tolerância.

Funciona assim: quanto mais sou forçado a aceitar o outro como igual a mim, tanto mais, num âmago que mal reprimo, eu o odeio e quero acabar com ele. Mas por que eu preferiria que o outro se mantivesse diferente de mim? Por que não quero reconhecê-lo como igual? O termo de homofobia, inventado no fim dos 1960, designa, mais que um preconceito, uma reação emocional à presença de homossexuais (ou presumidos homossexuais), num leque que vai do desconforto à ansiedade, ao medo e, por fim, à raiva e à agressão.

Numa entrevista na "Trip" de outubro (http://migre.me/6563w), apresentei a explicação clássica da homofobia do ponto de vista da psicanálise: "Quando as minhas reações são excessivas, deslocadas e difíceis de serem justificadas é porque emanam de um conflito interno. Por que afinal me incomodaria meu vizinho ser homossexual e beijar outro homem na boca? De forma simples, o que acontece é: 'Estou com dificuldades de conter a minha própria homossexualidade, então acho mais fácil tentar reprimir a homossexualidade dos outros, ou seja, condená-la, persegui-la e reprimi-la, se possível até fisicamente, porque isso me ajuda a conter a minha'".

Exemplo: se eu sinto (e não quero sentir) atração por um colega de classe do mesmo sexo, o jeito, para me convencer que não sinto atração alguma, é chamar esse colega de veado, juntar um grupo que, como eu, odeie homossexuais e esperar o colega na saída da escola para enchê-lo de porradas.

Um amigo me perguntou se essa interpretação da homofobia não era sobretudo uma forma de vingança: você gosta de agredir homossexuais pelas ruas da cidade? Olhe o que isso significa: você mesmo é homossexual. Gostou? O amigo continuou: "Isso não é bonito demais para ser verdade?".

Pois bem, anos atrás, pesquisadores da Universidade da Georgia selecionaram 64 homens que (na escala Kinsey) se apresentavam como sendo exclusivamente heterossexuais. Todos foram testados por uma entrevista (clássica, o IHP) que estabelece o índice de homofobia, de 0 a 100. Com isso, foram compostos dois grupos: os não homofóbicos (IHP de 0 a 50) e os homofóbicos (IHP de 50 a 100).

Nota: chama-se pletismógrafo um instrumento com o qual se registram as modificações de tamanho de uma parte do corpo. Pois bem, todos vestiram um pletismógrafo peniano, graças ao qual qualquer ereção, até incipiente e mínima, seria medida e registrada. Depois disso, todos os 64 foram expostos a vídeos pornográficos de quatro minutos mostrando atividade sexual consensual entre adultos heterossexuais, homossexuais masculinos e homossexuais femininos.

À diferença do que aconteceu com o grupo de controle (ou seja, com os não homofóbicos), a maioria dos homofóbicos teve tumescência e ereção significativas diante dos vídeos de sexo entre homossexuais masculinos. Confirmando a interpretação da psicologia dinâmica: indivíduos homofóbicos demonstram excitação sexual diante de estímulos homossexuais.

Existe a possibilidade de que a excitação manifestada pelos homofóbicos seja efeito, por exemplo, de sua vontade de quebrar a cabeça dos protagonistas dos vídeos -existe, mas é remota (porque os 64 indivíduos da amostra passaram todos por um questionário que mede a agressividade, e ninguém se mostrou especialmente agressivo).

Para quem quiser conferir, a pesquisa, de Henry E. Adams e outros, foi publicada no "Journal of Abnormal Psychology" (1996, vol. 105, n.3), com o título "Is Homophobia Associated with Homosexual Arousal?" (a homofobia é associada à excitação homossexual?) e é acessível na internet: http://migre.me/656Z4.


Silas Malafaia afirma que vai ‘fornicar’ líder gay

Comentários

Beatriz Alencar disse…
Otimo texto; homofobicos não passam de gays encubados.
Anônimo disse…
O texto é excepcional,mas expõe algo que todo o mundo já sabe ou sabia.
Anônimo disse…
HAHAHA só falta daqui a pouco, os heteros seres gays tambem.
Charles disse…
Na verdade o termo homofobia designava , na sua origem, pessoas com aversão à outras pessoas,os anti-sociais, eremitas e etc...homofobia = fobia aos iguais...
Anônimo disse…
Muitas vezes são bi!.HAHAHA...
Luan Cunha disse…
Charles, nada a ver isso que você falou.

Eu estudo linguística. Não interessa a etimologia da palavra, o que importa é o contexto dela dentro da sociedade. Homofobia é usado para classificar a aversão a gays, lésbicas, bisexuais e transexuais, e não a "pessoas iguais". Se levarmos em conta a etimologia, o termo "certo" seria "homofilofobia", o que é uma palavra muito feia. Não vejo ninguém dizer: "Ah, seu homofilofóbico!".

E homofobia nunca foi usada para designar aversão a pessoas iguais, como você disse. Está inventando.
William disse…
Partindo dessa lógica....
os nazis são judeus incubados
os americanos são comunistas e islamicos incubados
os corintianos são palmeirenses incubados (e vice-versa)
os gremistas são colorados incubados (e vice-versa)
Luan Cunha disse…
O quê que isso tem a ver?

Falácia do declive escorregadio.
Anônimo disse…
Legal, agora há embasamento científico pra levar adiante a campanha "Bolsonaro, sai do armário!!!", rsrsrs

- S.Nonick
Charles disse…
Luan, por que eu inventaria isso? Já que você estuda letras, vá mais fundo e pesquise sobre o que eu escrevi.O uso para a aversão aos hossexuais é recente mas a expressão é bem antiga, além disso é muito feio chamar os outros de mentirosos! rsrs
Kimberly disse…
Sinceramente? Acho que algumas coisas fazem muito sentido na teoria. Mas não consigo deixar de enxergar isso como um certo golpe para "Não vou bater nesse ai se não vão pensar que me atraio por homens..."
Luan Cunha disse…
A origem da palavra homofobia tem como marco inicial o ano de 1971, quando foi cunhado pelo psicólogo norte-americano George Weinberg em seu livro “Society and the Healthy Homosexual para significar medo, aversão e ódio à pessoa homossexual. Com o passar dos tempos, passou a significar, mais modernamente, quaisquer atos de discriminação contra o homossexual ou contra a homossexualidade.

Poranto, não se deve fazer uma leitura ao pé da letra dos radicais que compõem a palavra homofobia. O radical homo que, na palavra homossexual, significa igual; na palavra homofobia, por se tratar de uma apócope(supressão de fonemas no final da palavra) da palavra homossexual, ou seja, de uma redução da expressão, o referido radical não tem o mesmo teor semântico e lexical que tem na palavra homossexual.

Fonte: http://thonnyhawany.blogspot.com/2010/10/homofobia-conceito-etimologia-da.html

Portanto, Charles, você inventou.
Charles disse…
Não inventei não Luan, sabe quem foi acusado ou nominado de homofóbico??? Michael Jackson, que isolou-se em seu rancho em companhia apenas de crianças...mas não vou discutir sexo dos anjos com você.Abraço!
quanto conversa fiada só para no final vir com a mesma conversa de que "homofóbicos" ( eu não uso o termo) são "gays enrustidos"?
Luan Cunha disse…
E que diabos tem a ver o Michael Jackson com as supostas acusações de pedofilia dele?

Até onde eu sei, ele foi acusado de manter relações sexuais com crianças, não de "homofobia". Sendo que ele mesmo já foi apontado como gay, apesar da sexualidade dele ainda está sendo discutida.
Yuri disse…
Custa pra algumas pessoas entenderem que palavras mudam de significado com o tempo?
Enfim, essa pesquisa só provou o que já era sabido.
Anônimo disse…
Michael Jackson era um homopedófilo tarado enrustido por isso tinha uma forte homofobia internalizada como muitos gays(homófilos não-pedófilos)encapados têm!...

Cuidado Malafaia(a loka)!
Anônimo disse…
A homofobia,muitas vezes,é uma auto-defesa contra impulsos homossexuais(homoafetivos)semiconscientes.
Anônimo disse…
Quem pode dizer se algum corinthiano não seria palmeirense "in vitro"?Coritianos só não vão mais poder mais falar de algum dinheiro público que venha a "entrar" na tal cobertura do estádio do São Paulo(como faziam no passado para dizer que o Morumbi havia sido construído com dinheiro do povo) depois da VERGONHOSA farra do boi com verba pública na construção do Itaquerão.Mas essa comparação é,como lembrou o Luan,falaciosa.
Emanuel Jr. disse…
Cada coisa que sou obrigado a ler. Imbecilidades cada dia maiores.
Charles disse…
Luan, só pra encerrar: Antes da internet e do google havia vida, mesmo que você possa não acreditar - liam-se revistas , pesquisava-se em bibliotecas...e não bastava apenas um click.
John Constantine disse…
O Silas Malafaia deve ter muitas ereções só de pensar nos homossexuais, junto com o Julio Severo.
Anônimo disse…
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk era só essa que faltava quem inventou essa pesquisa idiota deve ter sido o Luan gosta de cunha, kkkkkkkkkk.
Anônimo disse…
Aliás não sei se sabem de algo que pode servir de referência para esses post: um video da campanha Assume Bolsanaro tem alguns casos envolvendo membros de seitas cristãs de cunho fundamentalista que, apesar de terem família com pessoas de sexo oposto, acabaram assumindo que eram na verdade homoafetivos, o que nos faz relatar que existe a possibilidade de Jair Bolsanaro, Silas Malafaia, Magno Malta, Marcelo Crivela e Edir Macedo (ou Pedir MaisCedo) sejam na verdade homoafetivos enrustidos. Não estou insinuando que isso seja mesmo algo que aconteceu ou venha a acontecer, mas pelo que vi naquele video (procurem no YouTube pelo video da campanha) a tendência de um homofóbico assumir que na verdade é um homo que estava o tempo todo reprimindo sua verdadeira sexualidade é de possível à viável.

Por isso é sempre bom lembrar que os que hoje atacam gays e lésbicas por conta de sua opção/orientação sexual, amanhã podem estar junto com eles. Isso é uma probabilidade incalculável, mas provável.
Anônimo disse…
Da mesma forma, quem é contra a zoofilia é na verdade um zoofilo enrustido.Piada!
Yuri disse…
Anônimo das 22:29, mostre a pesquisa que prove que quem é contra a zoofilia é um zoófilo enrustido.
Anônimo disse…
Existe uma diferença GIGANTESTA entre ser contra e ter um ódio extremo injustificado.Será que você consegue compreender isso anônimo das 22:29?
Luan Cunha disse…
O anônimo das 19:05, que não tem coragem de mostrar a cara por conta da covardia, é a prova cabal de que essa pesquisa está certa.

O cara me persegue em todos os posts sobre homossexualidade, é incrível essa obsessão dele por mim. Deve está muito apaixonado mesmo, mas felizmente sou comprometido, muito bem, obrigado.

Um homem de coração partido é tão inconsequente, dadinho dele.
Anônimo disse…
Na minha modesta opinião um homofóbico é aquela pessoa que não suporta ver um homossexual, sente raiva, agride verbalmente ou fisicamente apenas pela pessoa ser homossexual.. sem nenhum motivo...

As pessoas que acham o homessexulismo errado, por questões de religiões ou pura ignorância não são homofóbicas e muito menos gays encubados!
AlyneS2 disse…
Está tudo explicado então!!!^^
A DIFERENÇA É A NÃO-IDENTIDADE?

A incompreensão dos diferentes por aqueles que supostamente são identificados como iguais; é resultado de milênios de uma lógica que exclui a possibilidade da contradição. Em outras palavras, só porque um costume consagrado por um filósofo chamado Aristóteles, recebe estatudo de Lei do pensamento; a humanidade inteira passa a racionar nestes termos do "Ou isso ou aquilo". Esquecem o tema daquele bolero em espanhol. Nunca se deve desprezar, diante do Sic et Non, um "quizas, quizas, quizas"...

Eveline Perdigão
marse.evelineperdigo7@gmail.com
Anônimo disse…
O Malafaia comprova essa pesquisa.
Anônimo disse…
O Malafaia é a maior bichoooooooona!
Dadá Barirí.
Anônimo disse…
Para Beatriz e outros o artigo é falso, como no mais na vida ninguem tem certeza de nada, detesto gays mais dizer que é ser gay enrustido ridiculo, detesto porque conheço de perto, pois tive uma boite de strip tease de mulheres mas claro tive gays trabahando comigo e eles fazem o inimaginavel em termos de fofocas, agressao, seja principalmente por inveja de nao ser uma mulher e por isso usam de todos os recursos para tentar conseguir o que querem, como não podem ir numa casa de um jovem pedir aos pais do garoto para namorar pois vao ser escorraçados, usam interminaveis meios escusos, para conseguir o seu intento, nao importando se a pessoa deseja ser gay e é asssim que acontece na vida de milhoes que se tranformam em gays foram desviados de sua condição biologica normal que é namorar uma mulher e constituir família, só quem já conviveu com estas aberrações da natureza que sabe a mente perversa, desses seres que, (minha opinião e não sei se é correto) como o homem tem muita testeterona quando fazem sexo entre si, nao conseguem parar de copular visto que o animal macho, um boi por exemplo cobre muitas vacas, ao passo que a femea nao tem um desejo sexual tao intenso haja visto que a hipofise e outras glandulas masculinas, liberam hormonios, para o homem cobrir o maximo de femeas concluindo dois machos em sexo imagine a furia sexual, imagino eu que por isso os que tem uma relação homosssexual nao consigam deixar de te-las.

Em tempo tenho 54 anos de muita experiencia, ha mais de 5 anos, nao atuo mais nesse comercio de boites e NUNCA tive e nem quero ter relações homossexuais, discordando veemenemente, desse artigo acima, pode ser que hajam pessoas assim mais a maioria esmagadora(acho eu pois nada no mundo é certeza de nada) é nojo mesmo e repulsa ao ter que ver seus entes queridos principalmente adolescentes essas aberrações da natureza em publico desmunhecando, se querem ser homosssexuais se vistam como homens e na sua casa façam o que querem.

William disse...

Partindo dessa lógica....
os nazis são judeus incubados
os americanos são comunistas e islamicos incubados
os corintianos são palmeirenses incubados (e vice-versa)
os gremistas são colorados incubados (e vice-versa)

Grande Williams disse muito nessa frase.

E paa finalizar que este é o meu primeiro coments seu blog Paulo tá de parabens, todo dia dou uma passada aqui.

Abraços

Marco Antonio
Anônimo disse…
Na realidade senhor Marco Antonio, você conheceu alguns gays, para você pode ter sido muito, mas só alguns.... Tenho muitos amigos gays, e sinceramente, nem um deles são monstros na forma que o senhor descreveu.
Quanto ao exercer ou não atos homossexuais é uma questão de liberdade, e acho que as pessoas que acham que os gays devem ficar contidos em casa devem conter seus atos heterossexuais,como beijos e até mesmo o ato de andar de mãos dadas que incomoda tanto algumas pessoas mais extremas, que toda manifestação de afeto do cunho de relacionamento vá para o ambiente domiciliar então...
Se as pessoas simplesmente cuidassem do que se diz respeito até a própria homofobia seria menor, pois os próprios enrustidos não teriam problemas em ser eles mesmos.
Anônimo disse…
Existe uma boa parte de neo-nazistas que são judeus ou descendentes de judeus, sem falar na versão brasileira em que pardos, negros e indígenas se dizem neo-nazi.

"Self-loathing", vai estudar e sai do armário, donzela.

E americanos são nacionalistas ao extremo e religiosos ao extremo, só muda o nome, mas continuam sendo fortemente coletivistas e fanáticos.
Anônimo disse…
kkkkkkkkkkkkkkk, arrazou.........
Rodrigo Freire disse…
CHEGA!!!

Até a homofobia está indo pra conta dos "viados". NÃO! Eles não são gays, mas sim intolerantes e devem ser tratados como tais.
Thiago Brosens Barros disse…
Seu argumento não faz o menor senttido, william

Para começo de conversa, você equipara amor e ódio. São parecidos, não iguais.

"Nazis são judeus incubados" - não, pois "judeu" não é um grupo comportamental;
"mericanos são comunistas e islamicos incubados" - não pois o ódio deles por esses grupos deriva do AMOR ao país e à religião deles, e o mesmo vale pros outros dois.

Homofóbicos não odeiam gays porque amam heterossexualidade.
LOGICO SÃO GAYS ENRUSTIDOS..
.TEMEM SENTIR TESÃO POR PESSOAS DO MESMO SEXO,
SE PEGAREM PENSANDO E SENTINDO PRAZER,PELO SEXO QUE NÃO SEJA O OPOSTO
,SE PUNEM É PECADO,É IMPURO
,MAS SIMPLESMENTE FAZ PARTE DA VIDA HUMANA...
SABEM O QUE É HOMOFOBIA?
O MEDO DE SER OU SE TORNAR HOMOSSEXUAL...
COMO SE FOSSE UMA DOENÇA OU UM VÍRUS,
UMA COISA QUE É ADQUIRIDA,,,
E NÃO UM CARACTERE INERENTE AO SER HUMANO,
COMO A COR DOS OLHOS A COR DA PELE ETC..
ENFIM INERENTE A FORÇA HUMANA,PODEMOS MUDAR A COR DOS OLHOS COM LENTES DE CONTATO ,
MAS ELES PERMANECERÃO A COR NATURAL SEMPRE....
Anônimo disse…
Sempre achei aquela "empolgação" do Malafaia no ataque aos gays algo muito 'suspeito'...
Lan Gael disse…
Nesse Mundo tudo é Possível.
Anônimo disse…
Quanta idiotice dona Antonia. Além de errar muita na escrita, tens 54 anos de pura futilidade. 54 anos jogados fora, porque de experiencia você não tem nada.

Esses 5 gays que você diz que conheceu não representam nada moço idiota, que são 5 gays em milhões, que estatística besta de que gays são criaturas "desmunhecadas" e que fazem de tudo para passar na frente uns dos outros.

Francamente, nos poupe dessa sua perda de tempo fora do contexto e sem argumentos de tentar denegrir a imagens desses seres humanos, que nada tem de errado, e tomara, tomara que ninguém da sua família decida sair do armário um dia, porque pelo visto, você vai morrer encubado.

Agora cala a boca, engole esse preconceito e morre engasgado ta. Ridículo!
Anônimo disse…
Procure ler as coisas direitas antes de criar polemicas.
Esse texto fala de que mesmo? Pessoas que são homofóbicas sentem fobia de quem é gay, porque são iguais a elas mais não querem ser. Só isso.

Que frescura com essa merda de linguística. AfÊE^!
sequência lógica disse…
E gays são heterossexuais enrustidos.

E ateus são cristãos enrustidos.

Dãã.
linguista disse…
"Homofobia" é uma palavra oca e oportunista. Ela significa qualquer bobagem que a militância gay quiser.
lenda gay urbana disse…
Novamente, a tal pesquisa de araque "provando" o mito que a militância gay, autoritária e mentirosa por vocação, inventou sobre o "homossexualismo enrustido" de quem ousa discordar deles.

É natural que a tal "pesquisa" fajuta seja citada num texto igualmente ridículo como esse do militante da causa gay Contardo Caligaris.
Anônimo disse…
Então esmiúce suas afirmações, senhor(a) "seqüência lógica". Afinal, a matéria principal já explicou muito bem o por que de haver grande chance de que homofóbicos sejam gays enrustidos.

Vamos, não seja falacioso e nos ilumine com vossa eminente sabedoria!
Anônimo disse…
Tanto faz o termo, o negócio é que são PRECONCEITUOSOS e ponto final. Se não querem ser taxados de homofóbicos é simples, não tenham atitudes homofóbicas.

O resto é o mesmo lero-lero de racista que não quer ser taxado como tal, mas sim, se defende dizendo ter apenas "opiniões e preferências distintas que não incluem determinado grupo". Ora, vão catar coquinho, seus NAZI-HOMOFÓBICO-RACISTAS dos infernos!
Anônimo disse…
Não é piada, isso que você fez foi um SOFISMA!
Anônimo disse…
Uma pessoa ser "contra" negros não é racista?
Apenas uma pessoa "ter um ódio extremo injustificado(?)" pelos negros é que seria alguém racista?

Ora, ora, ora...

Não tenho ódio contra gays, apenas sou contra, logo, não sou homofóbico.
Não tenho ódio contra negros, apenas sou contra, logo, não sou racista.

PQP!!!
Anônimo disse…
Na minha modesta opinião um racista é aquela pessoa que não suporta ver um negro, sente raiva, agride verbalmente ou fisicamente apenas pela pessoa ser negra.. sem nenhum motivo...

As pessoas que acham o negritude errada, por questões de religiões ou pura ignorância não são racistas e muito menos negros encubados!
Anônimo disse…
Nossa, será que realmente existe alguém tão preconceituoso e torpe feito este que se diz Marco Antonio? Provavelmente é um fake, pois não é possível alguém ser tão vil desta forma!
Anônimo disse…
Provas?
Patrulha Arco íris disse…
Olavete, vem com a gente! Não resista, há um gay precisando muito sair de dentro de vc! Bofe, o trenzinho ta passando, engata e vem!
sequência lógica disse…
Se você acha que a matéria já "explicou muito bem" (sério?), é só você substituir nela o termo "homofóbico" por "gay" ou "ateu" e o termo "gay/homossexual" por "heterossexual", "cristão" ou "homofóbico".

Assim, veja como fica uma das "boas explicações" fornecidas pelo artigo do militante gay Contardo Calligaris:

"Quando as minhas reações são excessivas, deslocadas e difíceis de serem justificadas é porque emanam de um conflito interno. Por que afinal me incomodaria meu vizinho ser cristão, heterossexual ou "homofóbico" e dizer coisas que não me agradam sobre homossexualidade e ateísmo?? De forma simples, o que acontece é: 'Estou com dificuldades de conter a minha própria cristandade e heterossexualidade, então acho mais fácil tentar reprimir a cristandade, heterossexualidade e a "homofobia" dos outros, ou seja, condená-la, persegui-la e reprimi-la, se possível até fisicamente, porque isso me ajuda a conter a minha'".

Boa explicação, não acha?
linguista disse…
"preconceituosos", "nazi-homofóbico-racistas"...

Mais palavras ocas, meros xingamentos enganadores, usados pela militância gay para atacar e tentar desacreditar quem a contraria.
Se liga de uma vez, pois esse papo não cola disse…
Nunca vi palavra mais oca e sem pé nem cabeça do que 'gayzista'. E a questão, e você sabe, não é apenas discordar de gays, como você tenta dizer ao falar de militância gay autoritária e mentirosa, mas fazer disso uma bandeira ideológica e política ou de promoção do preconceito, pois todo homofóbico é um portador de uma orientação sexual egodistônica. Geralmente um homossexual mal-resolvido. Aliás, falando-se de autoritarismo ou de mentiras, alguém supera a crentalhada pentecostal charlatã e estelionatária hipócrita dissimulada? Hummmmm acho que não! Olavete, cai na reaal, isso já deu o que tinha de dar, criem outros argumentos ou inventem outras teorias da conspiração. Ah, desta vez vê se esquece os gays! Outra: ad nauseam cansa, meu!
neurolinguística disse…
linguista(olavete) e o que dizer de homo-ateus e de gayzistas, Hein? Cadê o espelho? Não tem espelho na sua casa? A hipocrisia te mandou lembranças!
Anônimo disse…
O "sequência lógica" apenas corroborou com os dados. Certamente é outro que adora visitar sites gays. Mas os odeia, claro.
Anônimo disse…
A propósito, eu tenho um amigo MUITO MACHO. Daqueles que vive dizendo que uma boa surra "tiraria a gayzice dos veados". Ele é casado com uma mulher há 20 anos e tem dois filhos, já adolescentes. Não é um católico fervoroso, mas de vez em quando vai numa missa. Um dia o note pessoal dele estava crivado de vírus e eu fui chamado para arrumar. Como acontece nesses casos, você precisa executar uma série de ações para garantir que eliminou os malwares e examinar profundamente certos diretórios e arquivos ocultos. Eis, então, que eu descubro na máquina dele milhares de fotos de transsexuais e hermafroditas. Milhares mesmo, não eram 1 dúzia baixada ao acaso. Mas estavam todas em uma pasta oculta. Aproveitando o gancho, vi que ele era frequentador assíduo de fóruns LGBT - usando um nick, claro. Quer dizer: os homofóbicos invariavelmente podem ser sintetizados naquela frase "Faça o que eu digo, não faça o que eu faço". Ah, sim: não contei para a mulher dele. Nem para ele, aliás. Eu não me meto nessas coisas. Só acho estranho a hipocrisia.
Anônimo disse…
Sou hetero, mas nunca fui contra nenhum homossexual. Acho que o direito deve ser sim igual, assim como os negros também tem porque eles também são muito discriminados, enfim acho que "homofóbicos" tem alguma tendência gay, porque julga alguém pra esconder seus próprios defeitos, afinal é isso que a sociedade faz sempre. Vou ser sincero numa coisa, apenas não gosto de gays que ficam mexendo com heteros na rua, que conversa apenas sobre homem com algum hetero, que seja afeminado, enfim não tenho nada contra apenas seje normal, se é gay blz, mas seja igual a um hetero quando está conversando, afinal vocês gays também tem que respeitar as opções dos outros. Mas voltando ao assunto anterior, quero mais que homofóbicos, racistas essas pessoas que gostam de julgar os outros acordem porque não estavamos mais no seculo 20 e teram que se acostumar, caso contrario se não quer viver mais por causa dessas bobagens e dos seus preconceitos, então que se mate.
Anônimo disse…
Eu já li algumas coisas ridículas, mas este artigo bateu o recorde. Para os gays, quem não for a favor, quem não achar bonitinho viadagem, é homofóbico. Gay é simplesmente a atração por alguém do mesmo gênero. Ponto final. Tudo que for além disso é viadagem. Mas se alguém falar que é viadagem, é homofóbico. E ainda publicam artigos como esse. Sinceramente, daqui a pouco vão dizer que todo cara hétero é um gay enrustido. Tá faltando bem pouco pra isso acontecer.
Anônimo disse…
"pesquisadores da Universidade da Georgia selecionaram 64 homens que (na escala Kinsey) se apresentavam como sendo exclusivamente heterossexuais"

64 caras representam a totalidade dos homens da face da terra? Eram mesmo héteros?

Pesquisa bem furada e claramente direcionada, típica de um militante gay. Está longe de ser um quadro estatístico real. Amostragem absolutamente imprópria para se concluir sobre o universo da pesquisa. Sem contar o fato de que "se apresentaram" não significam que realmente o sejam. Essa pesquisa chega a ser não só ridícula como de uma falta de honestidade intelectual sem precedentes, visando somente a promoção da ideia de que quem não achar a causa gay "bonitinha" é um gay enrustido. Haja paciência!

-------- Busca neste site