Pular para o conteúdo principal

Professor da Mackenzie critica o Supremo por legalizar união estável entre homossexuais

O professor Marco Antônio Ferreira Lima, da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, tem criticado no Facebook a decisão do STF (Superior Tribunal Federal) em legalizar a união estável de pessoas do mesmo sexo e por ter autorizado a chamada Passeata da Maconha. 
 
No dia 17 de junho, às 8h54, por exemplo, Lima escreveu um “aviso de utilidade pública” no qual disse que o “STF determinou que ser gay agora é obrigatório”. 
 
Mensagem do professor




No dia 26 do mesmo mês afirmou: “Deus criou o homem e a mulher! O resto quem criou foi o STF...”.

Antes, no dia 22: “viva falcão... homem é homem, menino é menino, macaco é macaco e viado é viado...” Falcão é o cantor de música brega. Faz parte de sua discografia, por exemplo, "A besteira é a base da sabedoria" e "What Porra Is This?"

Estudantes disseram que o professor também faz piadas homofóbicas em sala de aula. Ele acumula a função de procurador de Justiça do Ministério Público de São Paulo. Formou-se doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Ontem (30), Lima usou o Facebook para defender o seu irmão Paulo Marcos, também professor da Mackenzie e procurador de Justiça, em um caso que está agitando os meios estudantis e jurídicos.

Na sexta-feira, 26, Paulo ameaçou dar voz de prisão a uma aluna Tatiana, do 5º semestre noturno, porque ela questionou a sua metodologia de ensino.

No Facebook, Marco acusou Tatiana de racismo porque, segundo ele, chamou o Paulo de “negro sujo”, dizendo que “preto não pode dar aula no Mackenzie e que “preto não pode ter poder”.

Escreveu Marco na rede social: “Somos negros sim e não ‘afro-descendentes’. Temos orgulho de ter engraxado o sapato dos pais de muitos brancos que hoje são nossos colegas...”

Mackenzie afasta professor que ameaçou dar voz de prisão à aluna.
1 de setembro de 2011

Rodrigo Rangel, presidente do Centro Acadêmico João Mendonça Júnior, acusou Paulo de abuso de poder. Em nota, disse: “Em um país de ‘Doutores’, em que qualquer um se acha acima da lei, não podemos permitir que em nossa faculdade, um ambiente exclusivamente acadêmico, pessoas desse tipo continuem a desrespeitar nossa Constituição, em uma perfeita cena de abuso de autoridade”.

DELETOU O PERFIL - atualização às 18h30 de 31 de agosto de 2011

O professor Marco Antônio Ferreira Lima deletou hoje o seu perfil no Facebook, onde debochou dos homossexuais e STF. Seus comentários, contudo, foram reproduzidos por blogs e sites jornalísticos. Nesta quarta-feira (31), ninguém se manifestou publicamente sobre o caso de Lima e o do seu irmão Paulo, que está sendo acusado por estudantes de abuso de autoridade.

Com informação do Facebook e dos portais.

Comentários

Avelino Bego disse…
Tipo assim: o preconceito só não vale quando é comigo.
Anônimo disse…
O ídolo do doutor de direito é o.... cantor Falcão. Rs, rs.
Yuri disse…
Isso prova que inteligência é diferente de racionalidade.
Anônimo disse…
São os males do pensamento único, forma de pensar da Direita Católica. Pior são pais pondo seus filhos nessas "escolas" pensando que seus filhos estão sendo preparados para a vida real, para ter opinião própria, quando se tornarão apenas mais umas vaquinhas de presépio para encher rebanho de padres e pastores.
Acho que esquecestes de informar o twitter dele ;D
Arlequim disse…
Isso prova a quanto anda a ignorancia humana. Como diz o tio do Peter Parker "Com grandes poderes vem grandes responsabilidades", piada a parte esse babacas que se acham no direito de falar o que quiserem impondo sua posição é uma vergonha e prova cada vez mais como é fraca nossa educação pois até mesmo quem considera-se com grande conhecimento fala asneiras desse tipo.
A cada dia que eu conheço mais o ser humano, mais eu amo meu cachorro.

...............................................
Deus está morto: mas, considerando o estado em que se
encontra a espécie humana, talvez ainda por um milénio existirão grutas
em que se mostrará a sua sombra.

Friedrich Nietzsche
J.M. disse…
O Doutor Troll.
Anônimo disse…
Verdadeiramente vergonhoso.
Anônimo disse…
Pimenta no dos outros é refresco né!
Anônimo disse…
E se fosse ao contrário?

Se homossexuais zombassem desse picareta dizendo que todo pastor é pedófilo, tenho certezza que o "doutor em direito" estaria dizendo que é perseguição religiosa.
AlyneS2 disse…
Eu hein, esse aí está se achando
Anônimo disse…
kkkkk, a parte do falcão foi muito engraçada, mas liberdade de expressão pra detonar a marcha da maconha ae não dá, só por causa do ladrão em massa e caluniador do, antisemita do Henry Ford que foi o causador do mito que a maconha so faz mal. Esse senhor zinho de m. deveria ser expulso de todas faculdades.
Aleatório disse…
Anônimo das 12:03, você questiona a liberdade de expressão de um cara que ataca as ideias (no caso a ideia da marcha da maconha) e na linha seguinte você abusa da sua liberdade de expressão para xingar (e possivelmente caluniar) Henry Ford.

Isso é no mínimo contraditório.
Anônimo disse…
Eu acho que não se deve fazer discriminação. Cada um escolhe o que quer. Mas não podemos cair na outra vala, no outro lado da estrada. Senão travaremos a nossa sociedade. Não concordo com o homosexualismo, mas também não concordo com piadinhas maldosas e com quem trata mal os homosexuais.
Jonas potialves@ig.com.br
Anônimo disse…
Esse tipo de atitude,mesmo que alguns insistam em dizer que não,acaba estimulando o preconceito e estigmas contra homossexuais.
André disse…
Piada ou é homofóbica,ou machista,ou "femista", ou racista,etc, etc,...

Vamos parar de babaquice. Essa ditadura do politicamente correto já encheu o saco. Se alguém disser:"eu não gosto de gays". Qual o problema? Eu, heim, não se pode mais ter opinião nesse mundo?
Estou rindo até agora. Alguém deveria cassar o magistério desse cara...
Unknown disse…
Professor de direito? imagina o que é direito ou não pra esse camarada... não se formam mais cidadãos como ontem... risos... ontem era pior né?
Anônimo disse…
André,não finja que não entende.Não gostar é uma coisa,discriminar ou motivar alguém a também discriminar ou perseguir é outra,amigo.Além do que, me parece deveras estranho e bastante incompreensível alguém não gostar de algo e só viver se preocupando com aquilo.Não achas?
Anônimo disse…
Deletou o perfil.

Ou seja, ele nao é homem para assumir o que escreveu.

Homofobico racista covarde. É o que ele é.
Anônimo disse…
Não concordo com homossexualidade, mas isto não me dá o direito de me meter na vida das pessoas.
Izaque Bastos disse…
conversa, os gays estao instalando uma ditadura mesmo, isso é realidade e pronto, ninguem pode falar nada contra eles que é homofobia, agora eles podem juntos com os ateus chamarem os crentes de cretinos e burros, e chinga-los de todo nome.
Izaque Bastos disse…
agora eu vi, sera que ninguem pode dizer que nao gosta de gays?mas pode dizer que nao gosta de crentes? que nao gosta de pastores? que nao gosta de politicos? porque para os outros podem e para os gays nao podem.engraçado isso, é ditadura ou nao é.e o direito de expressao onde fica,
Anônimo disse…
Izaque,tudo bem,o cara não gosta de gays.Certo?Agora,usar termos pejorativos para designar gays é liberdade de expressão?Para que essa obsessão em querer demeritar o fato de um homem gostar de outro homem?Para que xingar?Por que comparar gays com criminosos?Você acha que isso é crítica?Se você disser que um gay é cretino ou asno não estará sendo ofensivo.Contudo,se você o chamar de viado,de boiola chacoteando-o e ridicularizando-o ou fizer referência a atos sexuais dele relevando a passividade em coito ou de coito eventual de um homem homossexual como algo repulsivo,infame,inferior e deletério estará sendo.
Manoel Machado disse…
Isaque, a ditadura só existe na sua cabeça. O que os religiosos querem é uma "liberdade de expressão" unilateral, onde eles podem odiar e detestar quem quiser, mas nunca serão atingidos.

Só digo uma coisa, se os cristãos querem criticar, o direito de liberdade de expressão, então devem ter saco pra serem criticados!
Anônimo disse…
Desculpas,eu acho que me expressei de uma forma um tanto equivocada.Chamar alguém de cretino ou asno poderá ser ofensivo ou não dependendo do contexto!Claro.
bornato disse…
Como ele é engraçadinho! Lembro de brincar assim no ensino médio. Lamentável. Palhaço, bobo da corte!
Hugo disse…
Onde que ele é negro, gente?
Anônimo disse…
(Fernanda)vocês não conhecem o profissional que ele é! o irmão dele é um professor lixo, ele não. cada um tem seu ponto fraco, o do Marco é criticar tão ferozmente o homossexualismo. É um fato o exagero com que escolhe suas palavras, mas não se pode misturar o profissional com as os momentos de 'discontração' do facebook, pois muito pelo contrário, ele é um profissional super sério e nunca fez esse tipo de comentário em sala de aula, uma pena expor essas coisas na fonte mais pública que há, a internet.
E sim, CADÊ A NEGRITUDE DELE? acho que esse argumento também é falso...ele deve estar "se armando" com isso, pois eu diria até que ele é Libanez!!!!!!! negro, não.
Peço que tenham paciencia antes de julgar aqueles que não conhecem, pois ele foi infeliz ao interferir na vida do irmão, que faz INUMERAS piadas de cunho prejorativo, especialmente sobre a mulher.
Não se deixem levar por aqueles que estão fora dos muros do Mackenzie, fora da sala de aula...
eu não ganho nada defendendo nem um nem outro, tanto que do Paulo estou fazendo criticas, mas essa situação toda tomou uma proporção fora do cabível.
Anônimo disse…
(Fernanda) e mais, o que acontece por dentro dos muros do Mackenzie é muito mais sério do que o que está exposto. Esse Paulo foi um coitado que virou alvo do pior tipo de mídia, quando na verdade, lá dentro há professores que abusam MESMO de sua posição de docente.
O Paulo nunca ofendeu ninguém como tantos outros, que estão lá há milenios, fazem com seus alunos e os deixam de dependencia por perseguição, quando expoem fatos contrários a sua dogmatica!
Anônimo disse…
olhem!!:
http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2011/09/01/862802/reitor-do-mackenzie-anuncia-afastamento-do-professor-ameacou-dar-voz-priso-aluna.html
Headbanger Ateu disse…
Ser inteligente no Brasil é comprar diplomas (basta escolher o curso), subornar a prova da OAB, vazar a prova do ENEM... Daí, formamos respeitados e renomados doutores neste berço esplêndido. O importante é ser rico. A estupidez fica por conta própria.



O cúmulo é ver gente que ainda fala que as tais parvoices proferidas por esse acadêmico de araque ainda sejam meras "liberdades de expressão".
Anônimo disse…
Headbanger deve ser MEGA inteligente ao acusar pessoas de nem ele sabe o que.Parabéns, mais um ser deplorável sai do armário.
(anonimo pqe nao tenho conta daqui) Raquel.
Headbanger Ateu disse…
Raquel, seu parágrafo está muito mal elaborado. Confesso que não entendi nada dele...

"Recomenda-se ao comentarista que submeta seu texto a um corretor ortográfico."
AlyneS2 disse…
Raquel você não é "anônimo" pois você se identificou^^
Anônimo disse…
hahaha, Aline, verdade. é que eu fiquei tão "desacreditada" com as coisas que li aqui, que acabei nem prestando atenção nisso.
----

Headbanger, as pessoas não entendem aquilo que não querem entender, faz parte do ser humano.

Eu acredito que você seja muito rico, porque parece ser alguém muito estúpido(desculpe-me, precisava dizer).
Headbanger Ateu disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Headbanger Ateu disse…
Bem Raquel, vou tentar reescrever seu parágrafo para um Português mais formal:

"Headbanger deve ser MEGA inteligente ao acusar pessoas que ele nem sabe quem. Parabéns, mais um ser deplorável! Saia do armário.
(anonimo porque nao tenho conta daqui) Raquel."

Acho que assim está melhor...

E respondendo-te, continue seguindo as crenças que assimilaste quanto a minha condição sócio-econômica. Em meu caso, prefiro evidências e não achismos ou "crenças". São menos vergonhosos.

E outra, acho que tens problemas com pessoas ricas! Pois penso que eles lhe parecem "estúpidos".


Ugh!
Anônimo disse…
se esse cara é negro, eu sou o capitão américa !
Anônimo disse…
André estou contigo e não abro. Chegou a época do politicamente correto, mas quando é piadinha de loira todo mundo ri, de bêbado pode falar a vontade, de padre, de pastor, piada machista e feminista correm soltas. Mas se for falar de gay ou negro aí a coisa muda de figura! Quem elegeu gay como intocável que não se pode dizer nada? Piada, piada de mau gosto é o governador não aumentar o salário dos bombeiros, mandar prender os manifestantes e depois dizer que se eles quiserem pegar os carros e ir para parada gay pode. Disso ninguém fala, agora fazer manchete com o que um professor falou dentro da sala de aula, ou postou no twitter, nossa. Chegamos ao ponto de querer se punir pessoas só porque pensam diferente...
J.M. disse…
Anônimo 01/09/11 22:09

Mais um que confunde "liberdade de expressão" com "liberdade de agressão".

Ridicularizar ou incitar ódio a qualquer pessoa ou grupo social por ser "diferente" ou pensar diferente (como você mesmo alega) por meio de piadas é que não tem graça nenhuma. Somente ofendendo os outros é possível "fazer graça"? Se ofender os "diferentes" é naturalmente tão "engraçado", por que nem todos riem disso então?

Se essas piadinhas são restritas ao seu grupo de amizade, não haverá maiores problemas. Agora usar uma rede social ou a televisão para fazer esse tipo de piadinha é contribuir para fortalecer ainda mais a discriminação!

Você é livre para exercer sua "liberdade de agressão", mas encare as consequências desse ato!

Como você mesmo disse:

"Chegamos ao ponto de querer se punir pessoas só porque pensam diferente..."

---> É o que gente como esse professor tenta fazer através dessas "inocentes piadinhas".
Anônimo disse…
Você sabe com quem está falando? Têje preso !!! Barbaridade tchê!!!. Pensava eu, que esse tipo de "manda chuva", "coronel", "doutor" já tinha acabado, mas agora aparece um ressuscitador, que embora professor dentro de aula ( promotor fora) ameaça dar voz de prisão à uma aluna????!!!!!. Ora ora doutor, você sendo uma "otoridade" lá fora quer dar uma de "manda chuva"? Se liga! "tais fora" de onde você recebe seu salário para ensinar!!! Isso é ensinar???
Anônimo disse…
Os comentários homofóbicos não foram apenas esses... Houve vários durante dias e em alguns tinham palavras como "churrasquinho de pnis..."... eram tão abusivos e aberto a todos que deletei esse senhor do meu face.
Anônimo disse…
O fato é que ele é um desequilibrado que não poderia ,na condição de professor de uma universidade renomada,jamais ter agido da forma como agiu.
Anônimo disse…
Opiniões de pessoas que deveriam primar pela formação de opiniões abalizadas,equilibradas,imparciais e justas acabam resvalando na mais legítima demonstração de preconceitos estúpidos e baixarias.Mestres do direito como esse,em nada diferem dos que alardeiam que ser gay é aberrante e desvirtuoso(pecaminoso,monstruoso,abominante,desarvorado e condenável) e não seria apenas ter pensamentos,desejos,necessidades ou fantasias homossexuais,mas ter sexo com outros homens promiscuamente sem nenhum critério e por fim,destarte desde que seja macho, nem a idade importaria(presumidos pedófilos em potencial).Vindo de pessoas consideradas cultas e intelectuais é realmente deprimente a propagação de ideias tão equivocadas e injustas e de atos que reforcem esses estigmas.
Anônimo disse…
esse cara nunca ouviu falar em laicidade? um professor de direito que expressa opiniões pessoais através de sua visão religiosa definitivamente está no lugar errado! mas estamos falando da Mackenzie né!
Anônimo disse…
Elas estão descontroladas,isso ai professor,o sr tem coragem de enfrentar o STF que é uma vergonha o que esse órgão esta querendo fazer no Brasil,estamos realmente vivendo uma ditadura gay infelizmente,daqui uns dias vai ser crime ser hétero no Brasil...
Anônimo disse…
Ditadura gay é a capa do envoltório da tua mente cauterizada e o chinelo cor-de-rosa chiclete da tua vovozinha que tu usas para arrastar e provocar teu bofe-escândalo quando estás a caminhar desmunhecadamente! Seu causídico da burrice!
Anônimo disse…
E vem uma bicha descontrolada encher o saco,vai se ferrar,homem agarrando outro homem é ridículo mesmo, larguem de ser idiotas...
Anônimo disse…
Você acha ridículo rídiculamente sem pensar em bollos y galletas para chicos guapos.O que sua mente julga ser ridículo a minha celebra como belo.Tu achas ridículo e inestético,mas eu penso diferentemente de vossa mercê e não acho o mesmo.Muito pelo contrário, acho lindinho e fofinho!.Uma delicinha!Uma maravilha!Uma coisinha adorável e cândida!.Um fato tenro.A dilightful kindly game ou un sourite attachant pour amuser dans la neige para se curtir a dois male-to-male ou para o xote das meninas do lesbian girls team!E viva o same- sex love!Largue de sr preconceituoso!
Anônimo disse…
*Largue de ser preconceituoso sr preconceituoso!
Anônimo disse…
Que você acha bonito ver dois homens se agarrando tudo bem, você é livre e tem direito de gostar,mas o mesmo jeito que você tem direito de gostar,eu também tenho de não gostar.Não é preconceito não é que existem uns gays que gostam de alarmar as coisas,não aceitam opiniões contrarias,mas felizmente tem os gays bons,esses eu respeito sim...
Anônimo disse…
E quem te disse que não tens o direito de não gostar?Você tem todo o direito do mundo de não gostar,mas o que teria isso a ver com essa atitude GROSSEIRA,DESRESPEITOSA, deselegante,desnecessária e PRECONCEITUOSA deste senhor professor do Mackenzie?Veja que você o apoiou.Isso é diferente de não gostar.DIFERENTE.sacou?CAPISCO?
Anônimo disse…
As pessoas confundem não gostar com DISCRIMINAR,ANATEMATIZAR,ABOMINAR,RIDICULARIZAR,DESRESPEITAR,XINGAR...

Elas são incapazes(ou fingem não possuir capacidade)de discernir os significados desses verbos pois verbalizam seus sentimentos de rejeição fazendo uso dos tais.Será que não conseguem compreender que eles não expressam a mesma coisa?Será que sentem prazer em diminuir os outros?Afinal,foi isso que esse senhor fez a título de ¨liberdade¨ de expressão.Mas seria isto liberdade de expressão realmente?REFLITA!!
Anônimo disse…
O fato de um homem sentir-se atraído por outro homem não o torna melhor nem pior.O mesmo vale para as mulheres homossexuais e ou bissexuais.Por que esse preconceito tolo e infundado então?Homofobia é sinônimo de extrema e galopante burrice!.

Posts + acessados hoje

Desmascarador de curandeiros e paranormais, James Randi morre aos 92 anos

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

Fortalecida pelo bolsonarismo, associação de juristas evangélicos ameaça o Estado laico