Prefeita entrega chave da cidade a Jesus; vereadores protestam

Carmem com os representantes de Jesus 
Na manhã de 26 de abril, a prefeita Carmem Lima Duarte (foto), de Porto dos Gaúchos (MT), entregou a chave simbólica da cidade a Jesus, que foi representado pelos pastores.

A cidade tem cerca de 7.000 habitantes e fica a 663 km de Cuiabá, a capital. Ela é conhecida por ter sido o local onde se registrou no Brasil o mais forte abalo sísmico, de 6,2 na escala Richter,  no dia 31 de janeiro de 1955

A entrega da chave da cidade ao filho de Deus causou outro abalo, desta vez político, porque os vereadores ficaram irritados por não terem sido convidados para a cerimônia.

A assessoria da prefeita tentou acalmá-los com o argumento de que a ideia da homenagem partiu dos pastores e que não se tratou de um encontro político, mas de caráter privado.

Mas não adiantou. Liderados por Eleno dos Santos (PPS), 8 dos 9 vereadores da cidade aprovaram uma moção de repúdio à prefeita porque a entrega da chave a Jesus foi feita sem a presença deles e de representantes da Igreja Católica.

A cerimônia ocorreu no gabinete da prefeita, com a presença de 10 pastores. Houve orações, leitura da Bíblia e discursos.

Carmem , que é do DEM, disse que se tratava de uma medida “de grande importância no mundo espiritual” cujos efeitos se refletirão na administração da cidade.

Os evangélicos destacaram o significado do “ato profético” porque, a partir de agora, a cidade vai se desenvolver. “Houve a quebra de maldições”, afirmaram.

Eles só não contaram com a reação dos vereadores.

Com informação do ExpressoMT e foto da prefeitura.

junho de 2010

Comentários

  1. Só faltou Jesus para receber a chave das mãos da prefeita!!Que rídiculo!!

    ResponderExcluir
  2. O que Jesus e Papai Noel tem em comum, se oferecer a chave da cidade a eles ?

    Nao vao aparecer pessoalmente para recebe-la, porque nao existem como personagens reais.

    ResponderExcluir
  3. Anotem o nome dela. Carmem Lima Duarte e observem a vida dela. Fernando.

    ResponderExcluir
  4. que nojo,crente e do DEM(PNL,ARENA...)

    ResponderExcluir
  5. Normalmente, quando não se pode comparecer a uma entrega de prêmio, se grava um video agradecendo e tal....

    Jesus é muito grosso.

    ResponderExcluir
  6. Jesus tem culpa do erro dos outros agora eu vou robar e botar a culpa nos outros vcs são cegos surdos ou se fazem de cego satanas faz as coisas erradas que leva a culpa e Jesus.

    ResponderExcluir
  7. mas esse povo é sem noção mesmo

    e -> R I D Í C U L O S

    ResponderExcluir
  8. Cúmulo do absurdo!

    ResponderExcluir
  9. Vocês com suas bocas sujas, gente cheia de pecado e erros, tem a coragem de falar de Jesus? Lavem as suas bocas imundas antes de falar Dele. O Que pensam que vocês são? Meros mortais que não sabem nem de onde vieram. Vocês sabem quem é Jesus? Um dia saberão da pior maneira. Fernando

    ResponderExcluir
  10. CRENTE, EVANGÉLICO= RETARDADO!! JESUS FOI O PRIMEIRO HIPPIE DA HISTÓRIA E MORREU POR SER CONTESTADOR E CRÍTICO, NÃO UMA OVELHINHA QUE DIZIA AMÉM PRA TUDO. CERTO, FERNANDO OU ANÔNIMO!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. esta prefeita fez o certo,tem prefeito e politicos indo na macumba,na missa,e ninguem critica pois vcs são um bando de hipócritas.

    Agora esta cidade vai prosperar.

    Soy Punk q largou o anarquismo e fui p Cristo

    ResponderExcluir
  12. Prosperar????Como as falcatruas da bancada evangélica?Vai ter ambulâncias e sanguessugas?

    ResponderExcluir
  13. O Valdemiro vai traficar armas para os criminosos dessa cidade?

    ResponderExcluir
  14. Bando de retardados.

    ResponderExcluir
  15. Interessante, a chave foi "entregue" a Jesus.
    O que podemos esperar dessa cidade agora?

    1- Vai ser a melhor cidade do mundo;
    2- Vai ter a população mais devota do mundo;
    3- Vai continuar a ser como qualquer outra cidadezinha de interior com suas pequenas particularidades;
    4- Só deus sabe.

    Eu gostaria de lembrar que já escovei os dentes depois da última refeição.

    ResponderExcluir
  16. Ao meu ver, Deus não deve explicações ao homem. Tudo que Ele tem a dizer está na Bíblia ou é revelado aos seus servos. Mais uma coisa sei. Está Escrito: "Aos que me honram Eu honrarei, porém os que me desprezam, serão desmerecidos".

    ResponderExcluir
  17. Deus tambem disse :aqueles que ficarem puxando meu saco,esperando favores , mandarei eles para a puta que pariu

    ResponderExcluir
  18. É deprimente a cena de alienação religiosa e politica, uma cena de graphic novel surrealista. A representante do Poder Público ENTREGA a cidade a um personagem irreal, inexistente, fantástico, mitológico, que nem ressuscitou, nem tem vida humana, social nem política...Em outras palavras, os cidadãos estão confiados a qualquer instância imaginária, menos à Responsabilidade Social do Estado pelo serviço ao bem público, ou ao dever de contribuir para a paz e segurança coletiva. Depois de admitir sua total incompetência , o Estado omisso apela pra qualquer figura do imaginário coletivo, que poderia ser o trancarua, o zépelintra ou o Rei Momo do Carnaval, que diferença há entre produtos da mitologia hebraica ou afro-umbandista, carnavalesca e os desenhos animados? Chega a ser hilário, pela comparação , na Índia um governo entregar a chave da cidade a Shiva ou Gamesh, no Japão a Amaterasu, na China a Lao Tsé, ou no Vietnan a Sidarta... Quanto atraso ainda teremos de contemplar, quanta miséria social e política decorrentes do obscurantismo e superstição religiosos veremos?

    ResponderExcluir
  19. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk carmem va trabalhar o povo quer saude segurança de qualidade um sus 100% para atender bem toda a população os jovens quer cursos emprego as crianças querem escolas de qualidade e a senhora fica com blablabla dando chave pra jesus ! jesus não precisa de chave não cuide das crianças vá trabalhar pelo amor de deus que ele sem duvidas ficara + feliz.

    ResponderExcluir

Postar um comentário


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato